Sorte e sucesso- Ascendente Peixes

med

Tendo por referência o horóscopo que analisámos no artigo anterior para a área da carreira, vamos hoje analisar outros aspetos relacionados com a «fortuna» geral (sorte na vida) e  com a riqueza. Temos presente a análise global do estado dos planetas e das casas do horóscopo, cuja importância explicámos  em  artigo anterior. Para consultar os significadores gerais para as áreas de vida do Ascendente Peixes, clique aqui.

Leitura da Fortuna Geral , Riqueza e Ganhos
Indicadores para estas área de vida do Ascendente Peixes

Fortuna Geral–  Analisamos a 2ª  casa como fator principal. Como vimos, esta casa tem regência de Marte, colocado no seu signo Mooltrikona, embora enfraquecido pela colocação no avastha da infância e pela colocação num dos pontos gandantaSaturno lança aspeto  próximo para o ponto mais efetivo desta casa, numa orbe de 1º e, sendo o regente da 12ª casa das perdas, não é uma boa influência, prejudicando a acumulação de riqueza, o status do nativo e os ganhos através do trabalho. Não existem outros aspetos para esta casa.

Os indicadores secundários para a sorte e para a fortuna  são  a 9ª e a 4ª casas, o Sol e Júpiter. A 4ª casa contém a presença de Júpiter retrógrado, em aspeto para a 10ª casa, onde se encontra o seu signo Mooltrikona, Sagitário. Júpiter também forma aspeto  com o ponto mais efetivo da 4ª e da 10ª casas, numa orbe inferior a 2º, o que é certamente um fator de proteção. Ketu encontra-se colocado na mesma casa, a 4ª, mas sem formar conjunção próxima com Júpiter. De qualquer modo, a presença de Ketu nesta casa não favorece os assuntos materiais e pode mesmo bloquear a posse de propriedades como terras e casas e veículos, sendo apenas favorável para o desenvolvimento espiritual.  A 4ª casa recebe ainda o aspeto da Lua, colocada na 10ª casa e de Rahu, obviamente e Vénus, regente da maléfica 8ª casa.

A 9ª casa contém o signo de Escorpião e recebe o aspeto do seu regente, Marte. Este é um aspeto excelente mas o poder de Marte está enfraquecido, como foi  referido.  Esta casa não recebe outros aspetos. Convém ainda referir que a 9ª casa está «cercada» por dois maléficos funcionais: Saturno, o regente da 12ª casa e Vénus, o regente da 8ª, além de Rahu, bem colocado por casa mas mal colocado por signo. Com esta «moldura», a sorte desta pessoa é de facto muito limitada!

Quanto aos restantes indicadores secundários da sorte para o Ascendente Peixes,  o Sol está colocado na 12ª casa em signo inimigo e lança uma névoa sobre as possibilidades de sucesso e de riqueza no plano social e material para esta pessoa.  Quanto a Júpiter, está melhor colocado mas a sua condição retrógrada, apesar de não lhe retirar força, faz com que os seus efeitos tenham relação direta com fatores kármicos e faz com que a sua ação, conforme temos constatado muitas vezes, se exprima essencialmente no plano espiritual ou psicológico, e não no plano físico e material. Assim, o determinante principal e os  secundários da sorte e da fortuna não são muito favoráveis para esta pessoa, que terá que trabalhar provavelmente bastante para alcançar o necessário para a subsistência.

O sucesso pessoal para este Ascendente determina-se em primeiro lugar pela 2ª casa, uma casa de desenvolvimento de competências, de aquisição de conhecimentos e de  bens materiais conquistados pelo esforço pessoal.  Tendo o signo de Carneiro e o seu regente colocado nesta casa, esta pessoa lutará para vencer na vida e será capaz de inovar e de usar a iniciativa e a coragem pessoais para fazer pela vida.  A 3ª  e a 5ª casas, bem como o Sol e Júpiter, dão indicações adicionais.  A 3ª casa tem a regência de Vénus, que rege também a maléfica 8ª casa. Encontra-se colocado na 10ª casa. A colocação do planeta funcional mais maléfico do horóscopo na 10ª casa do reconhecimento e do status não favorece o sucesso desta pessoa e também prejudica gravemente a sua felicidade e vida familiar, pelo aspeto que lança para a 4ª casa. Quanto à 5ª casa, esta tem regência da Lua,  também colocada na 10ª casa e em conjunção com Rahu, num grau anterior ao de Rahu, o que significa que este lança a sua sombra sobre a Lua e os seus significados, durante grande parte da vida. Quando a Lua forma um aspeto separativo (estando num grau superior ao de Rahu), normalmente na segunda metade da vida a pessoa torna-se capaz de se exprimir de forma  mais liberta mas quando o aspeto é aproximativo, como neste caso, a influência de Rahu faz-se sentir durante muito tempo, dificultando os significados da Lua- plano mental e percetivo, dimensão emocional, a relação com a mãe- na vida da pessoa, que pode sentir-se assoberbada  por uma grande instabilidade mental  e emocional que torna o seu comportamento imprevisível e compromete grandemente o seu sucesso, tanto no plano material como mental e emocional.  Acerca do Sol e de Júpiter já falámos.

Para o Ascendente Peixes  a riqueza infere-se da análise da 2ª casa como significador principal e, secundariamente, pela análise da 4ª, da 9ª e da 1ª casas, além de Júpiter e da Lua.

Pelo que dissemos até agora começamos a perceber que a riqueza  não será facilmente alcançada por esta pessoa  mesmo que ela se esforce para trabalhar em prol disso. A sua estabilidade mental e emocional são severamente ameaçadas pela conjunção entre  a Lua e Rahu e pela colocação do regente da 8ª casa na 10ª casa, afetando assim o desenvolvimento intelectual e a educação do nativo, que pode sofrer quebras e nunca se completar. A Lua, embora  esteja excelentemente colocada na 10ª casa, enquanto regente da 5ª, o que faz dela um yogakaraka, está seriamente comprometida pelo aspeto com Rahu e a sua força fica cativa deste planeta sombra. Júpiter dá algum apoio mas também está colocado no avastha da velhice, a 3 º do final do signo seguinte. Mas, quanto a nós, a sua condição retrógrada faz com que a sua ação seja diferente da que é habitual e que ele promova outros aspetos da vida da pessoa que não se relacionam com a sorte no plano material.

Usando o software que recomendámos,  observamos os períodos dasha para sabermos  em que altura  ocorrerão os períodos destes planetas. E vemos que o dasha de Marte, o principal indicador da sorte e da fortuna, decorreu entre abril de 1996 e abril de 2003. O período de Júpiter, o planeta mais favorável do horóscopo, decorrerá entre abril de 2021 e abril de 2037. Durante este período, talvez a sorte desta pessoa melhore, trazendo tranquilidade para o último período da sua existência. Durante este período poderá  receber alguma herança, área de vida que se analisa, , para este Ascendente,  através  da 8ª casa , do Sol e de Júpiter. Ora, a 8ª casa contém Saturno exaltado e , apesar de este reger a 12ªcasa, uma casa de perdas, a sua condição exaltada poderá  favorecer o nativo com a diminuição de dívidas e de despesas  ou com o recebimento de pequenas heranças ou legados. A verdade é que ,ao longo da vida, este homem recebeu várias pequenas heranças que lhe permitiram aliviar as dificuldades financeiras. De qualquer modo, como sucede geralmente com Saturno, estes ganhos são lentos e medianos. Saturno está também colocado no avastha da velhice. Júpiter também lança aspeto para a 12ª casa das dívidas, concedendo proteção em relação às despesas excessivas.

