Signo Peixes na 4ª Casa do Horóscopo

aleg

Concluímos  a descrição dos efeitos da colocação dos signos na 4ª casa do horóscopo. Pode ler uma breve síntese de alguns dos significados da 4ª casa aqui.

Quando o signo Peixes ocupa a 4ª casa do horóscopo- o que acontece para o Ascendente Sagitário  – os nativos têm laços emocionais profundos com a vida familiar e com as suas raízes de origem. São estes laços psíquicos que são mais fundamentais e que nutrem o sentimento de segurança destas pessoas, que gostam de criar uma imagem algo utópica acerca dos familiares. A mãe e/ou o pai podem ter sido investidos de qualidades heroicas  que ajudaram a desenvolver o sentimento pessoal de segurança e proteção e que podem bem ter existido apenas na perceção imaginativa dos nativos. Mas desempenharam o seu papel, pelo menos durante o tempo de crescimento , de procura de figuras de referência e modelos a seguir.  Estas pessoas sentem grande empatia e afeto pelos familiares, sendo pilares dentro da família, a quem apoiam generosamente sem regatear. Perdoam com facilidade e sem pensar muito nos agravos ou comportamentos injustos de outros membros da família. Podem ter mesmo feito sacrifícios em  prol de membros próximos da família, sem se queixarem pois não suportam que alguém sofra ao seu lado, sem que façam nada para ajudar.

O lar, para estes nativos é, porém, em grande parte,uma experiência psicológica de encontro e diálogo interior consigo próprios. Gostam de alguma solidão, no refúgio do seu espaço privado, para meditar, estar em silêncio, sentir a realidade e a si mesmos. Esta faceta faz com que, apesar de serem muito sociais e geralmente simpáticos para aqueles que os rodeiam, estes sentem também que há alguma coisa de secreto no na natureza  destas pessoas, que não são fáceis de conhecer. Há nelas, para além dos gestos e dos comportamentos observáveis, todo um mundo que permanece fora do alcance dos outros.  Além disso, estas pessoas são bastante mutáveis , tanto ao nível do humor como da disponibilidade para socializar com os que lhes são próximos. Por vezes parecem navegar num mundo à parte, totalmente alheios em relação ao ambiente circundante. É como se, num instante, estivessem totalmente presentes – numa conversa, num local, num motivo de interesse- e no momento seguinte tivessem partido para outra esfera ou outro mundo. Porém, há algo que em geral permanece nestas pessoas ao longo da vida: um coração generoso e compassivo, lealdade na forma como se dão aos outros, flexibilidade e forte inclinação espiritual.

A mãe pode ter sido uma pessoa com algumas dificuldades em assumir as tarefas práticas da sua função maternal. Pode nem sempre ter conseguido transmitir à criança uma sensação de segurança, por ter uma personalidade pouco estável. Em alguns casos, pode ter sido excessivamente  protetora, dando à criança em crescimento um amor e afeto sem muitas regras e sem obrigações muito definidas a cumprir. Pode ser alguém com forte ligação à religião ou espiritualidade e ter transmitido esta inclinação à criança em crescimento. Pode ainda ter desenvolvido nesta um amor pela arte e pela fantasia, alimentando a sua imaginação  e criatividade, embora talvez  não tenha dado muita importância à  formação prática e ao «saber fazer» da vida terrena. Talvez por isso, nem sempre tenha sido fácil a estes nativos saberem com o que contar, por ausência de padrões repetidos na gestão das rotinas. Mas, em geral, a infância pode ter sido feliz,  com liberdade para desenvolver a criatividade e bastante permissividade na aceitação dos desejos e comportamentos infantis, por parte da mãe.

Os nativos com Ascendente  Sagitário criam , deste modo, raízes  essencialmente no plano psíquico, ao longo do seu desenvolvimento, as suas raízes são mais interiores do que relacionadas com algum espaço exterior. Necessitam  de  alimentar a sua dimensão espiritual e de procura de conhecimento superior, mais do que garantir estas ou aquelas posses materiais, para se sentirem felizes e em segurança. São simultaneamente generosos e afetuosos com os outros e distantes, na medida em que os laços estabelecidos com os outros são em geral fruto de uma tendência  da sua personalidade para tratar os outros «como família» (devido à empatia que sentem com a totalidade dos seres) mas, ao mesmo tempo, depois de fazerem isso, partem  sem estreitar os laços estabelecidos.

O signo Peixes    está  associado  com a  transcendência e a fé, com o desejo de ultrapassar os  limites do humano até à infinitude do divino, seja qual for a forma escolhida de fazer isso. É um signo em que a realidade humana se torna difusa e entra em estado de transmutação para alguma outra coisa, movida pelo desejo de infinito e de esperança  de alcançar um mundo idealizado, após uma purificação de tudo o que é demasiado denso e material na realidade vivida. Por isso há sempre alguma insatisfação com os resultados alcançados no plano material, que são incapazes de preencher por completo o sentido da vida para estas pessoas.

Quando Júpiter,  regente do signo Peixes, está forte no  horóscopo e bem colocado, estes nativos têm uma postura  de bonomia e de sabedoria, sentindo muitas vezes o apelo para desempenhar cargos de conselheiros, professores, juízes. Acumulam saber e sabedoria de vida e sentem que têm competência para guiar os outros com esse exemplo. Gostam de contar estórias e fazem-no com grande  talento, de modo que a mensagem que passam atinge completamente os ouvintes, se não no plano mental, pelo menos no coração.  Nos projetos que levam a cabo, preferem os que têm a ver com o humano, com  os seus sentimentos e a sua história, com a arte , a música e outras formas de expressão plástica ou artística, embora alguns possam ser bastante eficientes também a lidar com os números.

A educação durante a infância  pode ter sido pouco estruturada ou  pode ter passado por várias mudanças, por vezes devido a residência em país estrangeiro. Pode ter tido um cunho fortemente espiritual, que deixou marcas fortes no desenvolvimento da personalidade. Áreas como a arte, a literatura e a poesia, a filosofia, a História e a religião  podem ter sido preferidas em relação às áreas científicas ou de caráter prático.

Signo Aquário na 4ª Casa do Horóscopo

crianc

Continuamos a descrever os efeitos da colocação dos signos na 4ª casa do horóscopo. Pode ler uma breve síntese de alguns dos significados da 4ª casa aqui.

Quando o signo Aquário  ocupa a 4ª casa do horóscopo- o que acontece para o Ascendente Escorpião  o lar  é difícil de determinar pois, ao invés da família próxima, os nativos podem ter crescido num ambiente pouco estruturado no qual várias pessoas diferentes desempenharam pelo menos alguns papeis parentais. As mudanças de casa podem ter ocorrido com frequência, não dando tempo de estabelecer laços profundos com um determinado lugar ou com pessoas aí existentes. Isto teve por consequência que estes nativos têm dificuldade em considerar o local onde vivem como «lar», pois a instabilidade em que viveram, durante a infância, levou-os a desligar o seu conceito de abrigo e segurança de um lugar ou casa em particular. O mesmo pode ter acontecido em relação aos cuidadores (especialmente a mãe) na infância. Há muitas vezes uma relação mais próxima com amigos do que com familiares de sangue..

