Signo Peixes na 5ª Casa do Horóscopo

signo Peixes na 5ª Casa do Horóscopo

Continuamos a descrição do efeito dos signos nas casas do  horóscopo, hoje com  os efeitos do signo Peixes  na 5ª casa do horóscopo. Para uma breve descrição dos significados da 5ª casa, por favor clique aqui.

Quando o signo Peixes ocupa a 5ª casa do horóscopo- o que acontece para o Ascendente Escorpião–  os nativos  são atraídos pelo mundo do imaginário e da arte. Este é o tipo de pessoa que pinta ou desenha como passatempo; ou toca um instrumento musical ou escreve poesia ou ficção para se distrair. Estas pessoas não são muito amantes dos desportos físicos mas podem entreter-se durante horas com alguma coisa que achem bela ou lhes provoque emoção como ver um espetáculo de patinagem artística ou de dança, um filme romântico, novelas na TV, leitura de romances de cordel, etc.. Precisam da criatividade estética e da atmosfera emocional ora romântica ora idealista, para se sentirem bem com a vida. Sentem-se atraídas por pessoas compassivas e generosas, com uma natureza preponderantemente emocional e podem sentir especial atração por fazer voluntariado no seu tempo livre, especialmente envolvendo crianças, tanto as que sofrem nos hospitais como as que precisam de  companhia para ouvirem contar estórias, pintar e desenhar, representar uma peça de teatro, etc.  Podem também apreciar fazer investimentos de risco, o que pode, por vezes, colocar em risco o seu equilíbrio financeiro. Normalmente estas pessoas têm boas oportunidades para ganhar dinheiro mas podem ser traídas pelo desejo e  pelo prazer do risco.

No amor, estes nativos têm dificuldade em saber o que querem no parceiro amoroso e desiludem-se facilmente quando os seus ideais românticos são desmentidos pela falta de cortesia, de  delicadeza ou  falta de consideração por parte dos parceiros.  Um dos problemas está em que se sentem atraídos por pessoas que são muitas vezes «nebulosas» no plano emocional ou então são boémias no comportamentos, tendo dificuldade em  assumir claramente algum compromisso.  A tendência para idealizar os parceiros também não ajuda e, se inicialmente a atmosfera de romance é muito atrativa, gradualmente, as imperfeições mútuas vão aparecendo e  o romance tende a dissipar-se. Talvez se apaixonem mais por uma ideia de romance do que pelas pessoas concretas que conhecem .

Estes nativos gostam de  crianças, razão pela qual têm, em geral, filhos e são capazes dos maiores sacrifícios por causa deles.  Podem, desde cedo, iniciá-los em  hobbies como a pintura e o desenho, a poesia, a música e a dança, a pesca, a natação, a realização de pequenos filmes. As crianças são em geral talentosas e interessadas por estas matérias  e desenvolvem desde cedo os talentos artísticos e a capacidade de auto expressão criativa, o que lhes favorece o desenvolvimento da imaginação.  Podem igualmente ter uma natureza algo evasiva e sonhadora, tendo dificuldade em adaptar-se aos deveres quotidianos. Podem também ser muito desenvolvidas espiritualmente  ou ter inclinação religiosa.

O Signo Peixes  é  um signo mutável, feminino  idealista e romântico, com uma imaginação poderosa que se sobrepõe  às faculdades racionais mais «objetivas» e, em vez de descrever, prefere criar e idealizar. Possui uma sensibilidade aprofundada que é ideal para o desenvolvimento da capacidade de apreciar a expressão artística mas pode ser vista como caótica por aqueles que exigem a definição e conceptualização  da realidade e das experiências. Este signo tem dificuldade em lidar com os deveres imediatos e rotineiros . distraindo-se com facilidade  e procurando refúgio em alguma realidade alternativa associada à fantasia e á imaginação ou ao plano transcendente da metafísica e da religião. Produz uma sintonia entre  o nativo e todos os seres frágeis e em sofrimento, levando estas pessoas a fazer sacrifícios em prol de outros ou a encontrar na experiência religiosa, artística ou na prestação de serviço altruísta aos outros, um campo privilegiado de realização pessoal.

Júpiter, o regente de Peixes, simboliza , neste signo  da sua parte feminina, a generosa compaixão e entrega ao serviço humanitário ou à experiência religiosa, a necessidade que o ser humano tem de se ligar, pela dádiva de si e da  fé num poder maior, a um sistema de crenças, antigas e transmitidas ao longo do tempo de geração em geração e cujos rituais repetidos em circunstâncias semelhantes, dão segurança e esperança em relação ao destino de todos os seres. Enquanto Sagitário, o outro signo de Júpiter, é ativamente crítico, o signo  Peixes é recetivo, confiando na ordem divina e naquilo que esta transmite ao ser humano; mais do que atuar individualmente, deixa-se levar pela corrente do ser que vem ao seu encontro acreditando que o que  vier ao seu encontro  é bom porque «corresponde à «vontade divina» ou à Providência e não há nada que o homem possa fazer para alterar ou escapar a esse fluxo que rege a comunidade do Ser.  O signo Peixes simboliza a rendição da vontade e da razão humana aos desígnios divinos e à sua providência.

Na educação, estes nativos podem deixar que os filhos «aprendam»  pelas suas próprias experiências, sem lhes darem muitas regras ou imporem muitas limitações. Isto em alguns casos pode revelar-se imprudente pois as crianças poderão  agir de forma que se revele arriscada ou imprudente.  Os filhos destes nativos podem ser muito sensíveis às temáticas que lhes «puxam» pela criatividade e imaginação mas será preciso fazer um esforço adicional para que aprendam a gostar de disciplinas mais racionais e que exigem trabalho continuado como as ciências e a matemática. Podem tornar-se excelentes em Humanidades, gostando de escrever  e de todas as disciplinas que lhes permitam usar a imaginação, como é o caso da História e as Artes. Pode ser difícil convencê-los de que terão que estudar todas as disciplinas, quer gostem delas ou não.

Signo Leão na 5ª Casa do Horóscopo

signo Leão na 5ª casa do horóscopo

Continuamos a descrição dos efeitos dos signos nas casas do  horóscopo, hoje com a descrição dos efeitos do signo Leão  na 5ª casa do horóscopo. Para uma breve descrição dos significados da 5ª casa, por favor clique aqui.

Quando o signo Leão ocupa a 5ª casa do horóscopo- o que acontece para o Ascendente Carneiro– os nativos são extremamente criativos e dinâmicos, são aficionados do desporto e da atividade física que revela a sua boa forma e têm orgulho no seu corpo físico, que podem esculpir para adquirir um porte atlético e uma musculatura desenvolvida  sempre em forma.  Possuem uma inteligência muito criativa e gostam de inovar. São intuitivos e procuram continuamente novas formas de se expressar.

