Efeitos Gerais dos Antardasa no Dasa de Ketu 2

lua

Antardasa do Sol

Este período tem a duração de 5 meses e dá resultados mais efetivos a partir dos 22 anos, idade de maturação do Sol. Para avaliar os seus efeitos procedemos como descrito em artigos anteriores: vemos a casa de colocação do Sol e a casa que este rege, os aspetos que recebe na posição de nascimento, o nº de casas que o separam do regente do Dasa (Ketu) e os trânsitos recebidos durante o subperíodo.

Este período, desde que não exista um  nº de casas difícil entre Ketu e o Sol ( o pior é o de 6/12 casas de separação) pode trazer uma «iluminação interior» com o foco na intuição, que melhora  e  se torna mais sensível neste período. Pode haver um desejo de conhecer lugares distantes sagrados, que inspirarão o nativo.

O casamento pode ocorrer, como em qualquer subperíodo do Sol, se este tiver a regência do  navamsa da 1ª ou da 7ª casa  e houver um trânsito de Rahu/ Ketu pelos eixos primários do horóscopo.

Quando rege a 2ª ou a 7ª casa do horóscopo, (Ascendente Caranguejo e Ascendente Aquário respetivamente) o Sol pode adquirir características maraka no seu subperíodo, indicando o final da existência, se isso for confirmado pelo resto do horóscopo.

Segundo Parashara, são os seguintes os efeitos deste antardasa:

Quando o Sol está colocado no signo de exaltação ou no próprio signo, ou quando está em conjunção com um planeta benéfico ou recebe o aspeto de um planeta benéfico , ou quando está colocado numa casa kendra ou trikona ou na 11ª casa, no seu subperíodo há ganhos de riqueza financeira, benefícios do governo, realização das ambições e inclinação para fazer boas ações.

Quando o Sol está colocado com um ou mais planetas maléficos na 8ª ou 11ª casa, no seu antardasa haverá perigos vindos do governo e das autoridades, separação dos familiares próximos, viagem forçada para país estrangeiro, perigo vindo de ladrões, de venenos e animais venenosos, castigos do governo, desentendimentos com os amigos, tristezas, doença (febres).

Quando o Sol está colocado numa casa kendra ou trikona ou na 2ª ou 11ª a partir do regente do Dasa (Ketu), o subperíodo traz boa forma física, ganho de riqueza financeira, nascimento de um filho (se desejado), liderança de uma pequena comunidade, sucesso na realização de boas ações.

Quando o Sol está associado com um planeta maléfico na 8ª ou 12ª casa a partir do regente do Dasa (Ketu), o seu subperíodo traz medos, perda de riqueza financeira e outros bens (no original gado), escassez de alimentos.

Quando o Sol rege a 2ª  (Ascendente Caranguejo) ou a 7ª casa (Ascendente Aquário), no seu período haverá medo de morte prematura.

Para além dos aspetos referidos, há ainda a considerar que, no começo do antardasa haverá sofrimento,  que será mitigado mais para o final do período.

Antardasa da Lua

Este antardasa tem a duração de 7 meses e dá resultados mais efetivos a partir dos 24 anos, idade de maturação da Lua. Para avaliar os seus efeitos, temos em conta os procedimentos referidos antes mas também devemos analisar a casa que a Lua rege e onde está colocada contadas a partir da colocação da Lua. Além disso, teremos em conta o trânsito de Rahu e Ketu , bem como o dispositor da Lua, isto é, o planeta que rege o signo e a casa onde se encontra colocada a Lua pois todos estes fatores influenciam os resultados deste período.

Os períodos lunares são períodos de marcada sensibilidade e emoções, originando a necessidade de buscar segurança , talvez mergulhando nas rotinas do dia-a-dia, na via doméstica, nas raízes profundas que dão segurança geral, nos cuidados da família, etc.. Muitas pessoas beneficiam da proximidade do mar, bem como do abrigo de um local reservado fora das agitações mundanas.

Os períodos da Lua são benéficos para a realização do casamento, se a Lua tiver a regência  do  1º  ou 7º navamsa da 1ª ou 7ª casa e houver um trânsito de Rahu/Ketu por um ângulo primário do horóscopo.

Quando o nº de casas entre a Lua e Ketu é harmonioso, este pode ser um período de forte sensibilidade psíquica e aumento de intuição. Quando o ângulo  entre Ketu e a Lua é  difícil, pode haver conflitos entre o desapego causado por Ketu e a procura de proximidade afetiva que tenta atender aos desejos e necessidades da família.

