Signo Leão na 7ª Casa do Horóscopo

 

Signo Leão na 7ª Casa do horóscopo capa

Continuamos a apresentar os efeitos da colocação dos signos na 7ª casa do horóscopo. Esta colocação é especialmente importante pois o signo que ocupa a 7ª casa é oposto do signo Ascendente e, por via disso, é-lhe complementar. Na 7ª casa exprimem-se as qualidades que, sendo relativas aos outros, são no entanto fundamentais para que a nossa identidade se complete. Tudo o que é expresso pela 7ª casa precisa, desse modo, de ser integrado na identidade de forma dinâmica e é algo com o qual cada personalidade tem que lidar ao longo da vida.

Poderá ler um pequeno resumo dos significados da 7ª casa aqui.

Para uma abordagem mais aprofundada sobre a 7ª casa leia o artigo aqui.

Quando o Signo Leão ocupa a 7ª casa do horóscopo – o que acontece para o Ascendente Aquário– os nativos sentem-se atraídos por parceiros- de vida e de negócios-  que não passam despercebidos: podem ser glamorosos, atraentes e com ar majestoso, procurando ser o centro das atenções; gostam de um estilo que vida opulento, com luxo, conforto e gostam de ser mimados (a). Os parceiros podem ser vaidosos e superficiais, sempre prontos para a diversão e para um estilo de vida social, com muitas festas onde possam brilhar e encantar, são pessoas que cuidam muito da imagem e da forma como se vestem, podendo trabalhar na área da moda, do entretenimento ou do desporto. Mas podem também ser generosas e amigas dos seus amigos, embora tenham em geral um complexo de «prima dona» esperando receber todas as atenções, antes de eles (ou elas) decidirem dar alguma dessa atenção. Quando a 7ª casa é forte e o Sol também está bem colocado, os parceiros podem ter alguma posição de relevo e alcançar um status elevado, muitas vezes como «estrelas» do desporto, do cinema, da política. São em geral caprichosos mas também benevolentes e calorosos, sobretudo quando recebem a devida «adoração» por parte do nativo.

Muito focados em si próprios, os parceiros do nativo com Ascendente Aquário gostam de ser mimados e tão depressa se portam como crianças entusiastas com algo que os alegre como adotam a postura digna e «real»  de que tem que dar o exemplo.  E, na verdade, estes nativos têm muitas vezes algo de especial, são extremamente criativos e podem inspirar outros à sua volta. Isto tudo, é claro, apesar de escolherem em geral uma imagem de si próprios que é muito construída e calculada para produzir os máximos efeitos de esplendor sobre os que os rodeiam. Podem, entretanto, ser muito egocêntricos e teimosos, amuando com facilidade quando são contrariados. Estão sempre a «representar» algum papel, como se a vida fosse efetivamente um grande palco desenhado para os aclamar e receber. São também românticos incorrigíveis embora muitas vezes o romance seja mais encenado do que verdadeiramente sentido, de tal modo que se enamoram pelo amor, mais do que pela pessoa real com quem começam a interagir. O casamento, para estas pessoas , é um show, no qual eles têm o papel principal. Adoram dar a conhecer aos outros os pormenores da sua vida conjugal, que exibem com a excitação de quem revela um poema de amor ou um sonho privilegiado. Muito emocionais nas respostas com os parceiros, tanto dão a ver a sua paixão e enamoramento como o drama da sua tristeza. Um casamento que seja apenas uma relação privada não tem qualquer charme para estas pessoas.

Por seu lado, os nativos com Ascendente Aquário, apesar de podem ser muito «igualitários», podem ser muito possessivos com os parceiros e também ciumentos. Também tendem a considerar que o seu trabalho é mais importante do que o do parceiro e isto pode trazer atritos ao relacionamento pois os parceiros destes nativos não aceitam de ânimo leve ser «passados para trás» e veem como uma afronta  o menor apreço da sua imagem pública ou carreira pelos nativos de Aquário. Com efeito, estes nativos atraem parceiros que são muitas vezes extravagantes, majestosos, muito conscientes da  sua própria importância. Querem estar nas bocas do mundo, ser conhecidos por todos e famosos, quanto mais não seja por serem quem são.

Quando o signo Leão está colocado na 7ª casa, os parceiros pessoais são dramáticos e intensos e muito «cheios de si». Isto significa que as parcerias, tanto conjugais como de negócios podem ser um palco nem sempre pacífico, de diferenças individuais, com explosões de humor e dificuldades de cooperação. O nativo e os seus parceiros podem ser muito leais no relacionamento mas não é fácil manter a «paz» na relação. Porém, será em geral o nativo de Aquário o que se identifica com o parceiro e «empresta» deste a sua identidade, devotando-lhe toda a atenção de  que este precisa, embora não de forma muito constante. Ambos são muito sociais mas pelas razões opostas: Leão é social porque precisa de um público; Aquário é social porque a sua natureza é gregária e sente dificuldade em separar-se do «nós» coletivo e comunitário. Assim, são companheiros leais e devotados do parceiro de vida e apaixonados por este. Por sua vez, os parceiros são excêntricos, criativos, diferentes , fascinantes e fazem sonhar os nativos de Aquário, fazendo-os  viver a sua fantasia romântica.

Mas a 7ª casa representa mais do que o parceiro conjugal. E, quando Leão ocupa esta casa, os nativos de Aquário  contam com parceiros de negócios que, não obstante o seu valor , carisma e criatividade, podem realmente dar-lhes muitas dores de cabeça pois tenderão a achar que são os únicos que fazem progredir o negócio e todo o sucesso que este tenha é auto atribuído. Ao mesmo tempo, todas as possíveis dificuldades serão atribuídas ao parceiro. Nesta parceria, só um pode brilhar e aparecer como «campeão» e «vencedor». Não é preciso pensar muito para entender que isto, mais cedo ou mais tarde, sobretudo quando as coisas correm mal, traz um desfecho dramático e emocional de acusações mútuas.

No caso presente da complementaridade Aquário /Leão, o nativo de Aquário tem dificuldade em discernir as «fronteiras» do seu eu, preferindo identificar-se com alguma organização coletiva e grupal. No passado provavelmente foi demasiado autocentrado e/ou egoísta e não abriu espaço para a expressão e opinião dos outros, nem teve capacidade para formar verdadeiras parcerias colocando os seus interesses sempre em primeiro lugar. Agora, com o Ascendente no signo Aquário, precisa de aprender a integrar o lado individual correspondente ao signo Leão, na sua identidade, vivendo essa experiência da 1ª pessoa nos parceiros de vida ou de negócios. Nesta existência tem oportunidade de conciliar  a criatividade individual com a criatividade coletiva e aprender o sentido da cooperação que corresponde à conciliação entre modos diferentes de ser no consenso de um desenvolvimento de objetivos comuns e importantes para ambos.

Leave a Reply