Saúde e Longevidade- Ascendente Peixes

cami

Para concluir a análise exemplificativa da Leitura das áreas de vida para o Ascendente Peixes, continuamos a analisar o horóscopo do nosso ponto de partida, hoje  interpretando os indicadores da saúde e  da longevidade.

Longevidade

Na Astrologia  Jyotish o cálculo da longevidade foi desde sempre considerado um aspeto essencial pois partia-se do princípio de que o  cálculo dos efeitos de todos os  períodos dasha e antardasha (período principal e sub períodos) dos planetas era inútil se a pessoa tivesse uma matriz de vida curta . Nas épocas  em que estes cálculos, bastante complexos sem o auxílio de computadores, eram morosos, esta preocupação era justificada. Hoje deixou de ter tanta relevância, não só porque o software faz os cálculos  de imediato mas também porque as condições de saúde e as possibilidades da medicina atual alteraram muito  algumas condições que, no passado, eram consideradas irrevogáveis. Por isso deixamos aqui o exemplo desta análise como orientação geral  que não deve ser vista como uma fatalidade mas antes como uma tendência que, como tal, pode ser modificada, sobretudo por condições de vida mais saudáveis e por um acesso razoável a cuidados de saúde.

No horóscopo que analisamos,  e para o Ascendente Peixes em geral, a longevidade vê-se a partir do estudo da 8ª casa do horóscopo como fator principal e, como indicadores secundários, observamos a 1ª e a 12ª casas e Saturno. Pode consultar aqui  todos os significadores das áreas de vida para este Ascendente.

No  nosso exemplo analisamos Vénus , o regente da 8ª casa e a 8ª casa. Vénus está colocado na 10º casa, na qual se encontram também a Lua e Rahu, estes em conjunção próxima mas distanciados mais de 10º de Vénus. Vénus recebe o aspeto de Júpiter, o regente do Ascendente, bem colocado pois  está em aspeto com o seu signo Moltrikona e é o dispositor de todos os planetas que se encontram na 10ª casa, sendo um aspeto protetor. Saturno está colocado na 8ª casa e, sendo o  karaka (planeta que representa ou significa) da longevidade, indica boa longevidade, estando, para além disso, no signo de exaltação. Há no entanto um aspeto menos positivo e que é o facto de Saturno ser o regente da 12ª casa e, por esse facto, ter uma ação negativa sobre a longevidade. A 8ª casa recebe o aspeto de Marte, colocado na 2ª casa no seu signo Mooltrikona e , apesar de estes dois maléficos estarem dignificados pela posição por signo, ocupam duas casas relacionadas tradicionalmente com a morte (a 2ª casa é uma casa «maraka» isto é, o seu regente é capaz de infligir a morte). Marte está fragilizado, como referido em artigos anteriores e tende a ter uma ação mais negativa do que positiva e Saturno é um planeta maléfico funcional para este Ascendente.

Observamos seguidamente a 1ª casa, ocupada pelo signo de Peixes e a primeira coisa que salta à vista é o facto de estar cercada por dois maléficos naturais: o Sol, que também é um funcional maléfico para este Ascendente, devido à regência da 6ª casa, e Marte, funcional benéfico para este Ascendente mas ainda assim, a sua natureza maléfica natural e a sua condição fragilizada podem fazer danos. Assim, este Papakartari yoga afeta negativamente a saúde embora não reduza necessariamente  a longevidade. Não existem outros aspetos para o Ascendente.

A 12ª casa  tem a regência de Saturno, colocado na 8ª casa o que, para a longevidade, não é muito positivo ; colocado na 12ª casa está o Sol, regente da 6ª casa,  o que também afeta a saúde de forma negativa. Esta pessoa até pode viver bastante mas a sua saúde poderá ser bastante frágil. Saturno tem aqui duplo papel pois é simultaneamente o regente da 12ª casa e um  indicador secundário da longevidade. Durante o seu período dasha e subperíodos, a saúde pode ressentir-se dramaticamente.

Usando o software recomendado vemos que , no horóscopo de Mário Santos , o dasha de Vénus, o determinante principal da longevidade,  decorreu entre os anos de 1960 e 1980, durante a infância e adolescência até à entrada na idade adulta. O dasha de Júpiter, regente da 1ª casa, ocorrerá entre 2021 e 2037  e o dasha de Saturno ocorrerá entre 2037 e 2056. No final do dasha de Júpiter, este homem terá 82 anos pelo que consideramos provável que o final da existência ocorra no dasha de Saturno e no primeiro subperíodo, também com regência de Saturno . Este planeta indica problemas desafiadores ao nível da saúde e o primeiro subperíodo em cada dasha tem fama de ser negativo. Este subperíodo terminará em outubro de 2040. Outro subperíodo relacionado será o de Vénus, o indicador principal da longevidade e que decorrerá entre 2044 e abril de 2047. Olhando para o trânsito dos planetas, no entanto, vemos que, em novembro de 2043 , no subperíodo de Ketu, colocado na 4ª casa (que significa o «fim de todas as coisas» e também da existência,) Saturno regressa à posição natal, no signo de Balança e esta é uma data muito dinâmica desafiadora. Nesta altura Vénus também está de regresso à posição natal e Ketu transita pela 7ª casa, uma casa maraka, ao mesmo tempo que Rahu transita pelo Ascendente.  Este será, pelo menos, um período bastante desafiador no final da vida, se não marcar o final da existência.

 

Saúde Geral

Para o Ascendente Peixes a saúde analisa-se pela 6ª casa e, secundariamente, a 1ª casa , o Sol, Marte e a Lua.

A 6ª casa tem regência do Sol e este, como vimos, está colocado na 12ª casa. Esta é uma posição desfavorável para a saúde, indicando fragilidade nesta área e doenças do ânus, problemas de visão e de audição, sobretudo no lado esquerdo. A posição do regente da 12ª casa na 8ª pode ainda indicar doenças de origem sexual. A 6ª casa não recebe aspetos de nenhum planeta à exceção do seu regente. Este está em signo inimigo e, por isso, vê a sua capacidade de proteger os assuntos da 6ª casa limitada pelo regente da 12ª, Saturno, também mal colocado na 8ª casa.

A 1ª casa, ocupada pelo signo de Peixes, não contém planetas colocados nem recebe aspetos e, não estando ocupada por um signo Mooltrikona, a sua força é apenas média. Quanto ao Sol, como vimos, está colocado desfavoravelmente,  o que duplica o seu caráter negativo pois é simultaneamente o regente da 6ª casa e  um indicador secundário para a saúde. A pessoa terá uma quantidade de energia baixa , e essa falta de vitalidade para se manifestar no mundo repercute-se em todas as áreas da existência.

Marte está colocado na 2ª casa e em aspeto com Saturno  e este aspeto entre os dois maiores maléficos indica propensão para acidentes, devido à fragilidade de Marte pelas razões já referidas. Assim, apesar de Marte ser o regente da 9ª casa, a sua fragilidade impede  a pessoa de ter verdadeira sorte a manifestar-se na sua vida.

Finalmente, a Lua padece de uma aflição irremediável devido à conjunção com Rahu, o que diminui substancialmente a sua capacidade para manifestar a sorte e a sua condição de yogakaraka para este Ascendente pois o seu brilho é «apagado» pela sombra de Rahu. A instabilidade mental provocada por esta conjunção pode ser difícil de enfrentar e afeta pelo menos o sentimento de bem estar psíquico. Esta pessoa tem sofrido  desde muito jovem  de problemas gástricos causados por stress e nervosismo  e isso afetou muito  a sua capacidade de afirmação nas diversas áreas de vida.

 

Confirmação pela Divisional Hashthamsa

Mário Santos

C Branco, Portugal

mario santos D-6

 

Vamos agora analisar  a carta divisional que se refere à saúde, a D-6 ou hashthamsha para ver se a análise do horóscopo é confirmada nesta varga:  o indicador principal da saúde, o Sol, está colocado na 2ª casa desta varga o que é uma colocação  pouco positiva  mas compensada pelo facto de estar exaltado no signo de carneiro. Júpiter, o regente  do Ascendente tanto na D-1 como nesta varga, está colocado na 7ª casa, uma casa kendra, lançando aspeto para o Ascendente que, desse modo, pode proteger. Marte e a Lua estão ambos no signo de Carneiro, na 2ª casa. A colocação por casa não é a melhor mas a colocação por signo é boa. A Lua está bem colocada neste signo e Marte ocupa o seu signo Mooltrikona. Vénus , um indicador importante para a longevidade, está excelentemente colocado na 5ª casa e Saturno está colocado com Júpiter na 7ª casa, num signo amigo.

Concluindo, parece-nos que este homem, que tem um horóscopo difícil na generalidade das áreas de vida, poderá ter uma vida medianamente saudável , sobretudo se aprender a gerir as tensões causadas pelas energias em conflito  e se aproveitar as oportunidades de  desenvolvimento interior e espiritual que lhe permitam atingir a paz interior.  O seu é um horóscopo cujas potencialidades mais positivas se dirigem para o crescimento interior e/ou metafísico, e a escolha de um caminho de vida relacionado com esta orientação pode melhorar bastante  o seu sentimento de harmonia e de aceitação das suas condições de existência e, com isso, viver também uma vida mais saudável.

 

Saúde e Longevidade- Ascendente Aquário

helt

Continuamos a análise exemplificativa da Leitura das áreas de vida para o Ascendente Aquário, tendo por base o horóscopo do nosso ponto de partida, hoje  interpretando os indicadores da saúde e  da longevidade.

Longevidade

Na Astrologia  Jyotish o cálculo da longevidade foi desde sempre considerado um aspeto essencial pois partia-se do princípio de que o  cálculo dos efeitos de todos os  períodos dasha e antardasha (período principal e sub períodos) dos planetas era inútil se a pessoa tivesse uma matriz de vida curta . Nas épocas  em que estes cálculos, bastante complexos sem o auxílio de computadores, eram morosos, esta preocupação era justificada. Hoje deixou de ter tanta relevância, não só porque o software faz os cálculos  de imediato mas também porque as condições de saúde e as possibilidades da medicina atual alteraram muito  algumas condições que, no passado, eram consideradas irrevogáveis. Por isso deixamos aqui o exemplo desta análise como orientação geral  que não deve ser vista como uma fatalidade mas antes como uma tendência que, como tal, pode ser modificada, sobretudo por condições de vida mais saudáveis e por um acesso razoável a cuidados de saúde.

No horóscopo que analisamos, e para o Ascendente Aquário em geral, a longevidade vê-se a partir do estudo da 1ª  e 8ª casas e , secundariamente, da 12ª casa e  de Saturno. Pode consultar aqui  todos os indicadores das áreas de vida para este Ascendente..

No  nosso exemplo analisamos Saturno, regente da 1ª casa, e Mercúrio, regente da 8ª, como os indicadores principais. Saturno está bem colocado, na 5ª casa; Mercúrio está menos bem, na 12ª casa. A posição de Saturno na 5ª casa aumenta a longevidade, embora a conjunção próxima com Ketu cause stress mental, que prejudica indiretamente  a saúde. Mercúrio, por seu lado, colocado na 12ª casa, não beneficia a longevidade. Porém, recebe o aspeto de Vénus, um benéfico que rege a  4ª e a 9ª casas, sendo por isso um yogakaraka para este Ascendente e, por isso, a sua ação torna-se mais benéfica, tanto mais que se encontra em signo amigo.  A 1ª casa recebe o aspeto da Lua, que é em geral positivo para a força do Ascendente mas que, neste caso, pela regência da 6ª casa, pode indicar alguns problemas de saúde mas sem colocar em perigo a longevidade. Ketu, colocado na mesma casa que Saturno lança aspeto para o Ascendente, inclinando a pessoa para procurar objetivos mais espirituais de vida mas também diminuindo o seu bem estar emocional e psicológico.