Segundo Parashara, são os seguintes os efeitos deste antardasa:

Quando a Lua está colocada no seu próprio signo ou signo de exaltação, ou está colocada numa casa kendra ou trikona, ou na 2ª ou 11ª casa, o subperíodo traz entusiasmo, bem-estar, diversão e alegria, recompensas do governo, aquisição de casa, veículo e/ou terras, fartura de alimentos, roupa e outros bens e confortos, sucesso nos negócios, contributo para alguma obra que beneficia a comunidade, felicidade para o cônjuge e para os filhos. Estes resultados serão ainda mais significativos se a Lua estiver cheia ou muito brilhante no nascimento.

Quando a Lua está colocada no signo de debilitação, ou  na 6ª, 8ª ou 12ª casa o nativo experienciará infelicidade no seu subperíodo, agonia mental, obstáculos nos empreendimentos e perdas nos negócios, destruição dos bens possuídos, separação da família.

Quando a Lua está colocada numa casa kendra ou trikona ou na 11ª casa a partir  do regente do Dasa (Ketu) e, além disso, está forte no horóscopo, o seu subperíodo traz  aquisição de terras agrícolas, aquisição de uma ou mais vacas , encontro com os parentes e ganhos através deles,  aumento dos animais domésticos. (esta previsão dos efeitos está de acordo com o estilo de vida dos tempos antigos, os leitores deverão transpor para as suas vidas atuais alguns destes efeitos, uma vez que a maioria vive nas cidades, onde as vacas aparecem apenas  em imagens à distância, não fazendo parte do dia-a-dia da maioria).

Quando a Lua está colocada na 6ª, 8ª ou 12ª casa a partir do regente do Dasa (Ketu) no seu subperíodo haverá perda de riqueza financeira, ansiedade, desentendimentos com a família (especialmente os pais), sofrimento dos irmãos.

Quando a Lua rege a 2ª casa (Ascendente Gémeos), a 7ª casa  (Ascendente Capricórnio)ou a 8ª casa (Ascendente Sagitário) no seu subperíodo há perigo de morte prematura.

Para além dos efeitos referidos, há que ter em conta que , no começo do antardasa haverá resultados auspiciosos, a meio do período haverá bom relacionamento com as autoridades e, no final do período, haverá perigo vindo das autoridades, e de viagens de longa distância.

Efeitos dos Antardasa no Dasa de Marte #4

afec

Antardasa do Sol

O subperíodo do Sol dura 4 meses e terá plenos efeitos a partir dos 22 anos do nativo, idade de maturação da energia solar. Para avaliar os seus efeitos, vemos a casa onde está colocado o Sol, a casa que rege, os aspetos que recebe na posição de nascimento e os trânsitos que ocorrem durante o seu antardasa.. Estes subperíodos podem trazer a concretização do casamento, se o Sol tiver a regência do navamsha da 7ª ou  da 1ª casa e se houver um trânsito de Rahu/Ketu pela 1ª/7ª casa ou 4ª/10ª casa.

Recorrendo ao sábio Parashara, vemos quais os efeitos deste antardasa: quando o sol está colocado no seu signo de exaltação ou no próprio signo; ou quando está colocado numa casa kendra ou trikona;  ou quando está colocado na 11ª casa em conjunção com o regente da 9ª e da 11ª casas, no seu antardasa haverá aquisição de veículos, melhoria de reputação, nascimento de um filho quando aplicável e desejado, aumento de riqueza financeira e um lucro assinalável proveniente dos negócios; haverá também muita harmonia no seio familiar  e excelente reputação junto das autoridades, a par com saúde forte e um clima positivo geral.

Quando o Sol está colocado na 6ª, 8ª ou 12ª a partir de Marte, regente do Dasa, ou quando está associado com planetas maléficos, no seu antardasa haverá sofrimento do corpo, agonia, falhanço dos empreendimentos, ataques de febre, viroses, possibilidade de problemas na zona frontal da cabeça.

Quando o Sol rege a 2ª ou a 7ª casa, (para o Ascendente Caranguejo e Aquário, respetivamente), no seu antardasa poderá haver ataques de febre, perigo de venenos, problemas para  filhos rapazes.