Os nativos com Leão na 5ª casa são competitivos, tanto no amor, em que adoram o prazer da conquista, como na vida em geral. Tendem a querer ficar em primeiro lugar também ao nível do conhecimento e da inteligência, gostam de ser os primeiros em termos académicos e podem competir bastante para o conseguir. Este espírito competitivo pode revelar-se também na área do desporto, em que farão tudo para obter o primeiro lugar do pódio em todas as competições de que fizerem parte. Podem ter uma atividade desportiva profissional, como atletas, embora prefiram desportos em que não precisem de trabalhar em equipa. Podem igualmente escolher uma atividade em que a força física se associe à criatividade, para poderem brilhar em toda a intensidade da sua individualidade. São igualmente amantes das artes- cinema e teatro, música, etc.- são igualmente aficionados da moda e gostam de se vestir de forma exclusiva e impecável. As atividades de lazer e a profissão andam bastante à volta da sua identidade, o seu próprio eu é o  seu maior ponto de interesse e a vaidade e o orgulho são traços pronunciados do seu caráter.

Se forem do tipo espiritualmente desenvolvido, são também capazes de pensar nos outros e de serem generosos com os outros, fazendo ações que os beneficiem. Uma vez mais, isso pode acontecer ,não por causa de um genuíno interesse  por essas pessoas, mas porque precisam de ter uma imagem de si próprios que seja nobre e altruísta.  Estes nativos muitas vezes não têm filhos ou, quando decidem tê-los , isso pode acontece mais tarde na vida. Geralmente, não lhes dedicam grande atenção, por estarem demasiado ocupados consigo próprios: buscam destacar-se da vulgaridade, tornar-se famosos, célebres….mas, em geral, os filhos destes nativos, quando existem, acabam por  se dar bem na vida e por serem criativos e inteligentes.

No amor,  são dramáticos , sensuais e muito apaixonados mas também caprichosos. O seu romantismo tem muito de «fabricado», de teatral, sempre que se apaixona, estes nativos constroem uma personagem e vivem, através dela, uma «estória», idealizada pela sua fantasia e pela necessidade que o seu ego tem de experimentar papeis, de viver na pele de múltiplas personagens. São muito dados ao flirt e vivem cada paixão como algo único e efémero, podendo apaixonar-se muito facilmente, mas sem se envolverem muito com o alvo dessa paixão e o fogo que a alimenta dura em geral pouco. Nada que os prenda durante muito tempo ou os desvie verdadeiramente do seu foco de interesse que são eles próprios.  Outro ponto de interesse fundamental é o jogo sob todas as formas e a especulação, que permite sentir a adrenalina do risco e da vitória, quando têm sucesso.

O Signo Leão é  um signo real, aristocrático, intuitivo e com o dom de trazer a inspiração do Fogo Divino para qualquer tipo de expressão no mundo terreno.  É uma energia que procura individualizar-se, criando continuamente novas expressões de si mesma. É também um signo de autoridade, do pai, da figura protetora que congrega os outros à sua volta para os iluminar. É o rei, o governante e, por isso, não é fácil para os nativos sob a sua influência, subordinarem-se a ninguém. Quando estes nativos têm talento artístico, sentem-se de imediato com direito ao estatuto de estrelas, com o consequente comportamento, nem sempre respeitador do esforço de todos os outros que colaboram consigo. Tendem sempre a pensar que o mérito é todo seu e nenhum dos outros.  O mesmo acontece em relação à expressão da inteligência ou das ideias :nunca reconhecem que outros possam compreender ou conhecer melhor do que eles.

O Sol, o regente de Leão, simboliza o pai, todas as figuras de autoridade , os líderes incontestados e iluminados e, dependendo da sua colocação no horóscopo assim o nativo será mais  aberto à generosidade para com os outros ou, pelo contrário, gerará a tendência para pensar que é o único que sabe, que tem razão e, por isso, não vale a pena perder tempo a escutar os outros e menos ainda a colaborar com eles. Leva a pessoa a querer deixar a sua marca única no mundo, através de uma posição de autoridade e, como regente da 5ª casa, leva os nativos a quererem distinguir-se através da via artística, desportiva, política e, em certos casos, religiosa, embora com características diversas das da religião dominante.  Estas pessoas gostam igualmente de brilhar onde quer que estejam e de chamar as atenções sobre si. Gostam de se divertir, de passear o seu brilho em festas, espetáculos, etc..e não suportam que, no mesmo local, existam outros come eles.

Os filhos destes nativos, quando existem, são criativos e inteligentes, podem ser bastante estimulados por um ambiente artístico que os inspira muitas vezes a seguir as pisadas parentais.  O pai é em geral um modelo fundamental nas suas vidas.   Tendem, no entanto, a ser educados com disciplina e autoridade, mesmo quando o pai está envolvido em atividades que lhe deixam pouco tempo para passar com os filhos.  O modelo de educação é, no entanto, geralmente diferente do modelo convencional. Os filhos são educados a partir das próprias regras do pai, e não tanto da sociedade ou as regras aceites pelos outros e isso acaba por  dar uma dimensão bastante individualizada ao seu processo de crescimento, levando-os a desenvolver eles próprios uma noção de educação que não coincide com os modelos geralmente massificados da sociedade.

Na educação, estas pessoas  preferem métodos individualizados de estudo, que recorram mais à criatividade do que à repetição. Cansam-se e rejeitam aprender através da simples memorização e gostam de ser estimulados para pensar de forma criativa e diferente do habitual. Preferem as matérias onde a criatividade e a expressão plástica ou dramática sejam o ponto fundamental. São inteligentes e intuitivos mas aborrecem-se com modelos de aprendizagem passivos e rotineiros. Aprendem melhor através da ação do que pela leitura ou audição passiva das matérias.

 

Signo Caranguejo na 5ª casa do Horóscopo

Signo Caranguejo na 5ª casa

Continuamos a descrever os efeitos dos signos nas casas do  horóscopo, hoje com a descrição dos efeitos do signo Caranguejo  na 5ª casa do horóscopo. Para uma breve descrição dos significados da 5ª casa, por favor clique aqui.

Quando o signo Caranguejo ocupa a 5ª casa do horóscopo- o que acontece para o Ascendente Peixes–  os nativos têm uma mente muito intuitiva e a sua criatividade  é inseparável dos afetos e das emoções. A inteligência, a imaginação e a emoção andam de mão dadas na compreensão, esta pessoa pensa através do que sente e decide, provavelmente, a partir dessa mistura de pensar/sentir integrada no seu ser.

