O signo Sagitário na 2ª Casa do Horóscopo

fel

Para evitar repetições, aconselhamos os leitores a lembrar os significados da 2ª casa do horóscopo, bem como uma pequena introdução ao tema desta série de artigos, o que poderão fazer aqui.

A colocação do signo de Sagitário na 2ª casa – o que sucede para os nativos com Ascendente no signo de Escorpião–  leva estes nativos a serem otimistas em relação ao modo como investem o seu dinheiro e também a serem geralmente grandes gastadores. O facto de Júpiter ter aqui  o seu signo Mooltrikona pode trazer muitas oportunidades de ganhos ao longo da vida mas também leva  estas pessoas a gostarem de um estilo de vida «em grande», podendo por isso gastar praticamente tudo o que ganham. Dependendo da colocação e dos aspetos recebidos por Júpiter, pode haver muita sorte e grande facilidade em ganhar e acumular dinheiro, bem como em alcançar um elevado status ou, pelo contrário, o excesso de otimismo nos investimentos pode causar fortes perdas.

O signo Sagitário  é um signo que tem regência  de Júpiter, o professor dos deuses ,e a sabedoria, a capacidade de ensinar pelo exemplo , os papeis de aconselhamento , a profissão de professor, de corretor e conselheiro jurídico ou financeiro, são algumas das profissões adequadas para a influência de Júpiter. Júpiter dá-se bem em alguma posição  executiva, sobretudo na área jurídica ou financeira; é o tesoureiro ou o banqueiro, o gestor bancário ou  corretor, o Juiz, o professor. Pode também ocupar uma posição elevada na Política ou na Administração em que a sensatez e a capacidade de decidir de forma sábia e eficaz e a capacidade de liderar os outros sejam necessários. Dá um bom banqueiro ou ministro das finanças ou, em escala menor, um excelente gestor de fortunas ou de uma instituição financeira.

Os nativos com o signo Sagitário na 2ª casa   são trabalhadores e apreciam uma profissão que faça a gestão de dinheiro e dos ganhos ou bens. Para este Ascendente, Júpiter também rege a 5ª casa e, se não sofrer aflições, estas pessoas têm sorte e muitas oportunidades para trabalhar e  ganhar dinheiro baterão à sua porta. Muitas vezes conseguem recuperar os seus bens, quando estes foram desperdiçados, repondo rapidamente o dinheiro necessário para fazer face a essas perdas. Assim, estes nativos conseguem com frequência recompor-se de perdas, que podem ser mais ou menos recorrentes devidos aos hábitos de «mãos largas» que tendem a desenvolver. Podem ter sorte nos investimentos ou até no jogo, se o resto do horóscopo o confirmar. Quando Júpiter está bem colocado e sem aspetos negativos pode haver ganhos consideráveis através da realização de bons investimentos pois Júpiter é movido pela sabedoria e pelo talento natural para lidar com o dinheiro e com a riqueza. Será, no entanto, aconselhável estudar com atenção os aspetos e a disposição de Júpiter, bem como o Ascendente e a 2ª e  11ª casas antes de vaticinar o ganho de uma fortuna…

Júpiter, o regente de Sagitário,  possui uma energia positiva e  dá inteligência , sensatez e uma capacidade inigualável para aprender com as experiências, ao mesmo tempo que torna os nativos honestos e respeitadores da verdade. Assim, estas pessoas são orientadas para alcançar ganhos de forma honesta , recusando os «esquemas» de enriquecimento fácil, quaisquer que estes sejam. Gostam de uma profissão que seja reconhecida e respeitada pela sociedade e na qual possam ter autonomia  ou algum papel de liderança.  Quando trabalham como gestores  do dinheiro e da riqueza dos outros, estes nativos fazem-no como se estivessem a cuidar do seu próprio dinheiro. Como conselheiros, procuram o que é melhor para os clientes e não aquilo que os favorece mais a si próprios. Esta honestidade no trabalho e nos procedimentos, procurando promover o bem geral, faz com que sejam considerados dignos de confiança pelos que os procuram e o mesmo acontece quando se ocupam de alguma profissão com caráter associado à Lei: são imparciais e objetivos nos seus juízos sem serem rígidos nem fundamentalistas , sabendo adaptar a letra da lei às circunstâncias da vida. Do mesmo modo dão bons professores, sendo exímios na arte do discurso e da escrita, passando aos outros as vivências concretas que dão significado aos conceitos, sendo por isso bons comunicadores.

A educação nos primeiros tempos de vida revela certamente uma criança muito curiosa e  com gosto por aprender, sempre com algumas perguntas à procura de serem respondidas. Tem talento para a escrita e pode gostar de Matemática, aptidões e  gostos que podem fazer dela um dos estudantes preferidos pelos professores pois revela um genuíno interesse por aprender, sendo talvez leitora compulsiva e com uma abordagem das questões mais madura do que a dos colegas da mesma idade. É uma pensadora e, por isso, faz-se notar positivamente junto dos professores, gostando de intervir e  de  participar e procurando saber mais do que aquilo que lhe é ensinado.

Leave a Reply