Antardasa da Lua

Este é o último período antardasa do Dasa de Marte, tendo por isso a designação de Chida dasa. São 7 meses onde se cortam os laços com coisas e seres que já não servem  para o desenvolvimento individual e em que tais seres ou coisas  se separam da vida da pessoa. Neste período, para além dessa separação ou corte em relação a experiências e seres cuja função está já gasta na vida individual, há também potencialmente um forte sentimento de libertação, de esquecimento e de perdão, que preparam espiritualmente  a pessoa para uma nova fase de desenvolvimento. A mãe, a avó e outras figuras «maternais» podem estar muito ativas neste antardasa. Para avaliar os seus efeitos, temos em conta a idade de maturação da Lua, 24 anos,  que dá plenos efeitos a partir dessa idade e os procedimentos referidos atrás para o Sol. Devemos ainda ter em consideração que o «dasa Sandhi» que dura cerca de dois anos e meio, começa no antardasa de Mercúrio e entra no dasa de Rahu e que a energia de Rahu, neste antardasa é já poderosa, levando a fazer emergir um aumento de ambição  e de desejos prementes neste último ano .O plano emocional pode sofrer perturbações devido a esta energia impulsiva e oportunista de Rahu. A casa onde este se encontra colocado   bem como aquela onde está colocado o seu dispositor (regente do signo onde está colocado Rahu) revelam as áreas em que essas ambições e desejos se farão sentir.

O antardasa da Lua, tanto neste como em outros períodos dasa, pode trazer o casamento na sua forma cerimonial, sobretudo quando a Lua rege o navamsa da 1ª ou da 7ª casa do horóscopo e se houver um trânsito de Rahu /Ketu para um dos eixos do horóscopo (1ª /7ª; 4ª /10ª). Quando  o casamento é celebrado neste período, o parceiro tem as qualidades de ternura maternante da Lua, associadas às qualidades de cuidar, proteger e defender, bem como o desejo de ser pai (ou mãe).

Quando a Lua rege a 7ª casa (Ascendente Capricórnio) o seu antardasa pode trazer o final da existência terrena se outros aspetos do horóscopo o confirmarem.

Segundo Parashara, quando a Lua está colocada no signo de exaltação (Touro) ou no próprio signo, Caranguejo; ou quando está colocada numa casa kendra; ou quando está colocada na 4ª, 9ª ou 10ª casa; ou quando está no Ascendente, em conjunção com os regentes daquelas casas, no seu antardasa haverá aquisição de bens de conforto, para si e para a família e dependentes; celebrações auspiciosas como casamento, etc.; felicidade para o cônjuge e os filhos, aquisição de artigos de luxo, joias, perfumes e roupas, aumento da propriedade imóvel e móvel, felicidade para o cônjuge e os filhos e bom relacionamento com os pais; realização dos desejos e aspirações. Se a Lua estiver cheia ou muito brilhante, estes efeitos terão plena realização. Se a Lua estiver minguante ou escura, haverá redução do impacto destes efeitos.

Ainda segundo Parashara, se a Lua estiver no signo de debilitação, ou se estiver em signo inimigo ou se estiver colocada na 6ª 8ª ou 12ª casa a partir do Ascendente ou do regente do dasa, Marte, haverá perigo de vida, problemas para o cônjuge e filhos, perda de riqueza e bens móveis e imóveis, perigo de vida vindo de conflitos armados, etc.

Quando a Lua rege a 2ª ou 7ª casas (para o Ascendente Gémeos ou Capricórnio, respetivamente), no seu antardasa há perigo de morte  prematura, sofrimento para o corpo e agonia mental.

Efeitos dos Antardasa no Dasa de Marte #3

carr

Antardasa de Mercúrio

Este antardasa dura 12 meses. E, como Mercúrio atinge a maturidade aos 32 anos, o período dá plenos efeitos a partir dessa idade. Para avaliar os seus efeitos, procedemos como habitualmente: temos em conta a colocação de Mercúrio no horóscopo de nascimento, as casas que rege, os aspetos que recebe no horóscopo, os trânsitos que ocorrem para a sua posição natal durante o antardasa, o nº de casas que separam Marte, o regente do dasa, de Mercúrio.

Recorremos mais uma vez à obra fundamental do sábio Parashara que, há milhares de anos estruturou a Astrologia Jyotish nos seus princípios fundamentais. Segundo este autor, quando Mercúrio está colocado numa casa kendra ou trikona a partir do Ascendente, no seu período o nativo associar-se-á a pessoas piedosas, religiosas, ou de bom caráter, fará atos de caridade e terá interesse nisso, verá melhorada a sua reputação, será diplomata e terá acesso a todo os tipo de bens que lhe trarão conforto e darão prazer: comida saborosa, aquisição de veículos, roupas e outros bens, será diplomata na forma de interagir com os outros, verá confirmada a sua posição de liderança pelas autoridades, poderá ter sucesso num negócio ligado à agricultura.

