Ler a Carreira- Ascendente Peixes

 chap

Depois de apresentarmos a análise da força geral dos planetas  no horóscopo de Mário Santos como exemplo do Ascendente Peixes num artigo anterior,  vamos hoje analisar a carreira e profissão  para facilitar a aprendizagem dos nossos leitores. Lembro entretanto que qualquer interpretação parcial do horóscopo, neste caso a da carreira/profissão, implica necessariamente a análise dos aspetos apresentados nesse artigo inicial  para vermos a  força geral  e a  natureza funcional dos planetas e das casas , sob pena de a interpretação de cada área de vida perder a fiabilidade. Por vezes há, por ex., uma assinatura (yoga) de riqueza no horóscopo mas, para que ela frutifique na vida da pessoa,  a primeira condição necessária é que os planetas que a formam sejam fortes e não estejam aflitos no horóscopo de nascimento (D-1). Por outro lado, como dissemos anteriormente,, se um planeta está, por ex., exaltado numa determinada carta divisional mas está debilitado ou de algum outro modo enfraquecido na D-1, será pouco provável que dê resultados dignos de nota relativamente às suas significações. Assim, não devemos esquecer que a D-1, o horóscopo de nascimento, é sempre  o ponto de referência principal e que as cartas divisionais são apenas  uma visão em pormenor daquilo que é prometido na D-1.

Leitura da Carreira/ profissão pelos Indicadores no Horóscopo- Ascendente Peixes

Para o Ascendente Peixes  a 10ª casa é o determinante primário do emprego e da profissão e, secundariamente, analisamos o Sol e  a 2ª  casa e os seus regentes.

A 10ª casa está ocupada pelo signo de Sagitário, tendo Júpiter como regente. Júpiter está em aspeto próximo com o ponto mais efetivo desta casa, bem como da 4ª, o que é uma boa indicação. A 10ª casa contém a Lua conjunta com  Rahu e Vénus. Júpiter, o determinante primário da profissão está retrógrado.  A presença da Lua, enquanto regente da 5ª casa da inteligência e da criatividade na 10ª casa é um indicador muito positivo fazendo da Lua um planeta yogakaraka. Porém, há que não esquecer que a Lua está conjunta com Rahu, o que conduz a formas inconvencionais  de encarar a profissão, ao mesmo tempo que a pessoa pode criar ilusões e expetativas irracionais acerca das suas capacidades e possibilidades. Esta posição na 10ª casa pode indicar um grande carisma da pessoa e capacidades de liderança mas também pode arruinar as possibilidades de sucesso pois predispõe o nativo para a depressão e  a instabilidade mental e psicológica. A pessoa pode ter ideias delirantes acerca do que deseja e pode fazer em relação à carreira, sendo difícil delimitar as ações concretas para ter sucesso, sobretudo porque o desejo de sucesso pode ser tão forte que é difícil permanecer com os pés bem assentes na Terra. Vénus, regente da 3ª e da 8ª casas está também clocado na 10ª casa e se, enquanto regente da 3ª casa, esta posição indica capacidade de iniciativa e de obter reconhecimento através do próprio mérito, enquanto regente da 8ª casa, ocupada pelo signo Mooltrikona de Vénus, esta colocação produz instabilidade na carreira, criando mudanças súbitas, obstruções e dificuldade para ver o mérito reconhecido. Esta posição acaba também por prejudicar a vida familiar, gerando infelicidade e obstáculos também nessa área. De qualquer modo , este eixo da vida familiar/carreira é um ponto central no destino desta pessoa, pois o regente do Ascendente, bem como os nodos, estão aqui colocados. O indivíduo oscila entre o desejo de atingir uma posição social de relevo e o reconhecimento na carreira e o refúgio  de se acomodar no «ponto de menor resistência, representado por Ketu na 4ª casa e que faz da segurança emocional uma necessidade que condiciona a capacidade de lutar pela visibilidade profissional. Nos períodos dasha de Rahu e da Lua pode haver experiências altamente disruptivas, tanto no plano emocional como profissional, com mudanças bruscas difíceis de integrar de forma harmoniosa.

A 2ª casa está forte com a presença do seu regente, indicando potencial de ganhos, pois  Marte, o  seu regente, é também o regente da 9ª casa da sorte para esta vida. O nativo pode também  receber riqueza do pai, que ajudará a desenvolver a sua própria ambição profissional. Esta posição também indica felicidade no casamento e boas capacidades de discurso, imaginação, etc. e que serão úteis no desenvolvimento profissional. Infelizmente a ação de Marte é limitada pela sua colocação num ponto gandanta, pelo que é incerto prever resultados muito positivos a este respeito. Além disso, Saturno está em aspeto com a 2ª casa e lança aspeto igualmente para a 5ª e para a 10ª casas e, como regente da 12ª casa das perdas, este não é um aspeto nada favorável, indicando a possibilidade de uma vida cheia de lutas para conseguir alcançar algum sucesso e felicidade. O sucesso será assim difícil de atingir. O nativo  desejá-lo-á intensamente- Rahu na 10ª casa- mas este não virá de forma fácil nem permanente.

Analisamos depois  o Sol  e vemos que está colocado na 12ª casa. O Sol rege a 6ª casa e esta colocação não favorece nem a vida profissional nem a saúde do nativo. O Sol lança aspeto para a casa que rege mas a sua influência não ajuda a melhorar a vida profissional, marcada por relacionamentos tensos e difíceis com colegas e/ou subordinados e mesmo perdas causada por estes, que podem ter natureza desonesta.

Consultando o software recomendado vemos que este homem está neste momento a experienciar o dasha  de Rahu, iniciado em abril de 2003 e que estará operante até abril de 2021. O subperíodo atual é o de Vénus, iniciado em novembro de 2014 e que decorrerá até novembro de 2017 . Este pode ser um  momento  com muitas mudanças e desafios para a vida profissional , atendendo a que Vénus rege a casa dos obstáculos e mudanças bruscas. Mas, atendendo a que Vénus é forte, este subperíodo pode também trazer alguma herança ou indemnização. Atendendo à idade atual deste homem- 60 anos- poderá  escolher reformar-se de forma antecipada  durante este subperíodo de Vénus para poder dedicar-se mais à vida familiar.  Se esta for a escolha deste homem, o mês de Maio de 2016 será uma boa escolha, pois Vénus transita pela 2ª casa do horóscopo, Rahu transita pela 6ª casa e Júpiter também transita por aqui, e o Sol está exaltado a transitar pela 2ª casa.

Quanto ao tipo de carreira, começamos por analisar a criatividade do nativo. Para a criatividade, a 5ª casa é o principal significador e a 2ª casa, Júpiter  e o Sol, dão-nos informações adicionais.  O regente da 5ª casa, a Lua, está colocado na 10ª casa  da ação e do reconhecimento público, numa colocação que é habitualmente muito vantajosa para o plano profissional e para a visibilidade geral do destino da pessoa. Mas, como em tudo, há que contar com a globalidade do horóscopo e outros fatores do horóscopo não confirmam esta possibilidade, pelo menos em escala significativa. De qualquer forma, este nativo tem a capacidade de envolver o público e de ser popular e os seus dotes de imaginação, de oratória ou de escrita podem ser capazes de galvanizar o interesse dos outros, pelo menos até certo ponto. Infelizmente a conjunção entre a Lua e Rahu pode produzir a tendência para a pessoa perder o sentido da realidade e isso pode rapidamente acabar com a  sua credibilidade  perante os outros, o que não ajuda numa carreira em que precise de lidar com o público.

A 2ª casa, indicador secundário, tem regência de Marte, como vimos   e conta com a presença do seu regente mas o aspeto de Saturno para esta casa não indica facilidade na acumulação de riqueza nem na vida profissional, o mesmo acontecendo com a colocação do Sol na 12ª casa.

Marte é o indicador principal do empreendedorismo e a 3ª casa, Vénus e Saturno são os indicadores  secundários  para o Ascendente Peixes .Marte está bem colocado no próprio signo embora esteja fraco pois ocupa um ponto Gandanta   na passagem do signo de Peixes para Carneiro. De qualquer modo, indica o potencial de o nativo acumular riqueza e desenvolver uma profissão aplicando as capacidades  individuais e o seu poder de iniciativa e motivação. O regente da 3ª casa, Vénus, está colocado na 10ª, o que confirma esta aplicação dos dons individuais e das competências individuais no desenvolvimento profissional. Esta pessoa, apesar dos obstáculos que se interpõem entre si e o sucesso, tem boas capacidades de iniciativa e coragem para levar a cabo projetos e iniciativas.  Não há planetas colocados na 3ª casa nem aspetos para esta casa. Quanto a Vénus e Saturno, os restantes indicadores do empreendedorismo, vimos que Vénus, que rege a 3ª casa, está colocado na 10ª e recebe o aspeto amplo do regente do Ascendente, Júpiter, e Saturno está colocado na 8ª casa, prejudicando a carreira (rege a 12ª casa das perdas) e a sorte da pessoa (lança aspeto para a 5ª casa) , ao mesmo tempo que coloca obstáculos à acumulação de riqueza e ganho de status  (lança aspeto para a 2ª casa).  Assim, esta pessoa não tem muita sorte no plano profissional, o seu destino envolve lições específicas em que a sorte e o sucesso  na carreira não são os fatores dominantes.

Confirmação pela Dasamsha- D-10

Mário Santos

17 Fevereiro 1955 C. Branco, Portugal

mario santos d-10

Começamos por observar onde se encontra colocado, nesta divisional, o indicador principal do emprego e da profissão, Júpiter. Está bem colocado na 9ª casa, no próprio signo, Peixes. A Lua, regente do Ascendente, conta como fator determinante principal pois o Ascendente desta varga está ocupado por um signo Mooltrikona. Está bem, colocada numa casa kendra, a 7ª, evidenciando que uma parceria de negócios é mais vantajosa no plano profissional do que um emprego convencional. Marte, o regente da 2ª casa na D-1 está novamente colocado no próprio signo e numa casa kendra, a 10ª casa, justamente relacionada com a profissão. O Sol, o outro indicador secundário da profissão, está excelentemente colocado na 9ª casa, em signo amigo e em  conjunção com Júpiter, o indicador principal da profissão. Rahu está também bem colocado, na 3ª casa.

Bom, e aqui começamos por nos dar conta de que a Dasamsa (D-10)  é bastante mais favorável do que a D-1 no que se refere às possibilidades de esta pessoa ser bem sucedida na carreira e na profissão. Porém, um olhar mais atento mostra também que Saturno, regente da 8ª casa dos obstáculos nesta varga está colocado no Ascendente, indicando lutas e obstáculos na vida . Vemos também que Júpiter está retrógrado e que isso, habitualmente, revela um destino mais orientado para o desenvolvimento interno da pessoa do que para o seu sucesso externo.  E, finalmente, pela carreira discreta que conhecemos a esta pessoa, podemos concluir que efetivamente, as promessas natais expressas na D-1 prevalecem sempre  sobre as indicações das divisionais que , como dissemos já em ouras ocasiões,  não têm valor autónomo, sendo antes complementares das promessas da D-1.