Procurando no software, verificamos que o dasha de Saturno ocorrerá entre 2034 e 2053 e que o dasha de Mercúrio ocorre entre 2053 e 2070. Parece-nos que o dasha de Mercúrio poderá trazer alguns problemas de saúde no final da vida, sobretudo o último subperíodo, que é o de Saturno, entre final de fevereiro de 2068 e o início de Março de 2070. Olhamos para os trânsitos por essa altura , por ex., no final de agosto de 2069, temos o Sol e Mercúrio   no signo de Leão, na 7ª casa, uma casa «marakha», Vénus, regente da 4ª casa a transitar por Virgem, na 8ª casa; Júpiter, o regente da outra casa «marakha» (a 2ª) no Ascendente. Trata-se de uma configuração simbolicamente forte para uma transição embora esta não seja uma previsão «fatal», uma vez que a longevidade está a aumentar e que, nessa altura, esta pessoa terá 95 anos.

Analisando os indicadores secundários, vemos que a 12ª casa tem regência de Saturno,  que também rege  o Ascendente e, como vimos, está bem colocado na 5ª casa, embora «embrulhado» numa conjunção próxima com Ketu.

Pela análise referida, pensamos que a longevidade é boa e pode ser ajudada pelos hábitos de vida desta mulher, que pode ter um conhecimento inato de técnicas de cura e  de quais são os melhores meios  de prevenção saudável , e poderá aplicá-los na sua vida para se manter saudável por muitos anos.

 Saúde Geral

Para o Ascendente Aquário  a saúde analisa-se pela 1ª  e 6ª casas como indicadores principais  e, secundariamente,vemos  a  Lua , o Sol e Marte.  A 1ª casa , como vimos, tem regência de Saturno  e este está bem colocado na 5ª casa. A conjunção próxima com Ketu pode, no entanto, produzir instabilidade mental ou tendência para duvidar das próprias capacidades- neste caso, da inteligência pessoal e dos talentos criativos, de capacidade para lidar com os filhos etc.; este fator, não tendo uma ação direta na saúde, pode no entanto, se  a pessoa não aprender a lidar com isto, ser causador de stress que prejudica a saúde geral . Não existem planetas na 1ª casa mas esta recebe o aspeto da Lua e o de Ketu, este mais problemático porque pode afetar a imagem que a pessoa tem de si própria, levando-a a entrar numa dinâmica em que, umas vezes, se desvaloriza a si própria, e em outras o seu ego parece crescer na necessidade de se impor. De qualquer modo, estes efeitos sobre a saúde geral são perfeitamente controláveis e mais sentidos no plano psicológico do que físico. A 6ª casa tem regência da Lua que, deste modo, adquire importância adicional. A Lua está colocada na 7ª casa e recebe o aspeto de Rahu. A colocação da Lua na 7ªcasa, como regente da 6ª, não favorece  a saúde, podendo indicar problemas decorrentes de excesso de atividade nervosa , por ex., de caráter digestivo. Rahu pode fazer nascer desejos incontroláveis de sucesso, riqueza, influência, mais amigos, etc.. e isso pode causar pressão psicológica sobre a pessoa. A saúde do cônjuge pode também ser uma preocupação adicional. Quanto aos fatores secundários Sol e Marte, estão ambos colocados em casas fortemente relacionadas com os desejos e, como  foi referido, esta pressão sobre a pessoa pode ser causadora de stress , sobretudo se existe uma diferença pronunciada entre aquilo que a ela deseja e o que realmente consegue obter.  A colocação do Sol  na mesma casa que Rahu reforça o peso psicológico que este faz sobre a personalidade, movida por muitos desejos nem sempre completamente conscientes e impulsos imediatos que podem estar na origem de sentimentos de frustração e de insatisfação. Esta pessoa torna-se difícil de conhecer para os outros mas também é, muitas vezes, complexa para si mesma. Este peso pode repercutir-se na saúde geral. Marte, por sua vez, acrescenta confiança, jovialidade e coragem para fazer coisas e, por esse lado, é um fator de equilíbrio na personalidade, cuja saúde  e bem estar parecem depender mais de causas psicológicas, do que físicas

Assim, os indicadores da saúde indicam um potencial de saúde forte, embora com tendência para uma fragilidade no plano psicológico, podendo esta fazer-se sentir de forma  somática mas tendo, sobretudo, caráter mental e psicológico. Esta mulher poderá melhorar substancialmente a sua saúde aderindo a práticas espirituais e de relaxamento, como a meditação e  pondo em prática bons hábitos gerais de saúde.

Lúcia L

Rio de Janeiro, Brasil

loreta D-6

Vamos agora analisar  a carta divisional que se refere à saúde, a D-6 ou hashthamsha  para ver se a análise do horóscopo é confirmada nesta varga:  verificamos em primeiro lugar que o Ascendente está ocupado por um signo Mooltrikona, Virgem, cujo regente Mercúrio é, de resto um dos indicadores principais da longevidade , estando colocado numa casa neutra, a 2ª, nesta varga. O regente do  Ascendente na D-1, Saturno, está muito bem colocado, na 9ª casa, num signo amigo, Touro.  A Lua está colocada na 12ª casa, o que não é uma boa colocação, mas é um fator secundário. O Sol está colocado no Ascendente, uma excelente colocação pois indica grande força vital. Marte, por seu lado, também está muito bem colocado, numa casa kendra, a 10ª.  O Ascendente nesta varga está «cercado» por dois benéficos, a Lua e Mercúrio, o que é uma boa indicação.

Quanto à força dos planetas, não há nenhum planeta exaltado mas também não há nenhum debilitado, o que é uma boa indicação. Os nodos estão ambos na 8ª casa, o que faz prever que os seus períodos dasha/subperíodos podem trazer algumas complicações de saúde, sobretudo de nível crónico.

Concluindo, parece-nos que esta mulher  terá uma vida  saudável, sem muitos problemas graves e que poderá melhorar substancialmente a sua saúde, aplicando a si mesma os conhecimentos intuitivos que possui e que, provavelmente, trouxe consigo para esta vida. Deverá controlar os fatores psicológicos ligados aos desejos e impulsos que podem precisar de uma reorientação para que ela possa alcançar maior bem estar  em todos os níveis.

Saúde e Longevidade- Ascendente Balança

joj

Continuamos a análise exemplificativa da Leitura das áreas de vida para o Ascendente Balança, tendo por base o horóscopo do nosso ponto de partida, hoje  interpretando os indicadores da saúde e  da longevidade.

Longevidade

Na Astrologia  Jyotish o cálculo da longevidade foi desde sempre considerado um aspeto essencial pois partia-se do princípio de que o  cálculo dos efeitos de todos os  períodos dasha e antardasha (período principal e sub períodos) dos planetas era inútil se a pessoa tivesse uma matriz de vida curta . Nas épocas  em que estes cálculos, bastante complexos sem o auxílio de computadores, eram morosos, esta preocupação era justificada. Hoje deixou de ter tanta relevância, não só porque o software faz os cálculos  de imediato mas também porque as condições de saúde e as possibilidades da medicina atual alteraram muito  algumas condições que, no passado, eram consideradas irrevogáveis. Por isso deixamos aqui o exemplo desta análise como orientação geral  que não deve ser vista como uma fatalidade mas antes como uma tendência que, como tal, pode ser modificada, sobretudo por condições de vida mais saudáveis e por um acesso razoável a cuidados de saúde.

No horóscopo que analisamos, e para o Ascendente Balança em geral, a longevidade vê-se a partir do estudo da 1ª  casa e , secundariamente, da 8ª  e 12ª casas e  Saturno. Pode consultar aqui  todos os indicadores das áreas de vida para este Ascendente..

No  nosso exemplo analisamos Vénus , regente da 1ª casa. Vénus está colocado na 9ª casa, o que é uma excelente colocação, do ponto de vista da longevidade. Marte , em conjunção ampla com Vénus, nesta casa, (8º de orbe) lança algumas sombras pois, segundo o grande Mestre da Jyotish, Parashara, (Hora Shastra, cap. 34) pela regência de duas casas «marakha» (que podem infligir a morte) Marte ameaça a longevidade. Isto, no entanto, parece-nos secundário, pois o dasha de Marte ocorre tarde na vida, a partir de 2085 e a Lua também está aqui colocada e a sua influência é muito benéfica. Os subperíodos de Marte em outros dashas poderão, no entanto, produzir ameaças para a saúde. A 1ª casa não recebe  qualquer aspeto, nem maléfico nem benéfico, o que a deixa num lugar neutro.  Analisando os indicadores secundários, vemos que a 8ª casa tem regência de Vénus, que também rege  o Ascendente e, apesar de esta colocação poder indicar saúde frágil do pai, ou até longevidade menor do pai, é boa para a longevidade do nativo (embora não seja boa para a sorte em geral). A 12ª casa tem regência de Mercúrio e este está colocado na 11ª casa. Esta posição não é boa para a saúde mental da pessoa pois cria estados mentais de ansiedade ou preocupação mas Mercúrio também rege a 9ªcasa e, por isso, deverá produzir efeitos mistos. A 12ª casa contém Rahu que está bem colocado por signo mas mal colocado por casa e  a sua ação pode ser periodicamente stressante sobre a saúde e trazer preocupações com despesas e gastos ou um sentimento de solidão ou isolamento que traz ausência de bem estar psíquico e, por essa via, se repercute negativamente na saúde. Finalmente, Saturno está colocado na 6ª casa. Tratando-se de uma casa de crescimento (upachaya) Saturno protege a saúde, dando grande vitalidade. Normalmente estas pessoas têm grande força vital e  apetite. A colocação de Ketu nesta casa , no entanto, em conjunção estreita com Saturno, pode indicar doenças difíceis de diagnosticar e problemas de peso que são difíceis de controlar, não sendo a melhor posição para o bem estar e a saúde. Porém, Saturno é o regente da 5ª casa, uma casa de sorte resultante de «créditos por ações passadas» e assegura, nesta colocação, boa saúde.

Pela análise referida, pensamos que a longevidade é boa, embora possa ser ainda melhorada (Saturno colocado numa casa de crescimento) através da intervenção da pessoa, adotando hábitos de saúde e até os comportamentos que traz consigo para esta vida, sobre saúde e  hábitos alimentares e que podem ser uma excelente ajuda para garantir a máxima longevidade.

Usando o software recomendado vemos que  o dasha de Vénus ocorrerá entre 2049 e 2069, não sendo, em nossa opinião, aquele onde ocorrerá com probabilidade, o final da vida; o dasha de Mercúrio, regente da 12ª casa, ocorre entre 2025 e 2049, sendo ainda menos provável. Já  o dasha de Marte, considerado por Parashara  como «assassino» para este Ascendente, ocorre entre 2085 e 2092 e, ou este ou o dasha seguinte, de Rahu (2092 /2110) deverão marcar o final da existência. Atendendo aos padrões atuais de longevidade  consideramos o  primeiro subperíodo de Rahu  como um período delicado para a longevidade: em junho de 2094, temos Marte, um planeta maraka, a transitar pela 8ª casa, bem como Mercúrio, Júpiter e Vénus a transitar pela 7ª casa, uma casa maraka, enquanto Saturno transita pelo signo da Lua, lançando aspeto para a 12ª casa e para a 4ª casa, ambas relacionadas com o final da vida. Qualquer dos dois subperíodos a seguir a este de Rahu- o de Júpiter (2094/2097) que, segundo Parashara, é um  planeta maraka para este Ascendente, ou o de Saturno, o indicador geral da longevidade (2097/2100) são também possíveis indicadores. Nada impede que esta pessoa tenha uma longevidade especialmente longa, a menos que os seus hábitos de vida sejam contraditórios com estas indicações.