Quando Mercúrio está colocado no signo de debilitação, ou combusto ou colocado na 6ª., 8ª ou 12ª casa, haverá perda de bens, de riqueza e de prestígio e posição, doença cardíaca, problemas com a lei e a autoridade, problemas para o cônjuge e os filhos.

Quando Mercúrio está em conjunção com o regente do dasa, Marte, ou de algum modo associado a ele, haverá antagonismo com as autoridades e o governo, viagens para terras estrangeiras, aumento do número de inimigos, sofrimento devido a doença.

Quando Mercúrio está colocado numa casa kendra ou trikona em relação ao regente do dasa, Marte, ou quando este está exaltado, haverá, no seu antardasa, a realização das maiores ambições, ganhos financeiros e de riqueza, reconhecimento do mérito por parte das pessoas de autoridade, aquisição de muitos bens, incluindo roupas e joias, prazer em ouvir ou tocar música, participação em debates de filosofia e metafísica, obtenção de uma posição elevada com funções de liderança, riqueza para o cônjuge e os filhos, sorte para aumentar as posses e a riqueza.

Porém, se Mercúrio estiver colocado na 6ª, 8ª ou 12ª casa em relação ao regente do dasa ou se estiver associado com planetas maléficos, neste antardasa a pessoa sofrerá difamação, terá pensamentos pecaminosos e um discurso áspero poderá ser alvo de ladrões, poderá sofrer devido a fogo e à autoridade, entrará em brigas com outros sem razão, enfrentará o medo de ladrões armados quando em viagem.

Finalmente, quando Mercúrio rege a 2ª ou a 7ª casa do horóscopo (respetivamente para o Ascendente Leão e Touro (2ª casa) ou Sagitário ou Peixes (7ª casa), durante o seu antardasa poderá haver alguma situação de doença crítica.

Antardasa de Ketu

Este período dura 5 meses e dá resultados plenos aos 48 anos e seguintes, idade de maturação de Ketu. Para avaliar os efeitos deste antardasa temos em conta, além dos aspetos descritos pelo sábio Parashara, a casa onde se encontra Ketu , o nº de casas que o separam do regente do dasa, Marte, os aspetos que recebe na posição natal e os trânsitos que ocorrem para essa posição durante o seu subperíodo. Temos em conta igualmente a casa onde está colocado o planeta que rege o signo onde Ketu está colocado e as casas que este rege.

Durante os períodos de Ketu, alguma coisa ou ser ou memória geralmente liberta-se por «ter perdido o prazo de validade» isto é, por já não corresponder a nenhuma necessidade no desenvolvimento pessoal. Durante este processo memórias ou seres que desempenharam papeis importantes no passado remoto, podem vir ao de cima, na forma de um desejo para restabelecer a ligação que já existiu, pelo conforto que o que é conhecido pode trazer mas, geralmente, ao longo do período, a pessoa descobre que tais reminiscências do passado são matéria inerte e já morta e é preciso deixá-la ir para que um novo processo de rejuvenescimento possa ocorrer. Estes processos são bastante difíceis para algumas pessoas. Devido à característica de Ketu de dissolver as formas materiais, pode haver a separação material de coisas e de seres, incluindo partes do corpo como um apêndice ou mesmo um membro do corpo, seja por cirurgia seja por outra forma. A morte como separação de coisas e de seres é frequentemente experienciada neste antardasa, sobretudo quando o dispositor de Ketu é regente da 2ª ou da 7ª casa.

Segundo Parashara, quando Ketu está colocado numa casa kendra ou trikona, está colocado na 3ª ou 11ª casa ou está associado ou recebe o aspeto de algum planeta benéfico, no começo deste antardasa o nativo receberá alguns ganhos a partir da terra, benefícios das autoridades, ganhos de riqueza financeira e estes aumentarão mais tarde. Verá confirmada a sua posição de autoridade, poderá ter um filho e obterá ganhos de vários tipos que aumentarão a sua riqueza material.

Quando Ketu é um yogakaraka– isto acontece quando Ketu (ou Rahu) está colocado numa casa kendra e está em conjunção ou em aspeto com um planeta que rege uma casa trikona ou kendra ou ainda quando está em conjunção com um planeta que é ele próprio um yogakaraka- e ,além disso, quando Ketu também está forte, o período de Ketu neste dasa traz sorte, o nascimento de um filho quando esse é o desejo, melhoria de reputação, ganho de riqueza financeira a partir do trabalho de subordinados, obtenção de alta posição em cargo governamental, aquisição de roupas e ornamentos, amizade com pessoas altamente colocadas.