Ler a Carreira- Ascendente Aquário

bnm

Depois de apresentarmos a análise da força geral dos planetas  num horóscopo feminino com Ascendente Aquário num artigo anterior,  vamos hoje analisar  a carreira/profissão, o que  implica necessariamente a análise dos aspetos apresentados nesse artigo inicial  para vermos a  força geral  e a  natureza funcional dos planetas e das casas , sob pena de a interpretação de cada área de vida perder a fiabilidade.

Leitura da Carreira/ profissão pelos indicadores no Horóscopo- Ascendente Aquário

Para o Ascendente Aquário não há signos Mooltrikona na 10ª nem na 2ª casas e, por isso, o Sol é o principal indicador da profissão. O Sol está muito bem colocado na 11ª casa do horóscopo, embora esteja no avastha da velhice. Apesar de Rahu estar na mesma casa, está a uma distância de mais de 20º, pelo que  o aspeto para o Sol é muito amplo e menos significativo. O mesmo acontece com o aspeto lançado por Saturno, a partir da 5ª casa, e de Ketu, que está em conjunção com Saturno. O Sol não recebe outros aspetos. Rege a 7ª casa ,pelo que a sua colocação na 11ª indica que o nativo beneficiará do parceiro de vida  e este ajudará a realizar os seus objetivos e desejos, bem como a obter ganhos e rendimentos.  Esta pessoa terá um círculo social que será importante na realização do seu destino pessoal e também da vida profissional, podendo dedicar-se a alguma causa humanitária e desenvolver uma carreira na área social ou dos serviços, em que o contacto humano, a dimensão do ensino ou da política podem ter um papel relevante.

Secundariamente, analisamos a 2ª e a  10ª casas. A 2ª casa está ocupada pelo signo de Peixes e não contém  quaisquer planetas  nem recebe aspetos. Quanto ao seu regente, Júpiter, está colocado na 12ª casa, o que pode indicar um emprego com alguma relação a países estrangeiros, ou numa instituição fechada,  em relação aos aspetos mundanos e/ou  liberdade de movimentos.  Também pode indicar que as principais aquisições desta mulher se farão em relação a bens espirituais e não de bens mundanos ou materiais. A 10ª casa está ocupada pelo signo de Escorpião. Também não há planetas colocados nesta casa mas  esta recebe o aspeto do seu regente, que está muito bem colocado, tanto por signo- no seu signo Mooltrikona- como por casa- na 3ª. Marte é um planeta muito forte no horóscopo e a sua presença na 3ª casa indica a capacidade de crescer através dos projetos pessoais e do espírito empreendedor, da coragem para correr riscos e dos talentos inatos que  a pessoa traz consigo. Enquanto que o Sol mostra que o sucesso na carreira desta pessoa depende do parceiro- de vida e/ou de negócios-, Marte indica que esta mulher pode muito bem singrar sozinha com os seus próprios talentos, coragem e iniciativa, colocando em uso as competências  e aprendizagens adquiridas. Assim, estes dois fatores apontam fortemente para os possíveis benefícios de, em vez de um emprego assalariado, esta pessoa optar por um projeto pessoal em parceria, e cujos resultados poderão melhorar substancialmente através do tempo. Marte recebe o aspeto de Rahu, colocado na 11ª casa e impulsionando esta pessoa para obter influência, ganhos e reputação social e  levando a pessoa a desenvolver alguma atividade em que a relação com o público e a sociedade são relevantes.

Usando o software recomendado, vemos que, no dasha atual de Rahu, operante até novembro de 2018, está ativo o  subperíodo de Vénus até 20 de maio de 2015 e que , a seguir e até 12 de abril de 2016  inicia-se o subperíodo do Sol  que estará operante  até 12 de abril 2016.  Este é um bom período para melhorar a situação na carreira de modo a melhorar a situação profissional e social, o status etc. Os subperíodos seguintes- da Lua e de Marte- até ao final do corrente dasha, em novembro de 2018, são igualmente propícios para o desenvolvimento profissional. O subperíodo atual de Vénus deverá ser aproveitado ao máximo pois Vénus é um planeta yogakaraka, isto é, que traz riqueza e influência para a vida da pessoa e , como regente da 9ª casa da sorte, pode realmente contribuir para aumentar a sorte geral  e específica no plano profissional.

Quanto ao tipo de carreira, começamos por analisar a criatividade do nativo. Para a criatividade, Júpiter é o indicador principal e a 2ª e a 5ª casas e o Sol dão-nos informações adicionais. Júpiter está colocado na casa do subconsciente e do psiquismo e está acompanhado por Vénus e pelo maléfico regente da 8ª casa, Mercúrio, embora não esteja em conjunção próxima com nenhum deles. Uma carreira em que as capacidades emocionais e espirituais são  importantes, inspira esta pessoa a sentir empatia e a sintonizar-se com os objetivos da sua profissão. Pode também dar-se bem numa carreira em que a fantasia seja mais importante do que a realidade concreta, como a representação como atriz, o trabalho em ligação com objetos do passado- antiguidades, museu- a escrita ou a poesia em que  o caráter visionário da imaginação, é um elemento preponderante.  A criatividade desta pessoa é principalmente  estimulada por fatores psíquicos e inconscientes/subconsciente, pela emoção e pela relação  de empatia com os outros. E poderá ser bem sucedida explorando isto. O Sol mostra a importância da relação com o público alargado na expressão dos talentos pessoais. A 2ª casa, com regência de Júpiter, reforça o que acabámos de dizer.  A 5ª casa, o outro indicador secundário,  com a conjunção entre Saturno e Ketu parece apontar para a forte possibilidade de haver repetição de padrões do passado nesta existência, como uma «continuação de inclinações passadas». Esta é uma casa em que a inteligência e a criatividade são fatores importantes, bem como alguma expressão artística associada ao subconsciente. Saturno e Mercúrio estão em receção mútua, ligando os talentos e a criatividade desta pessoa  com o plano do passado, do desenvolvimento espiritual e de alguma forma de expressão que pode ser literária, musical ou dramática mas em que essa expressão pode abrir simbolicamente a porta para a compreensão de conteúdos dificilmente expressos ou manifestos de outra forma . Esta pessoa poderá conhecer-se melhor a si mesma trabalhando com estes fatores simbólicos e emocionais  inconscientes/subconscientes e com isso poderá dar mais de si aos outros e servi-los-á melhor. Por outro lado, a presença de Saturno na 5ª casa parece indicar a necessidade utilizar a individualidade num sentido mais universal e comunitário, talvez assumindo deveres específicos que limitem de algum modo as escolhas individuais.

A 3ª casa é o significador principal do empreendedorismo para o Ascendente Aquário e o seu regente Marte  está colocado nesta casa, tendo por isso  o seu significado fortalecido. Vénus e Saturno dão-nos indicações complementares. Marte é um planeta de exteriorização e de combate, de luta individual  e de coragem para fazer valer os seus propósitos. As causas sociais, políticas, ou que de algum modo sejam importantes para a vida da sociedade, são fortemente motivadoras para esta mulher mas a forma como ela é capaz de as concretizar depende em grande parte da sua força individual e das suas qualidades éticas, sentido de dever (Saturno na 5ª casa) bem como do seu espírito de inovação e de empreendedorismo (Marte e 3ª casa). Se esta pessoa tiver irmãos mais novos, estes poderão  também ser uma ajuda na concretização dos seus esforços individuais. As pequenas deslocações, bem como as viagens de longa distância podem ter um papel importante no desenrolar da sua vida profissional. Saturno, colocado na 5ª casa, ao colocar problemas na vida afetiva da pessoa , inclina-a para a procura de objetivos mais espirituais, ao mesmo tempo que ensina a estimar as tradições e a herança deixada pelo passado. Vénus, colocado na 12ª casa, indica uma relação com lugares distantes, a procura do conhecimento espiritual ou filosófico, o contacto com realidades diferentes das experimentadas de imediato. Mais do que procurar o seu bem individual, esta pessoa poderá dedicar-se à procura do bem mais impessoal  através  do serviço aos outros.

Confirmação pela Dasamsha- D-10

Lúcia L

loreta D-10

Começamos por observar onde se encontram colocados nesta divisional o significador principal do emprego e da profissão, o Sol e vemos que está bem colocado, continuando na 11ª casa, como na D-1. Habitualmente, esta não é considerada uma colocação muito boa  nas divisionais mas, sendo o Sol um planeta maléfico natural e a 11ª casa uma casa upachaya, na qual os planetas maléficos dão excelentes resultados, consideramo-la uma boa colocação. Depois verificamos que o regente da 10ª casa, na D-1, Marte, está colocado na 10ª casa desta divisional, o que é bom, pois é também o regente do Ascendente nesta varga e, embora o Ascendente da Dasamsa não seja um signo Mooltrikona, Marte tem também muito relevo na D-1 como indicador da profissão devido  à sua força no horóscopo. Saturno, o regente do Ascendente na D-1, também está colocado na 10ª casa, outra boa colocação. Quanto a Júpiter, o outro indicador secundário da profissão, e regente da 2ª casa na Dasamsa, está conjunto com a Lua, o que seria bom, se não fosse o caso de estar colocado na 6ª casa, confirmando a tendência para a dificuldade em acumular os ganhos, já verificada na D-1: esta mulher poderá ganhar dinheiro pois o regente da 10ª casa na D-10, o Sol, está colocado na 11ª casa dos ganhos e da realização dos desejos e ambições, porém, talvez não seja fácil manter  e acumular o que se ganha. Obstáculos e dificuldades parecem sobrepor-se à acumulação de bens materiais para esta pessoa enquanto a prestação de serviço ou a colocação dos talentos individuais aos serviço dos outros parecem ser um padrão recorrente.

Salientamos a presença de Rahu na 3ª casa, uma excelente colocação, e que enfatiza o desejo de fazer coisas por iniciativa e projeto próprio  como forma de permitir à pessoa  evidenciar-se  e realizar-se  no plano profissional mundano.

Os vários indicadores para esta área de vida mostram que  esta mulher poderá usar a carreira/profissão como forma de expressão do seu propósito de vida e que este terá mais expressão como desenvolvimento espiritual do que como aquisição e acumulação de status e privilégios no plano externo.

