Importância dos Drekkanas na Análise Astrológica

irm

Depois de termos delineado alguns aspetos básicos sobre o significado dos Drekkanas, podemos perguntar-nos: Qual a importância  dos Drekkanas na análise astrológica? Vamos deixar algumas pistas neste artigo para responder a esta questão.

Em primeiro lugar é preciso referir que nem todos os autores «constroem» a varga Drekkana da mesma forma. Há aliás várias «drekkana»: a que foi explicada pelo sábio Parashara, o grande sistematizador da Astrologia Jyotish; a Priviti- trava Drekkana; a Somanath Drekkana e a Jaganath Drekkana. Esta última conceção tem semelhanças com o uso dos decanatos pelos Astrólogos ocidentais, servindo para conhecer melhor o caráter do nativo.  Neste sistema considera-se que, quando o Sol, a  Lua e o Ascendente caem nos Jaganath Drekkana  que têm regência de planetas maléficos, o nativo tem mente perversa, fazendo más ações e um temperamento irritável e irado; quando  esses fatores básicos caem em Drekkanas com regência  mista ( benéficos e maléficos) o resultado será uma pessoa preguiçosa, que se comporta de forma imprópria e que está sempre a dizer mal de tudo; quando caem em  drekkanas benéficos e o regente desses Drekkanas também está forte, o resultado é que o nativo será inteligente, terá bom caráter e será  bem sucedido.

O software especializado da Jyotish (incluindo o gratuito Jaganatha Hora que recomendamos) permite escolher qual o tipo de Drekkana que preferimos. Pela nossa parte, optamos pelo de Parashara, o que conhecemos melhor.

Segundo o sábio Parashara, cada Drekkana tem regência de um Rishi ou ser de origem divina , cada um assumindo a regência de diversos Drekkanas nos signos como segue:

Signos fixos– Touro, Leão, Escorpião e Aquário: Agasthya (1º) Durvasa (2º) Narada (3º). Em cada um dos signos fixos, Agasthya rege o 1º drekkana, Durvasa o 2º, etc…

Signos cardinais– Carneiro, Caranguejo, Balança, Capricórnio: Narada (1º), Agasthya (2º) e Durvada (3º).  A regência dos drekkanas nos signos cardinais repete-se  e, assim, em todos os signos cardinais, Narada rege o 1º Drekkana, etc..

Signos mutáveis– Gémeos, Virgem, Sagitário e Peixes : Durvasa (1º), Narada (2º) , Agasthya (3º). Neste conjunto de signos, ´Durvasa que rege o 1º drekkana, etc., tal como referido.

Quanto ao significado destes regentes, Narada representa a centelha divina na alma do ser humano ou Atma; Agasthya representa a mente intelectual racional; Durvasa representa o poder da vontade e do desejo  que pode ser controlada pelos sentidos, estando assim ligada à dimensão sensorial do homem.

Segundo Parashara, a  varga D-3 ou Drekkana revela a interação com os irmãos e a colocação dos planetas  em Drekkanas com regência de cada um destes Rishis tem significados específicos: os planetas colocados em Drekkanas com regência de Narada indicam as relações espirituais e kármicas com os irmãos; os planetas em Drekkanas com regência de Durvasa referem-se ao impacto físico causado pelos irmãos nos desejos e ações  do nativo no plano material; os planetas colocados nos Drekkanas com regência de Agasthya indicam, por seu lado, a influência mental e psicológica dos irmãos sobre o nativo.

A análise da Drekkana é deste modo útil para aferir pormenores acerca da forma como o nativo interage com o ambiente próximo, particularmente com os irmãos e o impacto que estes têm na sua vida, o que é importante pois o processo de crescimento desde a infância até à vida adulta, pelo menos, faz-se com os irmãos, quando existem.  Compreendemos assim muitos pormenores do caráter do nativo, fruto do seu processo de desenvolvimento. Estes aspetos devem ser complementares à  análise dos signos onde estão posicionados a Lua , o Sol e o Ascendente, uma vez que estes são os fatores básicos da personalidade de cada um e revelam o ponto de partida desse desenvolvimento.

