Efeitos Gerais dos Antardasa no Dasa de Mercúrio #3

 

mar

Antardasa de Marte

Este período tem a duração de 12 meses e produz resultados mais efetivos a partir dos 28 anos, idade de maturação de Marte. Para avaliar os seus efeitos, temos, como habitualmente em conta a casa onde se encontra colocado Marte, as casas que rege, o nº de casas entre Mercúrio, regente do dasa e Marte, os aspetos recebidos na posição de nascimento, os trânsitos durante o período.

Segundo o sábio Parashara, são os seguintes os efeitos deste antardasa:

Quando Marte está colocado no próprio signo, signo de exaltação, numa casa kendra ou trikona, associado com o regente do Ascendente, o seu antardasa traz  bem-estar e felicidade na família com o apoio das autoridades, aumento dos bens, recuperação de bens e poder perdidos anteriormente, nascimento de um filho, felicidade com o cônjuge, aumento de bens de natureza agrícola, gado, terras, veículos e alegria ou  satisfação.

Quando Marte está colocado na 8ª ou 12ª casa e recebe um  aspeto ou está em conjunção com planetas maléficos, o período traz  sofrimento físico e agonia mental, obstáculos aos empreendimentos, perda de riqueza financeira,  sofrimento devido a feridas, perigo de armas, febre, gota.

Quando Marte está colocado numa casa kendra ou trikona, ou na 11ª casa a partir do regente do dasa (Mercúrio) e recebe o aspeto de planetas benéficos, o antardasa traz ganho de riqueza financeira, nascimento de um filho, felicidade física, relacionamento afetuoso com os membros da família.

Quando Marte está associado com planetas maléficos na 8ª ou 12ª casa a partir do regente do dasa, haverá sofrimento, perigos vindos dos parentes, ira dos governantes , fogo e  antagonismo com um filho.

Quanto aos efeitos globais deste antardasa, no início do período    haverá perda de posição; na parte intermédia haverá recuperação financeira e alegria; na parte final haverá perigo das autoridades e perda de  riqueza financeira.

Quando Marte rege a 2ª (Ascendente Peixes e Balança) ou a 7ª casa (Ascendente Touro ou Balança), há perigo de morte prematura.

Antardasa de Rahu

Este período tem a duração de 31 meses, dando efeitos mais efetivos a partir dos 48 anos, idade de maturação de Rahu. Para avaliar os seus efeitos, temos em conta o que referimos para o antardasa de Marte  mas também consideramos a colocação do planeta que rege o signo de colocação de Rahu e as casas que este rege pois o antardasa dará efeitos da casa onde Rahu está colocado e da ou da (s) casa (s) que o dispositor de Rahu rege.

Neste período é de esperar que haja um aumento de viagens curtas, envolvimento em projetos, conferências, desejo de comunicar, estabelecimento de relacionamento com base no companheirismo, no desejo de fazer parte de grupos que funcionem como irmãos,  viajando juntos, comunicando ininterruptamente, brincando e divertindo-se uns com os outros.

Se Rahu e o planeta que rege o signo em que está colocado estiverem bem colocados no horóscopo, pode haver, no antardasa, ganho de status. Pode haver uso fraudulento do discurso e das capacidades intelectuais para subir na vida.

Neste antardasa pode dar-se o casamento, desde que haja um trânsito de Rahu/Ketu pelos ângulos do horóscopo (casas kendra). Tais casamentos têm a marca do exotismo, é não convencional, impulsivo, etc.. O cônjuge pode ter raízes culturais diferentes, pode ser estrangeiro, ter uma religião diferente e são essas diferenças que o tornam tão atrativo.

Quando Rahu é corregente da 2ª ou da 7ª casa, pode assumir qualidades maraka e indicar o final da existência no antardasa, se o resto do horóscopo o confirmar.

O sábio Parashara descreveu como segue os efeitos deste antardasa:

Quando Rahu está colocado numa casa kendra ou trikona, ou está colocado no signo Carneiro, Touro, Virgem ou Aquário, o antardasa produz boa reputação, respeito das autoridades, ganho de riqueza financeira, visita a lugares sagrados, reconhecimento, ganho de roupas e ornamentos, ações espirituais e de caridade. Porém, no início do período haverá alguns maus efeitos, que melhorarão depois.

Quando Rahu está colocado na 3ª, 8ª, 9ª ou 11ª casa, no antardasa haverá oportunidade de encontro ou de  conversações com as mais altas autoridades do governo. E, se Rahu receber um aspeto positivo, o nativo terá oportunidade de visitar um novo chefe do governo.

Quando Rahu está colocado na 8ª ou 12ª casa a partir do regente do Ascendente (Mercúrio) e associado com planetas maléficos, o antardasa traz a pressão de muito trabalho duro para os que trabalham na administração pública, perda de posição, medos, aprisionamento, doença, problemas cardíacos, agonia para si próprio e para  a família , perda de reputação e de riqueza.

Quando Rahu está colocado na 2ª ou na 7ª casa, haverá medo de morte prematura no antardasa.

 

 

Efeitos Gerais dos Antardasa no Dasa de Mercúrio #2

happ

Antardasa do Sol

Este subperíodo tem a duração de 10 meses e produz resultados mais efetivos aos 22 anos e seguintes, idade de maturação do Sol. Para avaliar os seus efeitos temos em conta, como temos referido, a casa de colocação do Sol, a casa que ele rege , os aspetos que forma no horóscopo, os trânsitos que recebe durante o período e o nº de casas que o separam do regente do dasa, Mercúrio.

Nos subperíodos do Sol o casamento pode ocorrer se o Sol tiver a regência do navamsa da 1ª ou 7ª casa e houver um trânsito de Rahu /Ketu pelos ângulos primários do horóscopo.  O (a) parceiro (a) nestes casamentos é alguém que se afirma pela sua imagem , carisma, qualidades de liderança, teatralidade, podendo ser alguém que ocupe uma posição política ou seja uma figura pública do teatro, desporto, cinema, ou ainda alguém que consegue galvanizar os outros pela inteligência e capacidade de comunicar, tendo geralmente um largo «séquito» de pessoas prontas a segui-lo (a).

Para os signos Ascendentes Caranguejo (regência da 2ª casa) ou Aquário (regência da 7ª casa) o Sol pode assumir características maraka no seu antardasa e indicar o final da existência se isso for confirmado pelo resto do horóscopo.

Segundo Parashara, são os seguintes os efeitos deste antardasa:

Quando o Sol está colocado no próprio signo, no signo de exaltação, numa casa trikona ou kendra,  na 2ª ou 11ª casa, ou no próprio navamsa ou no navamsa de exaltação, no antardasa  haverá  sorte através do benefício das autoridades e felicidade com os  amigos.

Se o Sol receber, durante o antardasa,  um aspeto por trânsito de Marte, haverá aquisição de terra. Se receber o aspeto do regente do Ascendente por trânsito, o nativo terá o conforto de boa comida e boas roupas.

Quando o Sol está colocado na 8ª ou 12º casa a partir do Ascendente ou de Mercúrio, regente do dasa e se ,além disso, está fraco e associado com Marte, Saturno e Rahu, no antardasa haverá medo ou perigo de ladrões,  fogo e armas, problemas de fígado, dores de cabeça, separação dos amigos,  agonia mental.

Quando o Sol rege a 2ª ou 7ª casa, existe o medo de morte prematura.

Antardasa da Lua

Este subperíodo tem a duração de 17 meses e produz resultados mais efetivos a partir dos 24 anos, idade de maturação da Lua. Para avaliar os seus efeitos procedemos como referido para o antardasa do Sol.  No caso da Lua, muitos astrólogos védicos consideram também ser fundamental verificar a colocação e regência do planeta dispositor da Lua (aquele que rege o signo onde a Lua está situada) pois ele influencia decisivamente os efeitos do período lunar.

Dada a ligação da Lua com a dimensão emocional, os períodos da Lua trazem geralmente  experiências  profundas no plano emocional, que variam de acordo com os significados funcionais da Lua no horóscopo (determinados pela análise dos fatores referidos atrás). Aspetos como a estabilidade e a segurança emocional, a relação com as raízes profundas da família e da comunidade de que se faz parte, ligação com a Terra, com a mãe, são alguns dos aspetos que em geral  são trazidos à superfície neste período. Alguma ligação emocional profunda serve de ancoragem para estas aprendizagem .

