Rogagrastha Yoga

doe

Este é mais um yoga pouco feliz, indicativo de uma pessoa com saúde fraca e constituição física com predisposição para adoecer..Note-se entretanto que, nos tempos atuais e com o acesso a cuidados médicos (quase) universais, este e outros yogas do mesmo tipo têm menos peso do que no passado em que o tratamento da debilidade física era muito mais difícil  , sobretudo para os que não tinham acesso a cuidados médicos. O yoga forma-se  em duas situações diferentes:

  • Quando o regente do Ascendente está colocado no Ascendente em conjunção com o regente da 6ª, 8ª ou 12ª casas;
  • Quando o regente do Ascendente está fraco e colocado numa casa trina (1, 5, 9 ) ou kendra (1, 4, 7, 10). Para os leitores menos familiarizados com a Astrologia Jyotish, lembramos que a 1º casa ou Ascendente é simultaneamente trina e kendra.

Quanto aos efeitos produzidos, este yoga produz uma constituição física fraca e doentia.

Comentando este yoga, o Dr B. V Raman (300 Important Combinations)  esclarece que, no que se refere à segunda formulação, é preciso entender que , se por princípio a colocação do regente do Ascendente numa das casas mais auspiciosas, indica uma vida com sucesso, a força dessa colocação perde-se se o regente do Ascendente estiver fraco. E esta fraqueza refere-se, no caso presente, à força shadbala,  um dos métodos quantitativos para avaliar a força dos elementos do horóscopo, de que já falámos em artigo anterior e que qualquer software de Astrologia Jyotish, incluindo o programa gratuito que recomendámos aos leitores- Jaganatha Hora-  apresenta por defeito no relatório inicial  que desenha os elementos do horóscopo. Se a força shadbala do regente do Ascendente tiver uma pontuação baixa, o planeta, apesar de bem colocado por casa, não consegue produzir bons resultados.

Quanto à primeira formulação deste yoga, apesar de a conjunção entre o regente do Ascendente e qualquer um dos regentes das casas maléficas seja pouco auspiciosa, é preciso ter em conta que essa conjunção tem graus de «malignidade» diferentes quando se forma com cada um daqueles regentes: a conjunção com o regente da 12ª casa é  a menos maléfica, não tendo grande expressão no plano da saúde e da constituição física, fazendo-se sentir principalmente no plano financeiro, nomeadamente na  dificuldade para poupar e evitar certas despesas que podem esgotar os ganhos pessoais;  no caso da 6ª e da 8ª casas, para além do aspeto financeiro que também se manifesta, há ainda a questão da saúde: nestes casos a pessoa tem uma saúde frágil e adoece com facilidade pois tem pouca resistência aos agentes  causadores de doença sendo que o caso pior é o da conjunção com o regente da 8ª casa.

Leave a Reply