Porém, quando Ketu está colocado na 6ª, 8ª ou 12º casa a partir do regente do dasa- Marte- haverá problemas de dentes, perturbações causadas por ladrões e animais selvagens, doença e febre, desentendimentos e brigas.

Quando Ketu está colocado na 2ª ou na 7ª casa, no seu antardasa haverá febre e doença, perda de riqueza financeira, agonia e desgraças.

Antardasa de Vénus

Este antardasa dura 14 meses e dá resultados plenos a partir dos 25 anos, idade de maturação de Vénus. Para avaliar os seus efeitos, procedemos como indicado para o planeta Mercúrio.

Qualquer antardasa de Vénus é geralmente visto como um período benéfico para celebrar o casamento, seja qual for o dasa em que ocorre.

Segundo Parashara, quando Vénus está colocado numa casa kendra a partir do Ascendente, ou está exaltado ou no próprio signo ou quando é o regente do Ascendente, ou da 5ª ou 9ª casa, o seu antardasa permite adquirir um «império», roupas, ornamentos , joias confortos e luxos de todos os tipos, veículos caros, etc..

Quando Vénus está associado com o regente do Ascendente haverá aumento da fortuna, opulência e glória, felicidade para o cônjuge e os filhos.

Quando Vénus está colocado na 5ª, 9ª, na 11ª ou na 2ª a partir do regente do Ascendente, haverá ganho de propriedade, riqueza a partir do trabalho, o nascimento de um filho, compra de casa, terras e outros bens, com a benefício do governo.

Quando Vénus está associado com Saturno, haverá a realização de ações de caridade e de beneficência.

Quando Vénus está colocado na 6ª, 8ª ou 12ª casa a partir do regente do dasa- Marte- ou associado com planetas maléficos, no seu antardasa haverá sofrimento físico, perda de riqueza financeira, tristezas, perigo de ladrões e das autoridades, discussões na família, sofrimento para o cônjuge e filhos, destruição de bens.

Quando Vénus rege a 2ª casa (Ascendentes Carneiro ou Virgem) ou a 7ª casa, (Ascendente Carneiro ou Escorpião) o seu período pode trazer sofrimento físico.

Efeitos dos Antardasa no Dasa de Marte #2

mar

Antardasa de Júpiter

Este antardasa tem a duração de 11 meses. Para avaliar os seus efeitos temos, como habitualmente, em conta que Júpiter atinge a maturação aos 16 anos, dando plenos resultados a partir dessa idade. Vemos a casa onde se encontra colocado no horóscopo de nascimento, as casas que rege, os aspetos que recebe na sua posição de nascimento- se receber alguns- os trânsitos que ocorrem para a sua posição natal durante o seu subperíodo e o nº de casas que o separam do regente do dasa- Marte.

Segundo Parashara, quando Jupiter está colocado na 5ª ou 9ª casa ou quando está colocado numa casa kendra, ou quando está na 2ª ou 11ª casa ou está exaltado ou no próprio navamsa, durante este Antardasa a pessoa obtém honras do governo, aumento de riqueza e de bens, felicidade no lar, melhoria de reputação, ganho de propriedade, etc.

Quando Marte está colocado em relação ao regente do dasa- Marte- numa casa kendra (na mesma ou a 4 , 7 ou 10 casas a partir de Marte) ou numa casa trikona ( na 5ª ou 9ª a partir de Marte) ou ainda na 11ª casa a partir de Marte; ou quando está associado com o regente do Ascendente , da 4ª, 9ª ou 10ª casa;ou quando Júpiter está forte como, por ex., quando está colocado no próprio navamsa, o seu antardasa trará boa saúde, aumento de propriedade como terras e casas, boa reputação, riqueza financeira, bem estar, felicidade com o cônjuge e os filhos, benefícios das instituições, etc.

Porém, quando Júpiter está colocado na 6ª, 8ª ou 12ª casas, ou está no signo de debilitação (Capricórnio) ou em conjunção ou recebendo o aspeto de planetas maléficos ou quando está fraco, no seu antardasa haverá perigo de ladrões, de venenos, problemas com as autoridades, doenças biliosas, perda ou separação de pessoas próximas.

Quando Júpiter rege a 2ª casa, no seu antardasa há perigo de sofrer de febres e de morte prematura. (efeito maraka).