Nos antardasa da Lua o casamento pode realizar-se, desde que a Lua tenha a regência do navamsa da 1ª ou 7ª casa e exista um trânsito de Rahu /Ketu por um dos eixos primários do horóscopo. O (a) parceiro (a) é em geral alguém com elevada sensibilidade e qualidades parentais e que deseja ter filhos, possuindo uma natureza naturalmente nutridora e protetora.

Para os signos Ascendentes Gémeos (regência da 2ª casa) e Capricórnio (regência da 7ª casa) a Lua pode assumir qualidades maraka no subperíodo, se o resto do horóscopo confirmar.

Segundo o sábio Parashara, os efeitos deste antardasa são os seguintes:

Se a Lua estiver colocada numa casa kendra ou trikona a partir do Ascendente, ou colocada no próprio signo ou signo de exaltação, ou associada com Júpiter ou em aspeto com este, ou quando a Lua está associada com um planeta yogakaraka (segundo Kalyan Verma, um planeta que está colocado numa casa kendra no próprio signo ou no signo mooltrikona ou exaltação, torna-se um yogakaraka. A Lua, desde que cumpra estes requisitos ,é um poderoso yogakaraka para o Ascendente Escorpião pois rege a 9ª casa, a mais auspiciosa do horóscopo) os efeitos serão fortemente benéficos . Estes efeitos serão casamento feliz, nascimento de um filho, ganho de roupas e ornamentos, construção de uma casa nova, acesso a comida doce e agradável,  viagem para o sul, alegria em ouvir música, aquisição de pedras preciosas e pérolas, estudo de assuntos espirituais,  ganho de roupas vindas do outro lado do mar, etc.

Quando a Lua está colocada no signo de debilitação ou em signo inimigo, haverá sofrimento físico.

Quando a Lua está colocada numa casa kendra ou trikona ou na 3ª ou 11ª a partir do regente do dasa (Mercúrio), o seu antardasa trará no início, visita a locais sagrados, paciência, entusiasmo e aumento de riqueza vinda de país estrangeiro.

Quando a Lua está fraca e está colocada na 6ª, 8ª ou 12ª casa a partir do regente do dasa, Mercúrio, o seu período traz perigo vindo das autoridades, do fogo e de ladrões, difamação ou desgraça, perda de riqueza financeira devido à esposa , destruição das terras agrícolas, gado, etc.

Quando a Lua rege a 2ª ou 7ª casa, o seu período traz sofrimento físico.

Efeitos Gerais dos Antardasa no Dasa de Mercúrio #1

jov

Antardasa de Mercúrio

Este subperíodo dura 29 meses  e dá resultados mais efetivos após os 32 anos, idade de maturação de Mercúrio. Para avaliar os seus efeitos temos em conta a casa onde Mercúrio está colocado, as casas que rege, os aspetos que recebe na posição de nascimento  e os trânsitos que recebe durante o subperíodo.

Durante o antardasa de Mercúrio pode ocorrer o casamento, se Mercúrio tiver a regência  do navamsa da 1ª ou da 7ª casa e houver um trânsito de Rahu/Ketu para um dos eixos do horóscopo.

Mercúrio pode adquirir características maraka no seu antardasa, quando rege a 2ª (Ascendente Touro ou Leão) ou a 7ª casa ( Ascendente Sagitário ou Peixes).

Segundo Parashara, são os seguintes os efeitos do antardasa de Mercúrio:

Quando Mercúrio está colocado no signo de exaltação ou de algum outro modo bem colocado, o antardasa será um período de aprendizagem e de sucesso na educação, de felicidade por realizar boas ações, de aquisição de joias, roupas e ornamentos, de melhoria na reputação e nome, ganho de riqueza financeira, encontro com pessoas influentes e de poder, ganho de riqueza financeira, felicidade com o cônjuge e filhos.

Quando Mercúrio está colocado no signo de debilitação, ou na 6ª, 8ª ou 12ª casa ou associado com planetas maléficos ou de algum outro modo enfraquecido, traz perda de riqueza financeira ou de bens, desentendimento com a família, doenças de estômago ou dores de estômago, tristeza na realização de deveres para os que trabalham na administração pública.

Quando Mercúrio rege a 2ª ou a 7ª casa (Ascendentes Touro e Leão, Sagitário ou Peixes) o antardasa traz sofrimento do cônjuge, doenças como reumatismo ou problemas de estômago, morte de familiares.

Antardasa de Ketu

Este subperíodo tem a duração de 12 meses e produz resultados mais efetivos aos 48 anos e seguintes, idade de maturação de Ketu. Como habitualmente, para avaliar os seus efeitos temos em conta a casa onde Ketu está colocado, o nº de casas que o separam do regente do dasa (Mercúrio), os aspetos que recebe na posição de nascimento, os trânsitos que recebe e forma durante o período.

Este é em geral um período mais ou menos neutro, sem efeitos muito negativos, embora seja mais difícil quando Mercúrio ocupa a 3ª casa a partir de Mercúrio ou alguma das casas dusthana (6ª, 8ª ou 12ª).  Como acontece com todos os subperíodos de Ketu, há a libertação ou separação em relação a alguma coisa, ser , lugar, função, que deixaram de ser necessários para o crescimento espiritual da pessoa. Isto pode ocorrer na forma de falta de interesse, abandono, separação, apatia, etc.  Normalmente ocorre a separação em relação a seres ou coisas em relação às quais houve um forte apego no passado mas que, no presente, já não contribuem para o desenvolvimento individual.

Quando Ketu está colocado numa casa dusthana – 6ª, 8ª ou 12ª –  podem acontecer efeitos disruptivos mais fortes e difíceis: perda de um membro ou órgão, como sucede na cirurgia; rutura nos relacionamentos devido a divórcio, desentendimento, quebra de confiança, desilusão, etc.; perda de bens, problemas mentais como depressão, apatia, estado mental nebuloso, etc..

Segundo Parashara, são os seguintes os efeitos deste antardasa:

Quando Ketu está colocado numa casa kendra ou trikona e, além disso,  associado com planetas benéficos, ou está em conjunção com o regente do Ascendente, ou com um planeta yogakaraka, ou quando Ketu está colocado numa casa kendra a partir de Mercúrio, regente do dasa, ou na 11ª casa a partir de Mercúrio, o seu subperíodo trará boa forma física, afeto na relação com a família, honras, aumento de posse de bens, sucesso nos objetivos da educação, aumento nos bens de conforto e de luxo, rendimentos provenientes da indústria, melhoria de reputação e de nome, interação com pessoas influentes e bem colocadas na esfera política, algum aumento da riqueza financeira.

Quando Ketu está associado com planetas maléficos na 8ª ou 12ª casa a partir de Mercúrio, regente do dasa, no seu período haverá queda a partir de um veículo, sofrimento de um filho,  perigos vindos do governo , perigo de envenenamento,  associação e desentendimentos com pessoas de condição servil,  sofrimento e doenças, tendência para fazer más ações.

Quando Ketu é corregente da 2ª ou da 7ª casa (quando estas estão ocupadas pelos signos Balança, segundo alguns ou Escorpião, segundo outros) no antardasa haverá sofrimento físico.

Antardasa de Vénus

Este antardasa tem a duração de 34 meses e produz resultados mais efetivos aos 25 anos , idade de maturação de Vénus. Para avaliar os seus efeitos  procedemos como  descrito para os antardasa anteriores.

Qualquer antardasa de Vénus é propício para a realização do casamento, sendo tradicionalmente uma altura benéfica para casar.

Quando Vénus rege a 2ª ou a 7ª casa ( Ascendente carneiro, Virgem), e desde que isso seja confirmado pelo horóscopo, Vénus pode assumir características maraka e indicar o final da existência.

Segundo Parashara são os seguintes os efeitos do antardasa de Vénus

Quando Vénus está colocado numa casa kendra ou na 5ª, 10ª ou 11ª a partir do Ascendente, o antardasa traz aumento de ganhos através de atividades agrícolas ou ligadas à terra, preenchimento dos desejos, através da ajuda dos amigos e de pessoas  influentes, inclinação para fazer boas ações e interesse pelos assuntos espirituais.