Os regentes da 5ª e  da 11 ª casas  mostram a possibilidade de ganhos e  de rendimentos para este Ascendente . Acerca da Lua já falámos, e vimos que a sua capacidade de tornar a sorte do nativo efetiva nesta vida está comprometida pela aflição de Rahu. Mas quanto ao regente da 11ª casa, Saturno, a sua condição exaltada na 8ª casa  mostra a possibilidade real ( e verificada ao longo da vida) de receber riqueza por herança. Tanto quanto sabemos, nunca recebeu  quantidades extraordinárias mas recebeu o suficiente para ir resolvendo as dificuldades financeiras.

Análise da D-2 Carta Hora

Mário Santos. C. Branco , Portugal

mario santos d-2

A D-2 é a carta divisional que nos permite analisar a riqueza e o dinheiro.  Vamos assim ver se confirmamos as tendências já encontradas no horóscopo e tentar ver mais claramente os seus pormenores.  Procuramos em primeiro lugar a colocação nesta varga dos indicadores principais da riqueza no horóscopo : Marte, regente da 2ª  e da 9ª casas na D-1 (horóscopo de nascimento)  e Mercúrio, regente da 4ª casa.  Como o Ascendente nesta varga é ocupado por um signo Mooltrikona, consideramos também o seu regente como indicador principal da sorte e sucesso, neste caso, trata-se de Saturno. Marte continua colocado no seu próprio signo, Carneiro, na 3ª casa. Esta é  uma casa upachaya e , por isso,  não  é uma má colocação para um planeta maléfico, indicando que a sorte melhorará com o tempo , de forma lenta mas gradual. Saturno está bem colocado, numa casa kendra , em aspeto com Mercúrio, também excelentemente colocado na 9ª casa. Os 3 indicadores principais da sorte e do sucesso estão todos em aspeto, pois Marte e  Mercúrio também estão em aspeto mútuo. Já quanto aos indicadores secundários da sorte e  sucesso, o Sol e Júpiter, vemos que o Sol está bem colocado numa casa upachaya, a 11ª . Júpiter, no entanto, tal como Vénus, estão colocados na maléfica 8ª casa onde verificamos a existência de um yoga que confirma a tendência para receber riqueza por  herança- um parivartana yoga- dainya yoga-  no qual o regente da 8ª casa, Mercúrio, está colocado no signo de Vénus, Balança, na 9ª casa, destruindo a sorte em geral  da pessoa enquanto Vénus, o regente da 9ª casa, colocado na 8ª casa, permite que a pessoa tenha sorte e receba «dinheiro não ganho» por herança ou  por legado. E este tipo de sorte é mesmo o mais visível que esta pessoa tem sentido ao longo da vida.  Esta varga também confirma  a gradual  melhoria das condições  da sorte  ao longo do tempo, acontecendo de forma lenta e em pequenas quantidades  mas permitindo a esta pessoa viver condignamente a sua vida.

Sorte e Riqueza- Ascendente Aquário

luc

Tendo por referência o horóscopo que analisámos num artigo anterior vamos hoje analisar outros aspetos relacionados com a «fortuna» geral (sorte na vida) e  com a riqueza. Temos presente a análise global do estado dos planetas e das casas do horóscopo, cuja importância explicámos  em  artigo anterior. Para consultar os significadores gerais para as áreas de vida do Ascendente Aquário,  clique aqui.

 Leitura da Fortuna Geral , Riqueza e Ganhos
Indicadores para esta área de vida do Ascendente Aquário

Analisamos a 9ª  casa como indicador principal . A 9ª casa está ocupada pelo signo Balança e a  posição do seu regente na 12ª casa  não é uma boa posição para a sorte no plano material, favorecendo apenas a vida espiritual e a vida sexual. Aa 9ª casa recebe apenas o aspeto de Ketu, que também não é o melhor indicador de sorte no plano material embora possa indicar interesse pelos conhecimentos e práticas espirituais. A posição de Ketu  no signo de Gémeos é também má, segundo a opinião de muitos astrólogos védicos ( e a nossa) pois este é  considerado por muitos como o signo de debilitação de Ketu. Assim, esta configuração relativa ao indicador principal da sorte mundana não é a mais favorável para esta pessoa e o  período dasha de Ketu (que felizmente esta mulher só experienciará no final da vida, se chegar a experienciar- inicia-se no ano de 2070) e os seus subperíodos em cada dasha podem ser situações difíceis uma vez que as duas casas da sorte  recebem o aspeto de maléficos.

A 4ª casa tem a regência de Vénus, também, o que torna mais difícil encontrar alternativa à situação pouco favorável da 9ª casa. Mas esta casa recebe o aspeto de Júpiter, que  não tem , um efeito  muito protetor dos significados desta casa, por estar debilitado, não atenuando os efeitos  menos positivos de Vénus. Não há outros aspetos para a 4ª casa.

Vemos  em seguida a 2ª casa, o Sol e Júpiter. A 2ª casa tem a regência de Júpiter e, mais uma vez, a informação não  é muito boa para o plano material: Júpiter está colocado na 12ª casa e no signo de debilitação. Esta mulher terá grande dificuldade para acumular riqueza através do trabalho principal- 2ª casa- mas também a partir de rendimentos de outras fontes alternativas. E, se o ganhar, terá certamente muitas despesas e dificuldade em fazer frente a todas elas. Este parece ser um padrão kármico muito forte no seu horóscopo. Júpiter tem aqui a valência dupla de regente das casas que se referem ao dinheiro e à riqueza- a 2ª e a 11ª- e de significador geral da sorte e o seu estado de debilitação, bem como a posição na 12ª casa  é muito penalizador para esta área de vida. O Sol é o único fator positivo e forte a indicar dinheiro mas a partir dos parceiros, esta parece uma constatação inevitável. Não há planetas colocados na 2ª casa nem aspetos para a mesma.

O sucesso  na realização pessoal para este Ascendente determina-se em primeiro lugar pela 3ª  Casa, uma casa upachaya, isto é, de crescimento, e que pode indicar melhoria das condições de sucesso à medida que o tempo vai passando e a partir dos esforços, aprendizagens e capacidades/talentos inatos desta pessoa, bem como do seu poder de iniciativa e de implementação de projetos pessoais. A 3ª casa é uma casa forte, ocupada por um signo Mooltrikona e que conta com a presença do seu regente , Marte, também o regente da 10ª casa, da carreira e do reconhecimento público, bem como, em geral, da ação da pessoa. Marte lança também aspeto para a 10ª casa, estando por isso em aspeto com ambas as casas que rege, o que é um excelente fator para atenuar outras fraquezas do horóscopo. E é Marte que lança a esperança para a possibilidade de esta mulher se erguer pelos seu próprio esforço, persistente e corajoso, sem desistir.  Poderá assim conquistar um espaço próprio e merecer o reconhecimento dos outros por aquilo que fizer na vida mas , se este reconhecimento e até a posição social, podem ser importantes na realização pessoal, mesmo assim terá que contar com os obstáculos à acumulação da riqueza.

A  2ª  e a 5ª casa, bem como o Sol e Júpiter, dão informações adicionais, como  outros indicadores secundários para a  realização pessoal. Da 2ª casa já falámos; a 5ª casa   tem regência de Mercúrio, sendo ocupada pelo signo de Gémeos.   A presença de uma conjunção próxima entre Saturno e Ketu na 5ª casa, apesar do estatuto de regente do Ascendente de Saturno, não ajuda a sorte nem os ganhos no plano especulativo, que podem falhar. E o aspeto que estes dois maléficos naturais lançam para a 11ª casa dos ganhos e rendimentos, também não ajuda pois restringe o acesso da pessoa à riqueza, diminuindo o seu fluxo ou retardando-o. A inteligência da pessoa não é prejudicada mas  o padrão kármico  que traz para esta vida é de oposição em relação à fácil fluidez de riqueza, influência, etc. .É pouco provável que receba dinheiro sem grande esforço ou que realize os seus sonhos sem ter que lutar primeiro por isso.