Para os Ascendentes Gémeos e Virgem pela regência da 7ª casa e para os Ascendentes Escorpião ou Aquário pela regência da 2ª casa, Júpiter pode tornar-se um planeta maraka que indica o final da existência, no seu Antardasa.

Antardasa de Saturno

Este subperíodo dura 14 meses. Para avaliar os seus efeitos temos em conta o que foi referido para o anatardasa anterior. Este subperíodo dá plenos efeitos na idade de 36 anos e seguintes, idade de maturação de Saturno.

Segundo o sábio Parashara, quando Saturno está, no horóscopo de nascimento, colocado numa casa kendra ou trikona, no seu signo de exaltação , no signo mooltrikona ou no próprio navamsha, ou se está associado com o regente do Ascendente ou com outros planetas benéficos, haverá melhoria de reputação, benefícios das autoridades, aumento da posse de bens, felicidade dos filhos e netos. Segundo algumas fontes os resultados deste antardasa ocorrem aos sábados , que é o dia de Saturno, no mês de Saturno que corresponde, no calendário gregoriano ocidental, ao período entre meio de Maio e meio de junho.

Parashara afirma que, quando Saturno está colocado no signo de debilitação (Carneiro), ou em signo inimigo ou na 8ª e 12ª casa, no seu antardasa haverá perigo de autoridades estrangeiras, perda de riqueza, possibilidade de aprisionamento, perda de produtos agrícolas para os que se dedicam ao trabalho da terra.

Parashara considera ainda que, quando Saturno rege a 2ª ou a 7ª casa no seu antardasa podem experimentar-se efeitos negativos tais como: perigo de vida, de ser alvo de roubo, mal estar mental, perigos através de fogo, problemas com as autoridades do governo e de punição pelo governo,perda e separação de pessoas próximas e de familiares, aprisionamento, problemas para o cônjuge e filhos.

Quando Saturno está colocado, em relação a Marte, regente do dasa, numa casa kendra, na 5ª ou na 11ª a partir daquele, no seu antardasa deste período principal de Marte haverá viagens para países estrangeiros (estas viagens eram consideradas nefastas, por princípio, nos tempos antigos, pois afastavam a pessoa da terra natal e traziam mil e um perigos), perda de reputação, perdas financeiras através da venda de terras, perda de posição social com a consequente agonia mental, derrota nos empreendimentos, ações violentas problemas urinários e nos ossos, etc..

Finalmente, quando Saturno está colocado na 8ª ou na 12ª casa a partir do regente do dasa, Marte e está associado com planetas maléficos, durante o seu antardasa há perigo de morte, de sofrer de dores e de reumatismo, de sofrer castigos do governo, ou devido a inimigos e membros da família.

Durante o antardasa de Saturno em qualquer dasa pode dar-se o casamento se Saturno tiver a regência do navamsa da 1ª ou da 7ª casa e se, simultaneamente, houver um trânsito de Rahu e Ketu por este eixo do horóscopo. Normalmente este casamento mostra um cônjuge mais velho e/ou distante emocionalmente. Pode tratar-se de um casamento relacionado com algum dever ou responsabilidade e do qual o amor romântico está ausente.

Quando Saturno rege a 2ª ou 7ª casa, o seu antardasa pode torná-lo um planeta maraka, capaz de trazer a morte. (Ascendente Caranguejo e Leão pela regência da 7ª casa; Ascendente Sagitário e Capricórnio pela regência da 2ª casa.).

Nos efeitos previstos para o antardasa de Saturno há que ter em conta que Marte e Saturno são os maiores maléficos naturais e Marte tem uma relação de inimizade com Saturno, o que aumenta o atrito entre as suas energias e isto apesar de Saturno ser neutro em relação a Marte. Sempre que se encontram associados, os resultados são geralmente problemáticos a menos que estejam dignificados, situação em que darão sempre também alguns resultados menos positivos.

Efeitos dos Antardasa no Dasa de Marte #1

com

Antardasa de Marte

Este primeiro antardasa do dasa de Marte é também designado por Swabukti, um período de cinco meses que marca o início do período de Marte com a sua energia agressiva a manifestar-se na vida da pessoa.

As pessoas e os ambientes que serão vividos neste período são significados pela casa de colocação de Marte no horóscopo tendo em conta em primeiro lugar a D-1 (carta natal) e, para os aspetos emocionais e subjetivos, a D-9 ou navamsa.

Os efeitos deste dasa são plenamente sentidos aos 28 anos e seguintes, idade da maturação de Marte.