A mãe pode ter sido uma pessoa não convencional, cujas ideias ou comportamento podem ter causado algum choque ou estranheza nos outros. Apesar da sua atitude tolerante e da liberdade que deu ao nativo, a distância afetiva que existiu entre ambos, talvez  porque a mãe sentiu que seria demasiado limitativo dar atenção exclusiva à criança e tenha dividido  a sua atenção e interesse entre o papel de mãe e a sua convivência social e com os amigos. Em resultado disso, estes nativos são em geral pessoas solitárias, que cresceram sem grandes orientações por parte figura maternal, o que, certamente, foi sentido  pela mente infantil como desinteresse por parte dela, uma vez que se sentiram entregues a si próprios e sem apoio continuado no ambiente familiar. Assim, estes nativos são com frequência pessoas  «sem raízes», o que lhes dá um caráter algo taciturno e dificuldade em adaptar-se a um lar que seja demasiado estruturado ou orientado por regras rígidas.

Os nativos com Ascendente Escorpião  são assim, frequentemente, «lobos solitários», alternando o seu silêncio interior com a partilha de algum relacionamento, sobretudo amoroso mas uma parte de si mesmos permanece sempre «desligada», talvez para se salvaguardarem de alguma possível desilusão que o abandono pelo parceiro possa causar. São também meditativos e difíceis de conhecer por parte dos que os rodeiam. Alguns podem, além disso, aparecer como rebeldes e muito ciosos da sua liberdade, podendo defender estilos de vida que vão muitas vezes contra as convenções. Uma coisa é certa, é difícil que se sintam felizes a cumprir todas as regras que a «sociedade bem comportada» determina pois sentem uma necessidade muito forte de romper com todas as regras aceites e de  serem eles os autores das regras que querem seguir, não aceitando imposições de ninguém. E, se for necessário, mudam o local da sua residência, até poderem viver como desejam. Podem também assumir uma «família de empréstimo», em que os laços de sangue são considerados secundários relativamente aos laços de amizade. Os amigos tendem a ser a verdadeira família para estas pessoas.

O signo Aquário   está  associado  com  a relação com o grupo e a vida social/comunitária. Quando ocupa a 4ª casa, produz a inclinação para  construir a identidade pessoal no seio da comunidade e dos círculos de amigos, relacionamentos sociais, etc.  Estas pessoas sentem-se mais seguras e felizes quando têm um círculo de amigos à sua volta e podem criar o hábito de reunir frequentemente esse grupo em casa. São capazes de exprimir melhor as suas potencialidades na presença dos amigos do que quando estão sozinhos. O sentido da sua vida pode ser encontrado, para alguns, na dedicação a alguma causa em favor da humanidade ou da sociedade, através do sentimento de pertença a algo maior do que a sua individualidade, embora rapidamente se fechem sobre si mesmos quando aqueles a quem se desejam dedicar aparecem a seus olhos como «não merecedores» do seu esforço.  E tendem então a fechar-se na sua concha vazia e no consequente sentimento de solidão. Podem também associar-se a um grupo de indivíduos que, como eles, não respeitam as regras convencionais e encontrar no prazer que esse «sair para fora do que é bem visto ou permitido», a descarga emocional que lhes permite encontrar algum equilíbrio de ser e de viver. Exemplos de grupos destes são por ex., um grupo de motards», grupos «conspiradores» na área da política e ideológica, etc.. O impulso para «serem diferentes» e desafiarem as convenções pode ser muito forte.

Quando Saturno, regente do signo Aquário, está forte no  horóscopo e bem colocado, estes nativos conseguem viver a sua vida sem tristeza ou  sentimentos de solidão, tornando-se mais espirituais à medida que amadurecem, podendo dedicar-se a disseminar ideias que consideram importantes para o progresso da humanidade, indo para além da suas próprias necessidades e procurando construir em conjunto uma realidade melhor para si e para os outros embora mantenham sempre uma faceta «solitária» e incomunicável e apreciem momentos de solidão para cultivar o seu «silêncio interior».

A educação durante a infância  pode ter sofrido algumas quebras, causadas por mudanças de residência e pelo acompanhamento  frouxo por parte das figuras parentais. Mas a inteligência e a curiosidade destes nativos  compensa estes obstáculos e estas pessoas podem ser brilhantes em alguma área pela qual se interessem pois, nesse caso, são disciplinados e  persistentes na sua investigação. São muitas vezes estudantes não convencionais e desafiadores dos saberes aceites pelos outros. Sobretudo, em vez de aprenderem as ideias dos outros, preferem ser os autores de ideias capazes de influenciar os outros.

Signo Capricórnio na 4ª Casa do Horóscopo

caran

Continuamos a descrever os efeitos da colocação dos signos na 4ª casa do horóscopo. Pode ler uma breve síntese de alguns dos significados da 4ª casa aqui.

Quando o signo Capricórnio  ocupa a 4ª casa do horóscopo- o que acontece para o Ascendente Balança  o lar  é um espaço organizado e bem estruturado, estável e materialmente seguro, embora possa não ser o ambiente mais alegre do mundo.  É um espaço regulado e disciplinado, onde cada um tem que assumir os seus deveres e responsabilidades. E, geralmente, estes nativos são mais maduros do que a maioria, não sendo nunca crianças, no sentido estrito pois, em muitos casos, têm que assumir alguns fardos ou responsabilidades cedo na vida.

A mãe pode ter sido uma pessoa triste, infeliz ou muito rígida, tendo grande dificuldade em exprimir e dar afeto e , em alguns casos, pode ter havido mesmo separação física em relação à mãe, de modo que o nativo cresceu sem o amparo de uma relação afetiva próxima e calorosa.  E, mesmo quando esteve presente, a tendência para se distanciar afetivamente terá criado o sentimento de que o nativo estava, na verdade, entregue a si mesmo. Em outros casos, a mãe tem uma carreira à qual dá muita importância e que lhe absorve toda a atenção, não mostrando disponibilidade para  contactos próximos com a criança, entregando-a ao cuidado de outros que, podendo ser muito eficientes, não conseguem providenciar  mais do que uma relação temporária e institucional à criança, geralmente partilhada com os cuidados prestados a outras crianças.  A mãe também pode relacionar-se com a criança a partir de um conjunto de regras definidas previamente, decidindo cerebralmente e separadamente do contacto com a criança o que «é melhor para esta» e, por esse motivo, ao invés de uma espontânea relação de afeto, a criança apenas recebe o que está estipulado pelas regras, sem ter em conta as suas necessidades reais. De uma forma ou de outra, está entregue a si mesma  e às mãos das convenções  sociais que aprende a respeitar como mais importantes do que as suas necessidades individuais e é obrigada a desenvolver resiliência e maturidade antes de tempo. Tudo isto faz com que estas pessoas desenvolvam um sentido de autodisciplina, determinação e contenção, embora também, muitas vezes, se tornem extremamente ansiosas e melancólicas.