Ler a Carreira- Ascendente Balança

jov

Depois de apresentarmos a análise da força geral dos planetas  num horóscopo masculino com Ascendente Balança num artigo anterior,  vamos hoje iniciar a análise de cada uma das principais áreas de vida neste horóscopo para facilitar a aprendizagem dos nossos leitores. Lembro entretanto que qualquer interpretação parcial do horóscopo, neste caso a da carreira/profissão, implica necessariamente a análise dos aspetos apresentados nesse artigo inicial  para vermos a  força geral  e a  natureza funcional dos planetas e das casas , sob pena de a interpretação de cada área de vida perder a fiabilidade

Leitura da Carreira/ profissão pelos indicadores no Horóscopo- Ascendente Balança

Para o Ascendente Balança, observamos a 10ª casa e, secundariamente, a 2 ª casa e o Sol como os determinantes da carreira/profissão . A 10ª casa contém o signo Caranguejo e  a Lua, regente deste signo, deve estar forte para permitir visibilidade e sucesso nesta área  pois trata-se de um planeta muito mutável e que, devido à rapidez com que dá uma volta completa ao Zodíaco, fica muitas vezes enfraquecida, produzindo altos e baixos na carreira, bem como muitas mudanças a este nível. Como referido no primeiro artigo, apesar de a Lua ter iniciado, no momento do nascimento, a fase minguante, está ainda muito brilhante e está  muito bem colocada na 9ª casa, uma casa de sorte, e associada a dois benéficos, Mercúrio e o regente do Ascendente  Vénus. A colocação  do regente da 10ª casa na 9ª  casa é uma das melhores para o sucesso da carreira. Além do mais a Lua, regente da 10ª, forma um yoga de sorte e proteção com Júpiter, um Gaja Kesari yoga pois estão em kendras mútuas, o que é outro fator de excelente boa sorte.

A 2ª casa está ocupada pelo signo Escorpião  e o seu regente, Marte, está colocado na 9ª casa. Esta colocação é favorável para a acumulação de riqueza e a associação com o regente do Ascendente indica que esta assinatura muito provavelmente frutificará na vida deste nativo. A 2ª casa recebe o aspeto de Ketu, podendo inclinar esta pessoa para a aquisição de conhecimentos espirituais e não apenas de dinheiro ou bens materiais. Esta posição de Ketu, bem colocado por signo, assegura que o nativo conseguirá levar a melhor sobre opositores e competidores que se opõem  a si no plano profissional mas não impede que haja , ao longo da vida, pessoas ciumentas e invejosas a tentar criar-lhe problemas e impedimentos. O aspeto de Ketu com Saturno indica qu , muito provavelmente , lidar com  pessoas conflituosas, (colegas e subordinados) é uma lição a enfrentar no Karma desta vida.

Finalmente o Sol , regente da 11ª casa, está colocado na 10ª casa, uma das melhores colocações, recebendo também o aspeto de Ketu. Durante o dasha de Ketu ou nos seus subperíodos, esta pessoa pode experimentar particularmente estes efeitos produzidos por Ketu criando situações de conflito, inimizade ou  oposição mas nada que ponha em causa o progresso geral do nativo em termos profissionais.

Usando o software recomendado observamos que, no período  inicial de formação – este jovem tem agora 18 anos- está operante o dasha de Saturno, iniciado em março de 2006 e ativo até março de 2025, nos anos em que, habitualmente, se faz a formação inicial de caráter académico, que prepara para a vida profissional. Neste dasha o subperíodo atual é o de Vénus, o regente do Ascendente, ativo desde janeiro de 2013 e até Março de 2016. O subperíodo seguinte é o do Sol, que decorrerá entre março de 2016 e fevereiro de 2017; o subperíodo seguinte é o da Lua, regente da 10ª casa, e ativo entre fevereiro de 2017 e outubro de 2018; o subperíodo seguinte é o de Marte, ativo entre outubro de 2018 e novembro de 2019. Se o percurso deste jovem seguir o ritmo normal, a sua formação académica decorrerá  na vigência de planetas que lhe são favoráveis  e todos eles com um papel importante na área profissional. Saturno, não o esqueçamos, rege a 5ª casa, uma casa auspiciosa e, embora a colocação do regente da 5ª casa na 6ª não seja, em geral, uma boa colocação, como se trata de um maléfico natural e de uma casa «upachaya» ou de crescimento, Saturno está bem colocado e pode indicar que a pessoa traz talentos desenvolvidos anteriormente e que usará nesta  existência na profissão e que podem ter uma relação com a saúde, medicina, etc. Assim, mais uma vez se confirma que a vida deste jovem é efetivamente orientada pela sorte  e que ele terá sorte provavelmente em qualquer área  que decidir  escolher para a sua carreira. Está no entanto indicado que essa carreira será mais favorável se envolver, de algum modo , a prestação de serviço  a outros, embora isso possa acontecer ao nível da gestão ou da administração de uma instituição (hospital, ou outro) que  se dirija a  largo número de pessoas. Quando iniciar a vida profissional estará ativo o dasha de Rahu (2019 a 2022) ou o de Júpiter (2022 a 2025). Dependendo do curso que este jovem escolher- se for o de Medicina, exigirá mais anos de formação) será um  destes subperíodos. O de Júpiter  será mais favorável do que o de Rahu.

Quanto ao tipo de carreira, começamos por analisar a criatividade do nativo. Para a criatividade, a 5ª casa é o principal significador e a 2ª casa, Júpiter  e o Sol, dão-nos informações adicionais.  O regente da 5ª casa, Saturno, está colocado na 6ª casa. Esta é uma posição que indica grande capacidade para o campo técnico e muita atenção aos pormenores. A criatividade no sentido estrito não é muito favorecida por esta posição, no sentido de que nem Saturno nem esta casa são muito inclinados para a imaginação ou invenção. Mas indica grande perfecionismo e capacidade de perseverar ou persistir em tarefas e deveres que podem ser  rotineiros mas que são indispensáveis. Tais características são, por ex., essenciais num cirurgião ou em alguém que lida com mecanismos cuja minúcia exige paciência , aperfeiçoamento e capacidade de persistência inabalável. Marte, o regente da 2ª casa está, como dissemos, colocado na 9ª casa. Esta não é a melhor colocação para  a energia agressiva deste planeta e pode indicar  problemas com o pai ou uma vida difícil para o pai. Mas Marte aqui beneficia das características positivas desta casa e dá a esta pessoa grande ambição  e desejo de fazer a diferença e o nativo pode mesmo tornar-se um pioneiro no seu campo e uma figura de referência na área que escolher.  Simultaneamente, a relação entre a 7ª casa que Marte também rege e a 9ª pode indicar que terá sucesso num país estrangeiro (embora não obrigue a isso).

A 3ª casa é o significador principal do empreendedorismo para o Ascendente Balança  e o seu regente , Júpiter, está colocado nesta casa que rege, o que é uma excelente indicação. Recebe o aspeto da Lua, regente da 10ª casa, de Vénus, regente do Ascendente, e de Marte, regente da 2ª e da 7ª casas. Marte, Vénus e Saturno dão-nos indicações complementares, sendo que Vénus, neste horóscopo, adquire importância adicional pela razão de ser o regente do Ascendente. Vénus colocado na 9ª casa indica sorte, altos valores e princípios , uma disposição alegre e feliz, capacidade para resolver com facilidade qualquer problema.  Ao lançar aspeto para  a 3ª casa , Vénus indica  capacidade de iniciativa e de coragem assentes na sabedoria ; escolha de opções assentes nos talentos pessoais e na autoestima e auto confiança e na  capacidade de os levar a bom termo. Júpiter, colocado nesta casa que rege, confirma estas indicações e revela que este jovem, apesar de ter sorte no plano material , estenderá, muito provavelmente, os seus objetivos para aspetos espirituais , religiosos ou filosóficos, que são essenciais para a sua realização como pessoa, não se limitando a querer ganhar dinheiro ou poder.  Quanto aos indicadores secundários, Marte  está colocado na 9ª casa, Vénus está colocado na 9ª casa e Saturno está colocado na 6ª. Há aqui apenas uma nota destoante no «passeio de sorte» que este jovem parece destinado a ter, e que se refere às lições de Saturno, no ambiente de trabalho e na relação com colegas e subordinados. Mas a lição essencial desta casa é a do serviço, a de reconhecer  que as tarefas humildes ou mesmo pequeninas e aborrecidas do dia a dia desempenham um papel essencial na vida de todos nós e não podem ser esquecidas. E aprender a lidar com os inimigos ou opositores pode ser uma aprendizagem importante que nos ensina a ver aspetos da nossa realidade que precisam de mais atenção  ou até de transformação.

Confirmação pela Dasamsha- D-10

Sérgio A

11 de agosto 1996, Brasília, Brasil

jean D-2

Como explicámos anteriormente, quando um planeta está, por ex., exaltado numa determinada carta divisional mas está debilitado ou de algum outro modo enfraquecido na D-1, será pouco provável que dê resultados dignos de nota relativamente às suas significações. Assim, não devemos esquecer que a D-1, o horóscopo de nascimento, é sempre  o ponto de referência principal e que as cartas divisionais são apenas  uma visão em pormenor daquilo que é prometido na D-1.

No nosso horóscopo começamos por observar onde se encontram colocados nesta divisional o indicador principal do emprego e da profissão, o regente da 10ª e  os indicadores secundários: o regente da 2ª casa e o Sol e, como nesta divisional o Ascendente não contém um signo Mooltrikona, o seu regente, Saturno, não é visto como determinante principal mas podemos tê-lo em consideração, bem como o regente do Ascendente da D-1, Vénus. A Lua está colocada na 2ª casa o que é uma posição neutra . Marte , o regente da 2ª casa na D-1, está colocado com o Sol na 11ª casa desta varga. Não são más colocações mas o ideal seria a sua colocação em casas kendra ou trinas. O regente do Ascendente na D-1, Vénus,  está belissimamente colocado na 9ª casa, recebendo o aspeto do regente do Ascendente desta varga, Saturno. A colocação de Saturno, de Marte e do Sol em casas de crescimento ou upachaya  indica que há um potencial de crescimento que não deve ser descurado por esta pessoa. Muitas vezes acontece que a sorte leva ao imobilismo pois a pessoa não tem que  enfrentar muitas lutas para obter o que  deseja e  uma tal vida acaba por conduzir a fraco crescimento ou evolução . Neste caso, a Navamsa ao não confirmar inteiramente as promessas fáceis  do horóscopo de nascimento, chama a atenção para o facto de que a sorte obtida não deverá ser razão para preguiça ou estagnação no processo de crescimento individual.

Os vários indicadores para esta área de vida mostram que este jovem será abençoado com sorte no desenvolvimento da sua vida profissional e que poderá atingir uma posição social e profissional potencialmente elevada mas que também deverá dar atenção a outros aspetos como a prestação de serviço e ao crescimento espiritual, como partes integrantes da sua realização profissional.