Para o Ascendente Aquário a riqueza infere-se da análise da 9ª casa como indicador principal e, secundariamente, pela análise da 4ª, da 1ª e da 2ª casas, além de Júpiter , de  Vénus e da Lua.

Pelo que dissemos até agora, sobre  a 9ª , a 2ª e a 4ª casas, a riqueza não chegará facilmente à vida desta pessoa. Quanto ao Ascendente, recebe o aspeto da Lua  o que , à partida ,é um bom aspeto, porém, neste caso trata-se do regente da 6ª casa e indica a possibilidade de a pessoa se poder ver, muitas vezes ao longo da vida, assoberbada com contas e com dívidas para pagar. Assim, vemos que este horóscopo revela não apenas a dificuldade em acumular riqueza mas também indica fortes possibilidades de a pessoa poder perder a riqueza que tenha acumulada ou que tenha recebido.

Quanto à possibilidade de ganhar dinheiro ao jogo ou de forma especulativa a 8ª casa  é o indicador principal e, secundariamente, vemos  o Sol e Júpiter.   A 8ª casa  tem a regência de Mercúrio, e este está colocado na 12ª casa das perdas e das despesas. Assim, temos fatores desfavoráveis nesta área nas duas casas que estão relacionadas com esta questão: a 5ª e a 8ª por isso não é provável que  esta mulher ganhe «dinheiro não ganho», seja por herança, especulação, jogo, ou por divórcio. Se o receber, este será gasto para pagar despesas que ela dificilmente poderá evitar.  Júpiter como, vimos, também nega esta possibilidade e o Sol é o único que indica que esta mulher poderá ter uma vida confortável através dos parceiros pessoais, principalmente o de vida. Porém, em caso de separação, dificilmente conseguirá  receber dinheiro.

O regente da 11ª casa e, secundariamente, da 2ª,  3ª e10ª casas, para além de Júpiter, Vénus e a Lua,  mostram a possibilidade de ganhos e  de rendimentos para este Ascendente .  Neste horóscopo em particular  Júpiter  é o principal indicador e, pela análise que fizemos atrás, podemos considerar que os ganhos e rendimentos serão escassos e dificilmente alcançáveis, exigindo muito esforço e criatividade pessoal para vencer esta dificuldade.

Quanto à solvência financeira, ou capacidade para equilibrar as despesas e os ganhos, aspeto particularmente importante para esta pessoa, dadas as indicações desfavoráveis no horóscopo, a 6ª casa é o indicador principal e a 2ª casa, a Lua e Vénus são os indicadores secundários. A 6ª casa tem regência da Lua e isso indica, devido à  sua mutabilidade , instabilidade no plano financeiro: a Lua, como constatámos no primeiro artigo, está numa fase que, sendo tecnicamente já minguante, está ainda muito clara pela proximidade de 3 dias depois da Lua cheia, sendo por isso forte, o que é um excelente indicador  para esta questão, pois atenua as dificuldades nesta área. Mas não evita os altos e baixos ao longo da vida.  Os outros indicadores secundários não ajudam muito: o regente da 2ª casa, Júpiter, está debilitado na 12ª; Vénus está colocado na 12ª casa e, certamente que será difícil inverter esta tendência de ter sempre mais despesas do que dinheiro disponível para as pagar.

 Análise da D-2 Carta Hora

Lúcia L

loreta d-2

A D-2 é a carta divisional que nos permite analisar a riqueza e o dinheiro.  Vamos assim ver se confirmamos as tendências já encontradas no horóscopo e tentar ver mais claramente os seus pormenores.  Procuramos em primeiro lugar a colocação nesta varga dos indicadores principais da riqueza no horóscopo : Vénus regente da 9ª  e 4ª casas na D-1 (horóscopo de nascimento) Júpiter, regente da 2ª  casa e Saturno, regente da 1ª casa.  O Ascendente desta varga não está ocupado por um signo Moltrikona mas o seu regente é o mesmo   que rege o Ascendente , Saturno, por isso damos-lhe importância acrescida.

Vénus está muito bem colocado, na 10ª casa e no seu signo Mooltrikona, conjunto com Júpiter. Saturno por seu lado, está muito mal colocado, na maléfica 8ª casa, em conjunto com ambos os nodos.  Desta casa lança aspeto para a 10ª, e para Vénus e Júpiter; lança também aspeto para a 2ªcasa, a  casa que representa a acumulação de riqueza e de status devido à profissão; e lança ainda aspeto para a 5ª casa. Embora não seja um indicador desta área, Marte continua colocado no seu signo Mooltrikona, Carneiro, na 4ª casa, lançando aspeto para a casa da carreira e mostrando que a pessoa pode fazer por alterar o seu destino, pela sua iniciativa. Porém, a presença destes grandes maléficos na 8ª casa e do regente do Ascendente nesta casa parece indicar de forma clara  que  obstáculos terão que ser vividos, e que tais obstruções são uma parte importante das experiências de vida desta mulher, cujo percurso de transformação e de evolução no plano espiritual é sem dúvida mais importante, nesta vida, do que as conquistas materiais.

A título de curiosidade, referimos também que as dificuldades que poderiam ser representadas  pelo dasha de Vénus na vida desta mulher serão poupadas porque ela nasceu durante o dasha de Vénus e, portanto, ao longo da vida experienciará apenas os subperíodos do planeta, o que diminui uma parte dos efeitos  negativos que isso pode causar. Já o dasha de Júpiter, entre 2018 e 2034, pode ser desafiador na área financeira a nível pessoal , embora possa ser uma oportunidade aprofundada para realização espiritual.

Sorte e Riqueza- Ascendente Balança

jovem

Tendo por referência o horóscopo que analisámos no artigo anterior para a área da carreira  e para o casamento, vamos hoje analisar outros aspetos relacionados com a «fortuna» geral (sorte na vida) e  com a riqueza. Temos presente a análise global do estado dos planetas e das casas do horóscopo, cuja importância explicámos  em  artigo anterior. Para consultar os indicadores gerais para as áreas de vida do Ascendente Balança, clique aqui.

Leitura da Fortuna Geral , Riqueza e Ganhos
Indicadores para esta área de vida do Ascendente Balança

Fortuna Geral– Analisamos  o Sol e Júpiter  como determinantes primários e, secundariamente, a 9ª  a 4ª e a 2ª casas.  O Sol rege a 11ª casa e está colocado na 10ª, o que é uma excelente colocação pois aqui o Sol tem força direcional e contribui decisivamente para a visibilidade da pessoa. O Sol recebe apenas o aspeto de Ketu, colocado na 6ª casa. Este aspeto indica que o nativo será capaz de derrotar os inimigos e opositores  mas terá que se confrontar, ao longo da vida, com pessoas ciumentas e inimigas que colocarão o seu esforço em trabalhar contra si. Estas pessoas  serão muitas vezes colaboradores , subordinados ou colegas de trabalho. Apesar de não  destruírem a sorte desta pessoa, serão um motivo de tensão ao longo da vida, encerrando por isso  lições específicas a aprender de caráter kármico.