Os nativos com Ascendente Balança  são, muitas vezes, «o rochedo» que une os membros da família, são a pessoa com que todos contam para gerar estabilidade  no lar e para fazer com que todas as coisas se façam ou resolvam de acordo com o que é necessário. Isto pode ser muito cansativo, sobretudo quando se é criança mas , mesmo quando são muito novos, não são vistos pelos outros como crianças mas como pessoas maduras  e responsáveis em que se pode confiar, independentemente da idade biológica que têm. E, por muito cansativo que isso seja, este papel agrada-lhes, a sua inclinação é exatamente a de serem «aquela pessoa» com a qual a família pode contar, e que está sempre disponível para ajudar, em primeiro lugar porque «é esse o seu dever» mais primário, aquele que, no fundo de si próprios, sentem não poder abandonar. Cuidar da família pode ser um papel pesado mas é também aquilo que deve ser feito. Muitas vezes esta disponibilidade gera, por parte de alguns membros da família, o sentimento de que estes nativos estão lá para «os servir» e a verdade é que nem sempre estas pessoas reagem a essas atitudes, que reduzem o seu sentido de responsabilidade a servilismo. Por vezes esta mesma atitude é repetida pelos parceiros de vida, após o casamento.

 O signo Capricórnio  está  associado  com o trabalho perseverante e muitas vezes duro, repleto de obrigações e deveres para cumprir. É ambicioso e pretende atingir o topo do respeito e status por parte dos outros. Assim, os nativos de Ascendente Balança aspiram a ter um lar que seja objeto de respeito e de admiração por parte dos outros, tanto pelo conforto material como por exprimir valores sólidos e convencionalmente aceites. E, para isso, estas pessoas estão dispostas a fazer os seus máximos esforços, a sua maior ambição é ter uma casa materialmente confortável e que, muitas vezes, constroem parcialmente com o seu esforço e fazer dela um lar onde tudo corre de acordo com  as regras aceites. (São também capazes de viver  em casas mais «espartanas» e com pouco conforto material ,se isso for necessário.)Assim, não só estes nativos foram expostos a disciplina  estrita na sua infância, como tendem a fazer o mesmo com a  família iniciada por si, embora possam fazê-lo de acordo com os princípios de igualdade e de desejo de consenso que tanto os caracteriza.  Mas acreditam que, se não há regras, a ordem e o equilíbrio são impossíveis e regulam desta forma todas as facetas da sua vida, fazendo com que os restantes membros da família as aceitem, discutam, quando for caso disso e as cumpram. A vida familiar e o lar misturam-se também muitas vezes com o trabalho e não é raro encontrar estas pessoas a trabalhar a partir de casa, pelo menos parcialmente.

Quando Saturno, regente do signo Capricórnio, está forte no  horóscopo e bem colocado, estes nativos conseguem estruturar as suas vidas de forma harmoniosa e adaptável. Associam o conceito de harmonia ao conceito de «estrutura» e desenvolvem dessa forma uma noção de beleza que lhes é muito própria. Saturno também dá a estas pessoas força interior para serem autónomas e independentes, apoiando os outros, mais do que precisando do apoio deles. A pessoa tem um sentido de felicidade que lhe advém de «ter tudo em ordem » na sua vida, de ter alcançado o equilibrio. Saturno também ajuda estas pessoas a trabalhar fundo na sua individualidade, de modo a desenvolver as características necessárias para serem eficientes no mundo material e emocionalmente  menos dependentes dos outros. Ajuda igualmente a  desenvolver uma perceção  de harmonia que  vem do interior de si  e que é desenvolvida em simultâneo com o sentimento de resiliência em face das dificuldades. Com o tempo, estes nativos aprendem a ser felizes, mesmo quando os seus deveres para com os outros aparentemente esgotam a sua força física.  E apreciam  rodear-se de beleza, associando o conforto com essa harmonia da estrutura que a seus olhos é o «belo em si».

A educação durante a infância  pode ter enfrentado algumas dificuldades,  por vezes causadas pelo ambiente familiar, que  obrigou a  que se tornassem adultos antes de tempo, muitas vezes assumindo o papel de adultos junto de um dos pais.  São estudantes perseverantes e que gostam de criar rotinas, podendo dedicar mais tempo ao estudo do que a maioria, se isso for percecionado como indispensável para os seus objetivos futuros. São trabalhadores e sérios e encaram o estudo como um dos deveres que é preciso cumprir.

Signo Sagitário na 4ª Casa do Horóscopo

4444

Continuamos a descrever os efeitos da colocação dos signos na 4ª casa do horóscopo. Pode ler uma breve síntese de alguns dos significados da 4ª casa aqui.

Quando o signo Sagitário  ocupa a 4ª casa do horóscopo- o que acontece para o Ascendente Virgem-   os nativos podem viver numa casa grande na qual não faltam os animais domésticos como parte da família. O ambiente é aberto, tolerante e estes nativos podem conviver com pessoas de diferentes culturas. Muitas vezes isso acontece porque um dos pais é estrangeiro, outras vezes porque residem em algum país estrangeiro- ou vários, sucessivamente- sentindo-se perfeitamente à vontade com esses contactos; os pais podem ter uma carreira académica que lhes permite contactos frequentes com outras culturas e pessoas oriundas de países diferentes. São também, em geral, pessoas com elevados princípios ético-morais e, desde muto cedo, estes nativos compreendem a importância de serem verdadeiros no que dizem e no que fazem. Também aprendem a ter um respeito profundo pelos direitos humanos e pelos  direitos dos animais, respeito e tolerância perante modos de ser diferentes daqueles a que estão acostumados e que, normalmente, dizem respeito a minorias sociais. A sua educação é esmerada, falam fluentemente várias línguas, além da língua materna e têm um interesse genuíno por aprender a partir das fontes tradicionais de sabedoria.

A mãe proporcionou um ambiente amigável na relação com o nativo, compreensivo e companheiro, tendo habituado a criança a ser autónoma e livre desde cedo, estimulando as experiências que podiam ter significado relevante para o desenvolvimento da criança. Muitas vezes a mãe tem uma carreira académica ou é diplomata, o que «obriga» a mudar de residência muitas vezes ao longo do período de crescimento. Mas essas mudanças não afetam negativamente os nativos, dando-lhes, pelo contrário, estímulos novos e experiências diferentes que ajudam a desenvolver um espírito aberto e não dogmático, pelo contacto com muitos ambientes socioculturais distintos. A mãe é uma pessoa otimista e jovial, com uma sensatez e equilíbrio na forma de educar que marca positivamente estas pessoas, de tal modo que se «sentem em casa» em lugares e com pessoas muito diferentes. Aprendem com os pais que a segurança não resulta do local onde se está mas da força dos seus princípios e valores e são estes que sustentam a sua base de segurança  em todos os níveis. Daí a dificuldade em ficarem restringidos apenas a um local – a casa da família por ex.,- preferindo mudar frequentemente de ambiente e de residência. A liberdade é um fator essencial para que se sintam felizes e tudo o que pretenda restringir essa liberdade- sejam laços familiares, um emprego ou outra coisa qualquer- será rejeitado.

Os nativos com Ascendente Virgem são perfecionistas e pensadores. São reservados e introvertidos mas também são amantes da verdade, que identificam com um modo «puro» de ser. Por isso gostam de discutir sobre os fundamentos das crenças , tanto ideológicas como religiosas ou filosóficas. Mas, uma vez encontrada a sua «verdade», gostam de viver de acordo com ela pois isso é essencial para manterem o seu equilíbrio psicológico e a sua consciência ética imperturbada. A educação que recebem desde cedo leva-os a apreciar o conhecimento, não apenas teórico mas, sobretudo, prático, no contacto próximo com a realidade concreta. Assim, gostam de aprender através das mudanças que fazem no seu ambiente físico e social , de conhecer pessoas de diversas origens e com diferentes valores.  E apreciam também a frescura de  um passeio pela Natureza, pelos espaços abertos  que lhes permitem sentir a expansão da sua identidade para lá de tudo o que é finito.