Ler a Carreira- Ascendente Carneiro

mart

Depois de apresentarmos a análise da força geral dos planetas  no horóscopo de Martin Luther King, como exemplo do Ascendente Carneiro num artigo anterior,  vamos hoje analisar a carreira e profissão  para facilitar a aprendizagem dos nossos leitores. Lembro entretanto que qualquer interpretação parcial do horóscopo, neste caso a da carreira/profissão, implica necessariamente a análise dos aspetos apresentados nesse artigo inicial  para vermos a  força geral  e a  natureza funcional dos planetas e das casas , sob pena de a interpretação de cada área de vida perder a fiabilidade. Por vezes há, por ex., uma assinatura (yoga) de riqueza no horóscopo mas, para que ela frutifique na vida da pessoa,  a primeira condição necessária é que os planetas que a formam sejam fortes e não estejam aflitos no horóscopo de nascimento (D-1). Por outro lado, como dissemos anteriormente,, se um planeta está, por ex., exaltado numa determinada carta divisional mas está debilitado ou de algum outro modo enfraquecido na D-1, será pouco provável que dê resultados dignos de nota relativamente às suas significações. Assim, não devemos esquecer que a D-1, o horóscopo de nascimento, é sempre  o ponto de referência principal e que as cartas divisionais são apenas  uma visão em pormenor daquilo que é prometido na D-1.

Leitura da Carreira/ profissão pelos Significadores no Horóscopo- Ascendente Carneiro

Para o Ascendente Carneiro, o Sol é o indicador principal para determinar o emprego e a profissão e, secundariamente, analisamos a 10ª e a 2ª casas e os seus regentes. Para este signo Ascendente o Sol tem um papel importante, como regente da 5ª casa, uma casa relacionada com a sorte que o nativo traz para a existência como «poorvapunya» isto é, como crédito pelas boas ações passadas. O Sol forte permite não apenas  alcançar uma carreira com visibilidade e até, se o horóscopo global for forte, fama, como também obter sorte para as várias áreas da vida. Neste caso o Sol está colocado na 10ª casa, indicando um destino em que a imagem pública seria importante e  na mesma casa, embora não estejam em conjunção próxima, está Mercúrio, o regente da 3ª e da 6ª casas, indicando que a imagem pública desta pessoa poderia relacionar-se com o uso do discurso  e da imagem difundida pelos meios de comunicação. O Sol  recebe o aspeto próximo de Rahu, com uma orbe de 2º e Rahu ajuda a alcançar notoriedade, embora também possa indicar , pelo seu caráter maléfico, obstruções na carreira que poderão ser fora do comum. (neste caso a perseguição pelas autoridades do FBI através de escutas e outros meios, devido à sua luta pelos direitos civis. Esta luta era algo muito fora do comum na época em que aconteceu). Mercúrio está bem colocado, sem sofrer aflições, pelo que indica a possibilidade de alcançar fama  e um estatuto de figura pública conceituada e apreciada pelo público. Porém, o seu estatuto de maléfico funcional impede , pela frequência com que transita pelos pontos menos positivos do horóscopo, a estabilidade e a segurança de uma carreira comum ou vulgar, trazendo para a vida pública e pessoal (pelo aspeto que lança para a  4ª casa), muitos inimigos e opositores importantes, como foi o caso, pois Luther King foi perseguido  e vigiado pelas instituições superiores do governo do seu país.  O regente da 10ª casa é Saturno, bem colocado na 9ª casa, outra casa relacionada com a sorte e  com a «fortuna» para esta vida. Saturno lança aspeto para ambas as casas governadas por Mercúrio, levando a entender que a estatura que Luther King atingiu como figura pública carismática  está relacionada com o seu estatuto de líder e de «sábio», como alguém que sabe mais do que o homem comum e que está destinado a levar os outros a ver. Simultaneamente, a regência da 11ª casa por  Saturno reforça o caráter de «homem pertencente à comunidade e ao grupo»: este foi um homem que sacrificou em muitos aspetos a sua existência individual para viver de acordo com as necessidades e os valores universais dos grupos de seres humanos desfavorecidos e marginalizados pela sociedade. Os «ganhos e rendimentos» ou a realização dos desejos e ambições desta pessoa vão muito para além da sua dimensão meramente pessoal, estendendo-se aos interesses, ambições e desejos da comunidade com a qual  se identifica. O regente da 2ª casa , Vénus, está colocado na 11ª casa e recebe o aspeto amplo de Saturno, o regente dessa casa., que está em conjunção próxima com o ponto mais efetivo dessa casa. Rahu é o único planeta que está em aspeto com a 10ª casa, estando também em conjunção próxima com o ponto mais efetivo da 10ª casa. Rahu está no signo de exaltação e produz  notoriedade e uma ânsia poderosa de obter sucesso na vida pública através de uma ação que se desvia dos objetivos comuns , levando a pessoa a querer ser conhecida por uma ação invulgar ou fora dos parâmetros normalmente aceites por todos.

 Quanto ao tipo de carreira, começamos por analisar a criatividade do nativo. Para a criatividade, a 5ª casa é o principal significador e a 2ª casa, Júpiter  e o Sol, dão-nos informações adicionais.  O regente da 5ª casa, o Sol, continua a ter um papel fundamental para determinar os fatores que permitem decidir a carreira  e, como vimos,  está colocado na 10ª casa, onde recebe o aspeto de Rahu  e de Marte a partir da 2ª casa do horóscopo. Esta conjunção profundamente maléfica associou a carreira/profissão ou a imagem pública de Luther King com algo potencialmente muito violento, que acabou por culminar com o seu assassínio  devido precisamente ao eco enorme que a sua mensagem começava a ter na opinião pública global. Rahu na 2ª casa em aspeto com a 5ª indica uma imaginação prodigiosa, uma inteligência que se faz notar pelo carisma e pela capacidade de chegar aos outros e estas foram as qualidades que permaneceram em relação a esta pessoa. A oratória, o conhecimento, a capacidade de conduzir os outros indicando-lhes o caminho a seguir foram aspetos importantes do impacto que este homem alcançou como figura incontornável do século XX.

Marte, Vénus e Saturno são os indicadores principais do empreendedorismo para o Ascendente Carneiro .Marte está colocado na 2ª casa, enfraquecido por se encontrar no último grau do signo e em conjunção com Rahu. Rahu está exaltado  e beneficiou este nativo com uma poderosa capacidade de discurso que lhe permitiu usar a palavra e os dons oratórios como arma e como meio de influência social. Estas qualidades foram-lhe dadas, no entanto, por Rahu e não por Marte, totalmente engolido pela aflição causada por Rahu. Vénus está bem situado na 11ª casa, revelando que as competências sociais do nativo e o seu círculo social de amizades representariam um papel essencial na determinação do seu futuro profissional  e na realização das ambições e desejos pessoais. Saturno está colocado na 9ª casa, uma excelente colocação, uma vez que forma um Rajyoga (yoga de poder e de sucesso :regente da 10ª e da 11ª casas colocado na 9ª casa). E a 9ª casa está muito forte pois recebe o aspeto do seu regente, Júpiter, assegurando assim que esta pessoa se tornaria famosa e alcançaria considerável poder. Secundariamente, observamos a 3ª casa. Esta recebe o aspeto de Saturno: o regente da 11ª casa da realização dos desejos e ambições pessoais lança aspeto para a casa dos desejos e da iniciativa, mostrando que, pelo menos em parte, esta pessoa realizaria os seus desejos e ambições. Ao mesmo tempo, Saturno  representa a dimensão do coletivo (regente da 11ª casa) na realização das iniciativas individuais: estas não se resumiriam a benefícios pessoais mas estavam ao serviço do universal.

Confirmação pela Dasamsha- D-10

Matin Luther King

15 janeiro 1929 Atlanta, Georgia, USA

mlk D-10

Começamos por observar onde se encontra colocado, nesta divisional, o indicador principal do emprego e da profissão, o Sol. Este está colocado na 6ª casa, dos conflitos e das oposições, mostrando que a carreira de Luther King se jogaria no confronto com poderosos inimigos que se opunham  aos seus objetivos. O regente da 6ª casa e dispositor do Sol , Mercúrio, está em aspeto com a casa que rege mas está debilitado no signo de Peixes, não sendo por isso bem sucedido na proteção do indivíduo em relação aos seus inimigos e opositores. Saturno, o regente da 10ª casa e indicador secundário da carreira, está em vargottama, posicionado na 9ª casa como sucede na D-1.  Saturno assegura que esta pessoa alcançará fama e sucesso , tanto mais que recebe o aspeto de Júpiter, o regente da casa onde está colocado e seu dispositor. Simplesmente, o sucesso deste homem não se mede nem pelo número reduzido de anos  da sua vida abruptamente cortada nem pelas vantagens pessoais que colheu, mede-se pela influência social e política que conseguiu gerar e que  foi e continua a ser inegável, tendo-lhe garantido um lugar na História, não só da América como da Humanidade.  Vénus, o regente da 2ª casa na D-1 está muito bem colocado na 4ª casa, no signo de Caranguejo em receção mútua com a Lua, colocada no signo de Balança na 7ª casa. Esta pessoa tinha o potencial para adquirir bens, móveis e imóveis e uma vida bastante confortável e feliz. Rahu colocado na 11ª casa  em Aquário revela a ambição  de viver para uma comunidade maior e de  servir de instrumento para o bem dessa comunidade. A colocação do Sol na 6ª casa realça esta dimensão do serviço e até do autossacrifício em prol dos outros.

Os vários indicadores para esta área de vida mostram uma carreira ao serviço da comunidade e de objetivos que, favorecidos pela sorte, lhe deram a capacidade para marcar o mundo e conseguir mudar muitos dos preconceitos em relação a alguns membros da comunidade universal dos seres humanos, embora no plano pessoal a sua vida tenha terminado demasiado cedo para ele sentir o sabor pleno de todas as suas realizações.

Ler a Carreira- Ascendente Leão

atr

Depois de apresentarmos a análise da força geral dos planetas  num horóscopo feminino com Ascendente Leão num artigo anterior,  vamos hoje iniciar a análise de cada uma das principais áreas de vida neste horóscopo para facilitar a aprendizagem dos nossos leitores. Lembro entretanto que qualquer interpretação parcial do horóscopo, neste caso a da carreira/profissão, implica necessariamente a análise dos aspetos apresentados nesse artigo inicial  para vermos a  força geral  e a  natureza funcional dos planetas e das casas , sob pena de a interpretação de cada área de vida perder a fiabilidade. Por vezes há, por ex., uma assinatura (yoga) de riqueza no horóscopo mas, para que ela frutifique na vida da pessoa,  a primeira condição necessária é que os planetas que a formam sejam fortes e não estejam aflitos no horóscopo de nascimento (D-1). Por outro lado, como dissemos anteriormente se um planeta está, por ex., exaltado numa determinada carta divisional mas está debilitado ou de algum outro modo enfraquecido na D-1, será pouco provável que dê resultados dignos de nota relativamente às suas significações. Assim, não devemos esquecer que a D-1, o horóscopo de nascimento, é sempre  o ponto de referência principal e que as cartas divisionais são apenas  uma visão em pormenor daquilo que é prometido na D-1.