 Saúde Geral

Para o Ascendente Balança a saúde analisa-se pela 1ª  casa e, secundariamente, a  6ª casa  e a  Lua , o Sol e Marte.  A primeira casa, como vimos, tem regência de Vénus e, dada a  regência simultânea da 8ª casa, a saúde pode passar por momentos menos  positivos, sobretudo se não houver cuidados com os hábitos de vida e a saúde geral , alimentação, etc.  Porque  Saturno está forte, apesar da conjunção próxima com Ketu, planeta inimigo, deverá haver proteção geral da saúde mas, quando Ketu em trânsito estiver em aspeto próximo com o ponto mais efetivo da 6ª ou da 8ª ou 12ª casas, poderá haver problemas de saúde difíceis de diagnosticar quanto à sua origem. O mesmo pode acontecer durante o dasha de Ketu, entre março de 2042 e março de 2049. Este pode ser um período difícil para a saúde, uma vez que, habitualmente, o dasha de Ketu é problemático. Há por isso que ser proativo  e manter hábitos de vida saudáveis.  A 6ª casa tem regência de Júpiter, colocado no signo Mooltrikona na 3ª casa. Esta colocação protege  a sorte da pessoa, pelo aspeto que Júpiter lança para a 9ª casa, a partir da qual forma um yoga protetor com a Lua, um Gaja – kesari yoga. Júpiter recebe o aspeto de dois benéficos- a Lua e Vénus, regente  do Ascendente, o que reforça a sua ação benéfica na proteção geral do horóscopo.  Marte, outro indicador secundário, importante para este Ascendente, por ser um planeta maraka, está também colocado na 9ª casa e esse facto concede proteção ao nativo relativamente a acidentes e a outros problemas de saúde de caráter agudo. A Lua, outro indicador secundário, está também colocada na 9ª casa, reforçando a proteção da pessoa; finalmente, o Sol , outro indicador secundário da saúde geral, está muito bem colocado na 10ª casa, onde adquire força adicional, protegendo a saúde e dando uma constituição forte ao nativo.

Assim, os indicadores principais da saúde indicam algumas fragilidades mas, principalmente, revelam um potencial de saúde forte, se for acompanhado de bons hábitos de vida. Uma vida saudável em todos os sentidos, tanto no plano físico como mental e emocional , ajudará a manter a saúde e a longevidade.

Sérgio A

Brasília, Brasil

jean d-6

Vamos agora analisar  a carta divisional que se refere à saúde, a D-6 ou hashthamsha  para ver se a análise do horóscopo é confirmada nesta varga:  verificamos em primeiro lugar que o Ascendente não é ocupado por um signo Mooltrikona, situação na qual consideraríamos também o seu regente como indicador primário para esta área de vida. Neste caso, porém, como o regente do Ascendente desta varga é o mesmo que rege o Ascendente na D-1, Vénus, acabamos por considerá-lo de forma indireta. Vénus está colocado na 1ª casa, no próprio signo que rege, Touro, o que é uma excelente colocação. Mercúrio e a Lua estão bem colocados: Mercúrio na 4ª casa e a Lua na 5ª.  Temos depois Júpiter colocado numa casa neutra- a 2ª; Saturno colocado na 8ªcasa, o que , para a longevidade não  é mau, indicando exatamente que o nativo terá uma longevidade considerável (está colocado num signo onde habitualmente não produz resultados maléficos, o de Júpiter; o Sol está colocado na 11ª casa, o que, atendendo à natureza upachaya desta casa, também não é mau e, finalmente, Marte confirma o estatuto de pior planeta para a saúde e longevidade pois está colocado numa casa relacionada com a longevidade- a 3ª- mas no seu signo de debilitação. Há por isso que haver cuidados acrescidos durante o dasha e todos os subperíodos de Marte em outros períodos dasha. Quando estes estiverem operantes e Marte em trânsito afetar as casas relacionadas com a saúde e a longevidade, pode haver ameaças reais nestas áreas, se não houver a prática de bons hábitos de vida.

Quanto à força dos planetas, há um planetas debilitado, Marte, Vénus, o principal indicador da longevidade e da saúde, está colocado no próprio signo ,não há planetas na 6ª nem na 12ª casas, o que é positivo.

Concluindo, parece-nos que este jovem  terá uma vida  potencialmente saudável, desde que mantenha disciplina e controle o peso, desenvolvendo também hábitos de saúde e de higiene geral , com a prática de exercício e uma alimentação equilibrada, podendo desse modo ter uma saúde boa e uma longevidade boa.

Saúde e Longevidade- Ascendente Gémeos

nam

Para concluir a análise exemplificativa da Leitura das áreas de vida para o Ascendente Gémeos, continuamos a analisar o horóscopo do nosso ponto de partida, hoje  interpretando os indicadores da saúde e   longevidade.

Longevidade

Na Astrologia  Jyotish o cálculo da longevidade foi desde sempre considerado um aspeto essencial pois partia-se do princípio de que o  cálculo dos efeitos de todos os  períodos dasha e antardasha (período principal e sub períodos) dos planetas era inútil se a pessoa tivesse uma matriz de vida curta . Nas épocas  em que estes cálculos, bastante complexos sem o auxílio de computadores, eram morosos, esta preocupação era justificada. Hoje deixou de ter tanta relevância, não só porque o software faz os cálculos  de imediato mas também porque as condições de saúde e as possibilidades da medicina atual alteraram muito  algumas condições que, no passado, eram consideradas irrevogáveis. Por isso deixamos aqui o exemplo desta análise como orientação geral  que não deve ser vista como uma fatalidade mas antes como uma tendência que, como tal, pode ser modificada, sobretudo por condições de vida mais saudáveis e por um acesso razoável a cuidados de saúde.

No horóscopo que analisamos,  e para o Ascendente Gémeos em geral, a longevidade vê-se a partir do estudo  de Saturno como indicador principal e da 1ª 8ª  e 12ª casa do horóscopo como fatores secundários. Pode consultar aqui  todos os indicadores das áreas de vida para este Ascendente.

No  nosso exemplo  Saturno está colocado na 3 ª casa e, sendo o planeta indicador da longevidade colocado numa casa de longevidade, esta posição indica boa longevidade, uma vez que Saturno não recebe nenhum mau aspeto e, além do mais, sendo o regente da 9ª casa, está colocado com o regente da 5ª casa, o que, por isso, favorece a longevidade desta pessoa com sorte adicional.

O regente da 1ª casa, Mercúrio, está colocado com o Sol na 4ª casa, estando ainda muito próximo do Sol, sofrendo por isso de combustão. Isto poderá trazer altos e baixos na saúde mas não ameaça seriamente a longevidade do nativo. Além do mais, a 1ª casa está forte, pois conta com a presença de Júpiter , que lança aspeto para ambas as casas da sorte, a 5ª e a 9ª e protege também, desse modo, a saúde . Já Marte, também presente na 1ª casa , pode, enquanto regente da 6ª casa, indicar alguns problemas de saúde ou, pelo menos, a necessidade de seguir alguma dieta especial , talvez devido a problemas causados por excesso de nervosismo. Pode também indicar alguma propensão para acidentes ou doenças agudas, devendo haver cautela com os hábitos e estilo de vida. A 8ª casa não recebe aspetos mas o seu regente , Saturno, está colocado na 3ª casa, como referimos. Ambas as casas estão relacionadas com a longevidade e nenhuma sofre qualquer aflição. A 12ª casa  tem a regência de Vénus, colocado na 3ª, com Saturno. Recebe o aspeto de Rahu mas, como este não está em conjunção com o ponto mais efetivo dessa casa, não existe um efeito direto sobre a longevidade, a não ser quando, por trânsito, fica conjunto com esse ponto da 12ª casa ou das restantes casas relacionadas com a longevidade. Saturno também lança um aspeto para esta casa mas é de salientar que os efeitos deste planeta, não obstante ser o regente da 8ª casa, e  porque o seu signo Mooltrikona está a ocupar a 9ª casa da sorte, são essencialmente positivos. No entanto, atendendo a que Saturno , como um planeta natural maléfico, também pode produzir alguns maus resultados, o seu trânsito pela 6ª , 8ª e 12ª casas poderão trazer alguns efeitos menos bons. Mas prevalece o facto de nenhuma dessas casas conter um signo Mooltrikona, o que é uma vantagem para os nativos deste Ascendente.

Usando o software recomendado vemos que , no horóscopo de Ana R , o dasha de Saturno já ocorreu cedo na vida. O dasha da Lua, planeta «maraka» pela regência da 2ªcasa ocorre entre 2056 e 2066 o que nos parece demasiado cedo atendendo aos parâmetros atuais da longevidade. Assim, diríamos que o dasha seguinte, de Marte , no seu último subperíodo, o da Lua, que ocorre entre março e outubro de 2073 ou o dasha seguinte, de Rahu, que decorre entre 2073 e 2091, são os mais prováveis para o final da vida.  Por ex., em 6 de outubro de 2073 o Sol, Vénus, Saturno e Mercúrio estão no signo de Escorpião na 6ª casa, lançando aspeto para a 12ª casa e Júpiter , o regente da 7ª casa, o que faz dele um planeta «maraka», transita pela 2ª casa, outra casa maraka. Este será pois  pelo menos um momento de stress  para a saúde.

Saúde Geral

Para o Ascendente Gémeos  a saúde analisa-se pela análise do Sol e, secundariamente, da 1ª  e da 6ª casas ,   e da Lua e Marte como significadores secundários.

O Sol rege uma casa upachaya, o que é bom, pois revela que a saúde em parte pode ser controlada pelos hábitos de vida . Esta é uma casa de crescimento e, por isso, os seus resultados podem melhorar com o passar do tempo. Dada a situação do Sol, em conjunção próxima com Rahu, e apesar de este estar num bom signo, a segunda metade da vida desta pessoa será mais positiva em todos os aspetos, incluindo o da saúde. Com a aflição que o Sol sofre por Rahu, poderá haver algum problema cardíaco que poderá melhorar com o tempo. Na infância poderá ter havido circunstâncias menos felizes que também se repercutiram na saúde mas também isto poderá melhorar com o tempo.

Quanto à 1ª casa, o seu regente, Mercúrio , está colocado na 4ª casa como referido. Na 1ª casa temos uma conjunção próxima entre a Lua e Marte que, se pode ser benéfica para os ganhos e rendimentos (formam um dhana yoga) tem no entanto um efeito menos benéfico na estabilidade emocional e no temperamento que pode ser nervoso e impaciente, situação que pode ser minorada pela presença de Júpiter no Ascendente. A presença da Lua e de Júpiter nesta casa ajudam a temperar a agressividade de Marte e a moderar a sua expressão. No conjunto, todos estes planetas na 1ª casa produzem uma personalidade multifacetada e forte, capaz de controlar as circunstâncias da sua vida de  modo a poder viver de forma equilibrada. A presença de Marte, como regente da 6ª casa, no Ascendente pode também traduzir-se num interesse por manter hábitos de vida e de alimentação saudáveis pois gera muitas vezes interesse pela área da medicina e da cura, não apenas no plano profissional mas como forma de vida.

Marte, o regente da 6ª casa, está colocado na 1ª  como referido, e a Lua, o outro indicador secundário para a saúde, está também colocado na 1ª casa. Assim, podemos dizer que, também na saúde, os resultados dependem bastante das escolhas e do estilo de vida que esta mulher escolher e ela pode fazer bastante pela melhoria do seu estado de saúde. Esta é por isso em grande parte o produto da sua história pessoal, mais do que de alguma causalidade externa  que lhe seja imposta.