Estes nativos são muito sensíveis e a sua mente vagueia continuamente pela bruma de velhas memórias, a partir das quais  visualizam novas ideias e projetos. São também muito sensíveis às crianças e podem desenvolver projetos e ideias que lhes são dirigidos ou em que as crianças têm um papel fundamental.  Podem ter filhos cedo na vida e nutrem-nos com grande carinho, daí recebendo também uma profunda retribuição emocional. Ou, na ausência de filhos, podem escolher hobbies ou atividades de lazer dirigidas às crianças, de certa forma retirando de tudo o que lhes dão, a gratificação das memórias ancestrais da sua própria infância feliz, tanto real como imaginada. Para estas pessoas, o contacto com crianças é fonte de equilíbrio e de felicidade, talvez como revivescência de um ideal de felicidade que guardaram  ou criaram na imaginação, podendo por vezes indicar uma espécie de «complexo de Peter Pan» ou o desejo consciente ou inconsciente de nunca abandonar o mundo maravilhoso das fantasias e da imaginação, associado à proteção e segurança da infância.  Por essa ou outra razão, tendem a desempenhar o papel de «mãe» também com os parceiros românticos, gostando de os nutrir e de sonhar com eles uma noção de «amor de conto de fadas», perfeito e feliz para sempre.  Apreciam  estar em casa, usufruindo dos confortos do lar, escolhendo hobbies como tricô ou croché, cozinhar, etc.. Podem também manter segredo de algum dom criativo que só revelam «em família». O excesso emocional nos relacionamentos pode gerar dificuldades, até que aprendam a ser menos idealistas e um pouco mais pragmáticos. Estes nativos precisam de obter reconhecimento imediato da sua criatividade ou inteligência, e também de serem correspondidos com a mesma ênfase em todas as  emoções que exprimem perante os outros e o parceiro romântico.

O Signo Caranguejo é  um signo fortemente intuitivo e imaginativo, protetor, procurando a cada momento assegurar a segurança . A instabilidade do seu regente, a Lua, em conjunto com a necessidade  de aprovação por parte dos outros pode implicar, quando  ocupa a 5ª casa, múltiplos relacionamentos que deixam estas  pessoas insatisfeitas pois não lhes fornecem  o «alimento» de que necessita, nem a mesma profundidade de envolvimento na relação e, por essa razão, algumas destas experiências podem ser bastante dolorosas. Esta é uma posição em que os nativos  precisam de receber do outro  inspiração para criar, seja uma obra ou projeto seja uma relação, que criam primeiro   na sua mente e imaginação, nutrindo-a com mil fantasias e emoções que, depois, não obtêm correspondência no relacionamento real, levando à deceção.    A Lua, o regente de Caranguejo, simboliza a mãe, a proteção mais básica e essencial das matrizes de vida  e estas pessoas precisam de sentir que o parceiro a quem se dedicam é capaz de lhes devolver a atenção, carinho e proteção que eles próprios também lhe dão. Torna-se assim muito difícil corresponder ao que procuram tão intensamente e atingir o mesmo plano de dedicação que  devotam aos outros. Esta é uma lição que precisam de aprender, embora seja difícil, pois tendem a reagir com as emoções, mais do que com a razão.

Os filhos destes nativos são em geral alvo de muitas atenções e devotado amor. Crescem assim num ambiente de amor e segurança. Estas pessoas gostam de ter filhos e procuram tê-los cedo na vida. Porém, o excesso de protecionismo e de cuidado que lhes dedicam pode ter  também o seu lado menos compensador: para os filhos, que veem o progenitor «tomar conta» de todos os aspetos da sua vida e que, a partir de certa altura, veem essa omnipresença como uma invasão do seu direito de  autonomia; e, para o nativo, que tende a idealizar os filhos e pode sobrepor-se à vontade destes, querendo decidir o futuro por eles, sempre pronto a  tomar decisões por eles, baseado na perceção de que é a pessoa que sabe «o que é melhor para eles». Assim, há que não cair na armadilha de pensar que os filhos são «algo que lhe pertence» e cujos sonhos de futuro podem manejar à vontade, caso contrário poderão receber uma reação bastante violenta (e em grande parte injusta) destes , que poderão querer libertar-se de um progenitor ou progenitora «sufocantes».

Na educação, estas pessoas  responderão melhor a um ambiente criativo e simultaneamente emocional. Gostarão de receber dos professores a cada instante o reforço do reconhecimento pelo bom trabalho. Terão bons resultados nas tarefas que exigem criatividade e emoção, talvez não se interessem muito por matérias exclusivamente lógicas ou pragmáticas. A arte e saberes e práticas associados serão provavelmente preferidas.  Aprenderão bem se houver uma relação de empatia com os professores. Se não gostarem dos professores, o mais certo é não se interessarem por aprender. A inteligência destes nativos é fortemente emocional , sendo capazes de aprender melhor através de exemplos reais de vida, por ex., através de estórias e de casos concretos que lhes chamem a atenção ou considerem sugestivos. Conhecimentos meramente teóricos  dificilmente deixarão rasto na sua memória.

Signo Aquário na 4ª Casa do Horóscopo

crianc

Continuamos a descrever os efeitos da colocação dos signos na 4ª casa do horóscopo. Pode ler uma breve síntese de alguns dos significados da 4ª casa aqui.

Quando o signo Aquário  ocupa a 4ª casa do horóscopo- o que acontece para o Ascendente Escorpião  o lar  é difícil de determinar pois, ao invés da família próxima, os nativos podem ter crescido num ambiente pouco estruturado no qual várias pessoas diferentes desempenharam pelo menos alguns papeis parentais. As mudanças de casa podem ter ocorrido com frequência, não dando tempo de estabelecer laços profundos com um determinado lugar ou com pessoas aí existentes. Isto teve por consequência que estes nativos têm dificuldade em considerar o local onde vivem como «lar», pois a instabilidade em que viveram, durante a infância, levou-os a desligar o seu conceito de abrigo e segurança de um lugar ou casa em particular. O mesmo pode ter acontecido em relação aos cuidadores (especialmente a mãe) na infância. Há muitas vezes uma relação mais próxima com amigos do que com familiares de sangue..

A mãe pode ter sido uma pessoa não convencional, cujas ideias ou comportamento podem ter causado algum choque ou estranheza nos outros. Apesar da sua atitude tolerante e da liberdade que deu ao nativo, a distância afetiva que existiu entre ambos, talvez  porque a mãe sentiu que seria demasiado limitativo dar atenção exclusiva à criança e tenha dividido  a sua atenção e interesse entre o papel de mãe e a sua convivência social e com os amigos. Em resultado disso, estes nativos são em geral pessoas solitárias, que cresceram sem grandes orientações por parte figura maternal, o que, certamente, foi sentido  pela mente infantil como desinteresse por parte dela, uma vez que se sentiram entregues a si próprios e sem apoio continuado no ambiente familiar. Assim, estes nativos são com frequência pessoas  «sem raízes», o que lhes dá um caráter algo taciturno e dificuldade em adaptar-se a um lar que seja demasiado estruturado ou orientado por regras rígidas.