Leitura da Carreira/ profissão pelos Significadores no Horóscopo- Ascendente Leão

Para o horóscopo de uma criança, como é o caso, faz todo o sentido analisar os indicadores da educação, uma vez que estes têm uma importância essencial na determinação das possibilidades da carreira. Para o Ascendente Leão, a 4ª casa e Mercúrio mostram a educação básica enquanto a 5ª casa é o indicador primário para a educação superior e, secundariamente, vemos a 2ª e a 9ª casas, o Sol, Mercúrio e Júpiter. O regente da 4ª casa está colocado na 2ª e é poderoso, pois trata-se de Marte, que é um planeta yogakaraka para este Ascendente. Esta colocação de Marte, que lança aspeto para a 5ª casa, outra casa importante na educação, e também para a 9ª casa, igualmente relacionada com a educação, é um bom sinal, indicando que esta jovem será muito motivada para aprender e também para ganhar dinheiro e esta última motivação pode bem ser o fator gerador do desejo de estar bem preparada para alcançar uma carreira de sucesso. E Marte apoia este desejo da pessoa.  A Lua, por sua vez, é o regente do Ascendente, e está colocada na 4ª casa, que é a sua melhor colocação, embora esteja  debilitada.  Mercúrio, o indicador secundário, está colocado na 6ª casa, indicando um espírito combativo, capaz de lutar e de vencer as adversidades. Deste modo, consideramos que, apesar de  haver alguns indicadores de perturbações no meio familiar- Marte colocado na 2ª casa pode indiciar um ambiente familiar perturbado por discussões, por vezes até violência familiar, há outros indicadores de que esta pessoa tem um espírito suficientemente forte para se afirmar em relação  ao que quer da vida e lutar por isso. Quanto à educação superior, a 5ª casa é o indicador principal e o seu regente está colocado na 11ª casa enquanto Vénus, o regente da 3ª  e da 10ª casas, está colocado na 5ª formando um yoga poderoso de sorte com Júpiter, um Gajakesari  e, por isso, esta jovem é abençoada com inteligência e intuição, criatividade e capacidade de se tornar visível no mundo através da inteligência e de uma carreira bem sucedida, embora possa ter que lutar contra competidores e pessoas que se querem opor ao seu sucesso  (Mercúrio, o regente da 2ª casa, indicador principal da carreira para este Ascendente, está colocado na 6ª casa). Complementarmente, vemos a primeira e a 3ª casas como indicadores da inteligência e capacidades mentais em geral. A 1ª casa recebe apenas o aspeto de Ketu e o seu regente está colocado na 4ª casa, no signo de debilitação. O aspeto de Ketu pode indicar uma inclinação ascética ou espiritual e a Lua  na 4ª casa indica uma intuição forte. Quanto à colocação no signo de Escorpião, temos visto grandes personalidades com a Lua no signo de debilitação e conhecemos casos em que esta posição da Lua não afetou negativamente a inteligência dos nativos , que é em muitos casos muito acima da média. Na 3ª casa, com regência de Vénus, temos Saturno no signo de exaltação onde também está  Rahu, não estando em conjunção. Saturno é o planeta regente da casa onde está Mercúrio, o regente da 2ª casa , sendo também o regente do signo solar e revela capacidade de pensamento concentrado e capacidades lógicas, ainda que a sua ação fria diminua os ímpetos intuitivos próprios da 5ª casa ,levando a preferir um pensamento lógico irrepreensível e baseado em cadeias causais à pura e simples intuição. Por outro lado, tanto o aspeto de Saturno para a 5ª casa como a colocação de Saturno no signo de Balança na casa que significa as artes- a 3ª- podem indicar talentos artísticos e criativos acentuados e que se sobrepõem à aquisição de conhecimentos no sentido tradicional.

Estando assim confirmado que há grandes probabilidades de que esta jovem obtenha uma boa instrução e que é dotada de inteligência, de criatividade e também possivelmente de talento artístico, por ex., para a escrita, o que suporta uma carreira literária ou no campo da  comunicação, vemos agora os indicadores da carreira.  Para o Ascendente Leão observamos a 2ª casa, e secundariamente, a 10ª casa e o Sol. A 2ª casa, como referido, contém o signo Mooltrikona de Mercúrio e Marte, o planeta mais poderoso para este signo Ascendente, está aqui colocado. Não há aspetos para a casa nem para Marte. A 10ª casa está ocupada pelo signo Touro e recebe o aspeto da Lua que, apesar de debilitada , está ainda muito forte pois a jovem nasceu no 2ª dia em que a Lua mudou para a fase minguante, o que significa que, estando a afastar-se da luz, ainda está muito brilhante, pelo que a Lua indica uma carreira significativa e um aumento de status. Marte, o regente da 9ª casa, da sorte para esta vida, colocado na 2ª casa, revela sorte em todas as áreas da vida: vida familiar, aquisição de riqueza e de status, uma boa instrução, etc. E, o que é ainda mais importante, Marte , regente da 9ª casa, lança um aspeto para esta casa confirmando que esta jovem terá sorte na prossecução da sua vida, sendo ajudada por circunstâncias favoráveis  no desenvolvimento da carreira e de outras áreas da sua vida.

Vénus, o regente da 10ª casa, está colocado na 5ª casa, a outra casa da sorte para esta vida e forma aspeto com o regente desta, num yoga de sorte, o que é um fator muitíssimo favorável para todas as áreas de vida desta pessoa. A sorte estará presente ao longo da vida no desenvolvimento da educação, da criatividade  e da carreira e esta pessoa atrairá para a sua vida os eventos que lhe são mais favoráveis para atingir os seus objetivos. Usando o software recomendado observamos queno período  inicial de formação estará operante o dasha de Saturno, entre 2016 e 2035  e, entre 2035 e 2052, numa fase decisiva para o desenvolvimento de uma boa estrutura de vida, estará operante o dasha de Mercúrio, regente da 2ª casa, o que favorece a instrução, a vida familiar e a aquisição de riqueza e de status. Os períodos de outubro de 2028 a novembro de 2029 (sub período de Marte- entre os 14 e os 15 anos, pode ser determinante para a revelação de uma vocação profissional e a escolha de um curso a seguir); o período entre setembro de 2032 e abril de 2035- sub período de Júpiter é um bom período para iniciar a formação superior e, a este propósito, pode haver um fator de sorte a determinar o futuro académico desta jovem, pois Júpiter é o regente da 5ª casa do horóscopo e favorece estudos relacionados com a criatividade e com as artes., etc.

Quanto ao tipo de carreira, começamos por analisar a criatividade do nativo. Para a criatividade, a 5ª casa é o principal significador e a 2ª casa, Júpiter  e o Sol, dão-nos informações adicionais.  O regente da 5ª casa, Júpiter, está colocado na 11ª casa, uma excelente colocação que indica que esta pessoa terá um círculo de amigos muito influentes e bem posicionados e que terão um papel importante na sua vida social e profissional. Júpiter tem aqui um peso acrescido porque é  o karaka  da 5ª casa, o regente dela e está em aspeto com ela, sendo ainda indicador secundário da criatividade.  A 5ª casa também tem a ver com crianças e esta jovem poderá desenvolver um trabalho altamente compensador com crianças ou relacionado com crianças (incluindo por ex.., poder tornar-se uma escritora de sucesso de obras para crianças); poderá ter uma carreira bem sucedida e influente, popular socialmente e com muito público, relacionada com alguma das belas artes ou  ter uma carreira  ligada à indústria do entretenimento, incluindo a carreira de atriz. De qualquer modo, seja qual for a carreira escolhida, a sorte ajudará esta pessoa a atingir o sucesso. O Sol, regente do Ascendente, também apoia uma carreira que leva os olhares e a admiração das massas a focar-se na pessoa, que se coloca assim no «centro do palco». A colocação do Sol na 6ª casa é outro indicador de que esta jovem vencerá os competidores e pode atingir a notoriedade ou a fama.

 A 3ª casa é o significador principal do empreendedorismo para o Ascendente Leão  e o seu regente está colocado na 5ª casa. Marte, Vénus e Saturno dão-nos indicações complementares, sendo que Vénus, neste horóscopo, adquire importância adicional pela razão de ser o regente da 3ª casa. Vénus colocado na 5ª casa indica talento artístico e grande inteligência  e intuição para desenvolver projetos ou iniciativas pessoais. Marte colocado na 2ª casa mostra que esta pessoa vai querer possuir dinheiro e tudo aquilo que pode dar e aumentar o status no plano social . A sua motivação para alcançar um lugar de proeminência é forte e a presença de Saturno, exaltado na 3ª casa, revela adicionalmente que ela trabalhará afincadamente e de modo persistente até chegar onde pretende. Rahu na 3ª casa potencia todas as capacidades da pessoa para atingir a fama e a notoriedade  e o desejo intenso de ser alguém especial e reconhecido pelos seus méritos pessoais vai orientar a vida desta jovem até onde ela quiser chegar.

Confirmação pela Dasamsha- D-10

TS

25 janeiro,2014, Lisboa, Portugal

 TS- D-10

Começamos por observar onde se encontram colocados nesta divisional os significadores principais do emprego e da profissão, os regentes da 2ª e da 10ª casas (Mercúrio e Vénus) e vemos que Mercúrio está bem colocado: é o regente da 2ª casa  na D-1 e nesta divisional e a sua colocação na 11ª casa indica que o nativo adquirirá riqueza e conhecimento . Está colocado em conjunto com Vénus, o regente da 3ª e  da 10ª casas, o que reforça a nossa interpretação de que a carreira desta jovem poderá estar relacionada com as artes e que essa carreira lhe permitirá atingir notoriedade ou, pelo menos, uma clara consagração no plano público – Mercúrio, regente da 2ª, está colocado na 11ª. Por outro lado, esta posição de Mercúrio, só por si, forma um dhana yoga ou assinatura de riqueza, indiciando que a carreira que a pessoa desenvolver e na qual as suas competências e talentos (3ª casa) serão um fator importante, lhe trarão recompensas financeiras. Por outro lado, Marte, o  outro indicador da carreira e da profissão, está colocado na 7ª casa. Marte nesta varga também  rege a 9ª e a 4ª casas, mantendo o seu estatuto de yogakaraka. Como regente da 9ª casa, Marte indica que a pessoa beneficiará das parcerias  , tanto no plano dos negócios como do casamento, podendo adquirir riqueza também por essa via. Como se mantém, nesta divisional, o mesmo Ascendente, os planetas indicadores da profissão na carta natal são os mesmos nesta divisional. A colocação de Saturno, regente da 7ª casa nesta divisional, na 12ª casa ,também apoia a possibilidade de esta pessoa estender para além do seu país o sucesso de uma carreira no desenvolvimento profissional.

Os vários indicadores para esta área de vida mostram que esta jovem será abençoada com sorte no desenvolvimento da sua vida profissional e que poderá atingir uma posição social e profissional acima da do seu ponto de partida e os indicadores apontam para que atingirá uma posição confortável , acumulando bens, fama e boa reputação.