Análise da Carta Divisional  Hashthamsa (D-6)

 silvia d 6

Vamos agora analisar  a carta divisional que se refere à saúde, a D-6 ou hashthamsha para ver se a análise do horóscopo é confirmada nesta varga:  o significador principal da saúde, o Sol, está colocado na 9ª casa desta varga o que é uma excelente colocação pois trata-se da casa mais auspiciosa do horóscopo. Saturno, por seu lado, está mal colocado, tanto por casa – está na 12ª- como por signo, encontrando-se no signo de debilitação, em Carneiro.

Mercúrio, o regente do Ascendente na D-1, está colocado na 7ª casa, uma boa colocação pois trata-se de uma casa Kendra, da qual lança aspeto para o Ascendente, o que é benéfico para a saúde.

Marte e a Lua estão bem colocados , ambos na 5ª casa desta varga embora Marte esteja em signo inimigo. Esta divisional não contém um signo Mooltrikona no Ascendente por isso não consideramos Vénus, o regente do Ascendente da D-6, como indicador principal. Mas registamos que se encontra bem colocado, na 4ª casa desta varga, no signo de Leão.

As casas maléficas desta divisional , à exceção da 12ª, estão vazias, o que é outro bom indicador de boa  saúde.

A colocação de Saturno no signo de debilitação, na 12ª casa pode indicar , para além de problemas nos ossos, articulações ou na pele, perturbações no sono, algum problema nos pés, ou má visão, sobretudo no olho esquerdo. A colocação da Lua na 5ª casa pode ajudar a minorar estes maus efeitos desta colocação de Saturno.

Concluindo, parece-nos que Ana R  terá uma vida  com longevidade muito razoável, , embora de quando em vez atormentada com problemas de saúde que podem afetar a sua qualidade de vida, sobretudo de origem nervosa e que ganhará muito com um estilo de vida racionalmente controlado.

Saúde e Longevidade-Ascendente Virgem

jov

Continuamos a análise exemplificativa da Leitura das áreas de vida para o Ascendente Virgem, tendo por base o horóscopo do nosso ponto de partida, hoje  interpretando os indicadores da saúde e  da longevidade.

Longevidade

Na Astrologia  Jyotish o cálculo da longevidade foi desde sempre considerado um aspeto essencial pois partia-se do princípio de que o  cálculo dos efeitos de todos os  períodos dasha e antardasha (período principal e sub períodos) dos planetas era inútil se a pessoa tivesse uma matriz de vida curta . Nas épocas  em que estes cálculos, bastante complexos sem o auxílio de computadores, eram morosos, esta preocupação era justificada. Hoje deixou de ter tanta relevância, não só porque o software faz os cálculos  de imediato mas também porque as condições de saúde e as possibilidades da medicina atual alteraram muito  algumas condições que, no passado, eram consideradas irrevogáveis. Por isso deixamos aqui o exemplo desta análise como orientação geral  que não deve ser vista como uma fatalidade mas antes como uma tendência que, como tal, pode ser modificada, sobretudo por condições de vida mais saudáveis e por um acesso razoável a cuidados de saúde.

No horóscopo que analisamos, e para o Ascendente Virgem em geral, a longevidade vê-se a partir do estudo da 1ª e da 8ª casas do horóscopo como fatores principais. Pode consultar aqui  todos os significadores das áreas de vida para este Ascendente. Secundariamente vemos a 12ª casa  e Saturno.

No  nosso exemplo analisamos  Mercúrio , regente da 1ª casa. Mercúrio está exaltado no próprio signo e na 1ª casa, em conjunção com Saturno , o karaka da longevidade .Saturno é também o regente da 6ª casa e poderá trazer alguns problemas de saúde  que exigem uma dieta especial mas, à partida, não diminui a longevidade. A 8ª casa tem regência de Marte, colocado na 12ª casa  e este é um fator negativo em relação à longevidade mas não deverá ser visto isoladamente. Marte não recebe aspetos de outros planetas. O seu período dasha e subperíodos podem trazer situações difíceis para a saúde. A 1ª casa também não recebe outros aspetos  mas o seu regente está em conjunção com o ponto mais efetivo da casa exercendo um efeito protetor, embora, durante os  trânsitos de Saturno que lançam aspeto para esta casa, possa surgir  algum problema de saúde. Para saber até que ponto esses problemas podem  prevalecer sobre o efeito protetor do regente do Ascendente, temos que aferir a força de Mercúrio e de Saturno. Em primeiro lugar lembramos que Mercúrio é o dispositor de Saturno nesta casa e, por isso, condiciona os efeitos deste planeta. Por outro lado, Mercúrio está retrógrado e fragilizado pela conjunção com Saturno que é um planeta funcional maléfico para este Ascendente. De qualquer forma, pensamos que Mercúrio, exaltado, tem força suficiente para proteger a longevidade embora não para impedir problemas de saúde sempre que Saturno ou Marte em trânsito lançam aspeto para a 1ª casa. Secundariamente, observamos a 12ª casa, ocupada pelo signo de Leão, e onde  temos colocado o regente da 8ª casa. Por sua vez, o regente da 12ª casa, o Sol, está colocado na 2ª casa, uma casa maraka, e  debilitado.  Os indicadores principais não apontam para uma longevidade longa mas é preciso não esquecer que esta pessoa tem Virgem no seu Ascendente, um signo perfecionista e muito cuidadoso com os  hábitos de vida e, assim sendo, no cenário contemporâneo em que a longevidade em grande parte depende do estilo de vida e das capacidades da ciência, esta pessoa pode  acabar por construir para si própria uma vida longa desde que cuide de manter hábitos saudáveis de vida.

Usando o software recomendado vemos que  o dasha de Mercúrio e de Saturno ocorrem  demasiado cedo: entre 2017 e 2036 o de Saturno e entre 2036  e 2053 o de Mercúrio e, por isso,  consideramos que o final da vida deverá ocorrer no subperíodo de um dos planetas indicadores da longevidade, num outro dasha. Por ex., o dasha de Ketu decorre entre 2053 e 2060 e, tratando-se geralmente de um período bastante desafiador, poderá trazer grandes desafios no plano da saúde, sobretudo no ano de 2055, durante o subperíodo de Marte e depois nos dois subperíodos finais entre 2057 e 2060, quando estão operantes os planetas Saturno e Mercúrio. Observando os trânsitos destes planetas por essa altura, vemos que, no ano de 2055 no mês de novembro, o Sol, Marte  regente da 8ª e Mercúrio regente da 1ª casa, transitam todos pela 2ª casa no signo de Balança, estando o Sol no signo natal e debilitado, ao mesmo tempo que Saturno transita pela 7ª casa, em Peixes, também uma casa maraka. Será um período desafiador, sem dúvida. Os anos de 2057 e 2058 são também desafiadores pois Saturno estará a transitar pela 8ª casa, no signo de debilitação, Carneiro, durante o seu subperíodo no dasha de Ketu.

Saúde Geral

Para o Ascendente Virgem a saúde analisa-se pela 1ª e 6ª casas  como indicadores primários  e a  Lua , o Sol e Marte como indicadores secundários.  A primeira casa, como vimos, tem regência de Mercúrio e, dada a  sua natureza mutável  e influenciável pelo contacto com outros planetas maléficos funcionais, através do seu  trânsito rápido,  a saúde pode ter altos e baixos.  Os nativos de Virgem podem também ser muito nervosos e ansiosos e isso muitas vezes repercute-se na sua saúde, através de problemas digestivos e  outros de natureza nervosa (ansiedade, etc.).

A 1ª casa, como referimos ao falar da longevidade, está ocupada pelo seu regente e por Saturno, que também é o regente da 6ª casa, ocupada pelo seu signo Mooltrikona. A presença de Saturno diminui a excitabilidade nervosa de Mercúrio mas pode acrescentar uma tendência para a depressão ou para duvidar em demasia das suas próprias capacidades, transformando o entusiasmo da pessoa em indolência e inércia , com os consequentes efeitos de martirização interior. A conjunção de Mercúrio com Saturno  ajuda a concentrar o pensamento mas retira força e energia à autoexpressão, tanto no plano físico como mental e emocional. Como já referimos atrás, a presença do regente da 6ª casa na 1ª prejudica a saúde, podendo trazer problemas relacionados com o baixo abdómen ,afetando o funcionamento dos intestinos- apendicite, obstipação, hérnia, cólicas, etc. e também os que afetam o sistema nervoso, podendo haver esgotamento ou exaustão por excesso de preocupações (ou tendência excessiva para se preocupar com as questões do dia a dia).  Saturno, por seu lado, pode acrescentar problemas com os  ossos ou com as articulações, os dentes, etc. Marte e Mercúrio  fortes ajudam a proteger  destes problemas.

Secundariamente analisamos o Sol, a Lua e Marte. Já referimos o Sol debilitado e colocado na 2ªcasa, mostrando que a força de vida disponível não é das mais fortes. A Lua está bem, recebe o aspeto de Júpiter que, embora enfraquecido, forma com ela um yoga protetor, o Gaja kesari cujos efeitos se fazem sentir também na saúde.  Marte está bem colocado por signo mas, infelizmente, está colocado na 12ª casa , podendo indicar problemas de visão e/ou audição, sobretudo no olho e ouvido esquerdos, tendência para doenças crónicas, perturbações do sono, etc. Assim, os indicadores principais da saúde  indicam algumas fragilidades que esta pessoa deverá combater usando a natural inclinação para se interessar por métodos de cura e pelas questões de saúde. Uma vida saudável em todos os sentidos, tanto no plano físico como mental e emocional , ajudará a manter a saúde e a longevidade.

Teresa S

S Sebastião do Paraíso, Brasil

 vanessa D-6

Vamos  agora analisar  a carta divisional que se refere à saúde, a D-6 ou hashthamsha  para ver se a análise do horóscopo é confirmada nesta varga:  verificamos em primeiro lugar que o Ascendente não é ocupado por um signo Mooltrikona, situação na qual consideraríamos também o seu regente como indicador primário para esta área de vida. Os  indicadores principais  da saúde, Mercúrio e Marte, não estão muito bem colocados por casa: Saturno está colocado na 2ª casa, embora esteja no signo que rege- Aquário; Marte está colocado na 6ª casa, tal como o Sol. Uma coisa positiva é que a 6ª casa é uma casa de crescimento ou upachaya, e os seus resultados podem melhorar ao longo do tempo, com o esforço do nativo. Júpiter e a Lua, por sua vez, estão bem colocados, continuando a formar o yoga protetor, Gaja Kesari, na 4ª casa  onde a Lua é forte.  O Sol está  também na 6ªcasa, com Marte.

Quanto à força dos planetas, não há planetas debilitados e Saturno, o regente  do Ascendente  desta varga,  está no seu signo Mooltrikona, o que aumenta a sua força.  Apesar de o Sol e Marte, dois indicadores importantes para a área da saúde, estarem colocados na 6ª casa,o que é um mal menor pois trata-se de uma casa de crescimento que permite melhorar pela ação individual, não há planetas na 8ª nem na 12ª casas, o que é positivo.

Concluindo, parece-nos que esta mulher terá uma vida  moderadamente saudável, exigindo alguns cuidados ao nível dos hábitos gerais de vida e da alimentação mas que, se esses esforços forem feitos, terá uma vida moderadamente saudável como tantas outras, e medianamente longeva, sendo certo que os padrões da ciência atual nos permitem viver mais do que alguma vez pensámos ser  possível antes.