Há ainda que ter em conta os efeitos de sandhi dasa pela transição entre o dasha da Lua e o dasa de Marte e pelo qual os primeiros 256 dias ou um ano e 9 meses do dasa de Marte sofrem este efeito. Este é um período de adaptação às novas energias do planeta regente do novo dasa. À medida que as pessoas amadurecem e enraízam os hábitos esta adaptação à mudança de energia dominante torna-se mais difícil e penosa. Durante este período há uma mistura entre as energias da Lua e de Marte, não estando nenhuma delas completamente efetiva, pelo que o dasa começa a dar os seus efeitos verdadeiramente após o período do  que atravessa todo o antardasa de Marte e passa para o antardasa seguinte.

Como habitualmente, para avaliar os efeitos do período, deve-se ter em conta a colocação de Marte, as casas que rege, os aspetos que recebe de outros planetas no horóscopo e os trânsitos para a sua posição natal durante o período antardasa.

Segundo Parashara, quando Marte está colocado numa casa kendra (1,4,7,10) ou na 2ª, 3ª, 5ª, 9ª, 11ª casas, ou associado com o regente do Ascendente, no antardasa do seu dasa , haverá sorte, ganho de riqueza por benefício das autoridades governamentais, recuperação de riqueza e /ou posição perdida . Para alguns, haverá o nascimento de um filho.

Quando Marte está exaltado, no seu próprio signo ou no seu próprio navamsa e, além do mais, está forte, haverá ganho de riqueza e aquisição de propriedades e outros bens e benefícios das autoridades.

Quando Marte está colocado na 8ª ou 12ª casa ou associado ou recebendo o aspeto de planetas maléficos, haverá problemas urinários, ferimentos, perigo de envenenamento e de problemas com a autoridade.

Quando Marte rege a 2ª ou a 7ª casa, haverá sofrimento físico e psicológico.

Antardasa de Rahu

O antardasa de Rahu dura 13 meses. Se, no horóscopo, houver uma conjunção entre Marte e Rahu, os efeitos deste subperíodo serão amplificados , havendo um impulso forte para o combate sem medo do confronto físico e vontade de ultrapassar todas as barreiras físicas. O impulso competitivo é vivido ao extremo e ai de quem se atreva a contestar a posição de «primeiro» que estas pessoas sentirão, mais do que nunca, desejo de ser. Neste período há um gosto manifesto por entrar em competições de toda a espécie e o impulso de sair vencedor (a) de todas elas.

O antardasa de Rahu dará plenos efeitos a partir dos 48 anos.

Para avaliar os efeitos deste antardasa procede-se como habitualmente, tendo em conta a casa ocupada por Rahu, os aspetos que recebe na posição de nascimento, o nº de casas que separam Rahu de Marte no horóscopo, os trânsitos que ocorrem para essa posição durante o seu antardasa. Ter ainda em conta que Rahu dá resultados a partir dos significados da casa que ocupa e da casa ocupada pelo regente do signo em que está colocado. A interação entre as energias de Rahu e de Marte produz comportamentos de grande dinamismo físico e sexual.

Durante o antardasa de Rahu eventos relacionados com competições, eventos desportivos, militares, etc., podem ocorrer, com pessoas relacionadas com estas áreas a surgirem na vida do nativo. Este pode alcançar sucesso nestas áreas através da relação com estes agentes mas, no final do subperíodo, algum aspeto fará reconhecer a natureza ilusória ou mesmo fraudulenta dessas pessoas.

Durante o antardasa de Rahu pode dar-se o casamento, cuja natureza é impulsiva e obedece geralmente a um propósito bem definido, desde que haja um trânsito de Rahu-Ketu pelo eixo da 1ª/7ªcasa. Nestes casamentos , o parceiro tem em geral algo de fascinante, seja pelas caracterídsticas culturais, seja por quaisquer características fora do comum que são percebidas como excitantes pelo nativo. O casamento pode, no entanto, apesar de estar sujeito a muitos eventos turbulentos, separações, etc, manter-se ao longo da vida.