 O signo Sagitário   está  associado à procura de uma ligação entre o finito e o infinito, simboliza a compaixão da energia divina que «desce» até ao plano material para que os seres finitos possam ter a esperança de ascender ao plano da imortalidade e da transcendência. É um signo de sabedoria, de aprendizagem pelo exemplo, de cultivo das qualidades do discípulo que aspira à maestria e do sábio ou mestre que deseja guiar outros para mais compreensão e mais luz na perceção da realidade. Num plano mais terreno simboliza o andar «à aventura», sem objetivos traçados, sem amarras ou apegos que lhe limitem as escolhas.  Assim,  os nativos são amantes das viagens, sobretudo de longa distância e gostam de contactar com pessoas de outras origens culturais porque isso lhes abre os horizontes do conhecimento humano. Gostam de comunicar com os outros, aprendendo a falar diversas línguas para que essa comunicação seja mais eficaz . O que não gostam é de uma vida de rotinas e de conformismo, nem de compromissos definitivos precisando de mudar de ambiente e de «cenário de vida», de vez em quando. Assim, os nativos com Ascendente Virgem  estão frequentemente envolvidos em carreiras associadas com serviços internacionais através dos quais contactam com países estrangeiros. Também têm em geral  a sorte de obter uma casa onde se sentem felizes, no local que desejam, embora possam mudar de casa com alguma frequência. Alguns podem residir em pais estrangeiro ou casar com uma pessoa de outro país. Gostam de lugares exóticos e de conhecer pessoas que saem fora do  seu contexto social de origem.

Quando Júpiter, regente do signo Sagitário, está forte no  horóscopo e bem colocado, estes nativos têm uma infância feliz , rodeados de um ambiente um pouco boémio mas responsável e caloroso, tendo acesso a fontes diversas de conhecimento e de aprendizagem prática, sendo-lhes dada muita autonomia e liberdade e em que os exemplos dados pelos pais acabam por servir de matrizes importantes para os seus próprios valores e comportamentos futuros. Amam o saber e a liberdade e são pessoas felizes, intimamente, pois agarram-se mais aos fatores espirituais da vida do que aos materiais. São também pessoas bondosas e generosas, gostando de ajudar os outros. Podem receber propriedade da família como carros, casas, terras e têm acesso a todos os confortos.

A educação destes nativos  durante a infância  é mais informal do que formal, dada pelo exemplo e pelos valores transmitidos em casa, uma paixão pela descoberta da verdade e  a tendência para a procura da sabedoria espiritual, o que pode fazer deles bons pensadores, cientistas sociais, filósofos , etc..Podem revelar alguma preguiça ou desinteresse por todos os assuntos para os quais não se sentem atraídos de imediato e gostam especialmente dos temas relacionados com os valores , os direitos, a ética, seja em relação ao homem seja em relação aos animais e à Natureza. São afáveis para com os professores e colegas e, em geral, são bons estudantes pois interessam-se genuinamente pelo conhecimento e pelo saber em geral.

Signo Escorpião na 4ª Casa do Horóscopo

 

na casa

Continuamos a descrever os efeitos da colocação dos signos na 4ª casa do horóscopo. Pode ler uma breve síntese de alguns dos significados da 4ª casa aqui.

Quando o signo Escorpião  ocupa a 4ª casa do horóscopo- o que acontece para o Ascendente Leão   o lar  é muito mais do que uma referência de abrigo e de segurança mas está ligado   a eventos e experiências que podem ter sido fortemente catárticas durante o crescimento da pessoa. Algum lugar da casa pode ter uma dimensão secreta, na qual os nativos gostam de se refugiar e onde não deixam mais ninguém entrar. Por vezes, experiências traumáticas podem ter tido lugar na casa que deveria ter sido o local primário de abrigo e de segurança, algumas vezes tais experiências podem ter caráter sexual ou outro cuja natureza afetou profunda e emocionalmente os nativos como a experiência da morte de um familiar chegado.

A mãe pode ter sido uma pessoa cheia de segredos, reservada e pouco espontânea, manipuladora e/ou dominadora, tendo tido dificuldade em gerar, na criança em desenvolvimento, a atmosfera de confiança e de serenidade necessárias. Assim, a desconfiança, a astúcia  e a ocultação são comportamentos  que acabam por se gravar na aprendizagem infantil, dando lugar a um relacionamento com a mãe pouco consolidado. Estes nativos podem sair de casa bastante jovens. Podem, no entanto, depois de adultos, estabelecer um relacionamento mais próximo com a mãe.  Porém, o  ambiente doméstico está longe de ser calmo e transparente de jovialidade; é antes uma realidade que vai do opaco ao translúcido , feita  muitas vezes de calculismo e de ressentimento indisfarçáveis. Crescendo num ambiente onde nem toda a verdade se diz abertamente, estes nativos têm consciência dos «segredos» da família, que podem inclusivamente incluir dinheiro ou riqueza escondida por um dos pais. A franqueza raramente ou nunca é usada neste ambiente o que pode gerar insegurança- a insegurança de nunca saber «exatamente» o que se passa à sua volta. Podem procurar associar-se a pequenos grupos que tenham os mesmos interesses que eles- em ocultismo ou outras matérias- para, dessa forma, compensarem a ausência de verdadeiros laços afetivos no interior da sua vida familiar. Este é também frequentemente perturbado com mudanças de casa, quando esta é arrendada, havendo por vezes um relacionamento complicado também com os senhorios ou situações aborrecidas  relacionadas com as habitações.

Os nativos com Ascendente Leão dão grande importância ás posses da família, de tal modo que podem mesmo, por vezes, confundir o amor parental com as posses que lhes são dadas em usufruto e tendem a comparar , por vezes de forma ressentida, a parte que lhes coube com a de outros familiares ou irmãos. Têm pouca paz mental e arranjam sempre forma de sentir que são infelizes por via da ação de outros em relação a si. São também apegados à Terra Natal, podendo sentir o apelo de  integrar as forças militares ou policiais para defenderem «o que lhes pertence», que inclui a comunidade ou «Pátria».

O signo Escorpião  está  associado à transformação e ao oculto e, sendo  a 4ª casa uma casa que também simboliza a educação, estas pessoas podem ter estado expostas, através da mãe ou familiares próximos, ao estudo de assuntos ocultos (incluindo os relacionados com o «sobrenatural») na sua casa e  ter dedicado tempo da sua vida a desenvolver esse estudo,  a fim de adquirir e controlar outras formas de poder. Estas pessoas podem tornar-se estudantes de ocultismo para, dessa forma, tentarem assumir o controlo das suas vidas, algo que terá sido impossível nos primeiros anos da sua vida. Outros assuntos que certamente gostam de abordar são todos os tipos de mistérios e os saberes que exploram a realidade profunda do destino humano, como a Astrologia e tudo o que se relaciona com os mistérios da «vida e da morte». Por outro lado, a dissimulação de alguns membros próximos da família é outro fator causador da sua falta de felicidade subjetiva, pelo menos nos primeiros anos do seu crescimento. Os nativos  sob a influência de Escorpião são tortuosos e muitas vezes torturados, tendo dificuldade em serenar e pacificar completamente a alma. Assim, deste modo, não é de admirar que os nativos com Ascendente Leão tenham tanta necessidade de comprovar, através dos que os rodeiam, o afeto que estes lhes dirigem, ao mesmo tempo que manifestam desconfiança em relação à verdade da sua manifestação.