Júpiter está colocado na casa que rege, a 3ª, no seu signo Mooltrikona, indicando  que a iniciativa, a coragem, motivação e  capacidade de aprendizagem do nativo estarão ao serviço da sua sorte. Júpiter forma uma assinatura de boa sorte com a Lua- o yoga Gaja-Kesari ;está em aspeto próximo  com Vénus, regente do Ascendente e com Marte, regente da 2ª casa, a casa da acumulação de riqueza. Há assim uma associação entre  este indicador principal da fortuna e a casa que rege o dinheiro ganho.

A 9ª casa tem regência de Mercúrio,  colocado na 11ª casa, uma posição  que beneficia  a sorte nos aspetos materiais da vida embora seja preciso atender ao caráter de maléfico funcional de Mercúrio, enquanto regente da 12ª casa. Mercúrio recebe o aspeto de Júpiter que é muito forte no horóscopo  e não recebe aspetos maléficos. Também não está enfraquecido por combustão, embora esteja «cercado» por maléficos, o Sol na 10ª casa e Rahu na 12ª. Esta configuração  poderá indicar que esta pessoa colocará uma parte dos seus ganhos ao serviço do «bem comum», ou para satisfazer objetivos espirituais de alguma forma, a seu favor ou da comunidade. A colocação de Mercúrio  na 11ª casa leva-nos a considerar que  esse dinheiro será gasto a favor de alguma causa comunitária.  A 9ª casa é uma casa forte no horóscopo pois contém a colocação do regente do Ascendente, Vénus; a colocação da Lua, regente da 10ª casa e a colocação de Marte, regente da 2ª e da 7ª casas. Isto indica um destino em que a sorte, a relação com conhecimento de caráter espiritual/filosófico/religioso e/ou países estrangeiros, bem como as parcerias pessoais,  terão um papel muito relevante no destino pessoal. O pai, um mestre ou professor pode exercer uma influência decisiva nesse destino.

A 4ª casa tem a regência de Saturno, colocado na 6ª casa, uma casa upachaya em que os planetas maléficos naturais dão excelentes resultados. Porém, esta colocação indica um ambiente de conflito ou de tensão no local de trabalho e /ou na relação com colegas e colaboradores ou subordinados. Haverá  inveja e ciúme em relação a este nativo e à sua sorte e esta pessoa terá que aprender a lidar com isso. Derrotará essas pessoas mas , atendendo ao caráter  e à personalidade de Balança, que lida muito mal com estes aspetos da vida, será preciso crescer espiritualmente para aprender a não se deixar atingir por estas formas de inimizade . De nada valerá sentir que elas são, porventura, injustas ou que nada fez para merecer essas experiências. Trata-se de um padrão que tem que enfrentar de forma decisiva , aceitando com humildade as suas lições  na sua vida sem comprometer a  identidade ou a sua felicidade com isso. Lembre-se de que uma das lições fundamentais de Balança é fortalecer a identidade sem se deixar submeter aos outros por medo do conflito. As virtudes do signo  oposto, Carneiro, terão que ser desenvolvidas.

A 2ª casa tem regência de Saturno, bem colocado na 9ª casa, como referido anteriormente, mostrando que  este jovem será ajudado pela sorte na acumulação de riqueza nesta vida.

O sucesso  na realização pessoal para este Ascendente determina-se em primeiro lugar pela 3ª casa, uma casa de  motivação e de desejo, de coragem e de iniciativa e, apesar da sorte inegável que está presente nas promessas do horóscopo, fica claro que também é preciso fazer algo  a nível pessoal para que essa sorte se revele na vida  e que esta pessoa deve usar os talentos naturais e a sua criatividade e aprendizagem para ser bem sucedido.

Secundariamente vemos a 2ª e 5ª casas.  O regente da 2ª casa, como vimos, está colocado na 9ª, o que representa o fator sorte a funcionar. Porém, o regente da 5ª, Saturno, está colocado na 6ª e esta colocação pode indicar um fator kármico forte na vida desta pessoa, indicando que ela deve prestar serviço aos outros, através da forma como realiza o seu destino pessoal. Por ex., esta colocação  indica muitas vezes alguém que traz para esta vida talentos que usou numa outra existência e que a inclinam para a repetição de uma dada profissão que tenha um caráter de prestação de serviços aos outros, como acontece na medicina ou outras profissões ligadas à prestação de cuidados e à saúde.  Quanto à 3ª casa,  esta tem regência de Júpiter, que também rege  a 6ª e está colocado na 3ª.   O caráter retrógrado de Júpiter indica que há fatores kármicos a determinar a ação do planeta na vida desta pessoa e que o poder de iniciativa e de motivação pessoal no uso de talentos naturais é decisivo para prestar serviço aos outros. Indica também uma «sabedoria» inata que deve ser aperfeiçoada e utilizada nesse serviço. O aspeto que lança para a 9ª casa e para os planetas que aí estão colocados envolve a carreira de forma muito forte e decisiva na realização da sorte ou «fortuna» do nativo nesta vida. Indica também que ele tem a capacidade de «fazer a sua própria sorte». Pode indicar também, eventualmente, a ligação a algum país estrangeiro.

Para o Ascendente Balança a riqueza infere-se da análise da 1ª casa como indicador principal e, secundariamente, pela análise da  2ª, 4ª, da 9ª, além de Júpiter e da Lua. A primeira casa não contém planetas colocados mas o seu regente está colocado na 9ª casa, o que pode indicar riqueza recebida do pai,  bem como sorte na obtenção  de riqueza. O  regente  da 2ª casa também está colocado na 9ª casa, reforçando  este aspeto e indicando a possibilidade de receber herança, para além do pai, de outras figuras de autoridade, incluindo a possibilidade de ganhar dinheiro em articulação com algum aspeto de caráter religioso ou organização religiosa. A pura sorte é também possível como fator para obter riqueza. A colocação do regente da 9ª casa na 11ª indica também a possibilidade de ganhar riqueza através de investimentos , jogo, especulação e de amigos influentes e poderosos, bem como das próprias oportunidades que a vida colocará à sua disposição. O fator destoante deste mar  de sorte é Saturno, o regente da 4ª casa, colocado na 6ª e que diz que, no seu percurso para acumular riqueza,  este jovem encontrará oponentes,  pessoas invejosas e ciumentas e  que farão o que puderem para o prejudicar. O nativo vencê-los-á mas terá que conviver com  a existência e a ação dessas pessoas a atormentar-lhe o sucesso e a  vida.

Usando o software que recomendámos,  observamos os períodos dasha para sabermos  em que altura  ocorrerão os períodos destes planetas. E vemos  quando estão ativos o dasha do Sol , de  Júpiter , Vénus e Marte (como regente do Ascendente da divisional D-2, ocupado por um signo Mooltrikona, Marte torna-se também um determinante principal). O dasha de Júpiter ocorreu no momento do nascimento e até 2006. Atualmente está ativo o dasha de Saturno que indica que as experiências de maior conflito com colegas e colaboradores serão vividas na fase inicial de vida, quando a personalidade está em formação  e em que poderão ter mais impacto. Este dasha termina em 2025. Entre 2025 e 2042 o nativo experienciará o dasha de Mercúrio , regente da 9ª casa . Este será um período em que a sorte estará presente mas também todos os fatores associados com a presença de Rahu na 12ª casa e a possibilidade de muitos dos resultados alcançados com a sua sorte deverem ser distribuídos através de alguma forma de serviço. Esta parece ser uma lição cósmica fundamental:  ao fim e ao cabo, a abundância de dinheiro que é colocada à disposição de alguém é um bem que vem da universalidade cósmica e, como tal, deve ser usufruído mas também partilhado, obedecendo ao princípio básico  de «dá e receberás, serve e serás servido».  No dasha de Mercúrio, os dois primeiros subperíodos não serão tão favoráveis- entre março de 2025 e agosto de 2028 mas os subperíodos seguintes, até julho de 2039, serão períodos de potencial grande prosperidade, pois estarão ativos os indicadores  principais da fortuna  no horóscopo, embora como subperíodos no dasha de Mercúrio. Depois  entre 2039 e 2042 estará ativo o subperíodo de Saturno e poderá ter que haver algum sacrifício através  da prestação de serviço. A partir de 2049  estarão ativos sucessivamente os  períodos dasha de Vénus, do Sol , da Lua e de  Marte, este último até 2092 e , sobretudo os 3 primeiros, são muito favoráveis para a acumulação de riqueza.

