Ler a fortuna, Riqueza e Sucesso-Ascendente Capricórnio

 CBF

Tendo por referência o horóscopo que analisámos no artigo anterior para a área da carreira  e para o casamento, vamos hoje analisar outros aspetos relacionados com a «fortuna» geral (sorte na vida) e  com a riqueza. Temos presente a análise global do estado dos planetas e das casas do horóscopo, cuja importância explicámos  em  artigo anterior. Para consultar os significadores gerais para as áreas de vida do Ascendente Capricórnio, clique aqui.

 Leitura da Fortuna Geral , Riqueza e Ganhos-  Ascendente Capricórnio

Fortuna Geral–  Analisamos a 9ª  casa como fator principal e, porque a 4ª e a 2ª casas estão ocupadas por signos Mooltrikona, damos-lhes também relevo principal. Secundariamente vemos o Sol e Júpiter. A 9ª casa tem regência de Mercúrio,  colocado na 12ª casa, uma posição que não beneficia  a sorte nos aspetos materiais da vida, embora seja boa para o desenvolvimento espiritual. A 4ª casa tem regência de Marte, colocado no signo  de debilitação, Caranguejo, na 7ª casa. A 2ª casa tem a regência de Saturno, colocado na 8ª casa, no signo Leão. Assim, vemos que os principais significadores da sorte estão colocados em casas maléficas, o que não é bom, indicando  que este nativo encontrará obstáculos e perdas durante a vida. A relação com o pai poderá ser difícil, pois o regente da 9ª casa, que significa  o pai, está na 12ª casa o que indica separação, isolamento ou distância em relação ao pai. Este pode também ter falta de sorte.

Os significadores secundários para a sorte e a fortuna  são o Sol e Júpiter  que confirmam o que dissemos no parágrafo anterior: O Sol rege a 8ª casa e está colocado na 11ª, criando obstáculos à realização dos desejos pessoais, problemas no relacionamento com irmãos mais velhos, etc; Júpiter rege a 12ª casa, uma casa de perdas e está colocado na 6ª casa, outra casa de problemas, de conflitos, dívidas etc.. Esta pessoa terá o seu quinhão de obstáculos e de problemas na vida mas estes far-se-ão sentir mais em outras áreas do que no plano financeiro, em que o nativo pode receber dinheiro de heranças ou legados, seguros, etc.

O sucesso  na realização pessoal para este Ascendente determina-se em primeiro lugar pela 2ª casa, uma casa de desenvolvimento de competências, de aquisição de conhecimentos e de  bens materiais conquistados pelo esforço pessoal e, secundariamente pela 3ª e 5ª casas, pelo Sol e  por Júpiter.  Gostaríamos entretanto  de lembrar que , embora a realização pessoal inclua a capacidade de ganhar dinheiro, necessário para que a pessoa consiga estabelecer uma boa base de vida- aspeto tanto mais importante quanto estamos a falar do Ascendente Capricórnio para quem este lado material da vida é  a estrutura básica do seu desenvolvimento como pessoa –  porém, o sucesso é mais do que o ganho de  dinheiro, ele deve contemplar as facetas fundamentais da vida da pessoa em termos humanos globais.  Começando por ver a posição do regente da 2ª casa,  vemos que ele está  colocado na 8ª o que indica  um ambiente familiar  inicial pouco feliz e  pouco apoiante  para o desenvolvimento harmonioso do indivíduo, que pode ter tido  falta de incentivo para desenvolver ao máximo  as suas capacidades. Porém, o Sol está forte e é muito favorável ao recebimento de ganhos, não tanto pelo trabalho do nativo mas por via de herança ou de  legado.  Quanto à 3ª casa,  esta tem regência de Júpiter, que também rege  a 12ª  e está colocado na 6ª.  Observamos também Ketu colocado na 3ª casa, o que diminui a ambição pessoal da pessoa, que sente menos vontade para lutar  por um elevado estatuto ou posição social (embora possa continuar a desejá-la, falta-lhe verdadeiro entusiasmo para se lançar na aventura de conquistar um «lugar ao Sol»). O regente da  5ª casa, o outro indicador secundário do sucesso pessoal, encontra-se bem colocado  na 11ª casa e o nativo encontrará nos seus círculos  sociais e nos amigos fontes importantes de sorte e de oportunidade na vida.  O Sol, e Júpiter, como referimos ,  indicam- o sol- a  possível entrada de dinheiro através de herança e – Júpiter- a capacidade para fazer face às dívidas e  aos competidores pois Júpiter ajudará a superar os maus  significados da 6ª casa.

A realização pessoal desta pessoa  far-se-á  essencialmente através de um conjunto de lições de vida que fortalecerão o seu lado espiritual e humano. Será a este nível que este  nativo terá oportunidade de ir crescendo mais e melhorando o sentido da sua vida. O   aspeto material da vida será mais assegurado pelo legado, pela ajuda ou herança  pois a riqueza que o nativo ganha por si vem de forma muito gradual e lenta. Mas, de vez em quando ,pode ter entrada de dinheiro «não ganho» mas antes recebido sem esforço.

Para o Ascendente Capricórnio a riqueza infere-se da análise da 2ª casa como significador principal e, secundariamente, pela análise da 4ª, da 9ª e da 1ª casas, além de Júpiter e da Lua.

