Conjunção Sol Júpiter na 1ª Casa Signo Carneiro

Conjunção sol Júpiter na 1ª casa signo Carneiro capa

Para conhecer os efeitos da colocação do Sol na 1ª casa leia o artigo aqui.

Júpiter na 1ª casa do horóscopo tem força direcional, ou Dig Bala.  Produz uma personalidade calorosa e generosa, expansiva e uma aparência agradável. Infelizmente também «expande» o corpo físico, ou seja, gera tendência para que o corpo físico aumente de volume, sendo necessário controlar o peso. A pessoa faz retenção de líquidos e pode ter tendência para  comer em excesso. Se Saturno estiver em aspeto com a 1ª casa esta tendência fica reduzida. Será no entanto provável que a pessoa lute a vida toda para conter o aumento de volume do corpo, sobretudo na maturidade, quando esta tendência se torna  ainda mais forte.

A colocação de outros planetas maléficos na 1ª casa altera os bons significados da presença de Júpiter na 1ª casa e, segundo Parashara, quando Júpiter está colocado na 1ª casa em associação ou aspeto com um planeta maléfico, a pessoa tem uma aparência física desagradável se não houver outras indicações que contrariem isto.

Júpiter é o planeta karaka (indicador) das crianças e, quando está colocado na 1ª casa numa natividade feminina, ajuda a fertilidade e, e geral, estas mulheres têm filhos e também uma postura protetora em relação a estes ao longo da vida. Porém, se Rahu ou Ketu estiverem associados com Júpiter na primeira casa a fertilidade pode ser cancelada ou negativamente afetada. A personalidade dos nativos com Júpiter na 1ª casa é jovial e muito humana e estas pessoas têm a particularidade de se adaptarem a muitos contextos e ambientes diferentes. A identidade destes nativos é multifacetada e complexa. Estas pessoas são generosas de espírito e vocacionadas para o uso da voz, sendo considerada uma excelente posição para o canto ou declamação poética. Também falam facilmente uma multiplicidade de línguas.

A colocação de Júpiter na 1ª casa torna fácil obter sabedoria e traz também muitas oportunidades para a vida da pessoa. Estes nativos podem ser religiosos no sentido tradicional ou podem ter um tipo de devoção espiritual próprio , encontrando facilmente  conforto e esperança, mesmo nas situações mais difíceis. São naturalmente otimistas e veem sempre o lado mais positivo das coisas, a menos que Saturno lance aspeto sobre Júpiter ou este esteja colocado no signo de Saturno. Quando recebe o aspeto de Saturno, Júpiter torna-se mais comedido e disciplinado, embora a tendência para o otimismo e para ver o lado positivo das coisas não desapareça.

Estes nativos são estimados pelos demais tanto pela generosidade com que se apresentam como pela sabedoria que revelam e pelo seu otimismo contagiante. Os processos mentais destas pessoas afetam a sua aparência física e podem também ser uma fonte de rendimento, muitas vezes na área da comunicação e da escrita. Sendo também um planeta karaka da linguagem, Júpiter na 1ª casa dá um discurso fluente e  capacidades multilinguísticas.  Estas pessoas são naturalmente inclinadas para compreender a diversidade cultural e expressão humana dos valores. São tolerantes para as diferenças culturais e individuais, generosas e acolhedoras em relação aos outros.  Consideram a palavra dada como garantia da «verdade», apreciando a capacidade de cada ser humano «dizer a verdade» como basicamente mais importante do que todos os artifícios do «estilo» e do refinamento da cultura. Por isso não têm preconceitos que discriminem os que tiveram acesso a uma educação académica de grau superior e  os que  não a tiveram  acessível. Julgam o «valor» humano de cada um pela capacidade que este tem de «dizer a verdade» e rejeitar a mentira.

A natureza amável e generosa destas pessoas faz com que os outros esqueçam ou não deem importância a pequenas infrações que possa cometer , pelo que mantêm a boa imagem e reputação.  Os clássicos referem que a presença de Júpiter na 1ª casa traz diversas bênçãos para o nativo nesta vida, de acordo com os significados das casas que rege no horóscopo.

A presença de Júpiter na 1ª casa num mapa feminino pode indicar um cônjuge muito influente, com excelentes qualidades e que produzirá um casamento feliz (desse que não haja aflições a estas casas e a Júpiter).A relação com o cônjuge será muito próxima ao ponto de a identidade da mulher integrar as qualidades do marido. Em geral, especialmente no primeiro casamento, estas mulheres escolhem companheiros com porte atlético e capazes de estabelecer a continuação de uma certa linhagem familiar.