E para os que não têm irmãos? É a Drekkana totalmente inútil? De modo nenhum, como vimos, esta divisional  permite-nos analisar as nossas características básicas do caráter, as inclinações e o modo como interagimos com o meio próximo em que a nossa existência se situa. E, como já referimos num artigo anterior , esta carta divisional também nos permite analisar a longevidade e as causas da morte, como é indicado pelo 22º Drekkana, de acordo com a tradição.

A análise dos Drekkanas permite deste modo uma compreensão mais fina de muitas particularidades do destino de cada um e das certas condições kármicas que o determinam  a partir do relacionamento com os irmãos.

Classificação dos Drekkanas e seus Efeitos

ciclo

Neste artigo vamos esclarecer os tipos de Drekkanas e ver os seus efeitos  nos planetas aí colocados, referindo  a sua importância para o horóscopo. Para melhor compreensão deste artigo, recomendamos a leitura do primeiro artigo publicado.

Existem 6 tipos de Drekkanas:

  1. Sarpa- Serpente
  2. Pakshi (Kagha)- Pássaro
  3. Ayudha – Armas
  4. Chatushpad- Animal
  5. Nigada Drekkana
  6. Varaha Drekkana

Sarpa Drekkanas: 2º e 3º de Caranguejo; 1º e 2º de Escorpião; 3º de Peixes.

Pakshi Drekkanas– 1º de Leão; 1º de Aquário; 2º de Gémeos; 2º de Balança.

Ayudha Drekkanas– 1º e 3º de Carneiro; 2º e 3º de Gémeos; 2º e 3º de Leão; 2º de Virgem; 3º de Balança; 1º e 3º de Sagitário; 3º de Capricórnio.

Chatushpad Drekkanas: 2º de Carneiro; 2º e 3º de Touro; 1º de Caranguejo; 1º, 2º e 3º de Leão; 3º de Balança; 3º de Escorpião; 1º de Sagitário; 1º de Capricórnio.

Nigada Drekkana: 1º de Capricórnio.

Varaha Drekkana: 1º Caranguejo.

Pasa Drekkana: 2º Sagitário.

Dos 36  Drekkanas, 23 estão  incluídos em uma ou mais destas categorias. Kalyana Varma na obra Saravali  afirma que os nativos nascidos  nestes Drekkanas são cruéis em natureza e serão pobres.  Alguns destes Drekkanas têm, segundo a tradição, efeitos maléficos pronunciados. Por ex., segundo Parashara, quando o 22º drekkana coincide com um Sarpa Drekkana, a morte da pessoa pode ser causada por animais venenosos (ou por  venenos); quando o 22º Drekkana coincide com um Ayudha drekkana, a pessoa morre devido a acidente, ferimentos por arma, etc..

Influência dos Drekkanas no Caráter e Destino

Quando o Ascendente da Varga Drekkana coincide com um Pasa Drekkana, o nativo pode sofrer aprisionamento em alguma altura da vida.

Quando os planetas estão colocados no próprio Drekkana , tal como acontece quando estão colocados no signo de exaltação ou no próprio signo nas vargas, o nativo terá prosperidade e terá bom caráter , primando pela honestidade.

O primeiro drekkana (0º a 10º ) nos signos cardinais é considerado bom; no signos fixos e mutáveis é considerado mau:

O segundo Drekkana (11º a 20º) nos signos cardinais é misto; no signos fixos é bom; nos signos mutáveis é misto.

O terceiro Drekkana (21º a 30º) nos signos cardinais é mau; no signos fixos é misto; nos signos mutáveis é bom.

Quando a maior parte dos planetas está colocada num Drekkana bom, o nativo  é saudável, feliz, corajoso, cheio de recursos e iniciativa, trabalhador e empenhado em atingir os seus objetivos.

Quando a maioria dos planetas está colocada nos Drekkanas maus ou mistos, o nativo é preguiçoso e sem iniciativa, inconsistente na ação, hesitante e pessimista, flutuante nos objetivos e sem grande empenho em conseguir atingi-los.

A colocação de planetas no Ayudha drekkana pode indicar uma pessoa que resolve as dificuldades pelo próprio esforço e revela coragem e vitalidade.  No entanto, a colocação do regente da 8ª casa ou Saturno nestes Drekkanas indica acidentes e ferimentos por armas.