Ler a Carreira e Profissão-Ascendente Caranguejo

entre

Depois de apresentarmos a análise da força geral dos planetas  num horóscopo masculino com Ascendente Caranguejo num artigo anterior,  vamos hoje iniciar a análise de cada uma das principais áreas de vida neste horóscopo para facilitar a aprendizagem dos nossos leitores. Lembro entretanto que qualquer interpretação parcial do horóscopo, neste caso a da carreira/profissão, implica necessariamente a análise dos aspetos apresentados nesse artigo inicial  para vermos a  força geral  e a  natureza funcional dos planetas e das casas , sob pena de a interpretação de cada área de vida perder a fiabilidade. Por vezes há, por ex., uma assinatura (yoga) de riqueza no horóscopo mas, para que ela frutifique na vida da pessoa,  a primeira condição necessária é que os planetas que a formam sejam fortes e não estejam aflitos no horóscopo de nascimento (D-1). Por outro lado, como dissemos anteriormente, se um planeta está, por ex., exaltado numa determinada carta divisional mas está debilitado ou de algum outro modo enfraquecido na D-1, será pouco provável que dê resultados dignos de nota relativamente às suas significações. Assim, não devemos esquecer que a D-1, o horóscopo de nascimento, é sempre  o ponto de referência principal e que as cartas divisionais são apenas  uma visão em pormenor daquilo que é prometido na D-1.

Leitura da Carreira/ profissão pelos Significadores no Horóscopo- Ascendente Caranguejo

Para o Ascendente Caranguejo  observamos a 10ª e a 2ª casas, ambas ocupadas por signos Mooltrikona e, secundariamente, o Sol.  A 10ª casa está ocupada pelo signo Carneiro e recebe o aspeto de Marte, o seu o regente, que está  colocado na 3ª casa. Também recebe o aspeto de Júpiter, regente da 6ª e da 9ª casas e de Ketu. O aspeto de Marte é especialmente positivo pois este é um planeta yogakara, potencialmente o mais forte no horóscopo pela regência da 5ª e da 10ª casas. O aspeto de Júpiter, apesar da condição de maléfico funcional para este Ascendente, é também importante porque se trata do regente da outra casa da «sorte ou da fortuna», a 9ª. Observamos assim que os regentes das duas casas mais benéficas do horóscopo, a 5ª  e a 9ª estão em aspeto com a 10ª casa da posição que a pessoa alcança nesta vida através do trabalho e da ação em geral e isso é um indicador  de que esta pessoa conhecerá o sucesso no plano social e profissional. É claro que nem tudo são rosas pois Marte está debilitado na Navamsa e Júpiter aflige o ponto mais efetivo (numa orbe de 2º) da 10ªcasa, o que significa que o sucesso não vai aparecer de mão beijada, o nativo terá que lutar por ele e, em alguns momentos- sobretudo nos subperíodos de Júpiter em cada dasha planetário- ao transitar pelo ponto mais efetivo da 10ª ou  da 4ª casa, Júpiter pode trazer eventos desafiadores para a posição social e para o sucesso profissional. Porém, Marte, o regente da 10ª casa, está colocado na 3ª casa, que é uma casa de crescimento (upachaya) e, por essa razão, os resultados irão melhorando com o tempo. Além do mais, Marte é um planeta maléfico natural e os planetas maléficos dão excelentes resultados nas casas upachaya (3ª, 6ª, 10ª e 11ª). Estas são casas relacionadas com desejos e motivações e, por isso, dependentes da ação do indivíduo.

O regente da 10ª casa, Marte,  encontra-se  na mesma casa que Saturno, um  planeta funcional maléfico para este Ascendente pela regência da 8ª casa mas não estão em conjunção. Saturno é também regente da 7ª casa onde se encontra o Sol e, sendo o planeta natural mais maléfico, também perde boa parte desse caráter maléfico , trazendo sucesso para os desejos  e para as ambições pessoais. Porém, como acontece sempre com Saturno, o sucesso virá após alguns falhanços iniciais. Esta posição não favorece o relacionamento com irmãos (pode até negar os irmãos) mas é boa para o desenvolvimento da capacidade de trabalho e de uma personalidade firme e capaz de se aplicar para alcançar o que deseja. Esta é também uma casa de coragem e a colocação destes dois planetas aqui implica que a pessoa trabalhe «por sua conta e risco» sem ter rede de proteção. A carreira está associada  às qualidades individuais (signo Carneiro na 10ª casa) e à capacidade de iniciativa, coragem e empreendedorismo (Marte e ênfase na 3ª casa) e à capacidade de persistir nos seus objetivos  trabalhando incansavelmente (Saturno). Por outro lado, o aspeto de Júpiter e de Ketu para a 10ª casa revelam, por um lado, a necessidade de prestar serviço (Júpiter regente da 6ª casa), de não trabalhar apenas para ganhar dinheiro ou para aumentar o prestígio e o poder pessoal; e, Ketu, colocado na 6ª casa, lançando aspeto para a 10ª, retira algum apego aos objetivos materiais inclinando para a valorização de outros aspetos da vida mais espirituais ou subjetivos, numa advertência de que o poder só por si é fonte de insatisfação ou de conflito, no interior de si ou com os outros.

  A 2ª casa, ocupada pelo signo Leão , recebe o aspeto amplo de ketu que não forma conjunção com o seu ponto mais efetivo e, por isso, não aflige a casa. O seu regente está colocado na 7ª casa e indica que as aquisições mais importantes na vida do nativo são feitas através das parcerias que forma  a nível pessoal: o cônjuge é uma fonte de aquisição de riqueza e/ou status, sendo um contributo importante para o desenvolvimento de competências, incluindo conhecimentos, etc, talvez pelo incentivo que o plano emocional exerce na motivação para o sucesso. O mesmo enriquecimento pode surgir com as parcerias de negócios embora, com o signo Carneiro na 10ª casa, um signo individualista por excelência, nem sempre será fácil  desenvolver colaboração com outros no plano profissional em termos de igualdade. Este nativo gosta de fazer as coisas à sua maneira sem interferências e sem receber muitas orientações de outros.

Usando o software recomendado, vemos que, no dasha atual de Vénus, operante até junho de 2024, o nativo está a experienciar o sub período de Rahu e que , em 6 de outubro de 2014  inicia-se o sub período de Júpiter  que estará operante  até 3 de junho de 2017.  Durante este sub período, sempre que o trânsito de Júpiter ou  de Saturno influenciar a 10ª e a 2ª casas, ocorrem eventos desafiadores para a carreira com possível perda de dinheiro ou de status. Em 9 de setembro de  2015, por ex., Júpiter formará aspeto exato com o ponto mais efetivo da 10ª casa , enquanto transita pela 2ª casa, em Leão, e, simultaneamente, Saturno, em trânsito, está em aspeto com o sol e com Vénus na 7ª casa e com  a 11ª casa, dos ganhos , rendimentos e  realização dos  desejos. Como os aspetos exatos trazem eventos , nesta altura, (uns dias antes e uns dias depois) será de evitar  iniciar projetos ou algum empreendimento, usando de cautela extra para minimizar alguma perda.  Do mesmo modo, no final da 1ª semana de outubro de 2016 Júpiter transitará por virgem, formando aspeto exato com o ponto mais efetivo da 7ª, da 9ª e da 11ª casas ao mesmo tempo que Saturno forma conjunção exata com a Lua natal e também está em aspeto amplo com a 7ª e a 11ª casas. Este não é  um bom período para fazer viagens de longo curso, podendo haver perdas financeiras ou outros problemas que afetam  a relação com o cônjuge e outros parceiros a nível pessoal, e também afetam os ganhos  e o bem estar pessoal. Na 1ª semana de outubro e dias seguintes, é de evitar qualquer tipo de atividade que  ponha em risco a estrutura da vida da pessoa.

Quanto ao tipo de carreira, começamos por analisar a criatividade do nativo. Para a criatividade, a 2ª casa é o principal significador e a 5ª casa, Júpiter  e o Sol, dão-nos informações adicionais.  O regente da 2ª casa, o Sol, está colocado com Vénus, em conjunção muito próxima (1º) o que revela capacidades artísticas e talento possível para a escrita ou para a oratória. O nativo tem uma boa imaginação, embora esta possa estar mais inclinada para a relação com o mundo concreto observado  e material, ou para a dimensão estrutural da realidade, como é próprio de Saturno e de Capricórnio. A debilitação da Lua indica alguma instabilidade emocional ou mental que pode prejudicar esta área. Pela predominância do tema da 3ª casa parece-nos  mais plausível uma carreira com cunho individual na área da comunicação em que a realidade concreta desempenha um papel importante. Júpiter, um indicador secundário para esta área, está colocado na 4ª casa, no signo de Balança e a sua mensagem parece clara: estrutura e harmonia são dois fatores importantes para decidir o tipo de trabalho que motiva esta  pessoa. A 4ª casa é a casa do lar e esta pessoa gosta de trabalhar em casa: o trabalho  perfeito é aquele em que pode intercalar o trabalho numa instituição e o trabalho ao seu ritmo, no conforto do lar. O Sol, o outro indicador, diz que o cônjuge é importante para decidir o tipo de trabalho ou de emprego que a pessoa quer ter : ou porque trabalham em conjunto ou porque o envolvimento num determinado tipo de trabalho depende da opinião ou do envolvimento do cônjuge mas, de alguma forma, este está envolvido na escolha.

 A 3ª casa é o significador principal do empreendedorismo para o Ascendente Caranguejo e o seu regente está colocado na 7ª casa. Marte, Vénus e Saturno dão-nos indicações complementares. Já discutimos o papel de Marte e de Saturno e, quanto a Vénus, que também rege a 11ª casa dos ganhos e dos rendimentos, ela está, tal como o regente da 3ª casa, colocada na 7ª casa. E aqui concluímos uma de duas possibilidades: ou esta pessoa escolhe fixar residência no estrangeiro para aplicar lá os seus proietos de vida ou escolhe um(a) parceiro(a) como apoio da sua capacidade empreendedora. Tratando-se de um nativo com Ascendente Caranguejo, percebemos que esta pessoa, apesar de gostar de trabalhar  individualmente, precisa de apoio afetivo para ganhar incentivo e motivação para o desenvolvimento dos seus projetos. A colocação do Sol na 7ª casa reforça esta ideia.