No que se refere à saúde, Júpiter na 1ª casa gera tendência para a obesidade, como referido, problemas de retenção de líquidos e congestão das vias respiratórias. Pode haver ainda problemas digestivos, doenças de fígado, gota, impurezas no sangue.

Segundo os clássicos, a colocação de Júpiter na 1ª casa também traz fortuna, poder e dignidade social e habilidade para ganhar dinheiro, poder forte da vontade e natureza espiritual forte alicerçada nos valores morais , filosóficos e/ou religiosos, sinceridade, otimismo e jovialidade, prudência, natureza cortês e amável. Os nativos são também racionais, determinados e autoconfiantes. Podem atingir uma posição elevada como professores, banqueiros, médicos, advogados e juízes, pregadores e vendedores ou comerciantes em largas organizações. São prósperos, instruídos, com boa apresentação, com uma personalidade encantadora; são caridosos e podem dar boa parte da riqueza para ações de caridade e são eficientes no que fazem. Acreditam na vida após esta existência e no julgamento das almas de acordo com o merecimento destas. Possuem uma elevada consciência espiritual.  Têm em geral filhos. Amam o saber e são buscadores do conhecimento, instruídos e sábios. São atraentes. Têm excelente longevidade. Podem ser poetas ou cantores. Têm o dom da palavra para se exprimirem.

Para saber quais os efeitos da colocação do Sol no signo Carneiro, leia o artigo aqui.

A colocação de Júpiter no signo Carneiro associa o princípio de expansão de Júpiter ao caráter inovador de Carneiro. Grande determinação e coragem para fazer coisas, criar e inovar são o resultado. Estes nativos são altamente proficientes e multifacetados nas capacidades de movimento, energia, inovação. Neste signo, Júpiter impulsiona para o desenvolvimento humano através da inovação e criatividade.

No signo Carneiro Júpiter está em signo amigo, dando bons resultados. Estas pessoas guardam a memória de uma sabedoria inata em relação à existência física e animal.

Sendo um signo que inclina os nativos para a sua identidade, Carneiro com a presença de Júpiter produz alguém que tem consciência clara da sua sabedoria e é autoconfiante, determinado concentrado em si mesmo embora não necessariamente egoísta- pode ser antes uma pessoa cuja missão fundamental é expandir o próprio eu, desenvolvendo múltiplas facetas do mesmo, tanto do ponto de vista físico- trabalhando o corpo e os seus músculos numa atividade atlética- como mental e espiritual- desenvolvendo os poderes da mente, da vontade e do espírito. Conhecer-se a si mesmo e desenvolver todo o potencial próprio pode assim ser a grande missão de vida destas pessoas.  Isto pode revelar-se em termos espirituais mas, o mais provável será que os nativos tentem explorar e expandir ao máximo o conhecimento acerca de uma certa área relacionada com o desenvolvimento humano – fisiologia, desporto, dieta e nutrição, biologia, saúde, etc., etc., e, dessa forma, aparecem como autoridades reconhecidas e respeitadas  nessa área. Tudo o que se refere ao conhecimento do ser humano e, em especial ,à sua condição e saúde física podem ser alvo de expansão para estes nativos. Este conhecimento beneficia outros pois essa é a natureza de Júpiter mas as intenções pessoais estão dirigidas para o próprio indivíduo.  E a natureza deste conhecimento nunca sai fora do estilo competitivo- trata-se de ter o conhecimento mais avançado, mais eficaz, melhor, etc..

Em muitos casos, esta é a pessoa que «sabe que está certa», que não precisa de ouvir mais nenhuma opinião além da sua.  É  alguém muito competitivo e orientado para ganhar sempre. Encara a coragem como uma matéria física, identificando-a com a aplicação da força física e o combate. Tem um Auto propósito forte e que não sofre desvios pois não tem em conta as opiniões dos outros. Uma vez decidido o objetivo, este é perseguido de forma totalmente concentrada e inabalável.

O signo Carneiro é um signo de ação, de força física, de vitalidade e impulsividade. Quando está neste signo, Júpiter pode exprimir-se bem como o «treinador»  por ex., em termos atléticos ou desportivos, sobretudo quando se dedica a um indivíduo em particular, orientando-o sobre o que fazer para alcançar o máximo rendimento, motivando e incentivando o outro a tornar-se um «campeão».  Também pode ser o próprio indivíduo que é capaz de dar a si próprio toda a motivação de que necessita para vencer numa dada área.  Os que têm uma profissão de «coaching»  e se dirigem aos outros para os motivar e incentivar podem alcançar sucesso com esta posição de Júpiter. Sendo um karaka que rege o modo como se fala, a capacidade de persuadir que acompanha o discurso propriamente dito, Júpiter assegura, digamos assim, que a palavra dita tenha o efeito pretendido. E, em Carneiro, o estilo de Júpiter é mais agressivo e assertivo, é mais um comando do que um pedido e a forte energia que é colocada no falar surte o seu efeito como uma poderosa arma de arremesso.

