Go Yoga

go

Este é um yoga auspicioso que se forma quando Júpiter, o maior benéfico, está forte e colocado no seu signo Mooltrokona (Sagitário); deve, além disso, estar em conjunção com o regente da 2ª casa. Finalmente, a última condição refere que o regente do Ascendente deve estar colocado no seu signo de exaltação.

Como seria de esperar, pela conjunção de Júpiter e do regente da 2ª casa que, entre outras coisas ,significa a família,  a pessoa com este yoga provém de uma família respeitada e «será um rei ou igual a um rei», forte, rico e influente, atraente e feliz. Os nativos nascem ricos e têm acesso a  todos os confortos e a uma alta posição social logo que nascem, através da sua família.

Atentos ao comentário do Dr. B. V. Raman (300 Hundred Important combinations) é de notar que este yoga não se pode concretizar completamente para os Ascendentes Escorpião ou Aquário uma vez que, nestes casos, Júpiter rege a 2ª casa não podendo, por isso, estar em conjunção consigo próprio. Porém, como sucede em outros yogas, na nossa opinião, se Júpiter estiver colocado, nestes Ascendentes, na casa que rege, isto é, a 2ª e se as restantes condições do yoga se cumprirem, pensamos que, embora os seus efeitos possam, eventualmente, ser um pouco mais fracos, trata-se ainda de uma configuração poderosíssima, indicando muita riqueza e elevado status para estes nativos.

É ainda de salientar que Júpiter deverá ocupar os primeiros 13º  de Sagitário, que correspondem ao signo Mooltrikona, no Nakshatra de Moola, para produzir este yoga. Assim, se Júpiter estiver colocado no signo de Sagitário, por ex., a 20º, o yoga não existe, mesmo que as restantes condições se verifiquem. Será, no entanto, mesmo assim, uma configuração muito positiva e que dará certamente bons resultados. Também é preciso que os planetas envolvidos no yoga (Júpiter, o regente da 1ª e da 2ª casas) não recebam a influência de planetas maléficos pois isso pode cancelar ou reduzir  muito o poder do yoga. Assim, a associação dos planetas que entram neste yoga  ou a 2ª casa, com planetas maléficos, sobretudo Saturno, Rahu e Ketu destrói uma boa parte das potencialidades deste yoga, se não as  cancelar de todo.

Como curiosidade, lembramos que este yoga apenas ocorre de 12 em 12 anos, pois é preciso que Júpiter ocupe os primeiros 13º de Sagitário, o que ocorre nesta periodicidade.

Leave a Reply