Confirmação pela Dasamsha- D-10

FF

20 janeiro,1982, Lisboa, Portugal

FF D-10

Começamos por observar onde se encontram colocados nesta divisional os significadores principais do emprego e da profissão, os regentes da 10ª e da 2ª casas (Marte e o sol) e vemos que Marte está bem colocado: é o regente do Ascendente nesta divisional e a sua colocação na 2ª casa indica que o nativo adquirirá riqueza e conhecimento . Está colocado em conjunto com Vénus, o regente da 7ª e  da 12ª casas, o que parece indicar que o nativo poderá obter ganhos substanciais num país estrangeiro. Por outro lado, nesta divisional, Marte tem o seu signo Mooltrikona na 6ª casa, onde se encontra colocado Ketu e esta colocação parece indicar que a pessoa tem que se confrontar com pessoas invejosas ou ciumentas e pode ter inimigos que trabalham contra si bem como problemas com  subordinados.  O Sol, o outro indicador secundário para a profissão, está colocado na 8ª casa e esta não é uma boa colocação pois o Sol é também o regente da 10ª casa desta divisional e isto indica vários altos e baixos na carreira. Favorece o interesse e o estudo de temas místicos ou relacionados com o oculto. Esclarece também que a pessoa ganhará dinheiro a partir de heranças, legados ou seguros e através do parceiro. No entanto, o Sol recebe o aspeto  de Marte e de Vénus , o que melhora a sua atuação na vida do nativo e o dispositor da 2ª casa, Júpiter, está colocado na 3ª, com Júpiter, que é regente da 4ª casa na  Dasamsha  e, porque o seu signo Mooltrikona ocupa esta casa, é também a influência mais benéfica nesta divisional. Repete-se o tema da 3ª casa e a sua mensagem:  o nativo será confrontado com desafios e obstáculos ao longo da sua vida profissional  mas a sua capacidade de iniciativa e  o uso das suas capacidades pessoais contribuirão para ir melhorando este aspeto da sua vida profissional. De resto, estão indicados ganhos  e  o aumento do rendimento deste nativo: o regente da 11ª casa, Mercúrio,  está colocado na 9ª casa desta divisional, a casa da «sorte» para esta existência. Lembrando que Mercúrio rege a 3ª casa na D-1, mais uma vez percebemos que os ganhos do nativo   se relacionam com projetos e iniciativas que leva a cabo, provavelmente numa  área ligada à comunicação, e que ele obterá ganhos e rendimentos que melhorarão com o tempo (  3ª casa é de crescimento). Ganhará com o seu trabalho e através de heranças e do parceiro de vida ou de negócios.

Os vários indicadores para esta área de vida mostram que este nativo terá que lutar pelo sucesso para alcançar o que deseja estando também implícita uma tendência subliminar no seu horóscopo de que ele enfrenta ou outro desafio mais espiritual: aprender a articular o lado material da vida com o lado espiritual, talvez restabelecendo um laço entre ambos que se terá quebrado antes.

Ler a Carreira- Ascendente Capricórnio

amnc

Depois de apresentarmos a análise da força geral dos planetas  num horóscopo masculino com Ascendente Capricórnio num artigo anterior,  vamos hoje iniciar a análise de cada uma das principais áreas de vida neste horóscopo para facilitar a aprendizagem dos nossos leitores. Lembro entretanto que qualquer interpretação parcial do horóscopo, neste caso a da carreira/profissão, implica necessariamente a análise dos aspetos apresentados nesse artigo inicial  para vermos a  força geral  e a  natureza funcional dos planetas e das casas , sob pena de a interpretação de cada área de vida perder a fiabilidade. Por vezes há, por ex., uma assinatura (yoga) de riqueza no horóscopo mas, para que ela frutifique na vida da pessoa,  a primeira condição necessária é que os planetas que a formam sejam fortes e não estejam aflitos no horóscopo de nascimento (D-1). Por outro lado, como dissemos anteriormente se um planeta está, por ex., exaltado numa determinada carta divisional mas está debilitado ou de algum outro modo enfraquecido na D-1, será pouco provável que dê resultados dignos de nota relativamente às suas significações. Assim, não devemos esquecer que a D-1, o horóscopo de nascimento, é sempre  o ponto de referência principal e que as cartas divisionais são apenas  uma visão em pormenor daquilo que é prometido na D-1.

Leitura da Carreira/ profissão pelos Significadores no Horóscopo

Para o Ascendente Capricórnio observamos a 10ª e a 2ª casas, ambas ocupadas por signos Mooltrikona e, secundariamente, o Sol.  A 10ª casa é ocupada pelo signo Balança e recebe o aspeto de Júpiter, o regente da 3ª casa. Saturno também lança um  aspeto para esta casa, fator importante pois é o regente do Ascendente;  Marte, o regente da 4ª e da 11ª casas também influencia esta casa. Vemos deste modo que a área da carreira e do reconhecimento público é muito enfatizada neste horóscopo e que a vida profissional desempenha um papel muito importante na realização dos objetivos de vida. Nesta área de vida este nativo encontrará um sentido de propósito (aspeto do regente do Ascendente), contacto com lugares longínquos e, por vezes, um sentido de isolamento (aspeto de Júpiter) e ganhos e a realização de ambições pessoais (Vénus, regente da 10ª, colocado na 11ª, o que constitui um yoga de sucesso ). O regente da 10ª casa, Vénus,  encontra-se  conjunto com o Sol, um  planeta funcional maléfico para este Ascendente mas que, nesta casa, favorece os ganhos. Vénus, como vimos antes, é um planeta yogakaraka e atrai ganhos e rendimentos para a vida desta pessoa, para além de promover a realização dos seus desejos e ambições.  A 3ª casa é uma casa de iniciativa, de coragem, de  desejo  e de empreendedorismo, para além de estar relacionada com as competências mentais e comunicativas. Neste horóscopo observamos a presença de Ketu, que está no signo de Peixes e, por essa razão, guia as iniciativas do nativo para um plano mais espiritual do que material. Dá uma boa intuição. Mas a pessoa vê muitos dos seus impulsos e desejos enfraquecerem devido a  uma espécie de inibição ou de inércia , embora seja corajosa e capaz de enfrentar situações desafiadoras. Porém,  por um lado o seu regente do Ascendente e da 2ª casa, Saturno, impulsionam-no para adquirir uma boa posição material e profissional, dinheiro e conforto material mas, por outro, Ketu na 3ª casa  desvia o interesse do nativo dos afazeres e das atividades mundanas e faz nascer o desejo de se libertar dos limites do ter e de todas as suas posses.  A 3ª casa é uma casa de crescimento (upachaya) e os seus resultados tendem a melhorar à medida que o tempo vai passando. Nesta configuração, certamente que o nativo conhecerá o dualismo de muitas vezes desejar aumentar a sua riqueza e posição social e, ao mesmo tempo, inibir a iniciativa que lhe permitiria alcançar tudo isso, sendo muitas vezes passivo  e tendo falta de energia para levar a cabo iniciativas novas.

A 2ª casa, ocupada pelo signo Mooltrikona do regente do Ascendente, Saturno, recebe os aspeto de Saturno, o seu regente, e de Júpiter, regente da 12ª e da 3ª casas.  Os períodos de Júpiter que coincidam com trânsitos do planeta ou de outros funcionais maléficos com influência para esta casa podem indicar eventos de perdas financeiras ou de despesas difíceis de controlar. Como referimos no artigo inicial sobre este horóscopo, esta pessoa está a atravessar o dasha  de Júpiter, que teve início no ano de 2013 e, durante este período, deverá estar  atenta ao trânsito conjunto de Saturno e de Júpiter que pode trazer alguma nova oportunidade de carreira envolvendo viagens aos estrangeiro ou mesmo residência no estrangeiro. O aspeto de Saturno para a 2ª casa que ele rege, é indicador de que esta pessoa conseguirá obter ganhos, sobretudo a partir de legados , heranças ou de seguros e , na profissão, conseguirá ganhar mas de forma lenta. O Sol, o outro indicador secundário da carreira, rege a 8ª casa e está colocado na 11ª o que pode indicar obstáculos na realização dos desejos e ambições pessoais mas  a presença de Vénus, o regente da 10ª, na mesma casa, atenua os efeitos negativos  possíveis do Sol. Os sub períodos do Sol nos vários dashas podem trazer obstáculos  para os desejos e ambições do nativo, embora também possam permitir ganhos súbitos de dinheiro como referimos antes. Por sua vez, os sub períodos de Vénus são os melhores para indicar novas oportunidades na profissão e na carreira.

  Vénus rege  a 5ª casa, uma casa associada à criatividade, às crianças e aos créditos positivos  por ações realizadas no passado e tem o seu signo Mooltrikona na 10ª casa, uma casa relacionada com o público, com a dimensão social e estética e isso pode indicar o gosto por uma profissão em que a relação gentil com o público seja um fator importante. Uma carreira relacionada com as artes ou com o entretenimento é também uma possibilidade. A posição da Lua na 9ª casa e também de Rahu indicam,  por outro lado, o gosto pelas viagens e pelo conhecimento de outros costumes, crenças etc pelo que a profissão pode também implicar a relação com viagens ou  com países estrangeiros.

A 3ª casa é o significador principal do empreendedorismo para o Ascendente Capricórnio e o seu regente está colocado na 6ª casa. Como referimos, a capacidade empreendedora deste indivíduo é perturbada pela colocação de Ketu  nesta casa, ao mesmo tempo que a presença do regente da 3ª casa na 6ª  casa do horóscopo indica a necessidade de esforço pessoal para  realizar os seus desejos. Também mostra uma motivação para um trabalho em que o nativo preste serviços a outrem. Os desejos serão atingidos de forma lenta. Mas os indicadores secundários para a área do empreendedorismo, Vénus e Saturno, revelam ambos que a pessoa receberá ganhos e terá a sua realização pessoal mais através do que recebe do que do próprio esforço pois Vénus revela a importância dos círculos pessoais do nativo para ele concretizar o que deseja e Saturno revela que ele receberá dinheiro de outros. E a colocação de Vénus na 11ª casa indica que o nativo pode acumular esses bens , embora também possa ter que gastar (Júpiter , um dos indicadores dos ganhos e da riqueza , sobretudo dos «ganhos fáceis» regente da 12ª casa está colocado na casa das dívidas, a 6ª). A Lua , outro indicador para os ganhos, está na casa das viagens e do desejo irreprimível para «partir» para lugares longínquos  (9ª casa  com a colocação de Rahu) e isso custa dinheiro por isso os gastos com viagens são uma boa possibilidade para o consumo dos recursos financeiros. Sendo regente da 7ª casa, outra casa relacionada com o estrangeiro, esta indicação fica reforçada.

Confirmação pela Dasamsha- D-10

ML

5 Dezembro 1977, Bragança, Portugal

Começamos por observar onde se encontram colocados nesta divisional os significadores principais do emprego e da profissão, os regentes da 10ª e da 2ª casas e vemos que estão bem colocados: Vénus , regente da 10ª na D-1 está na 5ª casa  e é também o regente do Ascendente desta divisional . Assim, o significado de Vénus como yogakaraka na D-1 fica confirmado ,tal como a sorte que o nativo traz do passado para esta área de vida. Saturno, regente da 2ª casa na D-1, está colocado na 6ª casa desta divisional, o que não é uma posição muito boa mas está  no signo de exaltação, Balança e isso indica que Saturno ajudará a superar as dificuldades e obstáculos que esta pessoa enfrentar. Levará a melhor sobre competidores e inimigos e também gostará de trabalhar numa área em que o serviço humano aos outros seja uma qualidade importante. O Sol, o outro indicador secundário para a profissão, está colocado na 9ª casa da sorte para esta vida e no signo de Saturno: este nativo terá a sorte do seu lado e terá ajuda para a sua realização profissional e oportunidades surgirão sem que ele tenha que fazer muito esforço para isso. Por sua vez, o Sol rege a 4ª casa da Dasamsha onde estão colocados a Lua, regente da 3ª casa e Marte, regente da 7ª e da 12ª. Esta pessoa pode residir em países estrangeiros ou ter estadias em países estrangeiros por motivos profissionais. A presença de Ketu na 1ª casa reforça a ideia de ausência de ambições fortes no plano profissional. Esta pessoa alcança a realização profissional mais pela sorte das oportunidades que vêm ao seu encontro do que por um verdadeiro desejo  ou esforço das iniciativa para ter sucesso material.

