Signo Touro na 7ª Casa do Horóscopo

signo touro na 7ª casa do horóscopo

Continuamos a apresentar os efeitos da colocação dos signos na 7ª casa do horóscopo. Esta colocação é especialmente importante pois o signo que ocupa a 7ª casa é oposto do signo Ascendente e, por via disso, é-lhe complementar. Na 7ª casa exprimem-se as qualidades que, sendo relativas aos outros, são no entanto fundamentais para que a nossa identidade se complete. Tudo o que é expresso pela 7ª casa precisa, desse modo, de ser integrado na identidade de forma dinâmica e é algo com o qual cada personalidade tem que lidar ao longo da vida.

Poderá ler um pequeno resumo dos significados da 7ª casa aqui.

Para uma abordagem mais aprofundada sobre a 7ª casa leia o artigo aqui.

Quando o Signo Touro ocupa a 7ª casa do horóscopo – o que acontece para o Ascendente Escorpião– os nativos são conservadores em relação aos parceiros que escolhem. Gostam de um casamento para a vida, estável e esperam o mesmo em  relação ás parcerias de negócios e às amizades.  Atraem por seu lado também pessoas com as mesmas características de confiança e estabilidade, com personalidade e atitudes previsíveis para saberem bem o que podem esperar. Não gostam de der «surpreendidos» pelos parceiros, gostam de manter o mesmo estilo de relacionamento ao longo do tempo pois isso dá-lhes segurança. Isto revela a sua capacidade de compromisso inabalável com os parceiros de todos os tipos. Esta entrega total tem a sua moeda de troca pois, logo que estabelecem um relacionamento formal, fazem-no de forma definitiva e são muito possessivos e ciumentos, exigindo igual compromisso por parte dos parceiros, ou seja, total lealdade e fidelidade.

Os parceiros dos nativos com Ascendente Escorpião são pessoas práticas, determinadas e pacientes, amantes dos prazeres e confortos da vida, sensuais, amantes da boa comida e bebida. Podem colecionar  objetos artísticos ou ter como hobby a cozinha gourmet, ou outras atividades que agradam aos sentidos como a aromaterapia, etc.. Gostam de se rodear de luxo e de conforto e são muitas vezes pessoas com dinheiro e com talento para acumular riqueza.  São igualmente pessoas com necessidades simples, normalmente relacionadas com todos os confortos do corpo e a sua personalidade tende também a ser tranquila e não complicada.

Os nativos de Escorpião, complexos e «atormentados» por natureza, complementam-se bem com a tranquilidade das pessoas do signo Touro, para as quais os prazeres terrenos se identificam com a própria felicidade: comer e beber, conquistar o maior número de posses materiais e alcançar uma boa posição social é tudo o que precisam, para além, é claro, de poderem contar com o afeto incondicional  do parceiro de vida. Esta tranquilidade e estabilidade dos parceiros permite aos nativos de Escorpião encontrar um «reduto de calmaria» no mar tantas vezes tempestuoso dos seus conflitos internos. Se os parceiros lhes devolverem o afeto de que necessitam, estes nativos são leais e fieis ao longo do tempo.

Quando o signo Touro ocupa a 7ª casa do horóscopo o relacionamento com todos os tipos de parceiros pode decorrer com facilidade desde que os interesses e personalidades sejam semelhantes: focados em ganhar dinheiro e em trabalhar de acordo com os objetivos mútuos, atraídos pelas mesmas necessidades e gostos , amantes dos valores tradicionais e da família, estáveis e fiáveis. Mas, quando as personalidades são muito diferentes, os conflitos podem surgir com facilidade e a capacidade de entendimento pode, simplesmente, tornar-se ausente. Pode deste modo acontecer que estas pessoas se confrontem, com alguma frequência, com pessoas conflituosas ou demasiado obstinadas. E, quando têm opiniões opostas, são como « a água e o azeite» torna-se impossível a cooperação e o entendimento mútuo.  Quando os parceiros têm personalidades semelhantes ou objetivos e interesses semelhantes, a cooperação com eles pode ser mutuamente muito vantajosa, sobretudo no plano material dos ganhos e da acumulação de riqueza ou dos objetivos sensuais. Os parceiros íntimos são bastante sexualizados e devem ter necessidades semelhantes para que o relacionamento com eles seja bem-sucedido.

No caso presente da complementaridade Escorpião /Touro, a sensualidade e romantismo de Touro completa a capacidade de intimidade emocional e sexual de Escorpião, sendo esse o fator determinante da relação. Quando se trata de opinar  e de exprimir ideias, no entanto, pode haver conflitos de vez em quando mas, como nenhum dos signos é muito verbal na sua expressão, a expressão física e emocional torna-se mais importante para estas pessoas.

Nenhum destes dois signos, no entanto, é facilmente modificável ao nível das ideias e crenças por isso será bom ver se existe compatibilidade a este nível para garantir a durabilidade da relação. Com parceiros com a personalidade típica de Touro, os nativos de Escorpião podem ter dificuldade em conseguir «subjugar» o parceiro e a chave do entendimento entre ambos será a boa harmonia nas conquistas materiais: Touro luta pelas conquistas mais imediatas e pelo poder no mundo externo; Escorpião luta pela conquista do poder interior, baseado na vontade e no domínio interno das próprias necessidades. Um e outro podem ajudar-se mutuamente a ser mais completos aceitando uma tácita «igualdade» hierárquica no casamento ou parceria. Quando o parceiro (Touro) traz riqueza material e status para o casamento, isso é muto fácil de alcançar.

Em termos kármicos, as pessoas com  o signo Touro na 7ª casa podem revelar um padrão passado em que foram demasiado agarradas aos objetos e riqueza material e desvalorizaram outros «bens» mais espirituais que, muitas vezes, resistem ao «prazer» imediato para se focarem em valores que são de ordem espiritual. Precisam por isso de experimentar, de algum modo, o conflito entre os prazeres imediatos e o valor da vontade espiritual que é capaz de assumir o controlo sobre a dimensão física do corpo e impor uma outra visão acerca da realidade, transformando-se abruptamente através de diversas crises que obrigam a descobrir a finitude de tudo o que tem natureza material, até que cheguem a compreender que apenas o que tem natureza espiritual pode resistir às transformações da matéria física da realidade. Isto não se faz sem dor, pois o corpo habitua-se ao prazer e quer acreditar que isso é tudo o que existe, tudo o que importa manter e alcançar. A crueza da morte mesmo simbólica, ajuda compreender que isso é uma ilusão.

Leave a Reply