Sankha Yoga

amiz

Este yoga forma-se quando o regente da 5ª e o regente da 6ª casas estão em casas mútuas kendra, isto é, quando estão na mesma casa,  ou quando estão separados por 4, 7 ou 10 casas. Adicionalmente, o regente do Ascendente deve ser forte.

Encontrámos outra formulação do yoga: o regente da 1ª e da 10ª casas deverão estar colocados em signos cardinais, enquanto o regente da 9ª casa é forte.

Este yoga produz uma pessoa humanitária, amante dos prazeres e com um bom cônjuge e filhos. Esta  pessoa será dona de terras, terá inclinação para fazer boas ações e para agir sempre de forma reta. Será instruída  em relação aos saberes científicos e à tradição e terá uma vida longa.  Estes nativos gostam de fazer coisas que lhes dão prazer  e uma delas é estudar e aprender, sendo essa a razão pela qual podem ser cientistas  e pensadores. Ao mesmo tempo também gostam de saborear a vida, gostam genuinamente de viver e de gozar todos os prazeres da vida. São otimistas e  procuram a felicidade. Assim, o yoga torna a pessoa generosa para os outros, ao mesmo tempo que lhe permite gozar de todos os confortos materiais e ter riqueza e prosperidade financeira.

Este yoga não deve confundir-se com um outro com nome semelhante e que é um dos Naabasha yogas, formados a partir de certas configurações entre os signos e as casas do horóscopo e que podem ser de 7 tipos.Porém, como nota B. V. Raman, na sua obra  Three Hundred  Important Yogas,  o yoga produz efeitos apenas se as casas envolvidas e os planetas referidos   são fortes  e benéficos funcionalmente.  No entanto,  a regência  da maléfica 6ª casa faz com que, ao mesmo tempo ,o nativo seja atormentado por doenças, despesas e dívidas, e também poderá sofrer com inimigos.  Quando os planetas que formam o Sankha yoga  entram na formação de outros yogas positivos ,o poder deste yoga é aumentado.

Alguns autores defendem que o  yoga Sankha não deve ser considerado para o Ascendente Virgem, uma vez que o regente da 5ª e da 6ª casas é o mesmo (Saturno) pois, neste caso, estarão sempre em  kendras mútuas (na mesma casa). Como é habitual, para ajuizar a capacidade deste yoga  para produzir resultados, é preciso ter em conta a natureza funcional dos planetas envolvidos- devem ser benéficos para o Ascendente em causa; devem ser fortes  e não receber o aspeto de outros planetas maléficos. A força dos planetas deve ser vista com cuidado, bem como  o seu envolvimento em outros yogas pois, no mesmo horóscopo, os planetas podem estar envolvidos em  mais do que um yoga  e , se este for positivo, aumenta as probabilidades de este yoga dar bons frutos; se for negativo, a força do yoga é drasticamente diminuída.

 

Leave a Reply