Quando Vénus está colocado numa casa kendra , na 5ª, 9ª ou 11ª a partir do regente do dasa  (Mercúrio) haverá aumento substancial da riqueza financeira, influência na comunidade e sociedade, ganhos elevados nos negócios, prontidão para ajudar os outros através de atos de caridade, construção de um reservatório (nos tempos que correm, em que existe água canalizada para a maioria, talvez construção de algum edifício de utilidade pública).

Quando Vénus está fraco e colocado na 6ª, 8ª ou 12ª casa a partir de Mercúrio, o antardasa traz problemas de saúde  como problemas de coração, febres, doença intestinal, sofrimento físico, separação da família. Também produz  difamação.

Quando Vénus rege a 2ª ou a 7ª casa  ( Ascendente Touro e Virgem ou Ascendente Carneiro e Escorpião) no seu antardasa há medo de morte prematura.

Efeitos Gerais dos Antardasa no Dasa de Saturno #4

hope

Antardasa de Rahu

Este subperíodo dura 34 meses e dá resultados mais efetivos a partir dos 48 anos, idade de maturação de Rahu. Para avaliar os seus efeitos  temos em conta a casa onde se encontra colocado Rahu, a distância  por nº de casas entre Rahu e Saturno, os aspetos recebidos para a posição de nascimento de Rahu e os trânsitos durante o subperíodo. Vemos ainda tudo isso para o planeta dispositor de Rahu ( o que rege o signo onde Rahu está colocado).

Saturno representa  a estruturação da vida de acordo com as regras estabelecidas e o respeito por essas regras, enquanto que Rahu é o elemento que rompe, por princípio, com todas as regras, procurando a satisfação imediata  e livre dos seus desejos. Assim, este pode ser um período muito desafiador, no qual existe algum confronto entre o que se deseja e se considera legítimo obter e os atrasos ou negação disso por parte das regras vigentes. Assim, um período de tensão, frustração e revolta individual pode acompanhar este período produzindo considerável  stress a todos os níveis. Pode acontecer que, para se libertar da imposição de regras que consideram ser inadmissíveis por não terem em conta os seus próprios interesses, que sejam levados a «contornar» essas regras e leis, usando truques, expedientes de vária ordem para alcançar o que pretendem. Sendo um impostor nato, Rahu consegue disfarçar os seus intentos e maquinações sob uma capa de aparente irrepreensibilidade   mas, em geral no final acaba por ser descoberto  e perde tudo o que conquistou por meios ilegais ou ilegítimos segundo as regras de Saturno. Isto não acontece , no entanto, se Rahu está bem colocado por signo e casa e se o seu dispositor (planeta que rege o signo onde se encontra colocado) também estiver forte, situação na qual a ambição e esperteza de Rahu consegue levar a melhor.

Sendo um período desafiador, torna-se mais intenso para os nativos que têm Rahu colocado na 3ª, 6ª , 8ª ou 12ª casa a partir de Saturno.

Durante o antardasa de Rahu o casamento pode ocorrer se Rahu tiver um aspeto por trânsito para o eixo 1-7 do horóscopo. Os casamentos realizados neste período são gerados pela impulsividade mas também por objetivos bem definidos e o cônjuge vem em geral de um outro ambiente social ou cultural podendo ser estrangeiro, ter outra religião ou classe social, ser de «raça» diferente,  etc. .

Tem sido constatado que, com frequência, este subperíodo tem características maraka, trazendo a morte do nativo ou de alguém próximo, muitas vezes em circunstâncias  violentas.

Damos a explicação dos efeitos deste antardasa segundo o sábio Parashara:

Quando Rahu não está colocado no seu signo de exaltação (como temos dito várias vezes, não há acordo absoluto entre os astrólogos védicos sobre qual é este signo: enquanto uns consideram que Gémeos é este signo, outros – e concordamos com esta posição- afirmam que esse signo é Touro) ou em alguma outra boa posição (no que se refere aos signos são boas colocações para Rahu Virgem, Aquário e segundo alguns autores, também Carneiro ou Caranguejo. São maus signos Sagitário  Escorpião. Quanto à posição por casa, a 6ª e a 10ª são as melhores, seguindo-se a 3ª e 11ª e também a 2ª). Se Rahu não está em nenhuma destas situações, os resultados do antardasa  são: brigas, antagonismo com familiares próximos e em especial com os filhos, sofrimento físico e mental,  perigo de doença, despesas desnecessárias, problemas com as autoridades governamentais, como as que estão ligadas aos impostos, perda da casa e de terras e outros bens, viagem forçada para país estrangeiro.

Quando Rahu está associado com o regente do Ascendente ou conjunto com um planeta yogakaraka, ou está colocado no signo de exaltação, próprio signo, numa casa kendra ou na 11ª casa a partir do Ascendente ou de Saturno, regente do dasa, neste antardasa o nativo experiencia, no início do período aumento das propriedades agrícolas, alegria e diversão e aumento de riqueza financeira, aumento da posse de bens, bem estar na família e inclinação espiritual ou religiosa e a meio do período haverá cordialidade na relação com instituições políticas e governamentais e felicidade causada pela relação com amigos.

Quando Rahu está colocado nos signos Carneiro, Touro, Virgem, Caranguejo, Sagitário , Peixes o antardasa trará aquisição de veículos, roupas luxuosas, opulência e glória, relações cordiais com o poder político (instituições da administração pública).

Quanfo Rahu está associado com o regente da 2ª ou da 7ª casa o seu subperíodo trará sofrimento físico.

Antardasa de Júpiter

Este é o antardasa que fecha o mahadasa de Saturno. É assim um chid-dasa, no qual se dá o corte de alguns apegos que impedem o avanço pessoal e se faz o fechamento do ciclo, com superação e perdão dos assuntos porventura pendentes. Este subperíodo tem a duração de 30 meses e dá resultados mais efetivos a partir dos 16 anos, idade de maturação de Júpiter. Para avaliar os seus efeitos temos em conta, como habitualmente, a casa onde se encontra colocado Júpiter, as casas que ele rege, o nº de casas que o separam de Saturno, regente do dasa, os aspetos que recebe na posição de nascimento, os trânsitos que ocorrem durante o período.

Com este antardasa, lentamente o otimismo e alguma esperança reentram na vida dos nativos que, durante os 16 anos e meio anteriores do dasa de Saturno experienciaram restrições de vária ordem e foram obrigados a confrontar-se com as limitações da vida material e do seu karma. Este é um período em que cada um aprende a perdoar os seus próprios erros e limitações  e os dos outros, abandonando a rigidez de ferro das regras saturninas e se liberta, desse modo, de toda a «ganga» velha de ressentimentos, ódios ,intransigência , etc.. O período dasa de Saturno obriga os nativos a «ajoelhar-se» com humildade perante uma massiva quantidade de regras e experiências restritivas que não controlam , que  atrasaram ou negaram a satisfação dos desejos, ambições e necessidades pessoais; agora, no final deste período , finalmente abre-se novamente a  janela da esperança e a possibilidade de, após interiorizar uma nova compreensão de si mesmo e da realidade, transformar as experiências vividas no período de Saturno em base para um novo patamar de aprendizagem essencial. Há, deste modo, um restaurar das condições não restritivas da existência durante este antardasa. No entanto, esta melhoria geral nas condições da existência é sentida de forma  gradual e é menos ativa para os que têm Ascendente Caranguejo ou  Ascendente Balança, para os quais há uma melhoria menos acentuada durante este último antardasa e há ainda, com frequência, situações de doença física e/ou de antagonismo nas interações com os outros. Para todos, no entanto, este é sem dúvida um período em que a vida se torna pelo menos um pouco mais fácil e menos restritiva a todos os níveis.

Neste antardasa, como em qualquer outro de Júpiter, pode ocorrer o casamento, desde que Júpiter tenha a regência do navamsa da 1ª ou da 7ª casa e haja um trânsito de Rahu/Ketu para este eixo da natividade. O cônjuge, sobretudo o masculino, indicado por este casamento, pode ser um filósofo, sábio ou professor, com elevados valores e nobreza de caráter, inclinação religiosa ou espiritual, com características positivas para desempenhar a função de pai e de marido dedicado.