Quanto à possibilidade de ganhar dinheiro ao jogo ou de forma especulativa Júpiter e o Sol são os indicadores principais e a 8ª casa é o indicador secundário. A colocação do Sol na 10ª casa,  e a de Júpiter na 3ª parecem  indicar principalmente as atividades profissionais e as iniciativas pessoais, incluindo  o esforço e a motivação como fontes principais da sorte e dos ganhos.  A 8ª casa tem regência de Vénus , que está colocado na 9ª casa . Poderá haver alguns ganhos ao nível do jogo  mas não serão a principal fonte de acumulação de riqueza.  Como referido antes, esta pessoa pode herdar fortuna paterna mas outro tipo de heranças são menos prováveis.  A colocação de Vénus na 9ª casa é auspiciosa para a estabilidade na manutenção dos ganhos obtidos.

O regente da 11ª casa e, secundariamente, da 2ª,3ª e 10ª casas, para além de Júpiter, Vénus e a Lua, mostram a possibilidade de ganhos e  de rendimentos para este Ascendente .  O regente da 11ª casa é o sol e  está muito bem colocado na 10ª casa. Dos restantes regentes já falámos e  estão bem colocados:  o regente da 2ª Marte e o regente da  10ª, a Lua, estão colocados na 9ª casa da sorte; Júpiter está colocado na 3ª casa no seu signo Moooltrikona, acentuando o papel da iniciativa pessoal, da  aprendizagem, etc.,  não colocando dúvidas quanto à possibilidade de ganhar dinheiro e  de aumentar os rendimentos.

Para analisar a solvência financeira, ou o equilíbrio entre ganhos e despesas, analisamos  primeiro a Lua e Vénus  e, secundariamente, a 6ª e a 2ª casas. A Lua e Vénus estão colocados na 9ª casa da sorte; a 6ª casa tem a regência de Júpiter e contém Saturno e Ketu.  O caráter retrógrado de Saturno faz entender que há experiências kármicas relacionadas com os assuntos desta casa mas estas não são , na nossa opinião,  relacionadas com a falta de dinheiro mas antes com a forma como se decide gastar esse dinheiro, sendo  certo que esta pessoa deverá colocar uma parte do que ganha ao serviço  do bem de outros, fazendo fluir  a sua sorte de modo a que esta chegue também a  outros, até porque o regente da 2ªcasa, como referido, está também colocado na 9ª casa da sorte.

Análise da D-2 Carta Hora

Sérgio A

jean D-2

A D-2 é a carta divisional que nos permite analisar a riqueza e o dinheiro.  Vamos assim ver se confirmamos as tendências já encontradas no horóscopo e tentar ver mais claramente os seus pormenores.  Procuramos em primeiro lugar a colocação nesta varga dos indicadores principais da riqueza no horóscopo : Vénus, regente da 1ª casa na D-1 (horóscopo de nascimento)  , Marte, regente da 2ª casa, Saturno , regente da 4ª  e Mercúrio, regente da 9ª. Vemos também a colocação da Lua e de Júpiter, os planetas que dão riqueza. Vénus está colocado na auspiciosa 5ªcasa, uma excelente colocação. Marte está colocado na 6ª casa, uma colocação menos boa, embora de trate de uma casa upachaya. Atendendo a que se trata do regente do Ascendente nesta divisional, esta colocação confirma lutas e oposições no caminho do nativo. Saturno também não está muito bem situado, pois está colocado na 12ªcasa.  Quanto a Mercúrio está muito bem colocado, na 10ª casa.  O mesmo acontece com Júpiter, colocado com Vénus na 5ª casa. A Lua, por outro lado, está também colocada na 6ªcasa.

Estas indicações mostram que  este jovem terá sorte na aquisição de bens materiais mas  este não deve ser visto como o objetivo central da sua vida mas antes como um meio para atingir maior desenvolvimento espiritual. As lições da sua vida estão relacionadas com o serviço, com a capacidade de  contribuir para o bem maior. Veja-se que as colocações dos planetas que parecem menos favoráveis em termos materiais são na 6ª e na 12ªcasas, o eixo kármico por excelência da prestação de serviço. A sua lição parece-nos clara: é preciso equilibrar o dar e receber nas nossas vidas e reconhecer que a nossa sorte  não é para ser fechada num círculo apenas nosso, mas é apenas o instrumento para sermos melhores dando algo de nós aos outros.

Sorte e Riqueza- Ascendente Gémeos

ent

Tendo por referência o horóscopo que analisámos no artigo inicial para o Ascendente Gémeos vamos hoje analisar outros aspetos relacionados com a «fortuna» geral (sorte na vida) e  com a riqueza. Temos presente a análise global do estado dos planetas e das casas do horóscopo, cuja importância explicámos  em  artigo anterior. Para consultar os significadores gerais para as áreas de vida do Ascendente Gémeos, clique aqui.

Leitura da Fortuna Geral , Riqueza e Ganhos
Significadores para estas área de vida do Ascendente Gémeos

Fortuna Geral–  Analisamos a 9ª  casa como fator principal . A 9ª casa está ocupada pelo signo Aquário, um signo que tem regência  de Saturno.   No nosso horóscopo temos Saturno colocado na 3ª casa, o que é uma boa colocação atendendo a que se trata de uma casa de «crescimento» (upachaya), embora esteja  num signo inimigo, pois está no signo do Sol. O planeta lança aspeto  para a 9ª casa, o que é um excelente indício de sorte porém, provavelmente esta pessoa terá que enfrentar fracassos antes de ter sorte e esta só vem depois de muito trabalho e sem ajuda de ninguém.  Mas o sucesso e os desejos da pessoa são preenchidos, na segunda metade da vida.  Esta é , deste modo, a indicação típica de sucesso construído pela própria pessoa e pelo seu trabalho e mérito. Saturno nunca dá nada «de graça».

Secundariamente vemos  a 4ª e a 2ª casas, o Sol e Júpiter. A 4ª casa tem regência de Mercúrio e o seu regente, que é também o regente do Ascendente, está colocado nesta casa, bem como o Sol e Rahu como já foi amplamente analisado no 1º artigo.  A configuração da 4ª casa confirma que os sucessos reais da pessoa só serão efetivos na 2ª metade da sua vida, passados os trinta anos.  Também revela a concentração dos desejos da pessoa na família e nos bens/propriedades desta, havendo uma ligação forte com as raízes familiares , porventura a terra onde nasceu e a vontade de triunfar nesse meio que dá segurança e conforto ou felicidade subjetiva à pessoa.