Os nativos com Ascendente Escorpião  são assim, frequentemente, «lobos solitários», alternando o seu silêncio interior com a partilha de algum relacionamento, sobretudo amoroso mas uma parte de si mesmos permanece sempre «desligada», talvez para se salvaguardarem de alguma possível desilusão que o abandono pelo parceiro possa causar. São também meditativos e difíceis de conhecer por parte dos que os rodeiam. Alguns podem, além disso, aparecer como rebeldes e muito ciosos da sua liberdade, podendo defender estilos de vida que vão muitas vezes contra as convenções. Uma coisa é certa, é difícil que se sintam felizes a cumprir todas as regras que a «sociedade bem comportada» determina pois sentem uma necessidade muito forte de romper com todas as regras aceites e de  serem eles os autores das regras que querem seguir, não aceitando imposições de ninguém. E, se for necessário, mudam o local da sua residência, até poderem viver como desejam. Podem também assumir uma «família de empréstimo», em que os laços de sangue são considerados secundários relativamente aos laços de amizade. Os amigos tendem a ser a verdadeira família para estas pessoas.

O signo Aquário   está  associado  com  a relação com o grupo e a vida social/comunitária. Quando ocupa a 4ª casa, produz a inclinação para  construir a identidade pessoal no seio da comunidade e dos círculos de amigos, relacionamentos sociais, etc.  Estas pessoas sentem-se mais seguras e felizes quando têm um círculo de amigos à sua volta e podem criar o hábito de reunir frequentemente esse grupo em casa. São capazes de exprimir melhor as suas potencialidades na presença dos amigos do que quando estão sozinhos. O sentido da sua vida pode ser encontrado, para alguns, na dedicação a alguma causa em favor da humanidade ou da sociedade, através do sentimento de pertença a algo maior do que a sua individualidade, embora rapidamente se fechem sobre si mesmos quando aqueles a quem se desejam dedicar aparecem a seus olhos como «não merecedores» do seu esforço.  E tendem então a fechar-se na sua concha vazia e no consequente sentimento de solidão. Podem também associar-se a um grupo de indivíduos que, como eles, não respeitam as regras convencionais e encontrar no prazer que esse «sair para fora do que é bem visto ou permitido», a descarga emocional que lhes permite encontrar algum equilíbrio de ser e de viver. Exemplos de grupos destes são por ex., um grupo de motards», grupos «conspiradores» na área da política e ideológica, etc.. O impulso para «serem diferentes» e desafiarem as convenções pode ser muito forte.

Quando Saturno, regente do signo Aquário, está forte no  horóscopo e bem colocado, estes nativos conseguem viver a sua vida sem tristeza ou  sentimentos de solidão, tornando-se mais espirituais à medida que amadurecem, podendo dedicar-se a disseminar ideias que consideram importantes para o progresso da humanidade, indo para além da suas próprias necessidades e procurando construir em conjunto uma realidade melhor para si e para os outros embora mantenham sempre uma faceta «solitária» e incomunicável e apreciem momentos de solidão para cultivar o seu «silêncio interior».

A educação durante a infância  pode ter sofrido algumas quebras, causadas por mudanças de residência e pelo acompanhamento  frouxo por parte das figuras parentais. Mas a inteligência e a curiosidade destes nativos  compensa estes obstáculos e estas pessoas podem ser brilhantes em alguma área pela qual se interessem pois, nesse caso, são disciplinados e  persistentes na sua investigação. São muitas vezes estudantes não convencionais e desafiadores dos saberes aceites pelos outros. Sobretudo, em vez de aprenderem as ideias dos outros, preferem ser os autores de ideias capazes de influenciar os outros.

Signo Capricórnio na 4ª Casa do Horóscopo

caran

Continuamos a descrever os efeitos da colocação dos signos na 4ª casa do horóscopo. Pode ler uma breve síntese de alguns dos significados da 4ª casa aqui.

Quando o signo Capricórnio  ocupa a 4ª casa do horóscopo- o que acontece para o Ascendente Balança  o lar  é um espaço organizado e bem estruturado, estável e materialmente seguro, embora possa não ser o ambiente mais alegre do mundo.  É um espaço regulado e disciplinado, onde cada um tem que assumir os seus deveres e responsabilidades. E, geralmente, estes nativos são mais maduros do que a maioria, não sendo nunca crianças, no sentido estrito pois, em muitos casos, têm que assumir alguns fardos ou responsabilidades cedo na vida.

A mãe pode ter sido uma pessoa triste, infeliz ou muito rígida, tendo grande dificuldade em exprimir e dar afeto e , em alguns casos, pode ter havido mesmo separação física em relação à mãe, de modo que o nativo cresceu sem o amparo de uma relação afetiva próxima e calorosa.  E, mesmo quando esteve presente, a tendência para se distanciar afetivamente terá criado o sentimento de que o nativo estava, na verdade, entregue a si mesmo. Em outros casos, a mãe tem uma carreira à qual dá muita importância e que lhe absorve toda a atenção, não mostrando disponibilidade para  contactos próximos com a criança, entregando-a ao cuidado de outros que, podendo ser muito eficientes, não conseguem providenciar  mais do que uma relação temporária e institucional à criança, geralmente partilhada com os cuidados prestados a outras crianças.  A mãe também pode relacionar-se com a criança a partir de um conjunto de regras definidas previamente, decidindo cerebralmente e separadamente do contacto com a criança o que «é melhor para esta» e, por esse motivo, ao invés de uma espontânea relação de afeto, a criança apenas recebe o que está estipulado pelas regras, sem ter em conta as suas necessidades reais. De uma forma ou de outra, está entregue a si mesma  e às mãos das convenções  sociais que aprende a respeitar como mais importantes do que as suas necessidades individuais e é obrigada a desenvolver resiliência e maturidade antes de tempo. Tudo isto faz com que estas pessoas desenvolvam um sentido de autodisciplina, determinação e contenção, embora também, muitas vezes, se tornem extremamente ansiosas e melancólicas.

Os nativos com Ascendente Balança  são, muitas vezes, «o rochedo» que une os membros da família, são a pessoa com que todos contam para gerar estabilidade  no lar e para fazer com que todas as coisas se façam ou resolvam de acordo com o que é necessário. Isto pode ser muito cansativo, sobretudo quando se é criança mas , mesmo quando são muito novos, não são vistos pelos outros como crianças mas como pessoas maduras  e responsáveis em que se pode confiar, independentemente da idade biológica que têm. E, por muito cansativo que isso seja, este papel agrada-lhes, a sua inclinação é exatamente a de serem «aquela pessoa» com a qual a família pode contar, e que está sempre disponível para ajudar, em primeiro lugar porque «é esse o seu dever» mais primário, aquele que, no fundo de si próprios, sentem não poder abandonar. Cuidar da família pode ser um papel pesado mas é também aquilo que deve ser feito. Muitas vezes esta disponibilidade gera, por parte de alguns membros da família, o sentimento de que estes nativos estão lá para «os servir» e a verdade é que nem sempre estas pessoas reagem a essas atitudes, que reduzem o seu sentido de responsabilidade a servilismo. Por vezes esta mesma atitude é repetida pelos parceiros de vida, após o casamento.