Mercúrio, o regente da 5ª casa desta varga, está colocado na 11ª casa  e, sendo  o regente da 9ª casa da realização dos desejos na D-1, indica sorte para a realização dos desejos e ambições. Também revela que os amigos e as pessoas influentes que rodeiam o nativo são uma importante fonte de sorte e de sucesso nos vários planos da vida individual.

Os vários indicadores para esta área de vida mostram que este nativo terá mais sucesso em alcançar o que deseja pelas oportunidades que vêm ao seu encontro do que pelos esforços  e iniciativas pessoais que desenvolva de maneira consciente. Deverá por isso estar atento às oportunidades e não as deixar passar quando elas lhe aparecem.

Ler a Carreira/Profissão- Ascendente Escorpião

balle

Depois de apresentarmos a análise da força geral dos planetas  num horóscopo feminino com Ascendente Escorpião no último artigo, vamos hoje iniciar a análise de cada uma das principais áreas de vida neste horóscopo para facilitar a aprendizagem dos nossos leitores. Lembro entretanto que qualquer interpretação parcial do horóscopo, neste caso a da carreira/profissão, implica necessariamente a análise dos aspetos apresentados no artigo anterior  e referentes à força geral  e à  natureza funcional dos planetas e das casas , sob pena de a interpretação setorial perder a fiabilidade. Por vezes há, por ex., uma assinatura (yoga) de riqueza no horóscopo mas, para que ela frutifique na vida da pessoa  a primeira condição necessária é que os planetas que a formam sejam fortes e não estejam aflitos no horóscopo de nascimento (D-1). Por outro lado, como dissemos anteriormente, se um planeta está, por ex., exaltado numa determinada carta divisional mas está debilitado ou de algum outro modo enfraquecido na D-1, será pouco provável que dê resultados dignos de nota relativamente às suas significações. Assim, não devemos esquecer que a D-1, o horóscopo de nascimento, é sempre  o ponto de referência principal e que as cartas divisionais são apenas  uma visão em pormenor daquilo que é prometido na D-1.

Leitura da Carreira/ profissão pelos Significadores no Horóscopo

Para o Ascendente Escorpião observamos a 10ª e a 2ª casas, ambas ocupadas por signos Mooltrikona e, secundariamente, o Sol.  A 10ª casa é ocupada pelo signo Leão e, por isso, o Sol torna-se um significador de primeira ordem.  A 10ª casa não recebe quaisquer aspetos, nem bons nem maus. O seu regente, o Sol, encontra-se colocado na 3ª casa, conjunto com Vénus, um  planeta funcional maléfico para este Ascendente mas, nesta casa, o Sol ganha força adicional. Vénus, por seu lado, está combusto e é mais fraco do que o Sol. A 3ª casa é uma casa de iniciativa, de coragem, de  desejo  e de empreendedorismo, para além de estar relacionada com as competências mentais e comunicativas. Neste horóscopo observamos a presença de Rahu em conjunção próxima com o ponto mais efetivo desta casa, pelo que os assuntos representados pela casa sofrem durante os períodos e sub períodos  de Rahu, de Vénus, de Ketu e de Marte , os funcionais maléficos para este Ascendente, ou sempre que estes, por trânsito, influenciam esta casa por aspeto próximo. A 3ª casa é uma casa de crescimento (upachaya) e os seus resultados tendem a melhorar à medida que o tempo vai passando. Porém, é de esperar, que nas primeiras etapas da vida adulta, a presença de Vénus – regente da 7ª casa das parcerias, do casamento, etc.- tão próximo do Sol, tenha como efeito que esta mulher passe por situações de luta para se afirmar no desenvolvimento da sua carreira ou profissão.  Vénus rege duas casas associadas ao estrangeiro e não é de admirar se a profissão escolhida implicar uma relação de internacionalização. O alcançar do reconhecimento não se fará sem lutas e não será fácil, como é indicado pela posição do Sol na 3ª casa. Uma profissão ligada de algum modo a aspetos mediáticos  e /ou de comunicação, relacionada com a indústria do entretenimento ou com alguma arte performativa (Vénus e a posição de Leão na 10ª casa) pode bem ser a escolha pela pessoa e está indicada no horóscopo.

Passando à análise da 2ª casa, nela encontramos Mercúrio e Saturno, ambos em conjunção um com o outro e com o ponto mais efetivo desta casa. Habitualmente, Saturno torna o pensamento mais concentrado e menos impulsivo dando à pessoa uma forma de raciocinar que é mais ponderada e menos expansiva: a pessoa fala pouco e só diz o que acha importante dizer, nunca falando por falar. Saturno rege a 3ª e a 4ª casas e Mercúrio rege a 8ª e a 11ª.  Saturno mostra aqui a necessidade de se agarrar a fundamentos sólidos e a valorizar as posses que se fazem de forma estável e duradoura. Mercúrio  tem uma natureza volátil e mutável mas a sua associação com Saturno torna-o mais estável e ponderado, comedido nas palavras e menos amante das mudanças constantes no ambiente e nos contextos de vida que dão segurança emocional à pessoa. Esta é habitualmente cautelosa nas escolhas que faz  e reservada nas intenções e na expressão do que sente e pensa. Simultaneamente, Saturno dá a capacidade de resistência e da paciência e, estando em Sagitário, pode orientar para a procura de conhecimento ou de orientação mais filosófica ou espiritual para a realização pessoal: ao invés do materialismo tantas vezes observado no planeta, podemos encontrar o desprendimento em relação às conquistas materiais  e um foco na procura espiritual e no desejo de possuir mais conhecimento de natureza filosófica ou mesmo religiosa.

Por outro lado, o Sol colocado no signo de Capricórnio indica uma pessoa que necessita de se construir a si própria e ao seu lugar no mundo, de modo a que os outros reconheçam o seu valor e o seu contributo para a sociedade e para a  comunidade. Por isso, esta pessoa será seguramente mais feliz numa profissão que lhe dê visibilidade no mundo e a oportunidade de brilhar e de mostrar o seu valor. E, como todos os nativos de Capricórnio, esta pessoa também dá valor às posses materiais, não obstante estas não esgotarem o objeto do seu interesse.

Marte, o significador principal do empreendedorismo para o Ascendente Escorpião, está colocado no Ascendente: esta mulher não tem medo de correr riscos nem de enfrentar o «status quo»  se isso for favorável para atingir os seus objetivos. Marte está colocado no próprio signo e, embora seja um maléfico funcional, permite à pessoa vencer pelo mérito das suas capacidades pessoais, embora não evite o enfrentar de muitas lutas para lá chegar. Durante o seu dasha ou subperíodos e também durante os seus trânsitos pelos pontos sensíveis do horóscopo, pode trazer dificuldades financeiras e dívidas,  conflitos e oposições, problemas de saúde ou acidentes. Os significadores secundários das capacidades de empreendedorismo, Vénus e Saturno indicam, pela sua posição por casa e pelos significados das casas ocupadas  pelos seus signos Mooltrikona que esta mulher pode receber propriedade familiar (Saturno) como Terras, veículos, etc. e que terá que se confrontar com situações de muitas despesas, embora estas possam ser causadas por eventos positivos. (a Lua, regente da 9ª casa, está colocada na 12ª ). Vénus é o significador da capacidade para acumular riqueza e esta posição indica que esta pessoa dificilmente acumulará muita riqueza, pois o mais natural será ter que a gastar por uma razão ou por outra. Júpiter, o significador principal dos «ganhos fáceis», está em aspeto com o seu signo Mooltrikona  que ocupa a 2ª casa: poderá permitir os ganhos, sobretudo por herança ou legado , seguros, etc, embora  estes possam ser modestos mas o difícil será conseguir mantê-los ou aumentá-los.  Isto mesmo é confirmado pela posição da Lua na 12ª casa. A Lua é um planeta benéfico para este Ascendente, pela regência da 9ª casa  e está forte no horóscopo mas a sua colocação na 12ª casa, ocupada pelo signo Mooltrikona de Vénus, reduz o seu impacto positivo na vida da pessoa: esta pode ganhar bastante mas gastará também muito. A presença de Saturno na 2ª casa assegura que a pessoa ganhará, talvez de forma lenta mas segura- Saturno é a influência mais benéfica para o Ascendente Escorpião- e, nesses ganhos, os talentos artísticos, mentais, comunicacionais, etc, desempenharão um papel essencial.

Confirmação pela Dasamsha- D-10

Começamos por observar onde se encontram colocados nesta divisional os significadores principais do emprego e da profissão, os regentes da 10ª e da 2ª casas e vemos que estão muito bem colocados: o Sol , regente da 10ª na D-1 está na 10ª casa desta divisional e Júpiter, regente da 2ª casa na D-1, está colocado na 9ª casa desta divisional. Mantém-se a conjunção entre Vénus e o Sol nesta varga acompanhados da presença de Ketu, que aponta para a existência de eventos kármicos relacionados com a profissão, como parte das experiências da pessoa nesta existência (e dons artísticos trazidos para esta vida). Vénus está no próprio signo Moltrikona e a colocação no signo de Balança confirma  as tendências artísticas para o desenvolvimento da vida profissional.

Mercúrio, o regente da 9ª casa desta varga, está colocado na 5ª casa  e, sendo  o regente da 11ª casa da realização dos desejos na D-1, esta posição é bastante favorável, indicando inteligência e criatividade como «dons» para esta vida. Todos estes fatores indicam boas perspetivas de ganhos e de realização pessoal no plano profissional. Porém, há um aspeto que destoa: Saturno, o regente do Ascendente e da 2ª casa nesta divisional, está colocado na 8ª casa, o que não é bom para a acumulação de riqueza  e indica que , na vida desta pessoa, há que separar os aspetos da realização profissional  por uma lado e o ganho de dinheiro ou a acumulação de riqueza por outro. Há boas possibilidades de esta mulher fazer na vida profissional exatamente aquilo de que gosta e o que deseja, alcançando realização profissional mas as perspetivas de aumento de riqueza ou de bens materiais são muito modestas. Este parece-nos um caso claro de como a realização profissional de uma pessoa não tem que coincidir necessariamente com a obtenção de elevados níveis de riqueza ou de posses materiais.