A 2ª casa tem a regência da Lua, colocada na 1ª casa, no signo Gémeos.  Esta posição indica uma pessoa que se faz a si mesma pelo trabalho   e pelo esforço próprio. O que conquistar na vida, será merecido e será grandemente fruto do esforço pessoal para se elevar e para  vencer na vida. Adquirirá conhecimentos e competências necessários para alcançar o que deseja , sendo dona de excelentes capacidades de discurso , imaginação e capacidade de persuadir usando a delicadeza, os conhecimentos e uma forma suave de interagir com os outros. Porém, a regência da 2ª casa  pela Lua indica também a possibilidade de mudanças frequentes no plano profissional e também na aquisição de riqueza, podendo haver altos e baixos ao longo da vida nesta  área. Assim, será uma boa opção poupar nos tempos de maior abundância para minorar estes efeitos.

Os indicadores secundários para a sorte e a fortuna  são o Sol e Júpiter . O Sol rege a 3ª casa e Júpiter rege a 7ª e a 10ª casas. A 3ª casa reenvia para as capacidades empreendedoras da pessoa , para a sua inteligência e talentos naturais; Júpiter rege duas casas que também remetem para a vida profissional , para as parcerias e para a relação com países estrangeiros. Tanto o Sol como Júpiter estão colocados em casas kendra, o Sol lança aspeto para a 10ª casa da profissão e Júpiter também lança aspeto para a casa que rege-a 7ª-  bem como para as restantes casas da sorte, a 5ª e a 9ª. Assim, os dois planetas favorecem a sorte conquistada pela pessoa através do seu espírito empreendedor e talentos naturais , da realização profissional e da formação de parcerias pessoais, incluindo o casamento.  Os períodos dasha e /ou subperíodos destes planetas podem por isso  trazer boas oportunidades a este nível, desde que Saturno, o principal indicador para a sorte, esteja também bem disposto por trânsito ou esteja ativo no seu próprio dasha. O dasha de Mercúrio está operante, desde 2006 e até outubro de 2023.  O subperíodo atual neste dasha é o da Lua que é bom para a aquisição de novas competências e para aprendizagens e também favorece a aquisição de outros bens. Estará ativo até março de 2015. Mas  deverá estar  particularmente atenta ao subperíodo de Júpiter, que ocorrerá entre outubro de 2018 e janeiro de 2021, bem como ao último subperíodo neste dasha, que é o de Saturno, o determinante primário da sorte para este Ascendente e que estará ativo até outubro de 2023.  Estes anos poderão trazer a maturação da  sorte na vida desta pessoa, concretizada em realizações concretas na vida pessoal e profissional.

O sucesso  na realização pessoal para este Ascendente determina-se em primeiro lugar pela 3ª  casa, uma casa de  competências de comunicação, de aquisição de conhecimentos, de talentos artísticos, de iniciativa e de motivação para  alcançar o que  se pretende e, secundariamente, pela 2ª e 5ª casas, pelo Sol e  por Júpiter.   A 3ª casa tem regência do Sol, sendo ocupada pelo signo Leão. Este é um signo muito forte e os planetas aqui colocados- neste horóscopo Saturno, o regente da 9ª casa e Vénus , regente da 5ª- veem os seus efeitos potencialmente amplificados pela iniciativa e pela coragem da pessoa, que é capaz de trabalhar de forma criativa para alcançar o que pretende. O regente da 3ª casa , o sol, está colocado na 4ª, o que pode indicar um interesse da pessoa por propriedades, por negócios relacionados com terras, quintas,  veículos ou imobiliário, educação e  aprendizagem, etc. Esta pessoa precisa de uma ligação às suas raízes ancestrais para se sentir realizada, e pode tentar reproduzir na sua vida familiar as condições que associou na sua mente profunda a essa vida feliz.

Vénus, o regente da 5ª casa, está colocado na 3ª, dando uma grande capacidade de iniciativa e de coragem a todas as ações bem como talentos artísticos ou de comunicação pronunciados. Esta é uma pessoa que toma a iniciativa de criar as suas próprias oportunidades na vida . Vénus  também assegura que os desejos mais importantes  serão realizados e confere-lhe ainda talento literário ou artístico, acentuando as suas características intelectuais.  A 5ª casa recebe o aspeto do regente da 9ª casa, Saturno,  o que é outro excelente indicador de sorte . Também recebe, como referido, o aspeto de Júpiter, o que sem dúvida é um excelente indicador  de sorte. Esta pessoa terá que trabalhar mas os seus esforços não serão em vão.

Para o Ascendente Gémeos  a riqueza infere-se da análise da 2ª casa como indicador principal e, secundariamente, pela análise da 4ª, da 9ª  e da 1ª casas, além de Júpiter e da Lua. Como referimos, a Lua , devido à sua instabilidade e mudanças frequentes, pode causar altos e baixos no plano financeiro e na acumulação de riqueza, sobretudo quando o regente do Ascendente- Mercúrio- também ele muitas vezes enfraquecido devido à sua mutabilidade e estado de combustão, não consegue assegurar a força geral do horóscopo. Neste caso, Mercúrio está colocado no  signo de exaltação , Virgem e está forte, apesar de ainda combusto pela proximidade do Sol. A Lua também ainda está na fase brilhante e pode assegurar  um nível razoável de bens e de  acumulação de riqueza.  Da 4ª casa já falámos atrás e convém marcar o facto de a vida desta pessoa, no que diz respeito à possibilidade de aquisição de riqueza ,está  claramente dividida, sendo potencialmente muito mais favorável a  sorte a partir da maturidade.  Quanto à 1ª casa, a presença de Júpiter e da Lua na 1ª casa,( configurando um yoga Gaja Kesari) bem como de Marte, o regente da 11ª casa dos ganhos e da realização dos desejos e ambições pessoais, são excelentes indicadores da capacidade de ganhar riqueza a partir dos dons pessoais. Estes incluem os que já dissemos antes e também a coragem, o espírito de iniciativa e de empreendedorismo, os conhecimentos e os dons de espírito ou a sabedoria conferida por Júpiter, quando ocupa a 1ª casa. Tudo isso concorre para favorecer a sorte desta mulher.  A posição de Vénus na 3ª casa onde está também colocado Saturno, o regente da 9ª casa, indica que é possível acumular e guardar o que se ganha, o que é outra boa indicação.

Quanto à possibilidade de ganhar dinheiro ao jogo ou de forma especulativa Júpiter  é o significador principal e ainda o Sol e a 8ª casa.  Já vimos que Júpiter está muito bem colocado, lançando aspeto  para as casas da sorte, o que é um bom indicador.  O regente da 8ª casa é Saturno que , para além de reger também a 9ª casa, lança aspeto para  a 5ª e a 9ª, outro bom indicador.  Assim, poderá haver ganho de riqueza  por especulação, herança ou indemnização de seguros, legado, investimentos na bolsa, etc., sobretudo durante os subperíodos destes planetas. (Júpiter e Saturno).

A 11ª  e 2ª casas e, secundariamente, a 3ª e a   10ª, para além de Júpiter, Vénus e a Lua,  mostram a possibilidade de ganhos e  de rendimentos para este Ascendente .  Neste horóscopo em particular,  Marte , regente da 11ª casa, está colocado na 1ª casa; a Lua, regente da 2ª, está colocado na 1ª casa. Júpiter, indicador secundário, está colocado na 1ª casa. Assim, os ganhos e rendimentos virão sem dúvida das características e dos esforços desta pessoa, confirmando-se assim o que já havíamos analisado antes. O regente da 3ª está na 4ª , o que também pode indicar ganhos obtidos a partir da gestão de bens móveis  e imóveis, incluindo terras ou quintas.