Quando Marte, regente do signo Escorpião, está forte no  horóscopo e bem colocado, estes nativos exprimem o lado mais positivo do signo Escorpião: são intuitivos e profundos na compreensão da realidade e podem desenvolver uma carreira de sucesso relacionada com a investigação forense, com a cirurgia pela qual procuram experienciar os mistérios da vida e do seu suporte terreno, tornando-se mediadores de seguros, etc. Algumas experiências vividas na infância podem ter dado o  mote  para uma compreensão mais profunda de todas as coisas e, no sofrimento que terão causado, podem também ter-lhes dado uma sabedoria que os torna mais generosos e capazes de dar e de se dar tornando assim algumas experiências mais perturbadoras ou incomuns vividas na infância numa mais-valia para o seu crescimento espiritual.

A educação destes nativos  durante a infância  pode ter tido algumas dificuldades pois, apesar da inteligência arguta destas pessoas, a sua inclinação para o oculto e misterioso leva-os a ser seletivos e a «desligar» de todas as matérias que consideram «chatas». Não são os melhores a cooperar e, provavelmente, tentam beneficiar de alguns colegas que «sabem da matéria» para, sub-repticiamente, usarem o conhecimento destes sem terem que fazer muito esforço próprio. Preferirão preparar umas boas cábulas a estudar de forma transparente o que têm que estudar. De qualquer modo, quando o assunto lhes interessa, vão muito mais longe no aprofundamento das matérias, que qualquer outro .

Signo Balança na 4ª Casa do Horóscopo

harmo

Continuamos a descrever os efeitos da colocação dos signos na 4ª casa do horóscopo. Pode ler uma breve síntese de alguns dos significados da 4ª casa aqui.

Quando o signo Balança  ocupa a 4ª casa do horóscopo- o que acontece para o Ascendente Caranguejo  os nativos  têm normalmente uma infância agradável e confortável e isto é tanto mais evidente quanto mais forte e bem colocado estiver o regente da casa, Vénus. A harmonia e a beleza são fatores essenciais para estas pessoas se sentirem felizes e, por isso, rodeiam-se de objetos belos e de tudo o que possa criar harmonia no lar, onde  conheceram o primeiro modelo de equilíbrio e uma visão estética que procurarão recriar na idade adulta. Estes nativos escolhem cuidadosamente a casa onde querem viver, pois mantêm sempre a visão simbólica de um ambiente tranquilo e pacífico, harmonioso e belo , confortável e onde podem sentir verdadeiro prazer pela existência.

A mãe é em geral uma referência de equilíbrio, valores e princípios de justiça, equanimidade, tranquilidade, influenciando estes nativos no desenvolvimento de personalidades tranquilas e pacíficas. São também pessoas que se preocupam com os outros e têm consciência social, não se fechando num mundo apenas individual dos seus próprios interesses e prazeres. Esta consciência das necessidades e direitos dos outros faz com que se tornem socialmente interventivos pois não se sentem felizes quando sabem que os outros sofrem qualquer tipo de opressão ou injustiça. Assim, o bem-estar destes nativos  é dependente das interações que estabelecem com os outros, tanto a nível próximo, como acontece na família, como a nível da comunidade, podendo alguns desenvolver atividades de voluntariado ou outra forma de contributo útil para a comunidade.

Os nativos com Ascendente Caranguejo podem passar bastante tempo a pensar, tendo uma natureza introspetiva; observam atentamente o mundo à sua volta e desenvolvem ideias acerca do modo como gostariam que este fosse, podendo depois usar a argúcia da sua argumentação para defender os seus pontos de vista no plano social e a posição que conquistam na sociedade para a implementar.

O signo Balança  está associado  à descoberta e concretização da relação com o outro, tal como esta aparece regulada pelas normas e modelos sociais, nos quais o casamento  tem um papel central nas suas vidas.  O papel das interações contratualizadas é legitimado pelo signo Balança, como forma de garantir que todos seguem as mesmas regras e padrões de comportamento. Balança corresponde deste modo à uniformização dos papéis sociais, como meio de garantir as interações com os outros  e a comunidade numa base de cada um saber o que esperar destes para salvaguardar a sua própria existência e segurança. A democracia é um dos efeitos decorrentes da simbologia de Balança, que procura salvaguardar, na medida do possível, os direitos de cada um, estabelecendo deveres correspondentes e a instituição de normas que todos deverão cumprir. Só num mundo regulado por normas e leis é possível a justiça para todos, ao nível da cidadania e no plano moral. Esta é a lição básica deste signo, que não se esgota minimamente na relação pessoal com o outro embora aí se inicie a sua ação simbólica. Não é ,deste modo, de admirar que os nativos com Ascendente Caranguejo sejam «tradicionais» no sentido de que valorizam as regras estabelecidas e possuem uma consciência clara da necessidade de harmonizar os interesses de todos.

Quando Vénus, regente do signo Balança, está forte no  horóscopo e bem colocado, os seus nativos são pessoas cordiais, amantes do prazer e do conforto, possuem propriedades, terras e veículos e são muitas vezes educados em ambiente harmonioso, muitas vezes com contacto com objetos e/ou pessoas ligados à arte, o que faz deles apreciadores entusiastas de tudo o que é belo. São também proficientes nos aspetos financeiros e possuem boas capacidades de gestão, embora o seu pendor vá, num número significativo de vezes para a área da moda, decoração, cinema e tudo o que tem a ver com a beleza e a criatividade que lhe está associada. Alguns podem ter dotes artísticos. A sua sensibilidade e empatia humana fazem deles excelentes «relações públicas» e conselheiros, primando pela justiça e imparcialidade. São também pensadores, gostando de algum espaço privado e introversão, embora também sejam extremamente sociais, não gostando de estar sozinhos. O seu temperamento amável permite que se tornem excelentes entertainers e anfitriões e a sua inteligência e sentido fino de humor torna-os apreciados pelos outros. Quando Vénus é fraco podem, no entanto, tornar-se depressivos e melancólicos, excessivamente dependentes e inseguros, não conseguindo encontrar o equilíbrio sem a ajuda de um (a) parceiro (a) com boas qualidades.

A educação destes nativos  durante a infância  é em geral privilegiada, podendo estar em contacto com as elites intelectuais e tendo acesso  alargado à cultura, não só institucional na forma de saberes mas também informal, estando em geral expostos a um ambiente de discussão de ideias, artístico, etc., o que os influencia decisivamente no seu desenvolvimento humano. A sua inteligência inclina-os muitas vezes para as artes mas também podemos encontrá-los na área das ciências financeiras, humanas, na investigação química, etc.. São normalmente orientados por aquilo que lhes interessa podendo ser exímios nessas áreas e menos proficientes em tudo o que não tem a ver com as sua áreas de interesse.  São populares e têm em geral excelente relação com as pessoas com quem escolhem criar laços, sejam estes de amizade, sejam de trabalho, funcionando melhor em regime de parceria.

