Glossário Astrológico- Ayanamsa

Glossário astrológico Ayanamsa capa

Esta é uma palavra em Sânscrito composta por duas partes : Ayana, que significa «movimento» e outra, de que já falámos neste glossário  e que tem ampla aplicação na Astrologia Jyotish, «amsha» que significa «porção».

A palavra Ayanamsa tem muita relevância para os estudantes e praticantes de Astrologia Jyotish referindo-se à diferença entre o Zodíaco Tropical, seguido pela Astrologia Ocidental e o Zodíaco Sideral, seguindo pela Astrologia Jyotish.

Quando se trata de calcular a posição dos corpos celestes, existem diferentes formas de o fazer e, por isso, há diversos conceitos de «Ayanamsa», levando a disputas astronómicas entre os peritos. Mas, em termos mais gerais, a palavra Ayanamsa designa a diferença entre as duas formas mais comuns de calcular a posição dos corpos celestes: a Astrologia Jyotish faz esses cálculos tendo por ponto de referência as estrelas fixas ou constelações celestes do Zodíaco Sideral. A Astrologia Ocidental faz esse cálculo tendo por ponto de referência o equinócio vernal  que marca o início da Primavera e que deveria corresponder a 0º do signo Carneiro. No entanto, devido a um fenómeno astronómico chamado precessão dos equinócios, há em cada ano um «atraso» no movimento tropical anual do Sol ao longo da Eclíptica (este é um círculo imaginário que projeta, na esfera celeste, o movimento aparente do Sol  ao longo de um ano tal como é visto da Terra. Na verdade, como sabemos, é a Terra que se move à volta do Sol e não este que orbita á volta da Terra)  de modo que, atualmente, o recuo em relação ao signo Carneiro  marca a diferença entre o Zodíaco Tropical e Sideral . Entre os dois pontos de referência existe uma diferença que é, atualmente, de cerca de 24º 6’ 2” a menos para o Zodíaco sideral.  Ou seja, o Zodíaco tropical comporta-se como se em cada equinócio vernal não houvesse qualquer diferença no movimento anual do Sol, continuando a fazer coincidir o equinócio vernal com 0º de Carneiro quando, na verdade, há um recuo para o signo Peixes de  cerca de 24º 6’2” (Lahiri).

Se assumirmos que o movimento em precessão dos equinócios é cerca de 1º 23’ 49’’ por século e é constante (cálculos da NASA) então são necessários mais de 25 000 anos para que os dois Zodíacos- o Tropical e o Sideral – coincidam e o equinócio vernal corresponda efetivamente aos 0º do signo Carneiro. Mas, após essa «coincidência» os dois Zodíacos começam novamente a divergir, por causa do movimento em precessão dos equinócios. Teoricamente, só de 25 000 em 25 000 anos é que os dois Zodíacos são coincidentes.

Mas a discussão à volta do conceito de Ayanamsa não é pacífica entre os teóricos, não porque haja rejeição do conceito de precessão dos equinócios- que é uma evidência científica indesmentível- mas porque há diversas formas de calcular essa diferença da «porção» dos dois Zodíacos que os torna diferentes. As diferenças entre os vários métodos de cálculo podem ir até 1º 30’ de diferença entre os vários «Zodíacos Siderais» assim encontrados.  Estas diferenças de método têm implicação direta sobre o modo de calcular a posição dos planetas no horóscopo, os períodos Dasa/antardasha, etc. e fazem-nos perceber que, na Astrologia Jyotish, pode haver interpretações muito diferentes de um mesmo mapa astrológico, (porque em cada um dos «métodos» utilizados para calcular o Ayanamsa a posição dos planetas, os dasa, etc., são diferentes) sendo que se estima que é possível ter pelo menos dez diferentes versões de um mapa astrológico apenas devido à forma diferente de calcular o Ayanamsa.

Na Índia, o Ayanamsa segundo o método Lahiri é o adotado oficialmente pelo Estado para os cálculos astronómicos do calendário e é também aceite pela maioria dos astrólogos. Outros igualmente populares são os de Krishnamurti e Raman. No Ocidente o Ayanamsa de Lahiri tem também a aceitação  de um grande número de  astrólogos.  Mas, como em qualquer ciência, também na Astrologia Jyotish não há lugar para «verdades absolutas» nem garantias totais de que o método escolhido para calcular o Ayanamsa é de facto «o mais verdadeiro» embora, intuitivamente, os estudantes de Astrologia, quando escolhem um dos métodos, acreditem que este é o melhor e o mais correto.

Deixe um comentário