Sendo este um chida-dasa ou período de fechamento, este antardasa pode dar a Júpiter poderosas características de planeta maraka, trazendo o final da existência, quando rege a 2ª ( Ascendente Aquário ou Escorpião) ou a 7ª casa ( Ascendente Gémeos ou Virgem)  pois neste caso o ímpeto para cortar todas as ligações é muito forte.

Quando Júpiter está colocado no signo de exaltação ou no próprio signo ou está colocado em conjunção com o regente do Ascendente ou numa casa kendra ou trikona o antardasa trará sucesso em todas as áreas de vida, bem estar na família, aquisição de veículos e roupas, ornamentos e joias, felicidade com o cônjuge e os filhos, respeito dos outros, associação com pessoas sábias, afeto pelos professores e pessoas de conhecimento ou gurus, devoção espiritual ou religiosa.

Quando Júpiter está colocado no signo de debilitação , ou associado com maléficos, ou está colocado na 6ª, 8ª ou 12ª casa, o antardasa traz perdas financeiras, morte de pessoas próximas, fracasso nos projetos, antagonismo com as autoridades políticas  e administrativas, doença, viagem forçada para país estrangeiro.

Quando Júpiter está colocado na 2ª, 5ª, 9ª ou 11ª casa ou está colocado numa casa kendra com o regente do dasa, Saturno, o antardasa trará opulência e glória, felicidade para o cônjuge, ganhos através de instituições governamentais, conforto de boa comida e  boas roupas, reputação e fama no país, ações de caridade e propensão para a espiritualidade ou religião, respeito e gosto  pela sabedoria tradicional.

Quando Júpiter está fraco e colocado na 6ª, 8ª ou 12ª casa a partir do regente do dasa, Saturno, o antardasa trará brigas e antagonismo com a família, perda de posição, agonia mental,  perdas financeiras nos empreendimentos e também devidas ao pagamento de multas impostas pelo governo ou taxas e impostos, aprisionamento, sofrimento par ao cônjuge e filhos.

Quando Júpiter é o regente da 2ª ou da 7ª casa, no antardasa haverá sofrimento físico e agonia, e pode acontecer a morte do nativo ou de algum membro da família. (se o resto do horóscopo confirmar).

Efeitos Gerais dos Antardasa no Dasa de Saturno #3

har

Antardasa do Sol

Este subperíodo tem a duração de 11 meses, dando resultados mais efetivos a partir dos 22 anos, idade de maturação do Sol. Para avaliar os efeitos do dasa temos em conta  a casa onde está colocado o Sol, a casa que rege, o nº de casas que o separam do regente do dasa, os aspetos que recebe na posição de nascimento, os trânsitos durante o subperíodo.

O subperíodo do Sol pode indicar casamento se o Sol tiver a regência do navamsa da 1ª ou da 7ª casa e houver um trânsito de Rahu/Ketu para este eixo do horóscopo. Normalmente, o cônjuge tem uma personalidade carismática, é um líder ou entertainer, podendo ter uma carreira política, desportiva ou na área da comunicação/entretenimento.

Para os signos Ascendentes Caranguejo e Aquário o Sol pode adquirir características maraka, indicando o final da vida para o nativo ou um membro da família, especialmente o pai. Isto torna-se ainda mais evidente quando o Sol está colocado na 2ª ou na 7ª casa.

Damos a seguir a explicação do sábio Parashara para os efeitos deste antardasa:

Quando o sol está colocado no signo de exaltação, no próprio signo , associado com o regente da 10ª casa , colocado numa casa kendra ou numa casa trikona e está associado ou recebe o aspeto de um ou mais planetas benéficos, no seu antardasa haverá bem estar na família, bom relacionamento com o empregador ou patrão, felicidade através das crianças, aquisição de veículo e de outros bens.

Quando o Sol está colocado na 8ª ou 12ª casa a partir do Ascendente ou na 8ª ou 12ª casa a partir de Saturno, regente do Ascendente, no seu antardasa  o nativo sofre difamação e perda de posição, doença cardíaca, agonia mental, separação das pessoas próximas, perda de parentes, problemas de saúde, medos, perda de artigos de que a  pessoa gosta muito ou aos quais tem grande apego.

Se o Sol rege a 2ª casa ( Ascendente Caranguejo) ou a 7ª casa (Ascendente Aquário), neste  antardasa haverá sofrimento físico.

Antardasa da Lua

O antardasa de Lua dura 19 meses e dá efeitos mais efetivos a partir dos 24 anos, idade de maturação da Lua. Procedemos como indicado no antardasa anterior, para avaliar os seus efeitos. Deverá ainda ser tido em conta o dispositor da Lua e a sua posição no horóscopo. Deve ainda ser dada atenção particular ao trânsito de Rahu /Ketu que tende  a influenciar fortemente os resultados do subperíodo lunar.

O antardasa da Lua pode indicar casamento, se a Lua tiver a regência do navamsa da 1ª ou da 7ª casa e houver um trânsito de Rahu/Ketu para este eixo do horóscopo.  O cônjuge é normalmente alguém sensível, protetor, ligado à família e á comunidade, etc.

Para os Ascendentes Gémeos e Capricórnio, a Lua pode adquirir características maraka no antardasa  e indicar o final da existência, se indicado pelo resto do horóscopo.

Damos a explicação de Parashara para os efeitos deste antardasa: Quando a Lua está colocada no signo de exaltação, no próprio signo, numa casa kendra ou trikona, ou está colocada na 11ª casa a partir de Saturno, regente do dasa, ou associada com planetasnbenéficos ou recebendo aspetos benéficos, neste antardasa haverá aquisição de veículo, de roupas, joias e ornamentos, melhoria da sorte e mais alegria; o nativo cuidará  dos irmãos, verá aumentar os bens móveis e imóveis e terá felicidade vinda da mãe e do pai.

Quando a Lua está minguante na fase do nascimento, ou está associada com planetas maléficos ou recebe o aspeto de planetas maléficos, ou está no signo de debilitação, ou está colocada num navamsa de planeta maléfico ou colocada no signo de um planeta maléfico, neste antardasa haverá grande sofrimento, ira e zanga,  o nativo será separado dos pais, haverá perdas nos negócios, má saúde das crianças, doença (necessidade de tomar medicamentos), refeições irregulares. Haverá também, apesar disso, alguns ganhos financeiros e eventos positivos.

Quando a Lua está colocada numa casa kendra ou trikona, ou na 11ª casa a partir do regente do dasa (Saturno) o antardasa permite felicidade familiar junto dos pais e outros familiares, aquisição de veículos e roupas, felicidade com o cônjuge e filhos, no emprego, etc.

Quando a Lua está fraca e colocada na 6ª, 8ª ou 12ª a partir de Saturno, regente do dasa, o antardasa traz letargia e sonolência, perda de posição  e de alegria, aumento do número de inimigos, antagonismo com a família.

Quando a Lua rege a 2ª casa (Ascendente Gémeos) ou a 7ª casa (Ascendente Capricórnio) este antardasa traz sofrimento físico e letargia.

Antardasa de Marte

Este antardasa tem a duração de 13 meses, produzindo efeitos mais efetivos a partir dos 28 anos, idade de maturação de Marte. Para avaliar os seus efeitos procedemos como para o antardasa do Sol. As duas energias conflituosas de Marte e Saturno trabalham numa espécie de contrapeso no  «para» de Saturno e «avança» de Marte, o que gera momentos de impetuosidade que logo esmorecem em frustração e atraso, provocado por Saturno. Pode ser um período difícil, com avanços e recuos, medo e cautela   intermediados por ímpetos da vontade de seguir para a frente mas que não chegam ao destino. Situações relacionadas com regras , protocolos, leis, estão, em geral, na origem da generalidade das situações de frustração em que se deseja avançar mas isso não é possível porque há atrasos consecutivos. Segundo alguns autores, esta situação muda  para melhor quando Marte e Saturno estão em receção mútua no horóscopo (parivartana yoga).

Neste período, figuras intimidatórias em termos físicos podem tentar levar a melhor sobre a pessoa recorrendo ao uso da força física.