Signo Virgem na 4ª Casa do Horóscopo

est

Para ler uma pequena introdução aos significados da 4ª casa, leia aqui.

Quando o  signo Virgem está colocado na 4ª casa do horóscopo- o que acontece para o Ascendente Gémeos, os nativos têm em geral  uma educação esmerada, facilitada pela curiosidade e desejo de aprender que os caracteriza. Estas pessoas podem desenvolver estudos aprofundados de modo a obter um número considerável de diplomas de grau superior. Valorizam o conhecimento e a educação como a matriz fundamental da sua formação e sentem orgulho de si mesmas quando alcançam  um estatuto elevado no plano do conhecimento.. Estes nativos são perfecionistas e gostam de pensar sobre as coisas, gostam de analisar o que se passa e o que vão compreendendo no seu ambiente. Á medida que vão crescendo, vão julgando o seu próprio valor e o dos outros pela envergadura intelectual que possuem e o alcance do seu saber. Assim, não será de admirar se desde cedo se inclinarem para uma carreira na área da ciência, da  matemática, etc.

 Mercúrio, o regente de Virgem, inclina estas pessoas para atividades relacionadas com a engenharia, matemática, tecnologias da informação, vendas e comércio, para atividades que dependem do uso do discurso, da escrita e da capacidade de persuasão ou da  oratória.  Desde que esteja bem colocado no horóscopo, dá aos nativos  um intelecto capaz de apreender os aspetos mais finos da realidade, poder analítico e de discriminação mental , confiança em si mesmos e «espírito» capaz de seduzir pela conversa e pela abordagem amigável nas interações. Faz dos nativos que influencia pensadores eficazes e capazes de aplicar em termos práticos os conhecimentos e a informação que adquirem. Os nativos influenciados por ele são excelentes conselheiros e professores, investigadores, matemáticos e engenheiros, empreendedores ligados ao comércio e venda, autores , comunicadores e editores, etc.  Sendo no entanto um planeta muito mutável e versátil, Mercúrio influencia  os nativos a mudar frequentemente a sua atividade, sendo que essa mudança rejuvenesce e energiza essas pessoas que recomeçam novas atividades com entusiasmo e motivação.  Seja qual for o campo  que escolham , a sua  mente sistemática e inquisitiva procura sempre organizar o espaço em que vivem , dando-lhe uma ordem /organização que lhes possibilite criar mentalmente um horizonte estável de vida de que necessitam, apesar de tudo.

O signo Virgem   é um signo  que predispõe para  uma visão e ação pragmática da vida, ajudando estas pessoas a medir e  a pesar bem os «prós e os contras» de tudo o que desejam realizar. Assim,  concebem a vida do lar de forma eficiente e bem organizada. São os «especialistas» em ter tudo devidamente arrumado e «no seu lugar», de modo a desempenhar a sua função da maneira mais útil e eficaz.  Poderão dedicar bastante tempo disponível a organizar e «melhorar» tudo no lar, onde se sentem felizes num ambiente irrepreensivelmente limpo e bem organizado. Gostam de receber amigos em casa, com interesses intelectuais, de investigação ou de conhecimentos semelhantes aos seus, apreciando as tertúlias de discussão de ideias em alguma área técnica que lhes mereça especial interesse. Podem passar bastante tempo  em casa a estudar algum assunto ou a investigar alguma coisa ao pormenor, se isso for possível no ambiente do lar. Apesar do seu pragmatismo, o desejo de «ordem» e  de organização» nas suas vidas pode gerar pessimismo quando percebem que  a estabilidade que tanto apreciam nas suas vidas é, na verdade, difícil de alcançar. Mercúrio dá-lhes uma irrequietude constante que faz com que sintam o impulso de mudar frequentemente de residência. Talvez isso seja uma consequência do facto de, durante a infância, ter havido pouca estabilidade na sua vida. A mãe pode ter sido muito crítica e perfecionista, ou pode ter estado separada do cônjuge, afetando a estabilidade emocional destes nativos. Pode também ter tido dificuldade em comunicar e compreender as necessidades do (s) filho (s), talvez porque  a sua forma  primária de expressão foi demasiado intelectual, não conseguindo por isso interagir com crianças cuja linguagem, nos primeiros tempos de vida, é essencialmente emocional. Quando  Mercúrio está forte no horóscopo a mãe é uma influência decisiva no estímulo que leva estes nativos a procurarem ser excelentes no plano intelectual e do conhecimento.

Quanto à  relação com os estudos e a sua aprendizagem, podemos contar que muitos destes nativos sejam aquilo a que se chama vulgarmente «nerds». O seu  envolvimento profundo com as questões da aprendizagem, sobretudo na sua aplicabilidade prática, pode fazer com que se sintam «entretidos» ocupando-se da construção de puzzles complexos, montagem de máquinas com peças pequenas e delicadas, etc. . Fortemente envolvidos com os seus pensamentos e o desejo de aprender a usar o conhecimento de forma prática , estes nativos raramente estão sozinhos , aplicando a curiosidade na compreensão de tantos aspetos da realidade que desejam conhecer e dominar. São por isso normalmente excelentes estudantes, gostando de Lógica e de Matemática e  de todas as ciências empíricas que exigem investigação e testes experimentais.

Signo Leão na 4ª Casa do Horóscopo

leo

Continuamos a descrever os efeitos da colocação dos signos na 4ª casa do horóscopo. Pode ler uma breve síntese de alguns dos significados da 4ª casa aqui.

Quando o signo Leão  ocupa a 4ª casa do horóscopo- o que acontece para o Ascendente Touro  os nativos  têm uma ligação forte com as raízes familiares, da comunidade ou do país, vivida de forma personalizada e criativa, podendo original comportamentos e atitudes que servem de exemplo ou  de inspiração para a comunidade. A  mãe revelou um estilo muito próprio e fixou regras com autoridade, incutindo o respeito pela ligação  com a terra, os costumes, o patriotismo, o orgulho pelo nome da família e a identificação com  as suas raízes do passado, tanto na comunidade como na família; o respeito por todos os rituais familiares e da comunidade, a valorização da educação e da escola como matrizes do desenvolvimento pessoal. Enquanto criança, foi ensinado a criar uma atitude exemplar para os outros, desenvolvendo uma postura de excelência e também de honra, de vaidade por ser quem é, respeitando escrupulosamente a imagem da família na comunidade, de forma a que esta possa ser um ícone para os outros. Também aprendeu a gostar da pompa e do luxo que rodeiam os pertences da família, incluindo a sua casa, veículos, etc. Se a família tiver como ganha- pão o trabalho agrícola da Terra, negócios imobiliários, etc., o nativo é levado a desenvolver uma abordagem criativa e inovadora desses negócios, de modo a obter a admiração e o respeito dos outros e, em particular, da comunidade. A mãe e os pais em geral, revelam-se presentes em termos de autoridade mas de algum modo concentrados em si mesmos, pelo que os nativos com Ascendente Touro têm em geral mais autonomia do que outros, podendo passar tempo entregues a si próprios e sem grande imposição de regras, além das já referidas atrás. São ensinados a gostar do esplendor, da beleza, do luxo, de uma imagem superior de si mesmos. Identificam-se em grande parte com os bens da família e  com os modelos fornecidos pelos que os antecederam.