Segundo Parashara, são os seguintes os efeitos do antardasa de Rahu no dasa de Marte:

Quando Rahu está colocado no signo de exaltação ou mooltrikona- isto varia segundo os astrólogos védicos, que não aceitam todos a mesma classificação- para alguns o signo de exaltação e próprio signo é Gémeos para outros é Touro. Há quem refira como signo mooltrikona de Rahu Caranguejo ,signo de exaltação Touro e signo Virgem como próprio signo. Há ainda quem afirme que o próprio signo é Carneiro .Também se encontram respeitados astrólogos védicos e investigadores da Jyotish que consideram ser Aquário o próprio signo de Rahu, atribuindo a Gémeos o signo de exaltação e mooltrikona. De qualquer modo e descontando a polémica, Rahu está forte em qualquer destes signos. Continuando com a explicação de Parashara, quando Rahu está colocado numa casa kendra, na 5ª, 9ª ou 11ª e associado com planetas benéficos, o nativo obterá reconhecimento do governo, ganho de terras e casa, felicidade a partir dos filhos, grandes lucros dos negócios, viagens para países estrangeiros.

Quando Rahu está colocado na 8ª ou 12ª casa e recebe o aspeto de planetas maléficos ou está associado com algum planeta maléfico, ocorrerão perigos de venenos, feridas, perigo de animais, doenças e perigo de aprisionamento.

Quando Rahu está colocado na 2ª casa há perigo de perdas financeiras, durante o seu antardasa; se Rahu está colocado na 7ª casa, existe grande perigo de morte prematura.

Efeitos Gerais do Dasa de Marte

comp

O dasa de Marte dura sete anos. Marte está relacionado com o sentido de dinamismo, combatividade, o desejo de ser o primeiro, a coragem para superar obstáculos, força física, paixão, capacidade de focar-se num objetivo e alcançá-lo após duras provas, exercício físico e movimento, etc. Assim, durante o período dasa de Marte o corpo físico e a sua força poderão de algum modo estar presentes na vida individual. Alguns poderão , sobretudo se ainda estiverem na juventude quando experimentarem este dasa, encontrar no desenvolvimento muscular e na atividade física em geral um importante fator do seu desenvolvimento.

Segundo o sábio Parashara, o dasa de Marte pode trazer dificuldades de crescimento quando o planeta que rege o antardasa estiver colocado na 6ª, 8ª ou 12ª casa a partir da colocação de Marte no horóscopo (conta-se esta casa como a primeira). Quando Júpiter e Marte estão associados no horóscopo, por conjunção ou por aspeto, o período dasa de Marte será muito afortunado e o de Júpiter será mediano.

Fazendo referência aos planetas que, durante este antardasa, podem ter um efeito maraka (trazer o final da vida) Parashara refere os seguintes casos: quando Rahu está colocado na 7ª casa, o seu subperíodo pode trazer o final da vida; quando Júpiter rege a 2ª casa para os Ascendentes Escorpião e Aquário; quando Saturno rege a 2ª ou a 7ª casa e está associado com maléficos no horóscopo (não basta ser regente daquelas casas, portanto); quando o regente do antardasa está colocado no horóscopo na 8ª ou 12ª casa a partir de Marte e está, além disso, associado com planetas maléficos. Os regentes da 2ª ou da 7ª casa nos Ascendentes Caranguejo, Leão, Sagitário e Capricórnio podem tornar-se planetas maraka no dasa de Marte. Parashara também refere que , quando Mercúrio rege a 2ª ou a 7ª casas- Ascendentes Touro, Leão, Sagitário ou Peixes- pode produzir uma doença séria no antardasa do dasa de Marte.

Segundo a obra Brihat Hora Shastra de Parashara, quando Marte está, no horóscopo, colocado no signo de exaltação, mooltrikona, no próprio signo e, em menor grau, numa casa kendra, em signo amigo, na 2ª ou 11ª casa e é forte; quando está forte na divisão navamsa ou associado com um planeta benéfico, o seu período dasa trará uma posição elevada no governo ou na política, reconhecimento das autoridades e do governo, riqueza financeira e/ou posse de terras, bom relacionamento com os irmãos, aquisição de veículo e outros luxos.

Quando Marte está colocado numa casa kendra ou na 3ª casa e está forte, no seu dasa haverá ganhos financeiros por mérito próprio, felicidade com o cônjuge e filhos, vitória sobre os inimigos. Porém, no final do período dasa, pode haver também efeitos desfavoráveis.

Quando Marte está colocado no signo de debilitação (Caranguejo), fraco, associado ou recebendo o aspeto de planetas maléficos ou ainda colocado numa casa maléfica (8ª e 12ª ), no seu período dasa haverá perda de riqueza financeira, sofrimento e outros efeitos desfavoráveis.

Assim, de modo geral, a energia agressiva deste planeta exige que o mesmo esteja forte e dignificado no horóscopo para que o seu período dasa produza resultados favoráveis.