Análise da D-2 Carta Hora

Ana R

 sílvia D-2

A D-2 é a carta divisional que nos permite analisar a riqueza e o dinheiro.  Vamos assim ver se confirmamos as tendências já encontradas no horóscopo e tentar ver mais claramente os seus pormenores.  Procuramos em primeiro lugar a colocação nesta varga dos significadores principais da riqueza no horóscopo : a Lua, regente da 2ª casa na D-1 (horóscopo de nascimento) Saturno, regente da 9ª  casa, Mercúrio, regente da 1ª e da 4ª casas e Júpiter.  A Lua  está colocada na 2ª casa e rege a 12ª, o que é uma posição mediana, podendo indicar algumas perdas financeiras ; Saturno está colocado na 5ª casa, o que é uma boa colocação; Mercúrio, regente do Ascendente e da 4ª casa na D-1, está debilitado e colocado na 8ª casa, o que é decididamente uma má colocação. Júpiter está muito bem colocado no Ascendente desta varga, estando em aspeto com Saturno  e com a 5ª casa o que faz dele um dos melhores indicadores para  a sorte na área financeira.  E, como o Ascendente nesta divisional é ocupado por um signo Mooltrikona, Leão, o Sol torna-se também um indicador principal de riqueza para este horóscopo  e está colocado na 7ª casa, a partir da qual lança aspeto para o Ascendente, o que é um bom indicio para sorte a partir das parcerias.

Assim, a partir das configurações analisadas, concluímos que alcançar sorte e riqueza não será um «passeio» de facilidades para esta jovem mulher e que ela defrontará na primeira parte da vida vários falhanços , só começando a encontrar sorte real  depois dos 30 anos. Depois dessa altura o sucesso está ao seu alcance, através do trabalho e da exploração dos seus dons naturais, sendo possível que continue a ter alguns períodos de  instabilidade na sorte pessoal mas com excelentes hipóteses de, através da disciplina de gastos e da inteligência nos investimentos, alcançar uma posição confortável e independente na  vida.

Sorte e Sucesso-Ascendente Virgem

manul

Tendo por referência o horóscopo que analisámos no artigo anterior para a área da carreira  e para o casamento, vamos hoje analisar outros aspetos relacionados com a «fortuna» geral (sorte na vida) e  com a riqueza. Temos presente a análise global do estado dos planetas e das casas do horóscopo, cuja importância explicámos  em  artigo anterior. Para consultar os significadores gerais para as áreas de vida do Ascendente Virgem, clique aqui.

Leitura da Fortuna Geral , Riqueza e Ganhos
indicadores para estas área de vida do Ascendente Virgem

Fortuna Geral–  Analisamos a 4ª   e a 2ª casas como fatores principais . A 4ª casa está ocupada pelo signo Sagitário, o signo  Mooltrikona de Júpiter , um planeta geralmente associado com a riqueza e com a sorte. No nosso horóscopo  Júpiter está muito bem colocado para assegurar riqueza pois está colocado na casa das posses, a 2ª mas a sua colocação exatamente no início do signo de Balança torna-o fraco, o que diminui consideravelmente a sua capacidade para promover a riqueza através da sorte. A 2ª casa tem a regência de Vénus, que tem resultados mistos nesta casa. Favorece a poupança porque torna o nativo forreta mas dá talento artístico ou para a comunicação, promove a energia motivacional da pessoa para fazer coisas, nomeadamente para ganhar dinheiro e, deste modo, Vénus trabalha para aumentar a riqueza do nativo, que gasta grande parte do seu esforço na aquisição de bens e de  riqueza material. A iniciativa da pessoa  está ao serviço da obtenção de ganhos.  A 2ª casa contém o Sol, a Lua e Júpiter, colocando grande ênfase na área  das posses e aquisições, que ocupam o palco central na vida desta pessoa. Como vimos anteriormente na análise geral deste horóscopo, o Sol está debilitado, a Lua  forma um yoga de sorte e de  proteção com Júpiter mas este tem pouca força no horóscopo e, por essa razão, as aquisições e posses serão alcançadas mais através do esforço e da motivação pessoal do que da sorte em sentido puro.

Secundariamente vemos  a 9ª casa, o Sol e Júpiter. A9ª casa tem regência de Vénus e o seu regente está colocado na 3ª casa a partir da qual lança um aspeto para a casa que rege. Mais ainda, Vénus lança um aspeto  próximo para o ponto mais efetivo da 9ª casa,  e a sua influência é por isso muito auspiciosa.  Olhando para os períodos dasha desta pessoa, usando  o software recomendado, vemos que o período de Vénus, que poderia trazer considerável aumento de riqueza, ocorre tarde, entre 2060 e 2080, quando esta mulher tiver 80 anos de idade. Assim, é preciso estar atento aos subperíodos de Vénus pois podem trazer eventos de sorte para a sua vida e para a aquisição de bens e de riqueza.  O próximo subperíodo de Vénus ocorrerá entre novembro de 2023 e janeiro de 2027, no dasha de Saturno. Deverá estar atenta às oportunidades que surgirem nessa altura. A 9ª casa é a casa da sorte que construímos  durante esta vida, pela preparação  e competências que adquirimos e isto adequa-se particularmente a este caso, pois os indicadores secundários, Sol e Júpiter, já vimos que estão fracos para proporcionar «pura sorte». Mas se a pessoa souber discernir as boas oportunidades que ela mesma cria através das suas iniciativas e esforço pessoal, durante os subperíodos de Vénus poderá ver a  «sorte» do seu lado.

O sucesso  na realização pessoal para este Ascendente determina-se em primeiro lugar pela 2ª  casa, uma casa de  aquisição  de competências, de conhecimentos, de bens e de riqueza em geral. Isto significa que , para esta pessoa, o sucesso é algo interpretado como a quantidade de posses que a pessoa consegue alcançar, sejam elas materiais ou intelectuais/espirituais, emocionais, etc (a família é também uma posse significada por esta casa). Como vimos, o regente da 2ª casa  está colocado na 3ª e  o regente da 4ª está colocado na 2ª pelo que o sucesso desta pessoa está em grande parte dependente  das competências e posses que a pessoa adquire e está o serviço das suas iniciativas e empreendimentos pessoais. A 3ª casa, onde está colocado o regente da 2ª, é uma casa de crescimento (upachaya) e isso indica que , ao longo da sua vida, esta pessoa será capaz de aplicar de forma  sucessivamente mais eficaz  os conhecimentos e os ganhos  de modo a aumentá-los . A motivação da pessoa e o seu desejo de ser bem sucedida são ingredientes essenciais  do próprio sucesso que ela consegue alcançar.

Secundariamente analisamos a 3ª   e a 5ª casas, o Sol e Júpiter.  A 3ª casa tem regência de Marte que está bem colocado por signo mas mal colocado por casa: encontra-se na 12ª casa, uma casa de gastos e de perdas e há o risco de esta pessoa ver escoar-se o  esforço do seu trabalho devido a situações em que  há despesas para pagar causadas pelo cônjuge, por ex. Marte rege a maléfica 8ª casa que é a casa dos laços conjugais. Quando o regente da 8ª está colocado na 12ª a pessoa não recebe dinheiro do parceiro mas, neste caso, pode ainda ter que gastar os meios de ambos por ex., devido a uma situação de doença do cônjuge ou por outra razão que torna difícil e problemático conseguir conservar o dinheiro resultante de qualquer parceria. Esta pessoa deverá evitar formar parcerias de trabalho pois tende a perder o dinheiro ganho para o parceiro. Ela própria pode ter problemas de saúde que a obriguem a gastar muito dinheiro para lhes fazer face. Quanto ao Sol e a Júpiter, a sua ajuda neste caso é fraca: o Sol, para além de estar debilitado, rege a 12ª casa e a sua colocação na 2ª indica dificuldade em manter o dinheiro ganho pelo próprio esforço. Júpiter dá alguma ajuda pela colocação na 2ª casa mas não supera esta dificuldade. Podem ocorrer obstruções e obstáculos de vária ordem que obrigarão a pessoa a gastar sistematicamente o que ganha, não conseguindo dessa forma acumular tudo o  que deseja.