O signo Leão  está associado  com a descoberta , experimentação e construção da identidade e, no caso destes nativos, trata-se de dar um cunho individual à identidade familiar, continuando a contribuir para o seu bom nome, fazendo algo de único, seja através da gestão dos bens da família que se  herdaram, seja através do contributo para a comunidade e a Pátria- tanto no plano político como militar, artístico, de uma atividade que  traga mais prestígio, da aquisição de educação superior e de conhecimentos que revelem a superioridade das suas origens, da educação impecável dos filhos- austera até certo ponto, porque dependente dos valores que se querem preservar (o que pode implicar, em alguns casos, que os filhos abracem a mesma    carreira, estilo de vida ou continuem alguma  tradição familiar que deu relevo à família, etc), mas que deixa liberdade ao indivíduo para fazer algo único, que apenas ele pode dar para continuar a merecer o respeito e o bom nome conquistados.  Este signo na 4ª casa enfatiza uma abordagem aristocrata e grandiosa de tudo o que tem a ver com a família e os seus bens, a casa, os seus confortos. Os nativos com Ascendente Touro aspiram a ser admirados pela casa, carro (s), terras, etc., que têm. E sentem que a imagem grandiosa e de luxo que associam a esses bens deve ser motivo de admiração por parte dos outros. Estes nativos, em boa parte, quando exibem os seus bens de luxo, estão a pedir aos outros que os admirem por terem tudo isso.

Quando o Sol, regente do signo Leão, está forte no  horóscopo e bem colocado, estes nativos ensinam os seus filhos a respeitar «o seu nome» e as suas posses, agindo como se de aristocratas se tratasse, quando se passeiam pela sua casa, usam o seu veículo, etc. Escolhem sempre uma casa que seja grande e possa ser admirada pelos outros e o mesmo acontece com o carro que usam. Não «pensam pequeno» em relação a estes bens pois são eles que lhes permitem alimentar o sentimento de serem melhores, superiores e únicos. Rodeiam-se de beleza, de  itens de luxo e de conforto e de todas as extravagâncias que podem exibir aos seus amigos. Gostam de receber em grande estilo, exibindo todos os artigos de luxo que possuem, desde o mobiliário e os ornamentos da decoração, até aos talheres de prata e à melhor louça disponível. A mesa de refeição é, simultaneamente, uma montra de refinamento gourmet e de beleza farta e a experiência maravilhada dos convidados é a sua maior consagração. Gostam de dar festas, que cimentam o seu prestígio e ajudam a construir a sua imagem na sociedade.

A educação destes nativos  durante a infância  é vista como uma introdução às regras da etiqueta que dá acesso ao mundo superior das elites privilegiadas que estão aí para admirar o indivíduo, os seus bens e a sua família. Apesar de educados para desenvolver uma imagem grandiosa da sua família, com todas as regras que daí decorrem, os nativos com Leão na 4ª casa também têm oportunidade de desenvolver os seus talentos artísticos, muito valorizados pelos pais, e a sua criatividade, pois estão  em contacto com objetos artísticos desde cedo. Podem assim desenvolver um pendor para se rodear de objetos belos e educar a sua sensibilidade artística desde muito novos. Também se habituam rapidamente a identificar o que é belo com o que é caro e desejam ambos. A sua criatividade e inteligência são notadas pelos professores embora a  tendência para sobressair  e ter opiniões diferentes das da maioria nem sempre seja apreciada. Mas, de modo geral, estas pessoas são felizes quando podem ser criativas.

Signo Caranguejo na 4ª Casa do Horóscopo

famil

Continuamos a descrever os efeitos da colocação dos signos na 4ª casa do horóscopo. Pode ler uma breve síntese de alguns dos significados da 4ª casa aqui.

Quando o signo Caranguejo  ocupa a 4ª casa do horóscopo- o que acontece para o Ascendente  Carneiro  os nativos têm em geral uma infância em que a mãe foi muito presente, terna e nutridora e provavelmente também controladora em demasia, embora tenha feito isso sob a capa de afeto e  de cuidado. Estes nativos identificam desde cedo a sua felicidade com  a segurança emocional e a estabilidade, bem como com a sua família e todos os bens que esta possui. As raízes e os ancestrais são muito importantes para estas pessoas, que sentem que a sua identidade é inseparável desse passado com todos os seus pertences e bens. Assim, há a tendência para manter a vida familiar tal como esta era na infância, replicando todo o ambiente que ficou gravado na mente infantil como sinónimo de segurança. Pode haver também um sentimento de ligação profunda à terra onde se nasceu e se começou a vida, aos costumes e tradições que aí se vivem e à mentalidade que se construiu na interação com esses ambientes de vida. Há também uma sensibilidade muito grande que torna estes nativos vulneráveis  e emocionalmente instáveis, podendo mudar de estado de humor com frequência, sobretudo  se a Lua estiver fraca no horóscopo. Pode haver tendência para falta de tranquilidade interior, impaciência e irrequietude que se traduzem pela necessidade de mudar frequentemente de lugar ou até de residência, quando o nativo não conta com estabilidade no lar e  vida familiar.  A ligação à família é profunda e é  responsável pelo equilíbrio emocional e a felicidade destas pessoas. Sendo um signo com regência da Lua, que é instável por natureza, a felicidade pode ter os seus altos e baixos ao longo da vida.

O signo Caranguejo  é um signo que está ligado à mãe e ao período da vida em que se estrutura o sentimento de segurança ligado ao  crescimento da personalidade e à interiorização das normas e padrões gerais da sociedade. A natureza mutável da Lua faz com que a sua influência  seja muitas vezes frágil e enfraquecida por fatores diversos. Assim, os nativos que sofrem a sua  influência  revelam na sua maneira de ser mudanças bruscas, insegurança e passividade. Mas a Lua permite também uma excelente memória e imaginação e capacidade de intuição emocional que permitem uma perceção da realidade mais profunda e a capacidade de se ligar aos outros pela emoção e pelo sentimento e não apenas pela razão. É um signo que assenta no valor da tradição e no respeito pelos costumes, no amor pela Terra onde se nasceu e pelos bens que os ancestrais  deixaram e que sentem fazer parte da sua identidade. Estas pessoas podem ter um interesse profundo por conhecer a sua genealogia e por colecionar antiguidades, guardando objetos (valiosos ou não) que permitem congelar no tempo a memória de algum evento significativo ou de algum sentimento ou emoção.  A sua natureza compassiva leva-os a gostar de cuidar dos outros, embora possam por vezes ser demasiado impositivos nesse cuidado que prestam. A natureza real da Lua permite que desempenhem muitas vezes papeis e cargos que lhes dão acesso a elevadas posições na sociedade ou no seu campo profissional. Associando estas qualidades ao Ascendente Carneiro, vemos que os nativos com este Ascendente  sentem a necessidade de assegurar segurança emocional e guardam em nível profundo a memória dos cuidados maternos e a vida em família , que tentarão replicar na sua própria vida conjugal e familiar podendo tornar-se muito irrequietos quando não são bem sucedidos nesse intento. Do mesmo modo, usarão o modelo da sua própria infância para educar os filhos.