Saúde e Longevidade-Ascendente Carneiro

mlk

Para concluir a análise exemplificativa da Leitura das áreas de vida para o Ascendente Carneiro, continuamos a analisar o horóscopo do nosso ponto de partida, hoje  interpretando os indicadores da saúde e  da longevidade.

Longevidade

Na Astrologia  Jyotish o cálculo da longevidade foi desde sempre considerado um aspeto essencial pois partia-se do princípio de que o  cálculo dos efeitos de todos os  períodos dasha e antardasha (período principal e sub períodos) dos planetas era inútil se a pessoa tivesse uma matriz de vida curta . Nas épocas  em que estes cálculos, bastante complexos sem o auxílio de computadores, eram morosos, esta preocupação era justificada. Hoje deixou de ter tanta relevância, não só porque o software faz os cálculos  de imediato mas também porque as condições de saúde e as possibilidades da medicina atual alteraram muito  algumas condições que, no passado, eram consideradas irrevogáveis. Por isso deixamos aqui o exemplo desta análise como orientação geral  que não deve ser vista como uma fatalidade mas antes como uma tendência que, como tal, pode ser modificada, sobretudo por condições de vida mais saudáveis e por um acesso razoável a cuidados de saúde.

No horóscopo que analisamos,  e para o Ascendente Carneiro em geral, a longevidade vê-se a partir do estudo da 1ª casa e de Saturno e, secundariamente, pela  8ª e 12ª  casas. Pode consultar aqui  todos os indicadores das áreas de vida para este Ascendente.

No  nosso exemplo analisamos Marte , o regente da 1ª casa.  Como tivemos ocasião de referir na análise geral do horóscopo, Marte está severamente aflito por Rahu, com quem está em conjunção próxima, estando também retrógrado. Está colocado na 2ª casa e lança aspeto para o ponto mais efetivo da 5ª e da 9ª casas e também está em aspeto próximo com Saturno, o regente da 10ª e 11ª casas. Saturno está bem colocado e recebe o aspeto de Júpiter, o seu dispositor, o que é auspicioso. Porém, Marte está demasiado fraco para proteger a vitalidade  e a integridade física do nativo. A 1ª casa representa, entre outras coisas, o corpo físico e este não foi devidamente protegido . A 4 de abril de 1968 Martin Luther King foi assassinado. Estava operante o dasha de Mercúrio (1956-1973), regente da 6ª casa dos inimigos e opositores e também o subperíodo de Rahu, cuja colocação na 2ª casa, uma casa maraka (capaz de infligir a morte) fez dele um  planeta maraka e cuja conjunção com Marte, seu inimigo, trouxe ao de cima os aspetos mais agressivos e violentos da sua energia e que a natureza fragilizada de Marte não conseguiu contrariar. No dia da sua morte havia uma concentração de planetas a transitar pela sua 12ª casa: o Sol, Vénus, Saturno e Rahu, estes em conjunção um com o outro. A 12º casa, entre outras coisas, simboliza a perda do corpo físico. Além do mais, Marte, o regente do Ascendente, transitava pela 2ª casa comprovando a sua incapacidade de proteger os seus significados no horóscopo natal.

Adicionalmente analisamos a 8ª e a 12ª casas. A 8ª casa está profundamente fragilizada devido ao facto de ter o mesmo regente que o Ascendente- Marte – e por sofrer com a conjunção de Ketu com o seu ponto mais efetivo. Quanto à 12ª casa tem a regência de Júpiter, que é também o regente da 9ª casa que representa a «fortuna» e a sorte geral para esta vida. O facto de Saturno estar colocado na 9ª casa , apesar de receber o aspeto de Júpiter, indica que a sorte do nativo é desperdiçada e, deste modo, também Júpiter não assegura a proteção que Marte não é capaz de dar para a longevidade.

Saúde Geral

Para o Ascendente Carneiro  a saúde analisa-se pela leitura da 1ª casa como significador primário; e pela 6ª casa ,  pelo Sol, pela Lua e  por Marte como indicadores secundários.  Quanto à 1ª casa, como já referimos atrás, o seu regente é o planeta mais fraco do horóscopo e, dessa forma, falha em proteger a vitalidade física do nativo. Porém, a colocação de Júpiter no Ascendente , como regente da 9ª casa onde se encontra o seu signo Mooltrikona, dá proteção aos assuntos da 1ª casa.

Mercúrio, o regente da 6ª casa está colocado na 10ª em conjunto com o Sol, regente da 5ªcasa. A 10ª casa recebe o aspeto próximo de Rahu, o que ajuda nos aspetos materiais dos significados da casa. A 6ª casa recebe o aspeto próximo de Rahu que, em trânsito, pode ativar os inimigos e opositores, como sucedeu na altura da sua morte, em que Rahu estava em aspeto amplo com a 6ª casa e Ketu estava a transitar por essa casa.

Marte, que é também um indicador secundário para a saúde, não oferece proteção a esta área, por estar fragilizado. A Lua, porém, está bem colocada com vénus, na 11ª casa, recebendo o aspeto de Saturno, seu dispositor. Assim, vemos que nesta área o principal indicador é muito fraco mas existem alguns elementos de apoio nos indicadores secundários que asseguram condições mínimas de bem estar físico.

Confirmação pela Carta divisional  Hashthamsa D-6

Martin Luther King

15     janeiro  de 1929

mlk D-6

 Vamos agora analisar  a carta divisional que se refere à saúde, a D-6 ou hashthamsha para ver se a análise do horóscopo é confirmada nesta varga:  o indicador principal da saúde, Marte, está colocado na 12ª casa desta varga o que não é uma boa colocação, tanto mais que é também o regente do Ascendente desta varga. Mercúrio, regente da 6ª casa tanto na D-1 como na D-6 , está colocado na 10ª casa, tal como sucedia na D-1. O Sol está colocado na 7ª casa no signo de debilitação, o que não é também uma boa indicação.  A Lua está colocada na 6ª casa o que também não favorece a saúde. Saturno, por outro lado, o regente da 10ª e  da 11ª casas, está debilitado no Ascendente. O Sol e Saturno estão ambos debilitados nesta varga. O Sol é o indicador geral da vitalidade e da saúde e está debilitado; Saturno é o indicador da longevidade e está debilitado. Assim, infelizmente a análise desta varga confirma as principais indicações do horóscopo de nascimento, mostrando que a vida desta pessoa , no campo da saúde e da longevidade, não contou com o apoio necessário para uma vida longa e com saúde.  E a conjunção entre Rahu e Ketu na 2ª casa do horóscopo ( D-1) é confirmada nesta varga pela presença simultânea do Sol , de Rahu  e de  Ketu na 7ª casa, revelando o final abrupto e violento da sua vida, pela conjugação destas energias fortes, maléficas e violentas em duas casas maraka (a 2ª e a 7ª).

Saúde e Longevidade-Ascendente Leão

alikm

Para concluir a análise exemplificativa da Leitura das áreas de vida para o Ascendente Leão, continuamos a analisar o horóscopo do nosso ponto de partida, hoje  interpretando os indicadores da saúde e  da longevidade.

Longevidade

TS, 25 janeiro 2014, Lisboa

TS_D6

Na Astrologia  Jyotish o cálculo da longevidade foi desde sempre considerado um aspeto essencial pois partia-se do princípio de que o  cálculo dos efeitos de todos os  períodos dasha e antardasha (período principal e sub períodos) dos planetas era inútil se a pessoa tivesse uma matriz de vida curta . Nas épocas  em que estes cálculos, bastante complexos sem o auxílio de computadores, eram morosos, esta preocupação era justificada. Hoje deixou de ter tanta relevância, não só porque o software faz os cálculos  de imediato mas também porque as condições de saúde e as possibilidades da medicina atual alteraram muito  algumas condições que, no passado, eram consideradas irrevogáveis. Por isso deixamos aqui o exemplo desta análise como orientação geral  que não deve ser vista como uma fatalidade mas antes como uma tendência que, como tal, pode ser modificada, sobretudo por condições de vida mais saudáveis e por um acesso razoável a cuidados de saúde.

No horóscopo que analisamos,  e para o Ascendente Leão em geral, a longevidade vê-se a partir do estudo da 1ª  casa do horóscopo como fator principal. Pode consultar aqui  todos os significadores das áreas de vida para este Ascendente. Secundariamente vemos a e a 12ª  casas  e Saturno.

No  nosso exemplo analisamos o Sol, o regente da 1ª casa e todos os aspetos recebidos por ele e pela 1ª casa. O Ascendente recebe apenas o aspeto amplo (com uma orbe de 6º) de Ketu. Este aspeto pode trazer algum stress no período dasha  e nos subperíodos em outros dashas. Esta jovem experienciará o dasha de Ketu entre 2052 e 2059 e, entre outros efeitos, a sua saúde pode ser afetada com alguma doença difícil de diagnosticar e que poderá estar relacionada com alguma intoxicação ou ingestão de substância venenosa para o seu organismo mas, só por si ,este aspeto não é suficiente para causar um problema que ponha em perigo a  sua vida, uma vez que não há um aspeto exato para o Ascendente. Porém, o trânsito simultâneo de planetas funcionais maléficos no Ascendente ou lançando aspeto para o Ascendente pode trazer preocupações acrescidas.  O Sol está bem colocado  na 6ª casa e não recebe aspetos maléficos, tendo força para proteger a vitalidade do nativo (e o sistema digestivo, o coração, etc.,  o que é muito importante atendendo ao facto de a 4ª casa , que rege o coração, conter a Lua  debilitada).

  A  8ª casa está vazia e recebe o aspeto de Marte, o regente da 4ª e da 9ª casas, um planeta yogakaraka para este Ascendente e que, por essa razão, é também protetor geral do horóscopo. Júpiter, regente da 8ª casa, está colocado na 11ª  não causando stress nesta área de vida e favorecendo a longevidade. A Lua, regente da  12ª casa, e indicador secundário, está na 4ª casa, o que é uma boa colocação mas está no signo Escorpião, o signo da sua debilitação , o que não favorece os finais, quaisquer que eles sejam, na vida da pessoa, nem o final de vida que pode ser solitário e pouco feliz, bem como atormentado por situações de doença.

Usando o software recomendado vemos que , no horóscopo de TS , o dasha da Lua inicia-se  em maio de 2085 quando ela tiver 67 anos e durará até maio de 2095.Assim, este período entre os 67 e os 77 anos poderá ser desafiador para os assuntos gerais da vida  desta pessoa, uma vez que a 4ª casa é uma casa estrutural  para os alicerces da vida da pessoa, afetando a vida familiar e profissional e também a paz emocional;  a 4ª casa está  diretamente relacionada com o sentimento interno de contentamento e de felicidade (ou a ausência deles). Este pode deste modo ser um período desafiador a todos os níveis e, muito particularmente, para a saúde e longevidade. Observando os  trânsitos para Agosto do ano  de 2094, observamos uma conjugação de planetas indicadores para esta área de vida na 12ª casa, em Caranguejo : O sol , a Lua e Marte. Marte , como dissemos, é um yogakaraka para este Ascendente e tem, por essa razão, uma ação protetora para o horóscopo. Porém, estará debilitado no signo de Caranguejo e, apesar de ser o regente da 9ª casa, onde está colocado o seu signo Mooltrikona, (sendo por isso um indicador óbvio de sorte na vida desta pessoa),  está colocado na 2ª casa do horóscopo, uma casa maraka (capaz de infligir a morte). Porque o planeta não está aflito e está forte, a nossa convicção é que ele protegerá a vida da pessoa neste período mas o seu estado de debilitação retirar-lhe-á muita da sua força nesta altura e a pessoa pode sofrer uma doença grave neste período da sua vida.

