Saúde e Longevidade- Ascendente Aquário

helt

Continuamos a análise exemplificativa da Leitura das áreas de vida para o Ascendente Aquário, tendo por base o horóscopo do nosso ponto de partida, hoje  interpretando os indicadores da saúde e  da longevidade.

Longevidade

Na Astrologia  Jyotish o cálculo da longevidade foi desde sempre considerado um aspeto essencial pois partia-se do princípio de que o  cálculo dos efeitos de todos os  períodos dasha e antardasha (período principal e sub períodos) dos planetas era inútil se a pessoa tivesse uma matriz de vida curta . Nas épocas  em que estes cálculos, bastante complexos sem o auxílio de computadores, eram morosos, esta preocupação era justificada. Hoje deixou de ter tanta relevância, não só porque o software faz os cálculos  de imediato mas também porque as condições de saúde e as possibilidades da medicina atual alteraram muito  algumas condições que, no passado, eram consideradas irrevogáveis. Por isso deixamos aqui o exemplo desta análise como orientação geral  que não deve ser vista como uma fatalidade mas antes como uma tendência que, como tal, pode ser modificada, sobretudo por condições de vida mais saudáveis e por um acesso razoável a cuidados de saúde.

No horóscopo que analisamos, e para o Ascendente Aquário em geral, a longevidade vê-se a partir do estudo da 1ª  e 8ª casas e , secundariamente, da 12ª casa e  de Saturno. Pode consultar aqui  todos os indicadores das áreas de vida para este Ascendente..

No  nosso exemplo analisamos Saturno, regente da 1ª casa, e Mercúrio, regente da 8ª, como os indicadores principais. Saturno está bem colocado, na 5ª casa; Mercúrio está menos bem, na 12ª casa. A posição de Saturno na 5ª casa aumenta a longevidade, embora a conjunção próxima com Ketu cause stress mental, que prejudica indiretamente  a saúde. Mercúrio, por seu lado, colocado na 12ª casa, não beneficia a longevidade. Porém, recebe o aspeto de Vénus, um benéfico que rege a  4ª e a 9ª casas, sendo por isso um yogakaraka para este Ascendente e, por isso, a sua ação torna-se mais benéfica, tanto mais que se encontra em signo amigo.  A 1ª casa recebe o aspeto da Lua, que é em geral positivo para a força do Ascendente mas que, neste caso, pela regência da 6ª casa, pode indicar alguns problemas de saúde mas sem colocar em perigo a longevidade. Ketu, colocado na mesma casa que Saturno lança aspeto para o Ascendente, inclinando a pessoa para procurar objetivos mais espirituais de vida mas também diminuindo o seu bem estar emocional e psicológico.

Procurando no software, verificamos que o dasha de Saturno ocorrerá entre 2034 e 2053 e que o dasha de Mercúrio ocorre entre 2053 e 2070. Parece-nos que o dasha de Mercúrio poderá trazer alguns problemas de saúde no final da vida, sobretudo o último subperíodo, que é o de Saturno, entre final de fevereiro de 2068 e o início de Março de 2070. Olhamos para os trânsitos por essa altura , por ex., no final de agosto de 2069, temos o Sol e Mercúrio   no signo de Leão, na 7ª casa, uma casa «marakha», Vénus, regente da 4ª casa a transitar por Virgem, na 8ª casa; Júpiter, o regente da outra casa «marakha» (a 2ª) no Ascendente. Trata-se de uma configuração simbolicamente forte para uma transição embora esta não seja uma previsão «fatal», uma vez que a longevidade está a aumentar e que, nessa altura, esta pessoa terá 95 anos.

Analisando os indicadores secundários, vemos que a 12ª casa tem regência de Saturno,  que também rege  o Ascendente e, como vimos, está bem colocado na 5ª casa, embora «embrulhado» numa conjunção próxima com Ketu.

Pela análise referida, pensamos que a longevidade é boa e pode ser ajudada pelos hábitos de vida desta mulher, que pode ter um conhecimento inato de técnicas de cura e  de quais são os melhores meios  de prevenção saudável , e poderá aplicá-los na sua vida para se manter saudável por muitos anos.