Marte pode adquirir características maraka neste antardasa para os Ascendentes Touro (2ª e 7ª casa) , e Peixes (2ª casa) se o resto do horóscopo o confirmar.

A seguir damos a explicação dos efeitos deste antardasa segundo o sábio Parashara , embora incompletos pois o texto  clássico antigo aparece truncado, tendo-se perdido as explicações finais.

Quando Marte está colocado no signo de exaltação ou no próprio signo, ou é o regente do Ascendente ou está associado com o regente do dasa, Saturno, o antardasa traz alegria e diversão, ganho de riqueza financeira e respeito das autoridades, ganho de artigos de luxo , roupas e ornamentos, veículos, obtenção de uma posição de liderança ou posto de chefia nas forças militarizadas, aumento de riqueza oriunda do trabalho da terra  como agricultura ou gado, construção de uma casa nova, felicidade no interior da família.

Quando Marte está colocado no signo de debilitação, ou combusto ou   colocado na 8ª ou 12ª casa e associado com planetas maléficos ou recebendo o aspeto destes, a colocação na 8ª casa produz perigo de feridas, de ladrões, cobras (venenos), armas, sofrimento para o pai e os irmãos, doença; se está colocado na 12ª casa, o antardasa traz perda de riqueza financeira, perda de familiares, exílio para terras estrangeiras, comida de má qualidade.

Quando Marte rege a 7ªcasa ou está colocado na 2ª casa, o antardasa traz grande sofrimento e dependência de outros.

A explicação dos efeitos relativos às  restantes configurações está omissa no texto de Parashara .

Efeitos Gerais dos Antardasa no Dasa de Saturno #2

hard

Antardasa de Ketu

Este antardasa tem a duração de 12 meses e dá efeitos mais efetivos a partir dos 48 anos, idade de maturação de Ketu. Para avaliar os seus efeitos temos em conta a casa onde Ketu está colocado, os aspetos que recebe na sua posição natal, o nº de casas que o separam do regente do dasa, Saturno e os trânsitos que recebe durante o subperíodo. Vemos tudo isso também (incluindo a casa onde está colocado e as casas que rege) para o planeta regente do signo onde está colocado Ketu.

Dadas as características tanto de Saturno, regente do dasa, como de Ketu, este antardasa pode apresentar experiências dolorosas relacionadas com separação e corte de laços, a par com um  sentimento de isolamento e de abandono. Sobretudo os nativos mais emocionalmente responsivos podem ter agora um período difícil para o seu equilíbrio emocional e psíquico pois os laços que os tornam emocionalmente dependentes podem romper-se com o consequente sentimento de vazio. Alguma desorientação e insegurança podem ser o mote geral durante este subperíodo. Para os que se agarram a laços que vêm do passado e criaram dependências das quais têm dificuldade de se libertar ou não querem libertar-se, este pode ser um período muito desafiador.

Os que têm Ketu numa casa dusthana- 6ª, 8ª ou 12ª- este pode ser um período particularmente difícil, de corte ou separação a todos os níveis: pode haver necessidade de cirurgia com perda de  membro ou alguma parte do corpo, divórcio, quebras contratuais, expetativas frustradas, perda de bens materiais, incapacidade mental momentânea para agir de forma racional e objetiva,depressão ou outros problemas de ordem mental, etc.

Nos aspetos espirituais do desenvolvimento, porém, Ketu pode, no dasa de Saturno, acentuar o desenvolvimento de características de desligamento em relação ao mundo material: ascetismo, maior compreensão dos objetivos reais da existência, surgimento de um sentimento de aceitação do ritmo cósmico deixando de lutar contra o que acontece.  Quando a distância entre Saturno e Ketu é de duas casas kendra ou trikona (4-10; 5/9) o sofrimento trazido por este período é minorado, tanto a nível mental ou psíquico- a pessoa deixa de se sentir completamente desenraizada e sem sentimentos de pertença a  um padrão de vida , lar ou país e , no plano físico, as experiências tornam-se também mais fáceis, sendo as experiências deste período maioritariamente sentidas  no plano psicológico.

Este é um antardasa particularmente nefasto, também segundo a tradição.  Segundo Parashara, mesmo quando Ketu está colocado no seu signo de exaltação, ou próprio signo, ou num signo benéfico, ou numa casa trikona ou kendra (a partir do Ascendente) ou está associado com ou recebendo aspeto de planetas benéficos, no seu antardasa haverá  perda de posição, perigos vários, pobreza, sofrimento, necessidade de se deslocar de forma forçada para  um país estrangeiro.

Quando Ketu está associado com o regente do Ascendente, no começo do antardasa haverá ganho de riqueza financeira, diversão, atividades que são agradáveis espiritualmente.

Quando Ketu está colocado numa casa kendra ou trikona ou na 3ª ou na 11ª a partir do regente do dasa– Saturno- haverá aumento de coragem e de força física, pensamentos religiosos ou espirituais, encontro benéfico com autoridades e membros do governo e todo o tipo de  alegrias.

Quando Ketu está colocado na 8ª ou na 12ª casa a partir do Ascendente ou do regente do dasa – Saturno- haverá medo de morte prematura, febre fria, comida desagradável, feridas e doenças, separação do cônjuge e filhos, perigos de ladrões.

Quando Ketu está colocado na 2ª ou na 7ª casa, o seu antardasa traz sofrimento físico.

Antardasa de Vénus

Este período dura 38 meses e tem resultados mais efetivos a partir dos 25 anos, idade de maturação de Vénus. Para avaliar os seus efeitos temos em conta a casa onde se encontra colocado Vénus, as casa que rege, o nº de casa que o separam do regente do dasa- Saturno-, os aspetos que recebe na posição de nascimento e os trânsitos para essa posição durante o subperíodo. Alguns autores consideram igualmente importante analisar as casas que  Vénus rege contadas  também a partir da Lua.

Os períodos de Vénus enfatizam a importância dos relacionamentos, alianças e parcerias, interesse por artigos de luxo, conforto e beleza, arte, etc.. Uma outra experiência comum no antardasa de Vénus é o casamento, que pode ocorrer neste período , um dos mais felizes para esse evento.

Os Ascendentes  Capricórnio e Aquário podem ter resultados particularmente felizes, devido ao facto de Vénus ser um planeta yogakaraka para estes Ascendentes.

Apresentamos em seguida a explicação do sábio Parashara para os efeitos deste antardasa:

Quando Vénus está colocado numa casa kendra, trikona ou na 11ª  ou está associado ou recebe o aspeto de planetas benéficos, no seu antardasa pode esperar-se casamento, nascimento de um filho, ganho de riqueza financeira, bem estar na família, boa saúde, influência social, honras das autoridades, aquisição de objetos de luxo e de conforto, diversão e alegria, aquisição de roupas e ornamentos, etc.

Quando Vénus está colocado na 6ª, 8ª ou 12ª, ou no signo de debilitação ou está combusto, haverá perda de posição, sofrimento para o cônjuge feminino, agonia mental, desentendimentos com os que são próximos.

Quando vénus está colocado na 10ª ou 11ª casa ou numa casa kendra a partir do regente do dasa- Saturno- no seu antardasa haverá a realização de desejos e ambições, ações de caridade e inclinação espiritual, felicidade com o cônjuge e filhos, interesse pela sabedoria espiritual, pela arte e poesia.

Quando Vénus está colocado na 6ª, 8ª ou 12ª casa a partir do regente do dasa, Saturno, haverá problemas nos olhos, febre, problemas nos dentes e no coração, dores nos braços, perigo de afogamento ou de queda, desentendimentos com irmãos e membros da autoridade, má conduta.

Quando Vénus rege a 2ª ou a 7ª casa do horóscopo, no seu antardasa haverá sofrimento físico.

Nota importante, durante este antardasa, quando o trânsito de Júpiter é favorável, haverá um golpe de fortuna, com aumento e crescimento de bens e propriedade.

Quando igualmente o trânsito de Saturno é favorável, produz  o efeito de Rajyoga .