A colocação de planetas nos Chatushpad Drekanas indica firmeza  e estabilidade na vida. O nativo é cauteloso a tomar decisões e sobe devagar mas de forma  firme em direção ao sucesso. A colocação da Lua ou Mercúrio neste Drekkana indica inteligência do nativo. Porém, planetas maléficos neste Drekkana tornam o nativo autocentrado.

A colocação do regente do Ascendente, Saturno ou do regente da 8ª casa  no Drekkana Pakshi produz morte não natural.

Os leitores deverão , no entanto, ter em conta que este é apenas um de muitos indicadores usados na interpretação astrológica, não devendo ser visto como um critério absoluto nessa análise e outros indicadores poderão modificar bastante estas referências.

Varga D-3 e o Significado do 22º Drekkana

dest

No último artigo  explicámos o conceito de Drekkana, que se materializa na carta divisional D-3 Drekkana ou Drekshamsha. Parashara descreveu os significados desta divisional que é uma explicitação da  3ª e 11ª casas, referindo-se, entre outras coisas, à felicidade a partir dos irmãos e irmãs e também à longevidade do nativo.

Significado das casas da Drekkana D-3

1ª casa: indica o bem -estar geral dos irmãos e a qualidade do relacionamento com eles, revela se haverá irmãos e inclinações gerais em relação à vida.

2ª casa: indica perda de coragem e  de iniciativa, despesas dos irmãos mais novos e ganho de riqueza  recebida dos irmãos,

3ª casa: indica o irmão imediatamente mais novo em relação ao nativo; sucesso e fracasso das ações; mostra a ação no contexto social.

4ª casa: felicidade dos irmãos e  do nativo em relação aos irmãos.

5ª casa: indica o segundo irmão imediatamente mais novo; pensamento em relação aos irmãos; planeamento da ação.

6ª casa: dificuldades em obter resultados positivos da ação.

7ª casa: desejos e inclinações sexuais.

8ª casa: longevidade; obstáculos à realização dos desejos; Khara.*

9ª casa: sorte na concretização dos objetivos e oportunidades.

10ª casa: ação realizada para concretizar os desejos.

11ª casa: obtenção do que se deseja, sentimento de realização, luxúria.

12ª casa: perdas e separação dos irmãos, perda de ação.

*Khara é o 22º drekkana que ocupa a 8ª casa na D-3. A palavra Khara significa «aguçado, que tem bordos cortantes, duro, prejudicial,» etc.. o regente da 8ª casa na D-3 é o regente do 22º drekkana da carta natal e designa-se por Karesha.

  • A 3ª casa está relacionada com os irmãos, a coragem, iniciativa e bravura, comunicação, escrita, vizinhos e familiares, aventura, pequenas viagens, otimismo, trabalho árduo. O seu planeta Karaka é Marte. Quando este está bem colocado na varga D-3 o nativo é otimista, trabalhador, aventureiro e entusiasta, conta com os irmãos,  com quem tem um relacionamento de camaradagem e entreajuda;
  • Se os planetas que regem a 3ª e a 11ª casas da D-3 estão colocados em casas kendra ou trikona,  o nativo é corajoso e entusiasta e tem o apoio dos irmãos, numa relação feliz com eles.
  • Se houver planetas benéficos colocados na 3ª casa da D-3 o nativo terá o afeto e o apoio dos irmãos e irmãs.
  • Se o Ascendente na D-3 tem a regência de um planeta benéfico, está ocupado por ou recebe o aspeto de planetas benéficos o nativo obterá uma excelente reputação e fama pelas suas ações e será um trabalhador árduo , entusiasta e virtuoso bem como influente e ambicioso.
  • Se houver planetas exaltados nas casas kendra da D-3 o nativo alcançará grande sucesso, tendo poder e influência «como um rei». Poderá ocupar lugares proeminentes de caráter executivo no governo ou em instituições importantes da sociedade.
  • Se houver planetas no próprio signo na D-3, o nativo será proprietário de terras e de outras propriedades.
  • Na D-3 se houver planetas colocados em signos amigos o nativo será um orador fluente.
  • Se o planeta que rege o Ascendente na D-3 estiver exaltado, no próprio signo, ou associado ou recebendo o aspeto de algum planeta benéfico, o nativo terá sucesso, honras e felicidade da sociedade.
  • Se um planeta está colocado no próprio drekkana e também numa casa kendra ou trikona, o nativo terá prosperidade, obtendo uma excelente posição social e respeito dos outros.
  • Se o regente do Ascendente da Drekkana está colocado numa casa benéfica e recebe o aspeto de Vénus, a Lua ou Marte, o nativo obterá riqueza , uma boa posição, popularidade e respeito.
  • Se o regente do Ascendente da D-3 estiver colocado numa casa dusthana, o nativo pode ter tendências suicidas e sádicas.
  • Quando o planeta que rege o Ascendente na varga Drekkana está em aspeto com algum planeta na carta natal, dá força a esse planeta e produz resultados muito auspiciosos.
  • Quando o regente do Ascendente da D-3 é o Sol ou Marte e está colocado na 8ª casa, o nativo tem tendência para sofrer queimaduras e choques elétricos.
  • Quando o regente do Ascendente da D-3 está colocado, na carta natal, na 8ª casa em conjunto com Saturno ou Júpiter e está aflito, o nativo tem tendência para sofrer de intoxicação alimentar, abuso de drogas ou reação alérgica a medicamentos.
  • Se o regente do Ascendente na D-3 estiver debilitado ou em signo inimigo ou numa casa dusthana (6,8,12) o nativo sofrerá ferimento grave. Mas, se receber o aspeto de um planeta natural benéfico ou funcional benéfico este efeito maléfico é cancelado.

