Shad Bala #1- Sthana Bala

forç
 Shadbala #1:  Sthana Bala

A Astrologia Jyotish  tem uma particularidade que faz dela um saber rigoroso: a utilização de métodos quantitativos. Hoje iniciamos a apresentação desses métodos com a «Força Shad Bala».

Nos tempos antigos o cálculo desta «força» era  muito complexo e demorado. Hoje em dia o software faz os cálculos que aparecem  conjuntamente quando calculamos  o horóscopo num software para Astrologia Jyotish (que o leitor pode consultar no programa gratuito Jaganatha Hora). Assim, não vamos referir-nos ao método de cálculo da Shadbala mas apenas ao seu significado na Astrologia Jyotish  e descrição como ferramenta para avaliar a força dos planetas no horóscopo. «Shad Bala» significa «seis forças» . A partir de cada uma atribuem-se pontos aos planetas de modo a quantificar a sua força.  Neste artigo vamos explicar a primeira das seis forças que, em conjunto, compõem a «Shad Bala».

A primeira força tem o nome de Sthana Bala   e refere-se à força posicional de um planeta num determinado signo. Esta subcategoria, por sua vez, é constituída por 5 componentes:

  1. Ocha Bala: Calcula-se tendo em conta a distância entre o ponto de máxima exaltação de um planeta  até ao ponto  da máxima debilitação. Por ex., Marte tem o seu ponto de máxima exaltação em 28º de Capricórnio e de máxima debilitação em 28 º de Caranguejo. Quando está colocado no ponto de máxima exaltação recebe 1 ponto (60 shastiamshas); no grau de máxima debilitação recebe 0 pontos. A colocação nos pontos intermédios entre estes é calculada proporcionalmente pelo software.
  1. Saptavargaja Bala. Para calcular esta força é preciso analisar as seguintes cartas divisionais: Rasi, Hora, Drekkana, Saptamsa, Navamsa, Dwadasamsa e Trimsamsa. Os planetas obtêm  45 pontos no signo Mooltrikona , 30 no   próprio signo,20 no signo de um grande amigo,15 num signo amigo,10 num signo neutro, 4 num signo inimigo, e  2 no signo de um grande inimigo. Nesta força a exaltação e a debilitação não são consideradas. É de salientar ainda que a amizade ou inimizade entre os planetas, segundo alguns autores, deve ser vista a partir da Rasi (D-1) enquanto que outros defendem que deve ser vista a partir das posições dos planetas em cada carta divisional, o que produz diferentes interpretações desta força no horóscopo.
  1. Ojayyugma Bala. Esta análise atribui uma pontuação conforme o planeta está colocado num signo ou navamsa par ou ímpar. Os critérios desta classificação baseiam-se em que os planetas femininos são mais fortes em signos ou navamsas pares enquanto os planetas masculinos ou neutros são mais fortes nos signos ou navamsas ímpares. Assim, recebem mais pontos quando colocados nesses signos ou navamsas. Assim, Vénus no signo de Caranguejo recebe 15 pontos e, se também estiver num navamsa par, recebe mais 15 pontos. Se estiver num signo ímpar  e navamsa ímpar  recebe 0 pontos.
  1. Kendra Bala. Os planetas, quando colocados numa casa kendra (1,4,7,10), recebem 60 pontos; quando colocados nas casas 2, 5, 8 ou 11 recebem 30 pontos, quando colocados nas casas 3,6, 9 ou 12 recebem 15 pontos. Os planetas nas casas kendra ou angulares são capazes de se exprimir de forma total  e são por isso mais fortes.
  1. Drekkana Bala Este parâmetro parte da análise da natureza feminina, neutra ou masculina dos planetas e a seguir divide cada signo em três segmentos (drekkana), 1ª, 2ª e 3ª. Os critérios são os seguintes: os planetas masculinos- Sol, Marte e Júpiter- têm a sua máxima força quando colocados no 1º drekkana, isto é nos graus entre 0º e 10º de qualquer signo, recebendo, nessa situação, 15 pontos. Os planetas neutros- Saturno e Mercúrio-  são mais fortes quando ocupam o 2º drekkana- entre 10º e 20º de qualquer signo, recebendo, nessa posição, 15 pontos. Os planetas femininos- Lua e Vénus – dão os melhores resultados quando colocados nos últimos 10º de cada signo, recebendo, nessa posição, 15 pontos. A colocação em outros drekkanas vale 0 pontos.

A soma de todos os pontos destes cinco componentes compõe a Sthana bala . Prosseguiremos no próximo artigo com a explicação das outras forças que compõem a Shadbala. Esta, quando está completa, permite uma perceção da força geral do horóscopo ao primeiro olhar.

Deixe um comentário