Quando a Lua, regente do signo Caranguejo, está forte no  horóscopo e bem colocada, estes nativos são excelentes  na relação parental e sensíveis às necessidades da sua família com a qual são carinhosos e disponíveis. Adoram receber e são excelentes anfitriões, cultivando um ambiente afetuoso e de bem estar no lar, que consideram como o seu espaço preferencial  e onde se sentem mais felizes e seguros. Podem gostar de jardinagem e dedicar bastante tempo aos cuidados de embelezamento da casa, do jardim, etc.. Gostam de cozinhar para a família e os amigos e de estar com a família. Dão atenção especial às necessidades de todos os membros da família embora possam ter que aprender a ser menos avassaladores na forma como acompanham a vida dos filhos e do cônjuge. Do mesmo modo , procuram proporcionar uma educação esmerada aos filhos e tiveram eles próprios uma boa educação. Em geral estas pessoas são bastante felizes ao longo da vida.  Quando a Lua está fraca podem, no entanto,   passar  por períodos  de  instabilidade na vida, mudando de casa com frequência e sofrendo altos e baixos ao nível da segurança geral, devido a instabilidade na vida familiar.

A educação destes nativos  durante a infância  não sofre problemas de maior, a inteligência, interesse genuíno por compreender a fundo a origem das coisas, o interesse por iluminar o presente através da compreensão e conhecimento do passado, a sua inteligência  emocional e perspicácia para apreender os pormenores finos da realidade e do pensamento fazem deles excelentes estudantes, interessados e empenhados, encarando a instrução como uma necessidade primária e até um dever, para estarem à altura dos que os precederam.  Podem preferir o ambiente tranquilo de uma biblioteca tradicional a estudar em ambientes ruidosos na companhia de colegas ou amigos.

 

 

Signo Gémeos na 4ª Casa do horóscopo

art

Continuamos a descrever os efeitos da colocação dos signos na 4ª casa do horóscopo. Pode ler uma breve síntese de alguns dos significados da 4ª casa aqui.

Quando o signo Gémeos  ocupa a 4ª casa do horóscopo- o que acontece para o Ascendente  Peixes–  os nativos têm em geral uma infância com grande mobilidade geralmente devido ao facto de um dos pais ter um emprego que obriga a deslocações, tendo por isso que mudar de ambientes próximos- escola, residência e amigos- de forma frequente.  A infância é  normalmente excitante e alegre, com muitas pessoas interessantes e criativas a passarem pela vida destas pessoas, devido ao facto de a família gostar de juntar um círculo alargado com pessoas intelectualmente estimulantes e/ou muito empreendedoras e criativas, o que ajuda os nativos com Ascendente Peixes a desenvolver os seus horizontes intelectuais e/ou artísticos. O confronto de ideias e uma atmosfera algo «boémia» deixa-lhes o gosto por procurar repetir, ao longo da vida, as atividades de diálogo, debate e troca de ideias e experiências.  Estas pessoas habituam-se à mudança desde cedo e têm dificuldade em manter-se num ambiente conservador e repetitivo em termos intelectuais e de atividades, gostando de juntar um círculo de amigos com quem seja possível conversar de assuntos que ultrapassam o nível banal das conversas do quotidiano. Os nativos com Ascendente Peixes têm em geral uma excelente educação e instrução e gostam de exibir os seus conhecimentos com pessoas que têm um nível intelectual semelhante ao seu.

O signo Gémeos  é um signo que está ligado à comunicação e ao pensamento analítico e faz dos nativos pessoas com um intelecto aguçado e «especializado» na análise dos pormenores , curioso e imaginativo, com capacidade de iniciativa, confiança em si mesmo e gosto inato por aprender e comunicar. Estas pessoas gostam de interagir e a fala é um dos seus modos de autoexpressão mais significativos. Como tal,  dão-se muito bem numa carreira e em ambientes em que a troca de ideias e o uso de ferramentas que permitem a sua rápida transmissão são um fator fundamental. Dão excelentes oradores, professores e consultores, relações públicas, programadores de software, criativos na área da publicidade e do marketing, jornalistas, etc. Associando estas qualidades às do Ascendente Peixes, vemos que os nativos com este Ascendente sentem grande felicidade em ambientes intelectualmente estimulantes  e usam a sua sensibilidade afetiva e inteligência emocional para introduzir nas suas ideias não apenas as qualidades lógicas impecáveis do signo Gémeos mas também o sentir concreto que se transmite pelas emoções, podendo aproveitar esta junção de forma muito criativa dedicando-se à escrita de ficção , à música, poesia e pintura, etc.. Podem, no entanto, cansar-se de fazer sempre a mesma coisa e querer mudar as suas  formas de expressão. De qualquer modo, gostam de se rodear de artistas e de pessoas intelectualmente estimulantes, para se sentirem felizes e o seu lar pode ser o ponto de encontro com muitas destas pessoas.

Quando o planeta Mercúrio, regente do signo Gémeos, está forte no  horóscopo e bem colocado, estes nativos são excelentes oradores e entertainers, podendo criar grupos de troca de ideias que fazem a diferença influenciando a sociedade cultural em que vivem. Gostam de receber, sendo excelentes anfitriões e têm muitos amigos intelectualmente de vanguarda. Não gostam de conviver com pessoas rotineiras e sem imaginação e têm orgulho  no círculo de amigos que atraem para a sua esfera de influência e que alimentam a necessidade intelectual de estímulo e de criatividade.  Quando possuem meios, apoiam novos artistas e pessoas que podem abrir novos horizontes no debate de ideias ou na criatividade artística. A atmosfera do lar é deste modo informal e aberta, mutável e pouco estruturada, bem como despreocupada em relação aos deveres e rotinas do quotidiano, consideradas fastidiosas. Estes nativos gostam do ambiente de festa que lhes alimenta a alma, deixando para outros membros da família o cuidado de todas as tarefas «maçadoras» e repetitivas que também é preciso fazer. Se não tiverem alguém que faça isso por eles poderão ter dificuldade em manter saudável o seu orçamento financeiro e passar por isso por flutuações devidas ao facto de gastarem mais do que o que têm, circunstância que se deve ao facto de não pensarem simplesmente nisso.

A educação destes nativos  durante a infância tem, como pontos positivos, o gosto inato e permanente de aprender novas coisas e de procurar entender e conhecer o meio em que vivem. Gostam de aventura e, ao contrário de outros nativos, as pessoas com Ascendente Peixes adaptam-se muito bem à mudança e encaram por isso o facto de mudar frequentemente de escola, de amigos e de residência e a ausência de estabilidade da vida familiar e da aprendizagem sem muitos dramas e, de facto, gostam mesmo dessa mudança, que lhes permite descobrir novas pessoas e novos motivos de interesse, uma vez que se cansam frequentemente dos mesmos estímulos. Podem, no entanto, aborrecer-se se lhes exigem rotinas na aprendizagem e a repetição dos mesmos conhecimentos, podendo então distrair-se  com outros motivos de interesse, levando os professores a queixar-se de que, apesar de muito inteligentes, são pouco aplicados. Podem por isso ser o tipo de estudante que, por só abordar os assuntos que lhe interessam e durante um curto espaço de tempo, acaba por ter «falta de pré-requisitos»  nas aprendizagens avançadas porque não conserva na memória conhecimentos anteriores.