Deve analisar-se também a colocação, na D-3, do regente do Ascendente, da 5ª e da 9ª casas  da carta natal (D-1). Se estiverem relacionados entre si por aspeto  a vida do nativo será feliz, segundo a tradição.

22º Drekkana

 Pode ser calculado a partir do Ascendente da carta natal (Lagna) ou da posição da Lua  ou do Sol na carta natal. Contado a partir do Ascendente da D-1 significa prejuízo físico.  A colocação do regente do 22º drekkana na D-3 indica uma área de tumulto e tormento interior, lutas devido a doença, dívidas e inimigos. Segundo Parashara, a natureza do regente do 22º Drekkana indica a causa e o modo como o nativo morrerá. A colocação de planetas naturais maléficos no 22º Drekkana diminui grandemente  todo o potencial da carta de nascimento para produzir resultados positivos.

No período dasha antardasa do regente do 22º Drekkana a pessoa geralmente  sofre aflições por doença, tormento mental se o planeta regente do 22º Drekkana não receber aspetos positivos, sobretudo se o planeta que rege o 22º drekkana é também um maléfico.

Quando o regente do Ascendente transita pelo 22ª Drekkana há desconforto ou doença físicos, perdas, conflitos e desentendimentos, desgostos. Quando o regente do 22º drekkana transita pelo Ascendente, perturba os aspetos relacionados com a 1ª casa, com destaque para a saúde e bem -estar.

Também é útil encontrar o 22º Drekkana a partir da Lua e do Sol. O trânsito do Karesha por estes planetas prejudica o seu significado. A tradição aconselha evitar começar projetos novos quando o Sol ou a Lua transitam pelo 22º Drekkana ou quando o regente deste transita pelo Sol ou pela Lua.

Vários sábios como Parashara, Chintamani, Saravali referiram ainda subdivisões de cada drekkana com efeitos específicos quando  há planetas aí colocados:

Assim, cada drekkana está dividido em 4 dwadasamsha ou porção em que a 1ª tem regência de Ganesh, a 2ª tem regência de   Ashwini kumar, a 3ª tem regência de Yama e a 4ª tem regência de Ahi  ou Sarpa.

Destas subdivisões resultam vários tipos de drekkana, dos quais se salientam, pelas perturbações que causam os Sarpa drekkana  (2º e 3º drekkana de Caranguejo; 1º e 2º de Escorpião, 3º de Peixes) e os Ayudha Drekkana  (1º e 3º de Carneiro, 2º e 3º de Gémeos, 2º e 3º de Leão, 2º de Virgem, 3º de Balança, 1º e 3º de Sagitário, 3º de Capricórnio).

No próximo artigo explicaremos mais detidamente os  significados dos vários tipos de Drekkana.