A natureza maléfica de Marte e o individualismo associado ao signo Carneiro faz com que toda a ação do indivíduo, mesmo quando se dirige aos outros, tenha sempre a finalidade de beneficiar o próprio nativo: querer que o outro saia vitorioso é importante porque é igualmente (senão sobretudo) uma vitória pessoal. Júpiter fica assim modificado na sua natureza essencial, quando está no signo Carneiro mas a sua energia benéfica nunca se perde pois, ao mesmo tempo que se beneficia a si próprio, o nativo beneficia sempre  outros (o auto benefício depende sempre do reconhecimento por parte dos outros, sendo por isso partilhado).

Quando Júpiter e o Sol estão em conjunção na 1ª casa ou signo Carneiro a energia solar torna-se mais amável e o Sol exprime a sua natureza mais elevada e espiritual. Esta pessoa apresenta-se como exemplo de ação para os outros. Júpiter, o «professor dos deuses» leva estas pessoas a «ensinar» aos outros, de forma prática,  aspetos importantes da espiritualidade. Estas pessoas são muito generosas e, ao ajudarem os outros com a sua orientação espiritual  não esperam nada em troca. fazendo-o de forma desinteressada e altruísta. Falam de uma forma que aparece aos outros como genuína e são, por isso, muito persuasivos.  Por outro lado, a extrema franqueza que usam na forma de falar faz com que sejam pouco diplomatas, o que, nos relacionamentos pessoais, gera por vezes alguns atritos. Fazem boas ações, pautando-se sempre por princípios éticos e são sábias nas decisões, dando excelentes líderes, sabendo  conduzir os outros com autoridade e, ao mesmo tempo, sem usar a força ou a coerção  convencendo pelo exemplo que dão aos outros. Em geral estas pessoas têm uma boa relação com o pai ou com alguém que o substitui e que é ele também uma figura de autoridade e de sabedoria. Júpiter na 1ª casa influencia a energia solar e afasta a propensão para o egoísmo; em consequência estes nativos são humildes e recusam toda a ostensiva exibição de capacidades. Apesar da sabedoria e da inteligência, estes nativos  preferem uma vida modesta e simples. Têm grande consciência social e preocupam-se com os necessitados e os membros frágeis da sociedade. Assim, procuram ajudar, tanto materialmente como em áreas relacionadas com a educação e o desenvolvimento mental e espiritual.  Quando o Sol é mais forte do que Júpiter, no entanto, as coisas mudam e os nativos podem usar dissimuladamente o poder e autoridade que conquistam, por ex., no plano político, para alcançar os seus objetivos pessoais, sempre ligados com o desejo de mais poder e influência.  Outro efeito bem visível desta conjunção Sol Júpiter na 1ª casa ou no signo Carneiro é a fácil entrada de dinheiro e de riqueza. O Sol está exaltado no signo Carneiro e, por isso, traz todo o tipo de benefícios materiais para a vida dos nativos. Estes terão sucesso em todos os empreendimentos em que se envolverem.   A tradição refere que os nativos que nascem com a conjunção Sol Júpiter nascem abençoados e são protegidos de muitos males. Isto é ainda mais verdadeiro quando a conjunção «cai» na 1ª casa. Quando esta conjunção acontece na 1ª casa mas nos signos Balança ou Capricórnio, signos de debilitação do Sol e de Júpiter, a conjunção dá resultados menos positivos e a pessoa pode ser demasiado moralista, achando que tem sempre razão (mesmo que  todos os outros pensem o contrário), pode ser exagerada (fugindo à verdade) naquilo que diz, egoísta, ambiciosa em excesso e agarrada ao poder, dissimulada e manipuladora, etc. . Alguns têm excesso de autoconfiança e um «grande ego». Podem correr riscos excessivos não tendo medo de nada, devido ao inato sentimento de que serão protegidos de todos os males. Pelo lado positivo são altamente motivados, com forte sentido de «missão» e capazes de superar os maiores obstáculos. São muito otimistas, a menos que Saturno lance aspeto para a conjunção.

Deixe um comentário