Efeitos Gerais dos Antardasa no Dasa de Saturno #1

 

difc

Antardasa de Saturno

Este antardasa dura 36 meses e produz resultados mais efetivos a partir dos 36 anos, idade de maturação de Saturno. Para avaliar os seus efeitos, procedemos como habitualmente, tendo em conta a posição de Saturno por casa, as casas que rege no horóscopo, os aspetos que recebe na carta natal e os trânsitos recebidos durante o subperíodo.

Em termos gerais, é de esperar um aumento das responsabilidades a nível do trabalho, da vida familiar, da sociedade e uma estruturação mais forte dos aspetos da vida. O período de  Saturno indica um novo ciclo na vida individual e, por isso, pode realizar-se o casamento neste período, se Saturno tiver a regência do navamsa da 1ª ou da 7ª casa e houver um trânsito de Rahu/Ketu para um destes eixos do horóscopo. Este tipo de casamento está sujeito a deveres muitas vezes pesados e é altamente regulado em termos contratuais. Todos os aspetos sociais reguladores envolvendo a posição social, os bens de cada um, os deveres e expetativas de cada cônjuge são regulados e definidos, obedecendo às convenções estabelecidas e que terão que ser cumpridas por ambos. Apesar de não haver lugar, neste tipo de casamento, para o inesperado ou para o lado emocional, para os que têm uma personalidade mais pragmática pode funcionar, desde que aceitem os termos contratuais do casamento e os cumpram. Este tipo de casamento resulta melhor após os 36 anos de idade, altura em que o casamento é, não só realista mas também pode preencher as necessidades dos envolvidos. A fidelidade e  a lealdade são notas dominantes.

Para os Ascendentes Caranguejo e Leão pela regência da 7ª casa e para os Ascendentes Sagitário e Capricórnio pela regência da 2ª casa, Saturno pode tornar-se um planeta maraka no seu período indicando o final da existência, se isto for confirmado pelo resto do horóscopo.

Segundo Parashara, são os seguintes os efeitos deste subperíodo de Saturno: quando Saturno está colocado no ponto de máxima exaltação, ou signo de exaltação, próprio signo, numa casa trikona ou kendra, ou quando Saturno é um planeta yogakaraka (o que acontece para os signos Ascendentes Touro e Balança), neste período haverá aumento da influência e poder sobre uma comunidade, felicidade com o cônjuge e os filhos, aquisição de veículos, ganho de bens de conforto e de luxo como roupas e ornamentos, obtenção de uma posição de responsabilidade em instituição governamental devido a benefício das autoridades políticas, aumento da propriedade de bens imóveis e financeiros.

Quando Saturno está colocado na 6ª, 8ª ou 12º casa, ou está associado com planetas maléficos ou está colocado no signo de debilitação, no seu antardasa haverá medo ou perigo das autoridades, feridas causadas por armas, doença viral, sangramento das gengivas, etc.

Quando Saturno rege a 2ª ou a 7ª casa há perigo de morte prematura devido a adquirir características maraka ( se o resto do horóscopo o confirmar).

A meio do período haverá resultados nefastos relacionados com perigos vindos de ladrões, agonia mental, necessidade de abandonar a terra natal. A última parte do período dasa será positiva.

Antardasa de Mercúrio

Este antardas dura 32 meses e tem efeitos mais efetivos a partir dos 32 anos, idade de maturação de  Mercúrio. Para avaliar os seus efeitos temos em conta, como habitualmente, a casa onde está colocado Mercúrio no horóscopo, as casas que rege, o nº de casas que separam o regente do dasa- Saturno- de Mercúrio, os aspetos que recebe na posição de nascimento, os trânsitos que ocorrem para essa posição durante o seu antardasa.

Como sucede em qualquer período de Mercúrio, pode ocorrer o casamento também neste subperíodo, quando mercúrio rege o navamsa da 1ª ou da 7ª casa e existe um trânsito de Rahu /Ketu para este eixo do horóscopo. Os casamentos realizados neste subperíodo indicam um cônjuge jovem ou com aparência jovem, alguém com competências especiais de comunicação, um escritor, um empreendedor, comerciante ou homem/mulher de negócios, etc.

Este antardasa é um dos mais leves  e descontraídos de todo o dasa de Saturno.

Pela regência da 7ª casa- Ascendentes Sagitário e Peixes– e da 2ª casa – Ascendentes Touro e Leão–  Mercúrio pode assumir qualidades maraka no seu antardasa,  indicando morte prematura, se o resto do horóscopo confirmar.

Segundo Parashara, são os seguintes os efeitos do antardasa de Mercúrio:

Quando Mercúrio está colocado numa casa kendra ou trikona, no seu antardasa o nativo obterá a reverência do público, boa reputação, ganho de riqueza financeira, felicidade material através de prazeres do corpo, aquisição de veículo e outros confortos, bem estar na vida familiar, inclinação para fazer ações piedosas e de caridade, inclinação para a espiritualidade, disponibilidade de alimentos doces e agradáveis.

Quando Mercúrio está colocado na 6ª, 8ª ou 12ª casa a partir do Ascendente ou do regente do dasa- Saturno-, ou associado com o Sol, Marte ou Rahu, no seu antardasa o nativo obterá a liderança de uma comunidade, ganho de riqueza financeira, influência social alargada.

Na parte intermédia e na parte final deste subperíodo o nativo será afligido com doença, fracasso nos seus empreendimentos, ansiedade e sentimento de estar em perigo.

Quando Mercúrio rege a 2ª ou a 7ª casa do horóscopo, o seu anatardasa traz sofrimento físico.

Efeitos Gerais dos Antardasa no Dasa de Júpiter #4

luz

Antardasa de Marte

Este subperíodo dura 11 meses e é mais efetivo após os 28 anos, idade de maturação de Marte. Para avaliar os seus efeitos procedemos, como habitualmente, analisando a casa de colocação de Marte, as casas que ele rege no horóscopo, os aspetos que recebe na posição de nascimento, os trânsitos que recebe durante o seu período antardasa e o nº de casas que separam Júpiter, o regente do dasa, de Marte.

Para os signos Ascendentes Caranguejo e Leão Marte é um planeta yogakaraka pelo que o seu antardasa pode ser especialmente favorável para os aspetos materiais e mundanos, podendo trazer melhorias na vida profissional e na carreira e  aumentar o poder e influência do indivíduo na vida comunitária e profissional.

Para os signos Ascendentes Peixes  e Balança pela regência da 2ª casa e para os signos Ascendentes Touro e Balança pela regência da 7ª casa, Marte pode tornar-se um planeta maraka no seu antardasa, indicando o final da existência se o resto do horóscopo o confirmar.

Segundo Parashara,  são os seguintes os efeitos deste antardasa de Marte:

Quando Marte está colocado no signo de exaltação, no próprio signo ou no seu próprio navamsa ou  no navamsa de exaltação, o seu antardasa traz eventos felizes como casamento, aquisição de bens  como propriedade de terras, aumento de força e de coragem, sucesso em todos os empreendimentos.

Quando Marte está colocado numa casa trikona ou numa casa kendra ou na 2ª ou na 11ª casa e recebe o aspeto de um ou mais planetas benéficos, o seu antardasa traz aumento de riqueza financeira e fartura de comida que também é agradável ao paladar, felicidade com o cônjuge e os filhos e outros eventos auspiciosos.

Quando Marte está colocado na 8ª ou 12ª casa a partir de Júpiter, regente do dasa, ou está debilitado ou em conjunção com planetas maléficos ou recebe  algum aspeto de  planetas maléficos, no seu antardasa há perda de riqueza financeira, perda da casa , problemas nos olhos e outros eventos inauspiciosos. Nesta situação, o começo do antardasa será particularmente difícil, melhorando um pouco mais tarde.

Quando Marte rege a 2ª ou a 7ª casa, no seu antardasa há sofrimento físico e mental.

Quando Marte recebe o aspeto de Júpiter ou quando estes planetas estão em conjunção, o dasa de Marte será muito afortunado enquanto o de Júpiter dará resultados medianos.

