Pancha Mahapurusha Yogas

high

Iniciamos hoje a descrição dos principais yogas no horóscopo, para ajudar os nossos leitores a fazer as suas análises astrológicas. A palavra «yoga» significa «união», isto é, combinação ou assinatura específica que produz determinados resultados. Existem muitas centenas destas combinações descritas pelos textos clássicos da Astrologia Jyotish mas, habitualmente, os astrólogos selecionam   as que, comprovadamente, produzem resultados mais evidentes no horóscopo. Ao longo dos artigos que iremos escrever sobre os Yogas daremos a conhecer essas assinaturas. Os nossos leitores podem encontrar informação introdutória e explicativa relevante sobre os yogas no blog A tua Vida nos Astros*. Nesta série que iremos explicar aqui iremos basicamente descrever os principais yogas para que os leitores possam reconhecê-los facilmente no horóscopo. Entretanto, lembramos mais uma vez que qualquer yoga, para dar resultados  totalmente eficazes, pressupõe que o Ascendente, a Lua e os planetas envolvidos no yoga não estão associados com planetas maléficos. Os yogas «frutificam» nos períodos dasha e subperíodos dos planetas envolvidos. Para começar, referimos os yogas que são mais fáceis de encontrar, sendo também muito efetivos nos seus resultados.

Pancha Mahapurusha Yogas

O texto de referência para estes yogas é o Phaladeepika, de Mantreswara.

Para encontrar estes yogas podemos considerar a posição do Ascendente ou da Lua. De acordo com  a experiência de muitos astrólogos, quando os planetas que formam um yoga a partir do Ascendente também o formam a partir da Lua, ele produz a totalidade dos seus efeitos. De qualquer modo, tanto a partir da Lua como a partir do Ascendente, os planetas envolvidos no yoga devem estar colocados em boas casas.

Estes yogas acontecem quando os planetas , à exceção dos nodos (Rahu e Ketu) e do Sol e da Lua (Marte, Mercúrio, Júpiter, Vénus, Saturno), estão colocados no próprio signo ou no signo de exaltação e numa casa kendra (1ª, 4ª, 7ª e 10ª) a partir do Ascendente ou da Lua.  Como referido antes, nem o Ascendente, nem a Lua, nem os planetas envolvidos devem estar associados a planetas maléficos. Estes yogas enfatizam as características dos planetas envolvidos.

Ruchaka yoga–  Marte  está colocado em Carneiro, Escorpião ou Capricórnio na 1ª, 4ª, 7ª ou 10ª casa. Este yoga dá à pessoa uma presença dominante, arrogante e agressiva, força física, sentido de aventura, capacidade de iniciativa e de levar por diante os projetos que se propuser. Também lhe dá o gosto por vencer e pela competição, razão pela qual o yoga é encontrado em  pessoa que se destacam no mundo do desporto, na vida militar ou nos negócios altamente competitivos.  A pessoa com este yoga sente-se motivada para atingir nome e fama e  o yoga pode frutificar no dasha de Marte ou num subperíodo deste planeta.

Bhadra yoga–  Mercúrio  está colocado em Gémeos ou Virgem na 1ª, 4ª, 7ª ou 10ª casa.  O nativo é muito inteligente, curioso e tem uma natureza intelectual marcante; o yoga é muitas vezes indicação de uma pessoa com elevada instrução. O indivíduo conta com muitos amigos e é generoso, tendo também acesso a muitos confortos materiais. Este yoga proporciona boas oportunidades de sucesso profissional e financeiro, que podem ocorrer durante o período dasha ou subperíodo de Mercúrio. As pessoas com este yoga forte tornam-se excelentes comunicadores, intelectuais/investigadores e têm sucesso num negócio ligado ao comércio/vendas.

Hamsa yogaJúpiter está colocado no signo de Sagitário, Peixes ou Caranguejo na 1ª, 4ª, 7ª ou 10ª casa.  O nativo é uma pessoa compreensiva e bondosa, tem sorte e pode ter uma natureza religiosa ou filosófica. A sua personalidade destaca-se perante os outros pela inteligência, sabedoria e caráter reto e os nativos são pessoas estimadas pelos outros. Este yoga vê-se nas pessoas com muita sorte na vida, nas que seguem um caminho religioso ou que se dedicam à procura da sabedoria/conhecimento superior.

Malavaya yogaVénus  está colocado no signo de Touro, Balança, Peixes, na 1ª, 4ª, 7ª ou 10ª casa. O nativo é muito atraente, amante dos prazeres da vida (pode ser um pouco indulgente), rico, faz um bom casamento, tem um sentido de justiça forte. É sensual, criativo e, por vezes, extravagante. A colocação de Vénus na 7ª casa neste yoga pode tornar  os prazeres sexuais dominantes na vida da pessoa, absorvendo outros aspetos que o yoga também pode significar. Este yoga tanto se encontra no horóscopo de pessoas que procuram uma vida de prazer (sexual e outros) e que alcançam riqueza como no de pessoas que têm uma personalidade suave e procuram o bom entendimento no relacionamento com os outros.

Shasya yoga (ou Sasa yoga)- Saturno está colocado no signo de Capricórnio, Aquário ou Balança na 1ª, 4ª, 7ª  e 10ª casa. O nativo atinge uma posição de autoridade e de poder, é brilhante, determinado, muito ambicioso, capaz de fazer tudo para alcançar o sucesso no plano material e financeiro. As suas qualidades de liderança, coragem ,afirmação  e independência tornam-no respeitado e reconhecido. Este yoga encontra-se em pessoas que ocupam cargos dirigentes, de maior ou menor responsabilidade e também em políticos.

Nota: lembramos os nossos leitores de que um só yoga não chega  para vaticinar sucesso ou insucesso, é preciso conjugar sempre a análise do yoga com os elementos restantes do horóscopo.

*        Sinais de Sucesso no Horóscopo #1

Sinais de Sucesso no Horóscopo #2

Sinais de Sucesso no Horóscopo #3

Sinais de Sucesso no Horóscopo #4

Sinais de Sucesso no Horóscopo #5

Sinais de Sucesso no Horóscopo #6

 

Leave a Reply