Depois, o dasha de Ketu que, como referimos, ocorre entre maio de 2052 e maio de 2059. No  subperíodo da Lua, entre março e outubro de 2054, poderá haver também situações complicadas para a saúde da pessoa. Observando os trânsitos para esta altura vemos que, em Agosto desse ano, Saturno entra no signo de Peixes, correspondente à 8ª casa do horóscopo , Vénus e a Lua transitam pela 4ª casa ,  Rahu transita em conjunção com o ponto mais efetivo da 1ª casa, o que , à partida, é uma conjugação explosiva e um gatilho de eventos que podem ser muito desafiadores. Durante este período, deverá haver extrema cautela com todas as situações que podem colocar em perigo a saúde  e a vida, adotando hábitos saudáveis de  vida e uma atitude preventiva em relação a todos os fatores diretamente ligados com a saúde . Para a longevidade, a Lua , regente da 12ª casa  e o Sol, são mais importantes para ajuizar sobre a longevidade da pessoa com Ascendente Leão do que Júpiter, o regente da 8ª casa, pois esta não está  ocupada por um signo Mooltrikona . Assim, e porque o dasa do Sol e da  Lua ocorrem muito cedo na vida, (o do Sol inicia-se quando esta jovem tiver 39 anos de idade ) e porque todos os fatores de sorte que encontrámos no horóscopo desta jovem não são consentâneos com a sua morte prematura, consideramos que o final da existência pode ocorrer  num sub período da Lua em algum outro dasha, porventura no dasha de Marte e subperíodo de Ketu, que ocorre entre 2099 e 2100.

Saúde Geral

Para o Ascendente Leão a saúde analisa-se pela leitura da 1ª casa como significador primário; e pela  6ª casa , o Sol , a Lua e Marte como indicadores secundários.

 O Sol, para este Ascendente, tem a importância acrescida de ser o regente do Ascendente, desempenhando por isso um papel importante. No nosso ex., o Sol   está forte e  bem colocado, protegendo por isso a saúde e a vitalidade da pessoa. O regente da 6ª casa, Saturno, está muito bem colocado na 3ª casa e no signo de exaltação, o que favorece todos os significados da 6ª casa incluindo a saúde. Por sua vez, os indicadores secundários, a Lua e Marte, dão outras pistas. Como tivemos oportunidade de referir, a Lua é o único fator que pode trazer algumas situações de perigo para a saúde e para a longevidade, sobretudo durante o seu dasha e sub períodos em outros dashas. Marte tem o estatuto de yogakaraka para este Ascendente e, por isso, não tem ação maléfica para este Ascendente sendo, além do mais, o regente da 9ª casa, que rege a sorte para esta vida.  A sua colocação na 2ª casa do horóscopo não deverá, por isso, trazer situações problemáticas para a saúde.

Vamos agora analisar  a carta divisional que se refere à saúde, a D-6 ou hashthamsha para ver se a análise do horóscopo é confirmada nesta varga:  o significador principal da saúde, o Sol, está colocado na 5ª casa desta varga o que é uma boa colocação pois obedece ao princípio geral de que os indicadores principais deverão estar colocados em casas trinas ou angulares. Também rege uma boa casa nesta varga, uma casa angular, a 10ª, o que é outra boa indicação. A Lua nesta varga rege a 9ª casa e está colocada na 3ª, lançando, desse modo, aspeto para a casa que rege, revelando sorte na proteção da força vital da pessoa. Esta está associada às motivações e aos desejos e estes são protegidos. Saturno está exaltado, embora na 12ª casa desta varga. É o regente da 4ª casa desta varga e dá à pessoa uma natureza espiritual, embora também confirme um final de vida difícil ou problemático. Marte é o regente do Ascendente nesta varga e o seu signo Mooltrikona está colocado na 6ª casa desta divisional. Marte está colocado no Ascendente, o que é uma boa posição, estando no próprio signo. Está conjunto com o regente da 12ªcasa desta varga, Vénus, que, nesta colocação  não favorece a longevidade da pessoa . Os nodos, ambos colocados na 6ª casa, indiciam situações de saúde difíceis de diagnosticar e chamam a atenção para a necessidade de estar atento aos seus subperíodos. Durante a sua vida ,esta pessoa não deverá sofrer com o dasha de Rahu, que se inicia em 2120, fora do seu período expectável de vida mas, como referimos anteriormente, o dasha de Ketu pode ser uma fonte de preocupação também nesta área de vida e sempre que ocorrer em outros períodos dasha.

A colocação  da Lua numa casa de «crescimento» (upachaya) significa que o nativo pode intervir para melhorar as suas condições de saúde, evitando desse modo algumas situações mais problemáticas, alterando o estilo de vida e adotando formas de vida saudáveis, sobretudo durante o dasha da Lua , que é o planeta mais maléfico para este horóscopo.

Concluindo, parece-nos que TS terá uma vida  razoavelmente saudável, embora possa sofrer de perturbações relacionadas com o estômago , com os órgãos generativos, com o sistema imunitário, etc.. Deverá adotar um estilo de vida  disciplinado e uma alimentação saudável, cuidando também da saúde mental e emocional para garantir o equilíbrio integral ao longo da vida e a longevidade que, nos parâmetros atuais, deverá ser média.

Saúde e Longevidade-Ascendente Caranguejo

eds

Continuamos a análise  da Leitura das áreas de vida para o Ascendente Caranguejo, tendo por base o horóscopo do nosso ponto de partida, hoje  interpretando os indicadores da saúde e  da longevidade.

Longevidade

Na Astrologia  Jyotish o cálculo da longevidade foi desde sempre considerado um aspeto essencial pois partia-se do princípio de que o  cálculo dos efeitos de todos os  períodos dasha e antardasha (período principal e sub períodos) dos planetas era inútil se a pessoa tivesse uma matriz de vida curta . Nas épocas  em que estes cálculos, bastante complexos sem o auxílio de computadores, eram morosos, esta preocupação era justificada. Hoje deixou de ter tanta relevância, não só porque o software faz os cálculos  de imediato mas também porque as condições de saúde e as possibilidades da medicina atual alteraram muito  algumas condições que, no passado, eram consideradas irrevogáveis. Por isso deixamos aqui o exemplo desta análise como orientação geral  que não deve ser vista como uma fatalidade mas antes como uma tendência que, como tal, pode ser modificada, sobretudo por condições de vida mais saudáveis e por um acesso razoável a cuidados de saúde.

No horóscopo que analisamos, e para o Ascendente Caranguejo em geral, a longevidade vê-se a partir do estudo da 1ª e da 8ª casas do horóscopo como fatores principais. Pode consultar aqui  todos os significadores das áreas de vida para este Ascendente. Secundariamente vemos a 12ª casa  e Saturno.

No  nosso exemplo analisamos a Lua , regente da 1ª casa. A Lua está debilitada e colocada na 5ª casa do horóscopo, no signo de Marte, que é um yogakaraka para este Ascendente. Saturno, o regente da 8ª casa, está em aspeto com a Lua. Enquanto tem o seu signo Mooltrikona  na 8ª casa, Saturno protege a longevidade do nativo. Ainda assim, a Lua pode produzir tendência para a depressão e alguma instabilidade emocional e mental. Mas, enquanto regente do Ascendente, quando a Lua sofre a influência  por trânsito dos planetas funcionais maléficos, como Saturno e os nodos, pode haver problemas de saúde , ou relacionados com o sistema digestivo (5ª casa) ou com o esqueleto, dentes, etc. significados por Saturno. Com a Lua debilitada seria de esperar que este nativo tivesse uma saúde  frágil e que o seu sucesso geral fosse muito modesto. Porém, temos que ter em conta os aspetos que a  1ª casa recebe: do Sol, o poderoso regente da 2ª casa e cujo aspeto para a 1ª casa fortalece todos os assuntos desta casa incluindo a força vital, a saúde e a  longevidade do nativo; Vénus, regente da 4ª casa tem um  impacto positivo menor porque, devido à sua situação de combustão, enfraquece os órgãos significados pela 4ªcasa: o coração, o sistema respiratório (peito e pulmões); e de Mercúrio, regente da 3ª casa e   que é também o dispositor de Saturno, regente da 8ª casa e de Marte, o planeta yogakaraka deste Ascendente  e regente da 5ª casa onde está colocada a Lua (e da 10ª casa). A 3ª casa é uma casa de crescimento (upachaya) e o seu regente, ao influenciar a 1ªcasa, mostra que todos os assuntos e significados da 1ª casa podem melhorar à medida que o tempo vai passando, incluindo as questões de saúde isto, é claro, se o nativo fizer esforços para o conseguir.

A 8ª casa, como dissemos, tem regência de Saturno , colocado na 3ª casa. Estas são casas «correlatas», isto é, como a 3ª casa é a 8ª a partir da 8ª, tem significados  semelhantes à 8ª, sendo essa a razão porque é também associada à longevidade. E, se a colocação de  Saturno na 8ª casa significa que o nativo será longevo, a sua colocação na 3ª , como sucede com este nativo também favorece esse significado e protege a vida da pessoa. A prova disso é que este jovem tem tido uma  saúde razoável, descontando-se alguns momentos causados por trânsitos de planetas funcionais maléficos que produzem eventos súbitos de problemas de saúde de natureza aguda e temporária.

Analisando também a 12ª casa, indicador secundário da longevidade, vemos que está ocupada por Rahu, mas este está colocado no signo de Gémeos, o que é uma das melhores colocações de Rahu. A 12ª casa recebe o aspeto de Júpiter, um funcional maléfico mas que é também  o regente da 9ª casa do horóscopo, uma casa que distribui a sorte para esta vida e , por isso, Júpiter protege o nativo em relação aos aspetos negativos da 12ªcasa embora, quando influencia esta casa por trânsito, possa trazer problemas relacionados com a casa ocupada pelo seu signo Mooltrikona- e que rege os rins e os intestinos- ou com a casa onde está colocado, a 4ª, que rege o coração e os pulmões. A 12ª casa, por sua vez, rege o olho esquerdo e o ouvido esquerdo e pode haver algum problema que afete a visão ou a  audição, durante o trânsito de Júpiter ou  de Saturno por essa casa.

No horóscopo deste nativo, grande parte dos eventos da sua vida dependem das escolhas e dos esforços que ele fizer e isso também se aplica à sua longevidade que pode ser média ou longa dependendo das suas escolhas em relação à  alimentação e estilo de vida.

Usando o software recomendado vemos que  o dasha de Rahu ocorre entre agosto de 2047 e agosto de 2065. Se a longevidade for média, o subperíodo da Lua, principal significador da longevidade, pode ser um período que finaliza a existência. Este subperíodo ocorre entre janeiro de 2063 e julho de 2064. Vemos os trânsitos para essa altura e vemos que, em meados de julho de 2064 Saturno e Vénus estão ambos a transitar pelo Ascendente, em conjunção com o seu ponto mais efetivo. Já no início do período dasha seguinte, de Júpiter,(agosto de 2065 até agosto de 2081) em meados de setembro, durante o sub período também de Júpiter, a Lua transita pela sua posição natal, no signo de Escorpião; Rahu transita pelo signo de Capricórnio, na 7ª casa, Saturno transita pelo Ascendente, em conjunção com o seu ponto mais efetivo e Júpiter transita pela 3ª casa, formando uma conjunção exata com Marte na posição de nascimento natal. Este será um momento delicado na vida deste nativo que estará nesta altura com 83 anos. O subperíodo da Lua no dasha de Júpiter ocorre entre dezembro de 2076 e abril de 2078. Este período, no caso de o nativo ainda ser vivo, deverá ser o final da sua existência terrena. Olhando para os trânsitos que ocorrem nesta altura vemos que a Lua transita pela 2ª casa , uma casa maraka, Saturno transita por Sagitário, na 6ª casa e Júpiter está em conjunção com a sua posição natal, no signo de Balança e na 4ª casa que significa o fim da vida, formando uma conjunção exata com o seu ponto mais efetivo.