Antardasa de Rahu

Este antardasa tem a duração de  29 meses e é o período final do dasa de júpiter, sendo assim um chida-dasa.  Este período dará efeitos mais efetivos após os 48 anos, idade de maturação de Rahu. Para avaliar os seus efeitos procedemos como referido para o antardasa de Marte, com a diferença de que analisamos também os fatores referidos para o planeta que rege a casa onde se encontra colocado Rahu (seu dispositor) pois este influencia os resultados deste subperíodo, que dá resultados de acordo com a casa em que se encontra colocado Rahu e também a ou as casas que o planeta dispositor rege. Se, no horóscopo, existir uma conjunção ou aspeto entre Júpiter e Rahu, os efeitos deste período são amplificados. Durante  este antardasa figuras que personificam  alguém que é uma autoridade pelo seu saber , valor moral ,  liderança religiosa,  um  patrono, figura paterna ou seu substituto,  podem aparecer na vida da pessoa ou algumas existentes que tenham este padrão poderão sofrer uma transformação ao longo do período, geralmente através da  sua desmistificação: o seu caráter aparentemente impoluto ou «perfeito» ou «santo» revela-se como uma ilusão, havendo o corte dos laços existentes com ele, perdendo-se o sentimento de respeito ou veneração pela descoberta de falhas de caráter, etc.. Assim, ao entusiasmo inebriante que pode acompanhar, no começo, a interação com estas figuras, segue-se a deceção final quando é   descoberto o caráter ilusório ou mesmo fraudulento, por vezes, dessa pessoas.

O antardasa de Rahu no dasa de Júpiter pode também trazer aumento de ganhos materiais, embora nem sempre por meios legais. Tais ganhos poderão, no entanto, não ser conservados durante muito tempo.

Sendo um chida -dasa, este antardasa de Rahu é também, como acontece em qualquer final de período dasa, um tempo de libertação e de deixar ir, em relação a dívidas de ou para com outros, expetativas não realizadas, desejos por preencher, objetivos não concretizados, etc.. Trata-se de deitar fora tudo o que se tornou «a mais» antiquado ou irrealizável por estar fora de tempo e também para perdoar, a si mesmo e aos outros, e seguir em frente, liberto (a) para um novo começo no período seguinte.

Durante este antardasa, são frequentes os casos de casamento por paixão, instigado pelo desejo sensual fortemente amplificado pr Rahu. Tais casamentos com a marca da excitação podem ser tão voláteis como qualquer paixão , durando em geral pouco tempo, tanto quanto aquele em que dura a «chama» do desejo que o provocou.  Qualquer chida-dasa, sendo um tempo de finalização e  de corte, não é o melhor período para iniciar o que quer que seja que queremos que seja duradouro.

Quando o planeta dispositor de Rahu rege a 2ª ou a 7ª casa ou quando Rahu está colocado na 2ª ou 7ª casa do horóscopo, o seu antardasa pode indicar qualidades maraka, trazendo o final da existência, se confirmado pelo resto do horóscopo.

Apresentamos a seguir a explicação de Parashara para os efeitos deste antardasa:

Quando Rahu está colocado no próprio signo, signo de exaltação ou mooltrikona (as opiniões  divergem sobre isto: alguns consideram como próprio signo de Rahu Aquário, outros Carneiro; para alguns o signo de exaltação é Gémeos, para outros é Touro; para uns o signo  mooltrikona é Caranguejo, para outros é Gémeos. De qualquer modo, estará bem colocado em qualquer destes signos); ou quando está colocado numa casa kendra ou trikona, ou quando recebe o aspeto de um planeta regente de uma casa kendra ou quando está em conjunção ou recebe o aspeto de um planeta benéfico , no seu antardasa haverá  ganho de riqueza financeira e fartura de alimentos nos primeiros cinco meses, poder sobre uma comunidade ou país , encontro com um líder político estrangeiro, bem estar na família, viagens para terras distantes, visitas a lugares santos.

Quando Rahu está associado com planetas  maléficos ou está colocado na 8ª ou 12ª casa a partir do regente do dasa (Júpiter), no seu antardasa há perigo vindo de ladrões, do governo, de cobras (veneno), feridas; problemas no ambiente familiar e doméstico, desentendimento com irmãos e parceiros, sonhos desagradáveis, perigos por doença, brigas sem razão, etc.

Quando Rahu está colocado na 2ª ou na 7ª casa haverá sofrimento físico no seu antardasa.

 

 

 

Efeitos Gerais dos Antardasa de Júpiter #3

jup

Antardasa de Vénus

Este subperíodo dura 32 meses e dá resultados mais efetivos a partir dos 25 anos, idade de maturação de Vénus. Para avaliar os seus efeitos temos em conta a colocação de Vénus , as casa que rege, os aspetos que recebe na posição natal. O nº de casa que separa o regente do Dasa (Júpiter) de Vénus  e os trânsitos que ocorrem para a sua posição durante o antardasa.

O subperíodo de Vénus no dasa de Júpiter é em geral muito benéfico para a realização do casamento formal.

Para os signos Ascendentes Carneiro e Virgem (regência da 2ª casa) ou Escorpião e  Carneiro (regência da 7ªcasa)  Vénus pode tornar-se um planeta maraka no seu antardasa e trazer o final da existência, quando confirmado pela resto do horóscopo.

Parashara  deixou-nos a descrição dos efeitos deste antardasa:

Quando Vénus está colocado no próprio signo e recebe o aspeto de um ou mais planetas benéficos, ou está colocado numa casa kendra, ou trikona ou na 11ª casa,  o seu antardasa traz ganhos de riqueza financeira através de benefícios do governo, aquisição de veículo; o nativo terá diversão, alegria e felicidade, ganhos extraordinários a partir de viagem para Este, bem-estar na família e felicidade dos pais, atos de devoção  religiosa/espiritual e ações de caridade, etc..

Quando Vénus está colocado na 6ª, 8ª ou 12ª casa a partir do regente do dasa (Júpiter) ou do Ascendente ou está colocado no signo de debilitação (Virgem), o seu anatardasa traz brigas, desentendimentos com a família, sofrimento para o cônjuge e filhos.

Quando Vénus está em conjunção com Saturno ou Rahu ou com ambos, o seu antardasa traz brigas, desentendimento com o cônjuge, disputas com o sogro e com os irmãos, sofrimento causado pelo governo ou autoridades, perda de riqueza financeira.

Quando Vénus está colocado numa casa kendra ou trikona ou na 2ª casa a partir do regente do dasa (Júpiter) o seu antardasa traz ganho de riqueza financeira, felicidade com o cônjuge, interação com altas figuras do governo, aumento do número de filhos, veículos (carro, barco, etc.) diversão com música, associação com pessoas instruídas, prazeres de comida, vontade de ajudar os familiares, etc.

Quando Vénus rege a 2ª ou a 7ª casa, no seu antardasa há perdas financeiras, medo de morte prematura,  antagonismo com o cônjuge, etc..

Antardasa do Sol

O subperíodo do Sol dura 10 meses e tem efeitos mais efetivos a partir dos 22 anos, idade de maturação do Sol. Procedemos como para o antardasa de Vénus, para avaliar os seus efeitos.

O subperíodo do Sol pode trazer o casamento, sempre que o Sol rege o navamsa da 1ª ou da 7ª casa  e há um trânsito de Rahu e Ketu por este eixo do horóscopo. Os casamentos realizados neste período indicam um parceiro que pode ser um líder inclusive político, alguém especialmente criativo e inteligente, alegre, socialmente bem conectado.

Para o Ascendente Caranguejo (2ª casa) e para o Ascendente Aquário (7ª casa) o subperíodo do Sol pode indicar o final da existência se outros fatores do horóscopo o confirmarem, especialmente quando o Sol ocupa ou a 2ª ou a 7ª casa.

Damos a seguir a explicação dos efeitos deste antardasa, segundo Parasahra:

Quando o Sol está colocado no signo de exaltação, ou no próprio signo, ou numa casa trikona, ou kendra, ou na 2ª, 3ª ou 11ª casa e está forte, o seu antardasa, traz  respeito dos outros, ganho de riqueza financeira, felicidade, aquisição de veículo, roupas e ornamentos,  nascimento de uma criança, relações cordiais com as instituições e o governo, sucesso nos empreendimentos.

Quando o Sol  está colocado na 6ª, 8ª ou 12ª casa a partir do Ascendente ou do regente do dasa (Júpiter), no seu antardasa há problemas de saúde como nervosismo, febre, falta de energia, indulgência em fazer más ações, preguiça e antagonismo em relação aos outros, separação da família e sofrimento sem causa.