 O signo Capricórnio  está  associado  com o trabalho perseverante e muitas vezes duro, repleto de obrigações e deveres para cumprir. É ambicioso e pretende atingir o topo do respeito e status por parte dos outros. Assim, os nativos de Ascendente Balança aspiram a ter um lar que seja objeto de respeito e de admiração por parte dos outros, tanto pelo conforto material como por exprimir valores sólidos e convencionalmente aceites. E, para isso, estas pessoas estão dispostas a fazer os seus máximos esforços, a sua maior ambição é ter uma casa materialmente confortável e que, muitas vezes, constroem parcialmente com o seu esforço e fazer dela um lar onde tudo corre de acordo com  as regras aceites. (São também capazes de viver  em casas mais «espartanas» e com pouco conforto material ,se isso for necessário.)Assim, não só estes nativos foram expostos a disciplina  estrita na sua infância, como tendem a fazer o mesmo com a  família iniciada por si, embora possam fazê-lo de acordo com os princípios de igualdade e de desejo de consenso que tanto os caracteriza.  Mas acreditam que, se não há regras, a ordem e o equilíbrio são impossíveis e regulam desta forma todas as facetas da sua vida, fazendo com que os restantes membros da família as aceitem, discutam, quando for caso disso e as cumpram. A vida familiar e o lar misturam-se também muitas vezes com o trabalho e não é raro encontrar estas pessoas a trabalhar a partir de casa, pelo menos parcialmente.

Quando Saturno, regente do signo Capricórnio, está forte no  horóscopo e bem colocado, estes nativos conseguem estruturar as suas vidas de forma harmoniosa e adaptável. Associam o conceito de harmonia ao conceito de «estrutura» e desenvolvem dessa forma uma noção de beleza que lhes é muito própria. Saturno também dá a estas pessoas força interior para serem autónomas e independentes, apoiando os outros, mais do que precisando do apoio deles. A pessoa tem um sentido de felicidade que lhe advém de «ter tudo em ordem » na sua vida, de ter alcançado o equilibrio. Saturno também ajuda estas pessoas a trabalhar fundo na sua individualidade, de modo a desenvolver as características necessárias para serem eficientes no mundo material e emocionalmente  menos dependentes dos outros. Ajuda igualmente a  desenvolver uma perceção  de harmonia que  vem do interior de si  e que é desenvolvida em simultâneo com o sentimento de resiliência em face das dificuldades. Com o tempo, estes nativos aprendem a ser felizes, mesmo quando os seus deveres para com os outros aparentemente esgotam a sua força física.  E apreciam  rodear-se de beleza, associando o conforto com essa harmonia da estrutura que a seus olhos é o «belo em si».

A educação durante a infância  pode ter enfrentado algumas dificuldades,  por vezes causadas pelo ambiente familiar, que  obrigou a  que se tornassem adultos antes de tempo, muitas vezes assumindo o papel de adultos junto de um dos pais.  São estudantes perseverantes e que gostam de criar rotinas, podendo dedicar mais tempo ao estudo do que a maioria, se isso for percecionado como indispensável para os seus objetivos futuros. São trabalhadores e sérios e encaram o estudo como um dos deveres que é preciso cumprir.

Signo Carneiro na 4ª Casa do Horóscopo

caree

Iniciamos a descrição dos efeitos dos signos na 4ª casa do  horóscopo. A 4ª casa tem uma importância acrescida pois ela representa os alicerces profundos da existência, as condições das quais viemos- e, em virtude disso, a causa próxima, que é a mãe-, o nosso caráter e inclinações naturais, a nossa herança ancestral, tanto a nível biológico como familiar e social. Ela é o contexto que subjaz a todo o potencial de desenvolvimento representado pela 1ª casa ou Ascendente. É também o nosso ambiente interno no qual encontramos segurança e a nossa felicidade subjetiva. Representa os primeiros tempos da nossa existência terrena, a educação básica, a nossa paz mental, a nossa confiança e conduta reta e também os confortos materiais que são herdados da nossa família : casas, terras, veículos, país onde nascemos, os luxos de que dispomos no ambiente familiar e tudo aquilo de que precisamos para nos sentirmos confortáveis e felizes. Mas, como o ciclo da existência é uma espiral que continua no final da existência com outros processos e outro ciclo, a 4ª casa representa também todos os  processos de finalização, incluindo o final da nossa existência, embora ,na Astrologia Jyotish, a 2ª e a 7ª casa (casas maraka) revelem os meios e o tempo  em que provavelmente o ciclo atual de existência terminará (períodos dasha dos regentes/planetas ocupantes dessas casas maraka). Quanto às partes do corpo representadas pela 4ª casa, a Astrologia Jyotish difere da Astrologia Ocidental, considerando que esta casa representa a caixa torácica e o coração, o peito, seios e pulmões. Os planetas que ajudam a proteger os  significados positivos da 4ª casa são a Lua, como representante (karaka) da mãe , Vénus, como representante (karaka) dos confortos, veículos  e luxos e Marte, como representante (karaka) das propriedades e terras. A 4ª casa é muito importante no horóscopo , mudando os seus significados à medida que a vida vai decorrendo: na infância ela representa essencialmente a relação com a mãe e os cuidados maternos, bem como a educação básica. Na vida adulta representa a felicidade subjetiva , os bens móveis e imóveis e a felicidade conjugal.

Quando o signo Carneiro  ocupa a 4ª casa do horóscopo- o que acontece para o Ascendente Capricórnio–  os nativos podem ter tido uma infância em que a mãe deu pouco apoio afetivo e emocional , não satisfazendo, provavelmente, as suas necessidades de relacionamento próximo e de segurança básica. O signo Carneiro é um signo autocentrado, focado essencialmente nas  necessidades do indivíduo e não tem muito jeito para lidar com as emoções, sendo muitas vezes brusco , agressivo e discordante e a mãe destes nativos  possui, em geral, muitas destas características, o que não ajuda muito o sentido «maternal»  para o qual não se sente provavelmente vocacionada.  Pode acontecer que  a mãe descrita pelas características de Carneiro  tenha algum ressentimento por ver a sua liberdade pessoal coartada pela necessidade de cuidar de uma criança e isso repercute-se em geral na falta de contentamento ou de felicidade subjetiva   sentida pelos nativos com Ascendente Capricórnio. A sua frieza e incapacidade  para lidar com as emoções revela em muitos casos feridas emocionais trazidas dos primeiros tempos de vida em que  não tiveram muitas das suas necessidades  básicas de segurança e de conforto emocional satisfeitas. Tendo sido pouco positivo este lado do seu desenvolvimento, estes nativos desenvolvem em geral uma resiliência determinada e focam o seu interesse nos outros significados da 4ªcasa: obtenção de confortos materiais, posses de bens móveis e imóveis, que procuram alcançar sozinhos e através das provas do seu valor pessoal. Estas posses servem para dar a estas pessoas a confirmação do seu valor e de uma autoimagem positiva , da qual se orgulham. Quando são, por sua vez, pai ou mãe, tendem a privilegiar estes aspetos materiais na educação dos filhos pois não sabem como lidar com a dimensão mais vulnerável dos aspetos emocionais, o que normalmente só aprendem mais para o final da vida.

