Signo Sagitário na 4ª Casa do Horóscopo

4444

Continuamos a descrever os efeitos da colocação dos signos na 4ª casa do horóscopo. Pode ler uma breve síntese de alguns dos significados da 4ª casa aqui.

Quando o signo Sagitário  ocupa a 4ª casa do horóscopo- o que acontece para o Ascendente Virgem-   os nativos podem viver numa casa grande na qual não faltam os animais domésticos como parte da família. O ambiente é aberto, tolerante e estes nativos podem conviver com pessoas de diferentes culturas. Muitas vezes isso acontece porque um dos pais é estrangeiro, outras vezes porque residem em algum país estrangeiro- ou vários, sucessivamente- sentindo-se perfeitamente à vontade com esses contactos; os pais podem ter uma carreira académica que lhes permite contactos frequentes com outras culturas e pessoas oriundas de países diferentes. São também, em geral, pessoas com elevados princípios ético-morais e, desde muto cedo, estes nativos compreendem a importância de serem verdadeiros no que dizem e no que fazem. Também aprendem a ter um respeito profundo pelos direitos humanos e pelos  direitos dos animais, respeito e tolerância perante modos de ser diferentes daqueles a que estão acostumados e que, normalmente, dizem respeito a minorias sociais. A sua educação é esmerada, falam fluentemente várias línguas, além da língua materna e têm um interesse genuíno por aprender a partir das fontes tradicionais de sabedoria.

A mãe proporcionou um ambiente amigável na relação com o nativo, compreensivo e companheiro, tendo habituado a criança a ser autónoma e livre desde cedo, estimulando as experiências que podiam ter significado relevante para o desenvolvimento da criança. Muitas vezes a mãe tem uma carreira académica ou é diplomata, o que «obriga» a mudar de residência muitas vezes ao longo do período de crescimento. Mas essas mudanças não afetam negativamente os nativos, dando-lhes, pelo contrário, estímulos novos e experiências diferentes que ajudam a desenvolver um espírito aberto e não dogmático, pelo contacto com muitos ambientes socioculturais distintos. A mãe é uma pessoa otimista e jovial, com uma sensatez e equilíbrio na forma de educar que marca positivamente estas pessoas, de tal modo que se «sentem em casa» em lugares e com pessoas muito diferentes. Aprendem com os pais que a segurança não resulta do local onde se está mas da força dos seus princípios e valores e são estes que sustentam a sua base de segurança  em todos os níveis. Daí a dificuldade em ficarem restringidos apenas a um local – a casa da família por ex.,- preferindo mudar frequentemente de ambiente e de residência. A liberdade é um fator essencial para que se sintam felizes e tudo o que pretenda restringir essa liberdade- sejam laços familiares, um emprego ou outra coisa qualquer- será rejeitado.

Os nativos com Ascendente Virgem são perfecionistas e pensadores. São reservados e introvertidos mas também são amantes da verdade, que identificam com um modo «puro» de ser. Por isso gostam de discutir sobre os fundamentos das crenças , tanto ideológicas como religiosas ou filosóficas. Mas, uma vez encontrada a sua «verdade», gostam de viver de acordo com ela pois isso é essencial para manterem o seu equilíbrio psicológico e a sua consciência ética imperturbada. A educação que recebem desde cedo leva-os a apreciar o conhecimento, não apenas teórico mas, sobretudo, prático, no contacto próximo com a realidade concreta. Assim, gostam de aprender através das mudanças que fazem no seu ambiente físico e social , de conhecer pessoas de diversas origens e com diferentes valores.  E apreciam também a frescura de  um passeio pela Natureza, pelos espaços abertos  que lhes permitem sentir a expansão da sua identidade para lá de tudo o que é finito.

 O signo Sagitário   está  associado à procura de uma ligação entre o finito e o infinito, simboliza a compaixão da energia divina que «desce» até ao plano material para que os seres finitos possam ter a esperança de ascender ao plano da imortalidade e da transcendência. É um signo de sabedoria, de aprendizagem pelo exemplo, de cultivo das qualidades do discípulo que aspira à maestria e do sábio ou mestre que deseja guiar outros para mais compreensão e mais luz na perceção da realidade. Num plano mais terreno simboliza o andar «à aventura», sem objetivos traçados, sem amarras ou apegos que lhe limitem as escolhas.  Assim,  os nativos são amantes das viagens, sobretudo de longa distância e gostam de contactar com pessoas de outras origens culturais porque isso lhes abre os horizontes do conhecimento humano. Gostam de comunicar com os outros, aprendendo a falar diversas línguas para que essa comunicação seja mais eficaz . O que não gostam é de uma vida de rotinas e de conformismo, nem de compromissos definitivos precisando de mudar de ambiente e de «cenário de vida», de vez em quando. Assim, os nativos com Ascendente Virgem  estão frequentemente envolvidos em carreiras associadas com serviços internacionais através dos quais contactam com países estrangeiros. Também têm em geral  a sorte de obter uma casa onde se sentem felizes, no local que desejam, embora possam mudar de casa com alguma frequência. Alguns podem residir em pais estrangeiro ou casar com uma pessoa de outro país. Gostam de lugares exóticos e de conhecer pessoas que saem fora do  seu contexto social de origem.

Quando Júpiter, regente do signo Sagitário, está forte no  horóscopo e bem colocado, estes nativos têm uma infância feliz , rodeados de um ambiente um pouco boémio mas responsável e caloroso, tendo acesso a fontes diversas de conhecimento e de aprendizagem prática, sendo-lhes dada muita autonomia e liberdade e em que os exemplos dados pelos pais acabam por servir de matrizes importantes para os seus próprios valores e comportamentos futuros. Amam o saber e a liberdade e são pessoas felizes, intimamente, pois agarram-se mais aos fatores espirituais da vida do que aos materiais. São também pessoas bondosas e generosas, gostando de ajudar os outros. Podem receber propriedade da família como carros, casas, terras e têm acesso a todos os confortos.

A educação destes nativos  durante a infância  é mais informal do que formal, dada pelo exemplo e pelos valores transmitidos em casa, uma paixão pela descoberta da verdade e  a tendência para a procura da sabedoria espiritual, o que pode fazer deles bons pensadores, cientistas sociais, filósofos , etc..Podem revelar alguma preguiça ou desinteresse por todos os assuntos para os quais não se sentem atraídos de imediato e gostam especialmente dos temas relacionados com os valores , os direitos, a ética, seja em relação ao homem seja em relação aos animais e à Natureza. São afáveis para com os professores e colegas e, em geral, são bons estudantes pois interessam-se genuinamente pelo conhecimento e pelo saber em geral.

Deixe um comentário