 Saúde Geral

Para o Ascendente Aquário  a saúde analisa-se pela 1ª  e 6ª casas como indicadores principais  e, secundariamente,vemos  a  Lua , o Sol e Marte.  A 1ª casa , como vimos, tem regência de Saturno  e este está bem colocado na 5ª casa. A conjunção próxima com Ketu pode, no entanto, produzir instabilidade mental ou tendência para duvidar das próprias capacidades- neste caso, da inteligência pessoal e dos talentos criativos, de capacidade para lidar com os filhos etc.; este fator, não tendo uma ação direta na saúde, pode no entanto, se  a pessoa não aprender a lidar com isto, ser causador de stress que prejudica a saúde geral . Não existem planetas na 1ª casa mas esta recebe o aspeto da Lua e o de Ketu, este mais problemático porque pode afetar a imagem que a pessoa tem de si própria, levando-a a entrar numa dinâmica em que, umas vezes, se desvaloriza a si própria, e em outras o seu ego parece crescer na necessidade de se impor. De qualquer modo, estes efeitos sobre a saúde geral são perfeitamente controláveis e mais sentidos no plano psicológico do que físico. A 6ª casa tem regência da Lua que, deste modo, adquire importância adicional. A Lua está colocada na 7ª casa e recebe o aspeto de Rahu. A colocação da Lua na 7ªcasa, como regente da 6ª, não favorece  a saúde, podendo indicar problemas decorrentes de excesso de atividade nervosa , por ex., de caráter digestivo. Rahu pode fazer nascer desejos incontroláveis de sucesso, riqueza, influência, mais amigos, etc.. e isso pode causar pressão psicológica sobre a pessoa. A saúde do cônjuge pode também ser uma preocupação adicional. Quanto aos fatores secundários Sol e Marte, estão ambos colocados em casas fortemente relacionadas com os desejos e, como  foi referido, esta pressão sobre a pessoa pode ser causadora de stress , sobretudo se existe uma diferença pronunciada entre aquilo que a ela deseja e o que realmente consegue obter.  A colocação do Sol  na mesma casa que Rahu reforça o peso psicológico que este faz sobre a personalidade, movida por muitos desejos nem sempre completamente conscientes e impulsos imediatos que podem estar na origem de sentimentos de frustração e de insatisfação. Esta pessoa torna-se difícil de conhecer para os outros mas também é, muitas vezes, complexa para si mesma. Este peso pode repercutir-se na saúde geral. Marte, por sua vez, acrescenta confiança, jovialidade e coragem para fazer coisas e, por esse lado, é um fator de equilíbrio na personalidade, cuja saúde  e bem estar parecem depender mais de causas psicológicas, do que físicas

Assim, os indicadores da saúde indicam um potencial de saúde forte, embora com tendência para uma fragilidade no plano psicológico, podendo esta fazer-se sentir de forma  somática mas tendo, sobretudo, caráter mental e psicológico. Esta mulher poderá melhorar substancialmente a sua saúde aderindo a práticas espirituais e de relaxamento, como a meditação e  pondo em prática bons hábitos gerais de saúde.

Lúcia L

Rio de Janeiro, Brasil

loreta D-6

Vamos agora analisar  a carta divisional que se refere à saúde, a D-6 ou hashthamsha  para ver se a análise do horóscopo é confirmada nesta varga:  verificamos em primeiro lugar que o Ascendente está ocupado por um signo Mooltrikona, Virgem, cujo regente Mercúrio é, de resto um dos indicadores principais da longevidade , estando colocado numa casa neutra, a 2ª, nesta varga. O regente do  Ascendente na D-1, Saturno, está muito bem colocado, na 9ª casa, num signo amigo, Touro.  A Lua está colocada na 12ª casa, o que não é uma boa colocação, mas é um fator secundário. O Sol está colocado no Ascendente, uma excelente colocação pois indica grande força vital. Marte, por seu lado, também está muito bem colocado, numa casa kendra, a 10ª.  O Ascendente nesta varga está «cercado» por dois benéficos, a Lua e Mercúrio, o que é uma boa indicação.

Quanto à força dos planetas, não há nenhum planeta exaltado mas também não há nenhum debilitado, o que é uma boa indicação. Os nodos estão ambos na 8ª casa, o que faz prever que os seus períodos dasha/subperíodos podem trazer algumas complicações de saúde, sobretudo de nível crónico.

Concluindo, parece-nos que esta mulher  terá uma vida  saudável, sem muitos problemas graves e que poderá melhorar substancialmente a sua saúde, aplicando a si mesma os conhecimentos intuitivos que possui e que, provavelmente, trouxe consigo para esta vida. Deverá controlar os fatores psicológicos ligados aos desejos e impulsos que podem precisar de uma reorientação para que ela possa alcançar maior bem estar  em todos os níveis.

Deixe um comentário