O signo Carneiro é um signo orgulhoso e que produz a vaidade de querer ser melhor, diferente e pioneiro e isto nos primeiros tempos de vida pode levar os nativos a fazerem tudo para provar a  sua força (participando em lutas, amigáveis ou não) , a sua inteligência e mérito nos estudos, destacando-se, provavelmente, da maioria  pelos resultados que atingem. Estas pessoas são muito competitivas e  criam facilmente conflitos com os outros pois querem ser líderes e não aceitam estar no mesmo plano que os outros pelo que podem não ter muitos amigos nos primeiros tempos de vida. Podem ser beligerantes e agressivos, resolvendo fisicamente muitos dos diferendos com os outros.  O ambiente familiar dos primeiros tempos de vida pode ser também discordante, com discussões permanentes ou até, por vezes, quando a 4ª casa recebe maus aspetos, com violência. Podem experienciar separação entre os pais ou dos pais em relação a si próprios, especialmente a mãe e isso deixa marcas profundas na sua natureza.  Estes nativos são propensos a dores de cabeça e enxaquecas e têm pouca paz mental, sendo nervosos e impulsivos.

Quando o planeta Marte,   regente do signo Carneiro, está forte no  horóscopo, estes nativos podem herdar muitos bens imóveis, sobretudo terras, minas, poços, etc.  Podem ser muito ambiciosos e lutar pela posse das propriedades da família às quais julgam ter direito.  A fraqueza de Marte pode produzir problemas de saúde relacionados com o coração e a região epigástrica, problemas de circulação do sangue e desordens mentais.  Quando Marte está forte torna estas pessoas muito confiantes e determinadas, teimosas e obstinadas. Marte pode permitir alcançar muitos bens materiais mas prejudica, em geral, a felicidade doméstica, gerando a tendência , sobretudo quando mal colocado no horóscopo, para um ambiente doméstico no qual a discórdia é a nota dominante e o egoísmo é muito marcado, pelo que a separação e, por vezes,  a violência doméstica, podem ser a nota dominante. O ciúme e o ressentimento perpassam muitas vezes  todo o contexto dos significados desta casa, minando a possibilidade de estes nativos serem felizes. Com uma boa disposição da 4ª casa e do seu regente, essa felicidade pode acontecer mas, em geral ,mais tarde na vida, quando  aprenderam a dar mais importância aos afetos do que às posses materiais.

A educação destes nativos ao nível da sua instrução básica pode ter bons resultados, mais porque eles tomam a tarefa por si mesmos, de forma autónoma, do que pelo apoio parental, que pode estar ausente , por indiferença ou por alguma outra razão. A vaidade e o orgulho nas próprias competências pode impelir estas pessoas a distinguirem-se da maioria , o que conseguem facilmente pois são determinados e inteligentes, e desejam realmente ser melhores do que a maioria, o que é um ponto que joga a seu favor.

Signo Aquário na 3ª Casa do Horóscopo

grup

Para ver uma pequena introdução aos significados da 3ª casa, leia aqui.

Quando o  signo Aquário   está colocado na 3ª casa do horóscopo- o que acontece para o Ascendente Sagitário  os nativos   são tolerantes  e abertos na forma de comunicar embora sejam muitas vezes difíceis de entender pois tendem  a ser «filosóficos» nas suas abordagens, nem sempre acessíveis aos que não gastam muito tempo no trabalho de pensar. Outra característica marcante destas pessoas é a forma impessoal como se relacionam com os outros. Apesar da sua capacidade de aproximação aos outros, esta é  feita pela comunhão do pensar e das ideias, a aproximação faz-se pela partilha de ideias e de uma visão da realidade, e menos pelos afetos ou pela empatia emocional. Estes nativos têm a capacidade de gerar simpatia, mais pelo respeito que mostram pelas diferenças de opinião de cada um do que pelo afeto que manifestam. Apesar disso,  exprimem um companheirismo que é evidente, talvez sobretudo pela forma igualitária com que tendem a tratar os outros, a quem reconhecem genuinamente os mesmos direitos e a mesma dignidade que revelam por si próprios. Bem, é claro que isto não se estende à aceitação das ideias dos outros, que nunca veem como tão boas como as suas, pois é evidente o alto conceito que têm de si próprios ao nível do pensar e podem ser bastante obstinados nos seus pontos de vista, sobretudo porque tendem a aceitar as evidências que o pensamento lhes mostra como  sendo «a verdade», o que os leva a defender as suas ideias de forma aguerrida, sentida muitas vezes pelos outros como  arrogância  intelectual. Essa arrogância estende-se apenas, porém, ao plano das ideias e não aos comportamentos sociais, nos quais gostam de ser igualitários.

Saturno,  regente de Aquário,  dá a estes nativos uma postura de alguma rigidez nos pontos de vista, obstinação na defesa intelectual das ideias e persistência das mesmas. Porém, a outra faceta de Saturno, mais focada no plano espiritual, leva estes nativos a descobrirem a importância de se associarem a outros para, juntos, formarem uma sociedade unida pelos mesmos ideais e capacidade de cooperação. Dá-lhes também a aptidão para  ultrapassar o  tempo presente  e organizar idealmente a criação de um mundo futuro, com base nos ideais partilhados entre todos e referentes ao desenvolvimento da humanidade como um todo. Estes nativos não são dos mais exuberantes do Zodíaco, no que se refere às capacidades criativas mas são capazes de, usando as experiências  do passado, usar a crítica e a racionalidade para criar um futuro no qual os erros anteriormente cometidos são  erradicados. A capacidade criativa e de iniciativa está mais ao serviço daquilo que razão determina  como «o que deve ser» do que da criação por puro prazer, seja este estético ou outro: para estes nativos, a utilidade para o conjunto da sociedade é o parâmetro mais importante a seguir. Sendo, no entanto, visionários, muitas vezes os nativos com Ascendente Sagitário precisam de fazer um esforço para que os seus contemporâneos compreendam efetivamente o que eles se propõem alcançar. O que nem sempre é fácil pois estas pessoas dão muitas vezes a impressão de «pairar acima das circunstâncias em que se encontram», parecendo também muitas vezes distraídas.

