Pretasapa yoga

 

luz

Este é mais um yoga relacionado com «maldições» e envolve algumas crenças religiosas e culturais dos países orientais.

O yoga forma-se quando o Sol e saturno estão colocados na 5ª casa, a Lua está fraca na 7ª casa, Rahu está colocado no Ascendente e Júpiter está colocado na 12ª casa.

Os efeitos, segundo a tradição, são que as crianças morrerão devido a maldições lançadas pelas Preta ou Manes dos mortos.  Antes de avançar, convém esclarecer um pouco mais este conceito. Preta é uma palavra  em sânscrito que significa «morto, o que partiu» e refere-se atualmente ao espírito de qualquer pessoa morta  mas antes de terem sido feitos os rituais fúnebres.  Para além disso, designa também o espírito de pessoas que, em vida, foram extremamente corruptas, falsas, gananciosas, ciumentas e que, devido ao seu karma, são afligidas com a fome de alguma coisa muito bizarra e repulsiva, como cadáveres, fezes, etc. Segundo a tradição chinesa, estes espíritos recebem o nome de «fantasmas famintos».

No seu comentário ao yoga, o Dr. B. V. Raman (300 Important Combinations) explica o termo «preta» no contexto cultural da Índia, informando que, após a morte, e enquanto duram as cerimónias fúnebres (duas semanas) a alma do defunto recebe o nome de «preta». Considera-se que esta alma em estado de transição irá para um plano mais elevado ou inferior de acordo com o seu karma e com a qualidade das cerimónias fúnebres realizadas pelos filhos do morto. Quando essas cerimónias não são realizadas como é devido, haverá uma maldição para os que ficam, por causa da negação que estes fizeram à alma do defunto que, sem os rituais apropriados, não pode ascender a um plano mais favorável após a morte.  Note-se que estas crenças são muito antigas e eram partilhadas  também pelos antigos gregos, por ex., que aceitavam a existência de seres sobrenaturais, chamados «Fúrias» ou «Eríneas» que vingavam os mortos, quando não lhes era dado um funeral que permitisse a sua ascensão para outro plano mais favorável. E muitos outros povos  têm crenças semelhantes, sendo praticamente universal a crença de que a morte física não é o «fim» absoluto mas uma passagem para outro plano.

Independentemente de o leitor considerar estas crenças verosímeis ou não, a configuração em causa mostra uma Lua extremamente aflita pelo aspeto  de Rahu e a conjunção com Ketu, além do aspeto de Saturno. O Dr Raman esclarece ainda que a associação entre a Lua, Rahu e Saturno é sempre indicadora da aflição por espíritos negativos ou fantasmas, etc.. e a associação com a 5ª casa indica o efeito de morte dos filhos.

Leave a Reply