Quando o sol rege a 2ª ou a 7ª casa, no antardasa haverá sofrimento físico.

Antardasa da Lua

Este antardasa dura 16 meses e dá resultados mais efetivos a partir dos 24 anos, idade de maturação da Lua. Para avaliar os seus efeitos, temos em conta as indicações gerais dadas atrás, lembrando ainda que os aspetos recebidos pela Lua, bem como a posição do planeta que rege o signo onde a Lua está colocada influenciam os efeitos produzidos que têm em geral  ligação com as emoções, a segurança e a estabilidade, a mãe, as raízes familiares e sociais, as tradições e a propriedade da família, bem como , a nível social , o sentimento de pertença a  uma terra ou país, local de origem, etc.

O subperíodo da Lua pode ser um bom período para o casamento, quando a Lua rege o navamsa da 1ª ou da 7ª casa e existe um trânsito de Rahu e Ketu por um dos eixos  angulares do horóscopo. Nos casamentos realizados neste período , as qualidades sensíveis e emocionais do cônjuge são relevantes, podendo o parceiro ser alguém que tem vocação  particular para cuidar e nutrir e dar segurança, ou alguém que tem  por objetivo ter filhos, etc..

Para os signos Ascendentes Gémeos (2ª casa) e Capricórnio (7ª casa) o antardasa da Lua pode indicar qualidades maraka e trazer o final da existência, quando confirmado pelo resto do horóscopo.

Indicamos a seguir a explicação de Parashara para os efeitos deste antardasa:

Quando a Lua está brilhante (Lua Cheia), colocada no próprio signo ou no signo de exaltação, ou numa casa trikona ou kendra, ou na 11ª casa e também está numa casa auspiciosa quando contado a partir do regente do dasa, no antardasa   o nativo experiencia  respeito das autoridades, opulência e glória,  felicidade com o cônjuge e os filhos,  tem acesso a boa comida, vê aumentar a sua reputação pela realização de boas ações, há   nascimento de crianças na família, recebe benefícios do governo  que aumentam o seu conforto,  vê aumentar a sua inclinação espiritual.

Quando a Lua está fraca ou associada com maléficos, ou está colocada na 6ª, 8ª ou 12ª a partir do ascendente ou do regente do dasa, o seu antardasa traz perda de riqueza e de familiares, perigo de ladrões e das autoridades, desentendimentos com parceiros, separação do tio materno, problemas para a mãe, andará sem destino por terras estrangeiras.

Quando a Lua rege a 2ª ou a 7ª casa, o seu antardasa traz sofrimento físico.

Efeitos Gerais dos Antardasa no Dasa de Júpiter #2

 

jup2

Antardasa de Mercúrio

Este subperíodo tem a duração de 15 meses e  produz efeitos mais efetivos a partir dos 32 anos, idade de maturação de Mercúrio. Para avaliar os seus efeitos temos em conta  a casa onde se encontra colocado Mercúrio, as casas que ele rege, o nº de casas que o separam de Júpiter- regente do mahadasa- os aspetos que recebe na posição de nascimento e os trânsitos para essa posição durante o subperíodo.

Durante o subperíodo de Mercúrio pode ocorrer o casamento, quando Mercúrio rege o navamsa da 1ª ou da 7ª casa e existe um trânsito de Rahu/Ketu para esse eixo do horóscopo. Este casamento indica normalmente um cônjuge mais jovem ou com aspeto jovem, comunicativo, que pode ter uma carreira ligada à escrita, comunicação ou ao comércio/negócios, ou desempenha alguma atividade como  profissional da voz.

Quando Mercúrio rege a 2ª (Ascendente Touro ou Leão) ou a 7ª casa (Ascendente Peixes ou Sagitário) pode tornar-se um planeta maraka durante o seu subperíodo e indicar o final da existência, se confirmado pelo resto do horóscopo.

Segundo Parashara quando Mercúrio está colocado no signo de exaltação, no próprio signo, numa casa trikona ou kendra ou ainda associado com o regente do dasa- Júpiter- no seu antardasa haverá aumento de riqueza financeira, prazeres para o corpo, aumento de influência e de bens de conforto como roupas e ornamentos e outros bens.

Quando Mercúrio recebe um aspeto de Marte, no seu antardasa aumentará o número de inimigos e haverá perdas nos negócios, nos bens de conforto e nos prazeres e problemas de saúde.

Quando Mercúrio está colocado numa casa kendra, ou na 5ª ou 9ª casa a partir do regente do dasa, ou ainda no signo de exaltação, o nativo obterá aumento de riqueza financeira no seu próprio país, felicidade vinda da família, aquisição de veículo.

Quando Mercúrio  está colocado na 6ª , 8ª ou 12ª casa a partir do regente do dasa ou está associado com um planeta maléfico ,sem receber o aspeto de um benéfico, no seu antardasa haverá perda de riqueza financeira, viagens para países estrangeiros, perigo de ladrões durante as viagens, ferimentos, sensação de queimadura, problemas nos olhos e vaguear incerto por terras estrangeiras.

Quando Mercúrio está colocado na 6ª, 8ª ou 12º casa associado com um planeta maléfico, no seu antardasa haverá sofrimento sem razão, raiva, perdas financeiras e de outros bens, medo de morte prematura.

Quando Mercúrio está colocado em associação com um planeta maléfico mas recebe o aspeto de um planeta benéfico, no início do antardasa haverá alegria, aumento de riqueza, aquisição de roupas e veículo mas no final do antardasa haverá perda de riqueza financeira e sofrimento físico.

Quando Mercúrio rege a 2ª ou a 7ª casa  pode tornar-se um planeta maraka e trazer morte prematura, se isso for confirmado pelo resto do horóscopo.

Antardasa de Ketu

Este subperíodo tem a duração de 11 meses e dá resultados mais efetivos a partir dos 48 anos, idade de maturação de Ketu. Para avaliar os seus efeitos procedemos como para o antardasa de Mercúrio  (pressupondo que aceitamos que Ketu tem a co-regência  de um signo- ) e temos ainda em conta a colocação do planeta regente do signo onde se encontra colocado Ketu.

Os subperíodos de Ketu estão relacionados com libertação ou corte em relação a eventos, memórias, seres ou coisas que estão associados com o passado e que já não desempenham qualquer função útil no desenvolvimento espiritual da pessoa. Assim, este é um tempo de «deixar ir» esse lastro do passado, o que não se faz sem algum sofrimento pois essas coisas de que é preciso libertar-se são profundamente desejadas ainda. Mas só é possível avançar para uma nova etapa deixando-as ficar para trás, o que traz para muitos grande dor que será superada mais tarde, quando a pessoa  finalmente compreende que o tempo dessas coisas já passou e há que seguir em frente.

Quando Ketu está colocado numa casa cujo planeta regente também rege a 2ª ou a 7ª casa, pode tornar-se, no seu antardasa, num planeta maraka. Além do mais, sendo Ketu um karaka (significador) de corte, amputação ou separação, os seus períodos trazem sempre a possibilidade de corte ou separação de todas as formas físicas, incluindo co corpo físico ou partes dele.

Damos a seguir a interpretação do sábio Parashara para os efeitos do antardasa de Ketu:

Quando Ketu está associado com um planeta benéfico ou recebe o aspeto de um planeta benéfico, no seu antardasa pode esperar-se alegria moderada, ganhos médios de riqueza financeira, aquisição de riqueza financeira através de meios pouco claros.

Quando ketu está colocado na 6ª, 8ª ou 12ª casa a partir do regente do dasa ou está associado com planetas maléficos, haverá perda de riqueza financeira através do governo (aumento de impostos, por ex.), doença, aprisionamento, perda de força física, desentendimento com a família , em especial pai e irmãos , falta de paz mental.

Quando Ketu está colocado na 4ª, 5ª, 9ª ou 10ª casa a partir do regente do dasa Júpiter , no seu antardasa  o nativo receberá benefícios do governo, adquirirá veículos , terá lucro nos negócios, realizará o que deseja, aumentará a sua riqueza financeira e os bens de conforto , receberá ofertas .

Quando Ketu co-rege a 2ª ou a 7ª casa haverá sofrimento físico.