Pelo que dissemos até agora, começamos a perceber que a riqueza alcançada por este homem será principalmente devida   a «dinheiro não ganho» isto é, obtido por herança ou legado .  A colocação do regente da 1ª  e da  2ª casas na 8ª  suporta esta inferência;  a colocação do regente da 4ª na 7ª mostra a importância dos relacionamentos pessoais  para os  rendimentos do nativo. Mas a situação fraca deste regente não permitirá  beneficiar muito dos relacionamentos. Já o regente da 9ª casa colocado na 12ª indica que os ganhos poderão ser gastos  e não acumulados pois o regente da 4ª casa está debilitado, posicionado na 7ª casa e há um fator em comum relacionando estes indicadores: todos se relacionam com o estrangeiro. Este nativo pode gastar boa parte do dinheiro em viagens de longa distância, para países estrangeiros, daí a dificuldade em acumular a riqueza. A Lua , outro planeta  indicador de riqueza, rege a 7ª casa e está colocada na 9ª, novamente duas casas relacionadas com países estrangeiros. Uma parte importante do destino desta pessoa relaciona-se com países estrangeiros.

 Usando o software que recomendámos,  observamos os períodos dasha para sabermos  em que altura  ocorrerão os períodos destes planetas. E vemos que o dasha de Saturno  ocorrerá entre 2029 e 2048  e será um período que permitirá a gradual  acumulação de alguma riqueza através do trabalho. O período dasha operante neste momento é o de Júpiter,  que decorre até 2029.  O subperíodo atual é o de Júpiter , que decorre até  30 de junho  2015  e que tem um efeito protetor sobre os débitos, ajudando a pagar as contas e a diminuir as dívidas. O sub período seguinte, de Saturno,  que decorrerá até 2018 pode trazer dinheiro de herança ou legado para além de permitir ganhos pelo trabalho. Já o final deste dasha entre o início de 2026 e 2029, com os subperíodos de Marte e de Rahu pode trazer dificuldades financeiras se não houver cuidado com os gastos em excesso.   Os trânsitos mostram que o fim do mês de setembro de 2015, início do mês de outubro  pode trazer dinheiro recebido de legado ou  de herança pois teremos Júpiter e Marte a transitar pelo signo de Leão na 8ª casa, Saturno a transitar pela 11ª casa, a Lua  a transitar  pela 4ª  casa e o Sol e Mercúrio  a transitar pela 9ª casa.

Quanto à possibilidade de ganhar dinheiro ao jogo ou de forma especulativa a 8ª casa é o significador principal e ainda o Sol e Júpiter. Como referido antes, Saturno não nega a possibilidade de dinheiro recebido por legado  e o Sol, regente da 8ª casa, apoia decisivamente esta possibilidade, pois está colocado na casa da realização dos desejos,  tal como Vénus, regente da 5ª casa da sorte especulativa. Não há dúvida de que o nativo pode receber uma quantia  razoável por esta via. Já quanto à  solvência financeira, mostrada pelo regente da 6º casa,  vemos que está colocado na 12ªc asa dos gastos, das despesas e das perdas. Este nativo precisará de fazer uso de toda a sua  disciplina de Capricórnio para conseguir acumular alguma riqueza não permitindo que esta se dissolva inteiramente após recebida.

O regente da 2ª casa e, secundariamente, da 10ª, 11ª e 3ª casas, para além de Júpiter, Vénus e a Lua,  mostram a possibilidade de ganhos e  de rendimentos para este Ascendente . Como vimos, o regente da 2ª casa apoia os ganhos graduais e lentos por esforço próprio e ganhos mais volumosos por legado, por herança, etc. Os regentes da 10ª casa (Vénus), da 11ª (Marte) , da 3ª (Júpiter) dão resultados mistos, ajudando a receber dinheiro não ganho pelo trabalho (sobretudo Vénus)  mas, ao mesmo tempo, dificultando a sua  acumulação devido a gastos ou despesas, (Mercúrio e Júpiter) nomeadamente com viagens ou investimento em estudos superiores no estrangeiro  (9ª e 12ª casas).

Análise da D-2 Carta Hora

M L

Hlder D-2

A D-2 é a carta divisional que nos permite analisar a riqueza e o dinheiro.  Vamos assim ver se confirmamos as tendências já encontradas no horóscopo e tentar ver mais claramente os seus pormenores.  Procuramos em primeiro lugar a colocação nesta varga dos significadores principais da riqueza no horóscopo : Saturno, regente da 2ª casa na D-1 (horóscopo de nascimento)  e Marte, regente da 4ª casa. Saturno está colocado em Gémeos, na 9ª casa, confirmando a sorte na  obtenção de riqueza. Rege a  4ª e a 5ª casas nesta divisional o que faz dele  um yogakaraka capaz de trazer riqueza e poder para a vida da pessoa. Marte, o regente da 4ª casa na D-1, está colocado no Ascendente  da D-2 , outra excelente colocação. Vénus,  o regente do Ascendente da divisional, está aqui colocado na 10ª casa outra colocação excelente para prometer o sucesso social do nativo. Mercúrio, o regente da 9ª casa na D-1,  está aqui colocado na 11ª casa  dos rendimentos e ganhos, em conjunto com Júpiter, que rege a 3ª  e a 6ª casas. Esta posição de Júpiter indica que os objetivos do nativo e a realização dos seus desejos podem encontrar oposição por parte de irmãos mais velhos   ou de elementos da  família ou dos círculos sociais.  O regente da 2ª casa nesta divisional é Marte,  colocado no Ascendente  da D-2 como dissemos e que é outra boa colocação para esta área. A Lua, regente da 10ª, está colocada na  6ª, indicando obstáculos e competição  para alcançar o  reconhecimento e o estatuto na sociedade.

Globalmente, no entanto, esta divisional confirma e reforça a análise desta área de vida no horóscopo . Convém não esquecer que os resultados prometidos nas cartas divisionais não podem  exceder o que é prometido no horóscopo de nascimento.