O signo Aquário    é um signo   de pensamento e de comunicação e estes nativos têm uma forte presença como oradores, dando sempre a ver uma craveira intelectual que está bastante acima do vulgar. Gostam de estudar e de estudar assuntos complexos que dizem respeito à compreensão filosófica e/ou científica da realidade e, como passam boa parte do tempo a pensar nessas matérias, a profundidade com que falam sobre as coisas pode ser algo intimidante para os que são mais ligados ao concreto e aos aspetos  imediatos da vida. Estes nativos podem revelar  orgulho ou até vaidade intelectual, gostando de «falar de cátedra». Pouco lhes importa a opinião dos outros, acerca de matérias intelectuais ( isto não sucede em relação a questões da vida concreta nas quais são geralmente abertos e bons «ouvintes»)  pois ficam sempre com a sua própria maneira de pensar, que consideram superior ,salvo raras exceções, não tendo por isso humildade intelectual. Embora possam dedicar-se a projetos  de negócios, são mais felizes em atividades nas quais possam ensinar, escrever e/ou falar ou ainda fazer investigação científica em alguma área. Nos projetos mais virados para os negócios , são os teóricos, os que desenvolvem a ideia  mas precisam de outros para a executar.

Quanto à relação com os irmãos mais novos, quando estes existem, é em geral pacífica, no sentido de que normalmente estes nativos não procuram impor-se , adotando o seu espaço próprio e deixando que os outros façam o mesmo. São estudantes dedicados e por vezes compulsivos, curiosos e capazes de se destacar facilmente pela sua cultura e volume de conhecimentos relativamente ao que é comum.  A sua capacidade de pensar e os conhecimentos que acumulam exige, no entanto, professores à altura, para lhes alimentarem a curiosidade e ajudarem a selecionar  e a organizar toda a  informação  que procuram e adquirem.

Signo Capricórnio na 3ª Casa do Horóscopo

capp

Para ler uma pequena introdução aos significados da 3ª casa, leia aqui.

Quando o  signo Capricórnio   está colocado na 3ª casa do horóscopo- o que acontece para o Ascendente Escorpião  os nativos  têm dificuldade em comunicar com os outros , sobretudo em situações nas quais as emoções têm parte relevante. A sua postura é séria, muitas vezes soturna ou até depressiva, são pouco ou nada expansivos e escondem o que sentem por detrás de um muro de silêncio ou de um distanciamento criado pela frieza  racional com que comunicam. Este distanciamento faz com que não sejam muito populares no ambiente próximo, tendo por vezes dificuldades de relacionamento com vizinhos , colegas, irmãos.  A sua maneira de falar e de comunicar é muitas vezes brusca, fria e rígida, tendo grande dificuldade em criar empatia com os outros, pelos quais não mostram, em geral, grande consideração nem compaixão. Na expressão dos seus desejos, são contidos, mostrando pouco entusiasmo, mesmo quando estão no encalço de alguma coisa que querem muito, não deixando entrever a efervescência emocional que, com frequência, percorre a sua interioridade sem que se permitam mostrar isso aos outros, mantendo-se aparentemente impassíveis. Não apreciam aventuras, sendo conservadores e gostando de saber, antecipadamente, com o que contam, sempre que precisam de viajar para algum lado, incluindo as pequenas viagens. Gostam de as planear previamente e são o tipo de pessoa que reclama sempre que algum pormenor do que esperava se desvia, mesmo que pouco, do que considera «tolerável» ou do que lhe «é devido».

Saturno,  regente de Capricórnio,  dá a estes nativos uma postura de seriedade e de fria eficiência, capacidade de trabalhar duro , ambição e um temperamento de líder, com capacidade de gerir e de executar; uma mente inteligente mas não muito inovadora, que gosta de se reger pelo já conhecido e experienciado e pela tradição , com respeito pelo dever e pelas instituições. Prefere a abordagem prática das coisas, sem se perder em teorias e abstrações. Dá-lhes determinação e firmeza nas decisões que tomam e critérios lógicos e práticos pelos quais se motivam a agir. Podem, por vezes, ter períodos de depressão.  A tendência para a rigidez nas crenças leva-os muitas vezes a ver o mundo de forma dualista- «certo e errado»- nem sempre mostrando a flexibilidade mental para entender a adaptação necessária a diferentes circunstâncias, o que pode gerar algum fundamentalismo de posições. Assim, os nativos com Ascendente Escorpião precisam de fazer um esforço adicional para que a sua forma de comunicar seja eficaz e produza os resultados pretendidos. Estes nativos conseguem isso através do uso de uma astúcia natural pela qual  conseguem fazer passar alguma mensagem que seja realmente do seu interesse, adotando uma postura de sobriedade e  de humildade que, não sendo verdadeira, é sem dúvida quase sempre convincente.

O signo Capricórnio    é um signo   de ambição  e dota os seus nativos com uma grande capacidade de persistir num determinado propósito sem o abandonar enquanto este não for alcançado. A sua grande capacidade de organização  e de trabalho por um propósito permite-lhes alcançar sucesso, embora este possa demorar algum tempo a ser atingido e apenas após bastante trabalho. Produz uma personalidade orgulhosa e com dificuldade em assumir qualquer erro, algo egoísta, por se centrar nos seus próprios interesses e estes serem de facto a única realidade importante para estas pessoas. O foco fundamental da vida dos Capricornianos é a acumulação de riqueza e de status, a procura de uma posição influente na sociedade, que possa ser motivo de orgulho a seus olhos pela qualidade do que são capazes de alcançar pelo próprio esforço.

Quanto à relação com os irmãos mais novos, quando estes existem, esta é muitas vezes difícil, em primeiro lugar porque estes nativos adotam de imediato uma posição de «liderança»  ou de autoridade em relação aos irmãos e têm dificuldade em comunicar com estes  de forma cordial ou afetuosa.  Uma relação de companheirismo em relação aos irmãos é muito difícil . Também existem muitas vezes dificuldades nos primeiros tempos de vida, podendo haver atraso nos objetivos da educação, quebras, interrupções, fracassos que tornam a educação académica mais difícil para estas pessoas, a menos que encontrem alguém com a abordagem certa para os ajudar.

Signo Escorpião na 3ª Casa do Horóscopo

 

comm

Para ver uma pequena introdução aos significados da 3ª casa, leia aqui.

Quando o  signo Escorpião   está colocado na 3ª casa do horóscopo- o que acontece para o Ascendente Virgem os nativos têm uma abordagem da vida corajosa e capaz de correr riscos. A sua mente é intuitiva, analítica e altamente inteligente, sendo capaz de refletir «pondo-se no  lugar do outro» para perceber as possíveis subtilezas das opiniões alheias , sobretudo quando estas encerram potencial malícia mas, apesar de gostarem de expor o que pensam, raramente dão hipótese aos outros de falar.  Adoram ouvir-se a si mesmos e ficam satisfeitos com o modo como pensam que consideram, de resto, o melhor e mais «bem pensado e argumentado» pelo que não têm qualquer interesse em ouvir outras opiniões, tentando, em vez disso, dar a ver a sua própria maneira de pensar como a única verdadeiramente admissível ou plausível.