 Saúde Geral

Para o Ascendente Caranguejo a saúde analisa-se pela 1ª casa  como indicador primário  e pela   6ª casa , pela Lua , o Sol e Marte como significadores secundários.  A primeira casa, como vimos, tem regência da Lua e, dada a natureza mutável desta, a saúde pode ter altos e baixos, devido à volatilidade lunar. A Lua está também, como referimos, debilitada, embora bem colocada por casa, pois está na auspiciosa 5ª casa. Esta casa relaciona-se com a mente e o estado debilitado da Lua aponta para a possibilidade de haver muitas flutuações de humor e instabilidade relativamente à auto imagem do nativo, que pode por vezes sofrer de falta de auto confiança. O regente da 5ª casa tem força suficiente para proteger os significados desta casa e, por isso, a debilitação da Lua não afeta significativamente os significados da casa, pois o nativo é inteligente e bastante criativo.

A 1ª casa, como referimos ao falar da longevidade, recebe o aspeto do Sol,  de Mercúrio e de Vénus  e isso torna-a forte e capaz de salvaguardar a saúde e o sucesso geral da existência. Porém, a saúde do nativo pode ressentir-se quando os planetas maléficos funcionais transitam influenciando o Ascendente e as outras  casas do horóscopo envolvidas com a saúde – a 6ª e a 8ª . A este propósito, observamos que,  no horóscopo de FF , a partir de novembro próximo , Saturno entra no signo de Escorpião onde está colocada a Lua  transitará pela Lua e pelo ponto mais efetivo desta casa em alguns momentos nos dois anos e meio seguintes ao início do trânsito. No mês de dezembro de 2015 Saturno faz conjunção com o ponto mais efetivo da 5ªcasa  entrando em seguida em conjunção com a Lua na sua posição natal. Este pode ser um período difícil para a estabilidade emocional  e afetar negativamente os níveis de energia da pessoa. Pelo aspeto que lança para a 7ª casa e para os planetas aí colocados pode também trazer perturbações noutras áreas de vida incluindo o casamento ou as parcerias.(aspeto para a 7ª casa) e ainda trazer preocupações profissionais e familiares (aspeto para a 2ª casa).

FF

FF D-6

 Vamos agora analisar  a carta divisional que se refere à saúde, a D-6 ou hashthamsha  para ver se a análise do horóscopo é confirmada nesta varga:  o significador principal da saúde, a Lua, está colocado na 2ª casa desta varga , em conjunto com Rahu e Ketu. Os nodos são inimigos da Lua e esta colocação conjunta indica instabilidade no plano mental. A Lua é regente da 6ª casa nesta varga e este é mais um sinal de que a pessoa sofrerá sobretudo devido a falta de paz mental e a situações de conflito, da luta para equilibrar as áreas da sua vida, etc.

Saturno, o regente do Ascendente desta varga está colocado na 7ªcasa.Esta é uma casa kendra e  Saturno é um planeta funcional maléfico, e os maléficos dão bons resultados nas casas maléficas. Júpiter, o regente da 6ª casa na D-1, está aqui colocado na 10ª casa, outra casa kendra, sendo uma boa indicação. Quanto aos restantes indicadores secundários, o Sol está colocado na 8ª casa, o que prejudica a saúde e desta casa lança aspeto para a Lua e para os nodos na 2ª ; Marte está colocado no próprio signo, na 3ª casa, conjunto com Vénus, regente da 9ª casa nesta varga.  Estes planetas na 3ª casa  indicam que o nativo pode fazer bastante para melhorar a saúde recorrendo a  um programa  individual que ajude a estabilizar várias áreas da sua vida. O facto de os planetas estarem no signo de Carneiro não significa que tenha que haver ação impulsiva mas  mostra antes que os desejos e as motivações da pessoa podem fazer maravilhas pela sua saúde, aumentando a alegria de viver e o gosto por fazer coisas. Muitos problemas de saúde  devem-se exatamente a uma vida enfadonha e sem estímulo. No caso desta pessoa, fazer algo na vida que contribua para se sentir realizada e feliz é uma forma importante de manter e melhorar a saúde. A colocação do Sol na 8ª casa chama também a atenção para os cuidados a ter com os órgãos reprodutores para evitar problemas de saúde sobretudo mais tarde na vida.

Quanto à força dos planetas, não há planetas debilitados e Saturno, o regente  do Ascendente  desta varga,  está no signo do Sol, o que aumenta a sua força. A colocação do Sol nesta casa é a única má colocação mas, no entanto, sendo regente da 7ª casa, a colocação na 8ª até favorece a longevidade pois o Sol não está aflito. De modo geral, não existem indicações  evidentes de problemas de saúde que devam ser considerados proeminentes, embora o nativo deva desenvolver um estilo de vida que melhore o seu bem estar subjetivo e psíquico, aquele que se revela mais vulnerável nesta análise.

Concluindo, parece-nos que FF terá uma vida  que é essencialmente saudável, com os pequenos problemas que afetam a generalidade das pessoas. Com o regente da 3ª casa colocado na 3ª casa, a sua saúde e longevidade  dependem bastante do modo como decidir viver e dos hábitos de rotina que desenvolver. À medida que o tempo passa o exercício físico torna-se importante para evitar ganhar excesso de peso.

Saúde e Longevidade-Ascendente Capricórnio

corr

Para concluir a análise exemplificativa da Leitura das áreas de vida para o Ascendente Capricórnio, continuamos a analisar o horóscopo do nosso ponto de partida, hoje  interpretando os indicadores da saúde e  da longevidade.

Longevidade

Na Astrologia  Jyotish o cálculo da longevidade foi desde sempre considerado um aspeto essencial pois partia-se do princípio de que o  cálculo dos efeitos de todos os  períodos dasha e antardasha (período principal e sub períodos) dos planetas era inútil se a pessoa tivesse uma matriz de vida curta . Nas épocas  em que estes cálculos, bastante complexos sem o auxílio de computadores, eram morosos, esta preocupação era justificada. Hoje deixou de ter tanta relevância, não só porque o software faz os cálculos  de imediato mas também porque as condições de saúde e as possibilidades da medicina atual alteraram muito  algumas condições que, no passado, eram consideradas irrevogáveis. Por isso deixamos aqui o exemplo desta análise como orientação geral  que não deve ser vista como uma fatalidade mas antes como uma tendência que, como tal, pode ser modificada, sobretudo por condições de vida mais saudáveis e por um acesso razoável a cuidados de saúde.

No horóscopo que analisamos,  e para o Ascendente Capricórnio em geral, a longevidade vê-se a partir do estudo da 1ª e da 8ª casas do horóscopo como fatores principais. Pode consultar aqui  todos os significadores das áreas de vida para este Ascendente. Secundariamente vemos a 12ª casa  e Saturno.

No  nosso exemplo analisamos Saturno , o regente da 1ª casa e duplamente importante porque também é o indicador geral da longevidade.  Saturno está colocado na 8ª casa o que indica uma vida longa. Assim, temos a 1ª e a 8ª casa ligadas ao significador da longevidade, Saturno. Este não recebe quaisquer aspetos e está colocado num signo inimigo mas isso não lhe retira força considerável. O sol, regente da 8ª casa, está colocado na 11ª o que também favorece a longevidade. Júpiter, o regente da  12ª casa, e indicador secundário, está na 6ª casa que, não sendo ocupada por um signo Mooltrikona, causa menos danos  e não  coloca em perigo a longevidade  indicada pelos significadores principais. Atendendo aos indicadores de vida longa, será de esperar que o período final da vida da pessoa seja o de Ketu ou ocorrer no dasha seguinte, o de Vénus.

Usando o software recomendado vemos que  no horóscopo de M L o dasha de Ketu inicia-se  em maio de 2065 quando ele tiver 88 anos e durará até maio de 2072. No dasha de Ketu,  durante o subperíodo  da Lua, pode acontecer o  fim da existência do nativo, pois o dasha de Ketu é sempre problemático e a Lua rege uma casa maraka ( a 7ª). O dasha de Vénus inicia-se em 2072 quando o nativo tiver 95 anos.  O sub período do Sol (regente da 8ª casa) que decorre entre  em 2075 e 2076 ou então o subperíodo seguinte, da Lua, entre 2076 e 2078 são também períodos  prováveis, a menos que a pessoa seja especialmente longeva e então o sub  período de Marte, entre 2078 e 2079  também poderá trazer  o final da vida pois Marte, regente da 4ª casa, está no signo de debilitação, na 7ª casa, uma casa maraka e isso torna-o um dos significadores mais evidentes para o final da vida. O dasha de Marte  já esteve operante na vida desta pessoa, quando era muito jovem, entre 1988 e 1995 e esse período de vida deve ter trazido alguns desafios, sobretudo no que se refere ao ambiente do lar e da educação, podendo ter havido  pouca ligação com a mãe ou uma perceção subjetiva de ter recebido pouco amor da mãe quando crescia.

Vejamos os trânsitos dos planetas significadores  para o 1º dos momentos em que estarão operantes os regentes dos sub períodos que mencionámos. Consideramos que o mês de maio de 2067 é um mês delicado, que ocorre no subperíodo da Lua no dasha de Ketu em que Saturno transita pela 8ª casa, Júpiter transita pela 12ª casa e, no dia 3 e 4 do mês de maio a Lua transita também por esta casa; o Sol transita pela 4ª casa e Marte está em conjunção com o ponto mais efetivo da 1ª casa.

Saúde Geral

Para o Ascendente Capricórnio a saúde analisa-se pela leitura do Sol como significador primário; e a 1ª e a  6ª casas , a Lua e Marte como significadores secundários.  O Sol, como referimos antes, está colocado na 11ª casa, o que é uma indicação de vida longa. Mas o regente do Ascendente está colocado na 8ª casa, uma casa que significa doenças crónicas e, apesar de  a colocação de Saturno na 8ª casa favorecer a longevidade, pode também indicar períodos de doença prolongada, sobretudo na velhice, ou doenças que demoram a sarar. O regente do Ascendente colocado  na 8ª casa retira força vital à pessoa. A colocação do regente da 6ª casa na 12ª também não ajuda muito a saúde podendo indicar problemas de audição e de visão sobretudo à medida que  a pessoa envelhece. A Lua, um indicador secundário, está colocada na mesma casa que Rahu e, embora não exista um aspeto próximo entre ambos, pode haver pouca estabilidade no plano mental e emocional, com nervosismo e necessidade de mudança ou de movimento constantes. Marte, por sua vez, está debilitado na 7ª casa  e esta posição, que, como vimos, afeta a vida conjugal do nativo, produz uma natureza profundamente sexual, resultando daí a necessidade de  estabelecer relacionamentos com parceiros que poderão pôr em perigo a saúde pela transmissão de doenças venéreas.