Para o Ascendente Virgem  a riqueza infere-se da análise da 2ª casa como indicador principal e, secundariamente, pela análise da 9ª, da 4ª e da 1ª casas, além de Júpiter e da Lua.

Pelo que dissemos até agora, começamos a perceber que a riqueza alcançada por esta mulher será principalmente devida ao desenvolvimento de uma carreira  que se baseia no desenvolvimento do esforço pessoal e na motivação que ela tem para sair vencedora.  A  posição do regente da 9ª casa  na 3ª assegura  que os talentos pessoais, artísticos, relacionados com a comunicação, com a aprendizagem e com  a escrita ,com  a capacidade de análise e discriminação terão um papel importante nas aquisições e acumulação de riqueza. Esta será essencialmente fruto do esforço próprio e do trabalho. Haverá uma contínua atenção por parte da pessoa no esforço para melhorar o seu status  e conforto material na vida e a riqueza alcançada será proporcional a esse esforço. Isto  é confirmado pela presença do regente da 9ª casa na 3ª, indicando que os esforços da pessoa são recompensados e que as viagens, pequenas ou mais longas, ou o pai, poderão desempenhar um papel importante neste processo, o mesmo acontecendo com os irmãos. O yoga Gaja Kesari entre a Lua e Júpiter na 2ª casa também é favorável para este  objetivo, apesar de a fraqueza de Júpiter limitar o seu alcance. A 1ª casa está ocupada pelo regente do Ascendente , o que é uma excelente colocação, embora este esteja retrógrado, pois indica uma consciência muito clara do que se pretende da vida. Saturno está também aqui, em conjunção com Mercúrio. Parece haver um propósito firme de entrelaçar o que esta pessoa fará da sua vida com o  desenvolvimento de uma identidade que é marcada pelo modo como ela se exprime no plano profissional , pelo uso dos seus dons criativos e pela sua capacidade de serviço e de compromisso com os deveres e responsabilidades do quotidiano (as casas envolvidas são a 1ª, 10ª, 5ª e 6ª). Trabalhar, para esta pessoa, é construir uma identidade que faz a ponte entre o seu passado e as suas escolhas presentes.

Quanto à possibilidade de ganhar dinheiro ao jogo ou de forma especulativa ou por herança, a 8ª casa é o significador principal e ainda o Sol e Júpiter.  A 8ª casa tem regência de Marte , colocado na 12ª casa . Esta posição  não indica ganhos, mas antes muitas despesas e dívidas,  e ausência de benefícios materiais a partir dos parceiros e cônjuge. Assim,  esta pessoa deve evitar especulações e jogos de azar. Se receber alguma herança esta pode vir com encargos associados, de modo que a pessoa terá que gastar para a receber.

As casas que dão riqueza, para este Ascendente são a 11ª  e, secundariamente, a 5ª.  A 11ª casa tem regência da Lua e esta tem que estar forte porque indica altos e baixos nos ganhos e  rendimentos. Uma Lua forte conseguirá, no entanto, atrair muita riqueza para estes nativos.  Neste horóscopo a Lua não tem uma força excecional  mas tem força suficiente para alcançar riqueza. Rahu está também colocado na 11ª casa e favorece os ganhos. Porém, o mesmo não se pode dizer de Ketu, colocado na 5ª casa, prejudicando a sorte especulativa da pessoa. Mas Ketu ajuda a aumentar os dons da inteligência dotando a pessoa de grande capacidade de análise e discriminação e esses dons naturais podem ajudá-la a alcançar riqueza pelo próprio esforço.  A 5ª casa tem regência de Saturno, colocado no Ascendente. A capacidade criativa da pessoa está ao  serviço do desenvolvimento pessoal  e do seu  propósito de vida.  o desenvolvimento de um propósito de vida forte é um dos «ganhos» fundamentais que o nativo pode alcançar.

Os ganhos e rendimentos são vistos pela 11ª casa e pela 2ª casa e, secundariamente, pela 10ª e 3ª casas.  A 10ª casa tem regência de Mercúrio, o regente do Ascendente e a presença deste na 1ª casa indica que os ganhos da pessoa dependem realmente das qualidades que ela desenvolver nesta vida e da sua capacidade de iniciativa e de esforço.

Finalmente vemos a solvência financeira através da 6ª casa e da 2ª e , secundariamente, da Lua e  de Vénus. A 6ª casa tem regência de Saturno, colocado na 1ª casa.  A 2ª casa tem regência de Vénus, colocado na 3ª. Estas duas casas apontam para as qualidades da pessoa, para a sua inteligência e capacidade de iniciativa e de trabalho.  A colocação de Vénus  indica ainda que a situação financeira irá melhorando com o tempo.

Análise da D-2 Carta Hora

Teresa S

Sebastião do Paraíso, Brasil

 Vanesa D-2

A D-2 é a carta divisional que nos permite analisar a riqueza e o dinheiro.  Vamos assim ver se confirmamos as tendências já encontradas no horóscopo e tentar ver mais claramente os seus pormenores.  Procuramos em primeiro lugar a colocação nesta varga dos significadores principais da riqueza no horóscopo : Vénus, regente da 2ª  e da 9ª casas na D-1 (horóscopo de nascimento) Júpiter, regente da 4ª  casa. Vénus está muito bem colocado na 5ª casa e este indicador é reforçado pelo facto de, nesta varga, Vénus ter a regência da 9ª e da 4ª casas, sendo por isso um yogakaraka, ou  planeta de grande poder para alcançar riqueza.  Saturno rege o Ascendente nesta varga e está colocado no Ascendente, juntamente com Mercúrio, que rege  o Ascendente na D-1 e a 5ªcasa nesta varga . O único senão para esta bela configuração é que Mercúrio também rege, nesta varga, a maléfica casa das obstruções, a 8ª e que a sua colocação na 1ª casa  é  também uma posição que indica problemas para a  ação individual . O sol está colocado na 3ª casa, nesta varga, no signo de exaltação, e acompanhado de Júpiter e da Lua, mostrando a importância dos talentos pessoais , da motivação e da iniciativa desta pessoa na realização do seu destino pessoal. A colocação de Júpiter nesta casa não  é  considerada uma  das melhores mas  sem dúvida que, pelo aspeto para a 9ª casa, ajuda a implementar a sorte da pessoa. Rahu e Ketu encontram-se ambos na 10ª casa, revelando contradições entre a vida familiar e profissional , talvez indicando objetivos e/ou interesses em luta nestas duas áreas da vida. Marte, o regente da 3ª e da 10ª casas está   colocado na 11ª o que indica a capacidade inequívoca desta pessoa para obter rendimentos e ganhos.

Assim, não há dúvida de que  a divisional é muito favorável para a obtenção de ganhos para esta pessoa. No entanto, há que não esquecer que  nada pode ser oferecido pelas divisionais que não esteja implicitamente prometido pela Carta  de nascimento. Mas é sem dúvida um consolo perceber que esta varga permite ver que  uma das áreas de vida mais importantes para esta mulher  pode ver suavizados os obstáculos ao seu sucesso.