Marte,  regente de Escorpião,  torna estes nativos fortes e determinados, com um fundo agressivo na forma como procuram realizar os seus desejos e como implementam os seus esforços, podendo mesmo recorrer a meios não convencionais ou por vezes mesmo marginais se isso for necessário para alcançarem os seus fins. Estes nativos anseiam ser líderes de opinião, procurando alcançar essa posição pela manifestação ostensiva da sua inteligência e tendo um gosto muito particular por contrariar as opiniões dos outros, sobretudo quando estas mostram conformismo perante os modelos morais vigentes  ou  quando aparentam hipocrisia de convicções. Nestes casos gostam de defender a parte contrária, mesmo que esta possa parecer marginal ou negativa aos olhos dos outros, por considerarem que as opiniões que ignoram os aspetos menos embelezados da realidade são em geral hipócritas ou mentirosas e que é necessário «repor a ordem da verdade» acerca da vida e das coisas. São, no entanto, capazes de expressar uma cordialidade total e afável, sempre que isso serve algum dos seus interesses, neste caso, fazer vingar a sua opinião como a mais importante e a única que merece ser seguida. Além do mais, a timidez natural dos nativos com  Ascendente Virgem   faz com que estas pessoas se resguardem atrás das ideias  e da sua inteligência, tornando assim menos aparente a agressividade com que são capazes de defender os seus pontos de vista.

O signo Escorpião   é um signo  que tem uma natureza complexa cuja regência de Marte inclina para uma abordagem rude , brusca e agressiva nas interações, embora isto seja apenas evidente quando as suas opiniões são postas em causa ou não são aceites. Estes nativos gostam de conhecer os mistérios da vida e das coisas em geral e podem gastar bastante tempo a estudar esses aspetos da realidade que depois apresentam em argumentos que querem apresentar-se como «verdades definitivas» aos outros. Reagem com despeito sempre que o modo como pensam não é reconhecido como o melhor e manifestam uma superioridade intelectual  perante qualquer outra argumentação, tornando difícil a discussão com eles. A menos que lhes interesse, por qualquer motivo , não hostilizar os outros , reagem de forma irónica e são capazes de ser depreciativos sempre que acham que alguém não compreendeu nada do raciocínio brilhante que efetuaram. Podem gostar de resolver mistérios e adoram reduzir os argumentos dos outros a nada, usando a inteligência para mostrar todas as contradições que estes encerram, aproveitando para mostrar depois que a única forma correta de pensar é a sua (tanto pior para os que não percebem isso).

Quanto à relação com os irmãos mais novos, quando estes existem,  esta pode ser bastante difícil pois  estes nativos tentarão sempre dominar os irmãos e manter-se como líderes incontestados de todos os privilégios. Podem ser frequentes as «partidas» aos irmãos mais novos, «até que estes aprendam quem manda» tornando a vida destes bastante difícil, sobretudo se tiverem que partilhar alguma coisa com estes nativos: como acontece na luta entre «machos» na Natureza, os nativos com esta posição tentarão ficar com tudo ou quase tudo para si reduzindo drasticamente todos os recursos aos mais novos, o que provavelmente gerará lutas constantes. O melhor é, pois, separá-los dos outros, a bem destes.

Signo Balança na 3ª Casa do Horóscopo

david

Para ler uma pequena introdução aos significados da 3ª casa, leia aqui.

Quando o  signo Balança  está colocado na 3ª casa do horóscopo- o que acontece para o Ascendente Leão– os nativos têm uma mente  cuja abordagem  e compreensão do mundo é muitas vezes estética. A sua sensibilidade é frequentemente artística e muitos têm talento para a área das artes, incluindo a poesia, a representação dramática, a música, dança, etc.  Estas pessoas preferem aprender temas aos quais possam associar uma visão estética do mundo e gostam de se rodear de coisas bonitas . Nas interações com os outros são amáveis e delicados, procurando a paz e gerindo com diplomacia qualquer «matéria delicada» que possa dividir as opiniões. Quando falam com os outros procuram o acordo por antecipação ou a negociação se houver oposição, não gostam de se impor. A menos que o Sol esteja forte no seu horóscopo, podem ter mesmo dificuldade em defender opiniões que sabem serem à partida desagradáveis para aqueles com quem interagem.  Usam  muitas vezes o charme e  a sua natural capacidade para seduzir para expor as suas opiniões, com o mínimo de «riscos» possíveis. Estas pessoas tendem a relacionar-se com os outros  de forma generosa e benevolente.

Vénus,  regente de Balança,  inclina estas pessoas para procurarem a beleza e  a harmonia no seu ambiente próximo; para se exprimirem  através de algum meio estético- como a performance em alguma arte-  pintura, dança, escrita literária, arquitetura, design, moda e estilismo, decoração, etc.; em alguns casos, também produz interesse pela gestão financeira ou direção artística relacionada com atividades de entretenimento, gestão hoteleira, gestão de espaços relacionados com o prazer, com a beleza e o bem estar físico, com o comércio de objetos de luxo e também com a prática jurídica e  financeira.  Podem também dedicar-se ao marketing e á publicidade, ao cinema e teatro, dança, etc. Mesmo que não escolham uma destas áreas, terão sempre interesse por estas matérias, podendo dedicar bastante tempo a atividades de «grooming» no seu dia -a -dia.  Podendo parecer superficiais ao juízo de algumas pessoas, os nativos com Ascendente Leão têm sempre uma faceta diplomata e cordial, em grande parte devido à presença do signo Balança na 3ª casa  do horóscopo. Podem apreciar fazer muitas pequenas deslocações para se envolver nas atividades referidas, assistir a algum espetáculo que apreciem, etc.

O signo Balança   é um signo  que predispõe para a cooperação e para o contributo para a comunidade. Os nativos que sofrem a sua influência têm consciência social e um sentido de justiça que se esforçam por ver implementado na comunidade de que fazem parte. Não veem apenas os seus próprios interesses mas são  capazes de uma abordagem imparcial acerca das coisas. São excelentes pensadores possuindo uma força de vontade forte. Quando Vénus está bem colocado no horóscopo, são otimistas, muito humanos na abordagem e resolução dos problemas, inteligentes e sensíveis. Assim, as interações com estas pessoas são «fáceis», harmoniosas e eivadas por um sentido de equilíbrio e de harmonia. Estas pessoas são pacifistas por natureza  e rejeitam todo o tipo de extremismos  e esta qualidade  ajuda a temperar alguns «complexos de prima dona» que atingem muitos nativos com Ascendente em Leão.  No entanto,  quando Vénus está fraco,  tornam-se argumentativos e teimosos e pode tornar-se difícil interagir com eles.

Quanto à relação com os irmãos mais novos, quando estes existem,  tende a ser fácil pois, ou os irmãos são gentis e cordiais e têm uma natureza conciliadora, ou o temperamento diplomata destes nativos predispõe para a camaradagem e respeito pela singularidade dos irmãos, qualidade que estes apreciam , de modo que não existem problemas de interação, antes uma  boa comunicação e entreajuda.