Confirmação pela divisional D-6

 He-D-&

Vamos agora analisar  a carta divisional que se refere à saúde, a D-6 ou hashthamsha para ver se a análise do horóscopo é confirmada nesta varga:  o significador principal da saúde, o Sol, está colocado na 11ª casa desta varga o que é uma boa colocação atendendo à natureza maléfica do planeta e ao facto de esta ser uma «casa upachaya», isto é, de crescimento, melhorando os seus resultados com o tempo.  Também colocado na 11ª casa desta varga está Marte, agora exaltado em Capricórnio, Rahu e Ketu. Esta é uma casa de desejo e parece que o grau de motivação  da pessoa e os seus círculos de amigos  e relacionamentos sociais poderão ajudar esta pessoa não apenas a singrar na vida , melhorando a sua situação financeira mas também  a manter  a sua saúde pelo contacto humano que permitem. Saturno, o regente do Ascendente da D-1, está aqui colocado na 3ªcasa, outra casa upachaya (crescimento), indicando melhoria com o tempo, em conjunto com Júpiter, regente do Ascendente desta divisional. Outro elemento muito positivo é que Júpiter forma um yoga protetor   com a Lua pois estão ambos em kendras mútuas (Yoga Gaja Kesari) e isso indica que a saúde da pessoa (bem como as dificuldades, as dívidas, etc., terão proteção durante a vida e a pessoa será ajudada pela sorte). A colocação dos indicadores principais em casas de «crescimento» (upachaya) significa que o nativo pode fazer por melhorar as suas condições de saúde, evitando desse modo as doenças crónicas ou situações de doença prolongada que decorrem habitualmente da falta de cuidados de saúde, melhorando o estilo de vida e adotando uma alimentação saudável, bem como bons hábitos de exercício físico e a ingestão de  alimentos que melhorem as condições do esqueleto, regido por Saturno. As doenças dos ossos podem causar sofrimento crónico. «Não matam mas moem». Nesta divisional, a Lua está debilitada no signo de Escorpião, porém, é a regente da 5ª casa colocada na 9ª as duas casas de sorte do horóscopo.  O karma da pessoa é protetor para a sua saúde e para a ajuda nas situações de obstruções e de conflito. O facto de não haver nenhum planeta colocado nas casas maléficas- 6ª, 8ª, 12ª – é outro indicador favorável.

Concluindo, parece-nos que M L terá uma vida  que é essencialmente saudável, embora possa ter momentos em que o cansaço e a falta de energia poderão ser evidentes. É vulnerável a problemas de doença crónica que podem afetar  os ouvidos,  a visão e os ossos (e dentes)  e a doenças sexuais causadas por excesso de parceiros  e falta de cuidado nessa área.   À medida que envelhece deverá ter cuidado com os ossos , adotando medidas preventivas de fortalecimento do esqueleto e dos dentes,  com exercício físico e alimentação adequada para prevenir fraturas, reumatismo, etc que poderão  levar tempo a sarar e que  podem causar bastante sofrimento continuado.

Longevidade e Saúde- Ascendente Escorpião

hel

Para concluir a análise exemplificativa da Leitura das áreas de vida para o Ascendente Escorpião, continuamos a analisar o horóscopo do nosso ponto de partida, hoje  interpretando os indicadores da saúde e  da longevidade.

Longevidade

Na Astrologia  Jyotish o cálculo da longevidade foi desde sempre considerado um aspeto essencial pois partia-se do princípio de que o  cálculo dos efeitos de todos os  períodos dasha e antardasha (período principal e sub períodos) dos planetas era inútil se a pessoa tivesse uma matriz de vida curta . Nas épocas  em que estes cálculos, bastante complexos sem o auxílio de computadores, eram morosos, esta preocupação era justificada. Hoje deixou de ter tanta relevância, não só porque o software faz os cálculos  de imediato mas também porque as condições de saúde e as possibilidades da medicina atual alteraram muito  algumas condições que, no passado, eram consideradas irrevogáveis. Por isso deixamos aqui o exemplo desta análise como orientação geral  que não deve ser vista como uma fatalidade mas antes como uma tendência que, como tal, pode ser modificada, sobretudo por condições de vida mais saudáveis e por um acesso razoável a cuidados de saúde.

No horóscopo que analisamos,  e para o Ascendente Escorpião em geral, a longevidade vê-se a partir do estudo da 12ª casa do horóscopo como fator principal. Pode consultar aqui  todos os significadores das áreas de vida para este Ascendente. Secundariamente vemos a 1ª e a   8ª casas  e Saturno.

No  nosso exemplo analisamos Vénus  que é o regente da 12ª casa e está colocado na 3ª casa, no estado de combustão devido à conjunção numa orbe de 1º com o Sol e onde também está colocado Rahu. Esta é uma das melhores posições de Rahu que, entre outras coisas, protege a longevidade. Mas Vénus está muito enfraquecido pela conjunção com o Sol que exaure a força de vida da pessoa (a 12ª casa é a perda  do que significa a 1ª, e esta relaciona-se com a força vital disponível para a pessoa desenvolver o seu projeto de vida na existência.) Mas, na 12ª casa temos a Lua,  regente da 9ª casa da sorte para esta vida. A Lua recebe o aspeto de Júpiter que também rege a 5ª casa e que é um importante fator de proteção da longevidade e da vitalidade para esta pessoa.

O dasha de Vénus, se ocorrer no tempo de vida útil da pessoa, (bem como os sub períodos do planeta) pode trazer desafios à sua integridade física  e o mesmo acontece com os períodos e subperíodos de Rahu que está em conjunção com o ponto mais efetivo da 3ª casa, uma casa relacionada com a  longevidade. Assim, em todos os períodos em que a influência mútua de vénus e de Rahu influencia as casas da longevidade,  tanto através dos períodos planetários como dos trânsitos, a saúde desta pessoa pode sofrer sobressaltos. Usando o software recomendado vemos que  no horóscopo de Anna o dasha de Vénus se inicia em maio de 2064 quando ela terá 74 anos e durará até maio de 2084. Não nos surpreenderia se o final da sua existência decorresse durante  este dasha de Vénus. E, neste período, os subperíodos de Vénus, de maio de 2064 a setembro de 2067 e depois o subperíodo de Rahu de julho de 2071 a julho de 2074 são períodos que pedem alguma  cautela. Vejamos os significadores secundários, os regentes da 1ª  e da 8ª casas e Saturno: o regente da 1ª casa, Marte, está colocado no Ascendente o que, por si só não é uma indicação muito boa pois indica propensão para acidentes (por  fogo, queimadura, ferimentos por arma cortante etc). Porém, Marte é o regente do Ascendente, estando no próprio signo por isso é capaz de proteger o nativo desde que não esteja aflito nem fraco. Bom, no caso presente, Marte está no avastha da velhice e está aflito pelo aspeto enviado por Ketu da 9ª casa sendo por isso um defensor enfraquecido da saúde e da longevidade da pessoa. Quanto ao regente da 8ª casa, Mercúrio, está em conjunção com o regente da 3ª e da 4ª casas, colocado na 2ª que é uma casa tradicionalmente «maraka» isto é, capaz de infligir a morte. Porém, Saturno está no signo de Júpiter onde não produz efeitos maléficos e é o regente da 4ª casa, ocupada pelo seu signo Mooltrikona e, por essa razão, é a influência mais benéfica para o Ascendente Escorpião. Por outro lado, Mercúrio não tem natureza maléfica, apesar da regência da 8ª casa, porque esta não é ocupada pelo seu signo Mooltrikona  e tanto Saturno como Mercúrio têm força suficiente para proteger os seus significados e por isso são protetores da longevidade desta pessoa.

Vejamos os trânsitos dos planetas significadores  para o momento em que estarão operantes os sub períodos que mencionámos no dasha de Vénus .Consideramos que o mês de julho de 2073 é um mês que pede algum cuidado ocorre no subperíodo de Rahu  no momento em que   que Vénus e Marte estão ambos a transitar  na 7ª casa- uma casa maraka- Júpiter está na 8ª casa e em aspeto com a 12ª , Mercúrio transita também pela 8ª casa e Saturno está a transitar pela 12ª casa, onde se encontra a Lua natal, em aspeto com o seu ponto mais efetivo e na 2ª fase do trânsito conhecido na Jyotish como «Sade Sati». Anna terá então 83 anos e, se não é possível dizer que este trânsito  indica a sua morte, é possível afirmar que indica um momento delicado que pode pôr em perigo a sua vida, tanto mais que Vénus, um planeta maléfico funcional  e que é o significador principal da longevidade neste horóscopo, transita pelo ponto mais efetivo da 7ª casa. Nos padrões atuais da longevidade, podemos considerar que Anna não terá, provavelmente, uma vida curta e, se não tiver uma das vidas  mais longas está, certamente , dentro da longevidade média.

Saúde Geral

Para o Ascendente Escorpião a saúde analisa-se pela leitura da 6ªcasa do horóscopo, como significador primário. A 6ª casa recebe o aspeto amplo da Lua, regente da 9ª casa, o que é um fator muito favorável pois protege  a saúde. Por outro lado, o regente da 6ª casa é também o regente da 1ª e isto tem efeitos mistos: a pessoa pode ter problemas de saúde ou sofrer de acidentes mas será capaz de recuperar rapidamente. O Sol , colocado na 3ª casa dá uma natureza lutadora e corajosa mas, associado à presença de Marte na 1ª casa, pode também originar impulsividade  e agressividade que tornam a pessoa descuidada  e/ou imprudente e isso pode colocar em perigo a sua saúde e integridade física. Mas Marte tem força suficiente para proteger a vida, embora não impeça a doença nem os acidentes/ferimentos. Ketu forma um aspeto próximo com o ponto mais efetivo da 1ª casa e o seu dasha e subperíodos podem ser momentos em que a saúde sofre, sobretudo quando, em simultâneo, Vénus, Ketu ou Rahu influenciam por trânsito a 6ª e a 1ª casas. O período de maio de 2057 e maio de 2064  em que estará operante o dasha de Ketu pode trazer problemas de saúde  ou acidentes, sobretudo em viagem (Ketu forma aspeto com a 1ª e a 3ª casas e está colocado na 9ª casa. A 3ª e a 9ª têm relação com viagens). Felizmente o dasha de Marte ocorre apenas em 2100, altura em que Anna talvez tenha já partido desta vida pois teria 110 anos pelo que é menos uma preocupação nesta área.

Anna T

anna d-6

Vamos agora analisar  a carta divisional que se refere à saúde, a D-6 ou hashthamsha para ver se a análise do horóscopo é confirmada nesta varga:  o significador principal da saúde, Marte, está colocado na 3ª casa desta varga o que é uma boa colocação atendendo à natureza maléfica do planeta e ao facto de esta ser uma «casa upachaya», isto é, de crescimento, melhorando os seus resultados com o tempo. Como Marte rege a 1ª e a 6ª na D-1 ou horóscopo natal, esta indicação mostra que Anna pode melhorar as suas condições potenciais de saúde pelas escolhas que fizer em relação aos hábitos de saúde e de estilo de vida que se repercutem diretamente na saúde.

A colocação do regente do Ascendente desta divisional, Saturno ,na 8ª casa é que não é uma indicação muito feliz: a pessoa pode sofrer de doença crónica, ou ter um acidente que exigirá um período longo de recuperação.  A Lua, porém, um significador secundário importante, está colocada na 5 ªcasa  em conjunção com Júpiter, regente da 12ª casa nesta divisional, indicando proteção (formam um dos yogas mais poderosamente protetores, o Gajakesari)e, por isso, a vida de Anna será protegida. O Sol , o outro significador secundário da saúde, está colocado na 11ª casa, outra casa upachaya ou de crescimento revelando que a saúde é um assunto que pode sofrer alterações substanciais na vida desta pessoa a partir das decisões e  das opções que ela fizer quanto aos seus hábitos de vida.

Concluindo, parece-nos que Anna terá uma vida  que passará por alguns períodos  mais desafiadores no que se refere à saúde  mas que são controláveis pela aquisição de bons hábitos de vida e, sobretudo, de disciplina em relação ao temperamento explosivo ou agressivo que é  um dos fatores que podem colocar em risco tanto a saúde como a longevidade desta pessoa que, de acordo com as  indicações gerais que recolhemos, tem uma matriz de saúde e de longevidade dentro da média mais comum.