Avaliar os Períodos Difíceis da Vida- As casas maléficas

 

dif

Há algumas configurações no horóscopo que são propícias para causar perturbações na vida como excesso de tensão mental, despesas, conflitos , inimizades, quebra de rendimentos e de status, doença, etc.  Estas configurações envolvem as chamadas casas maléficas que, independentemente de terem alguns significados positivos , estão sempre em  evidência, nos horóscopos das pessoas mais afetadas por problemas na vida,  seja pela sua própria força, seja pela colocação dos  seus  planetas  regentes.

As casas maléficas são a 6ª, a 8ª e a 12ª. Os eventos produzidos pelos seus significados ocorrem   durante os subperíodos dos planetas nelas colocados. Os regentes destas casas, caso sejam ocupadas por signos Mooltrikona, são considerados funcionais maléficos para esse Ascendente. Mas, para aferir quais os resultados que serão produzidos, é preciso ter em conta a colocação dos regentes das casas maléficas, os aspetos que recebem e  que enviam e ainda a sua força.

 Um planeta funcional maléfico forte, se não tiver nenhum aspeto próximo ou exato com o ponto mais efetivo de uma casa  nem formar qualquer conjunção ou aspeto próximo (dentro de uma orbe de 5º para ambos os lados) com esse ponto  ou  com outro planeta,  dará bons resultados relacionados com  os significados da casa ocupada pelo seu signo Mooltrikona durante os seus subperíodos (nos vários períodos maiores ou dashas);

A colocação de um planeta numa casa afeta os significados que ele rege se ele estiver colocado numa orbe de 5º em relação ao seu ponto mais efetivo.  E os resultados fazem-se sentir tanto em relação aos assuntos e significados por essa casa onde está colocado como em relação à (s) casa(s) que recebem o seu aspeto. A natureza dessa modificação e a força da mesma depende da natureza funcional do planeta- se é maléfico ou se é benéfico- e da força do planeta.

Assim, temos que nos lembrar que um planeta funcional maléfico , regente de uma casa maléfica, quando está em aspeto próximo com outros planetas  e/ou com o ponto mais efetivo de uma casa,  produz  eventos problemáticos relacionados com os seus significados sempre que opera o seu subperíodo dentro de um qualquer período dasha e , simultaneamente , está fraco ou aflito no horóscopo; por outro lado, qualquer planeta colocado numa casa maléfica  indica eventos problemáticos  relacionados com os seus significados quando opera o seu subperíodo em qualquer dasha.

 Assim, para determinar quais os períodos da vida  em que enfrentaremos com alto grau de probabilidade um período de eventos difíceis, devemos olhar para o horóscopo e ver se as casas maléficas estão ocupadas por planetas, sobretudo quando estas contêm signos Mooltrikona. Seguidamente, devemos ver onde se encontram os planetas que regem essas casas maléficas: quando estes recebem o aspeto próximo de planetas funcionais benéficos e estão colocados em casas boas,  o impacto maléfico da sua ação diminui ou é atenuado, sobretudo se estão fortes (embora quando recebem um aspeto por trânsito de outros planetas funcionais maléficos produzam geralmente  eventos negativos  durante o período em que dura esse aspeto ).

Finalmente, devemos lançar os períodos dasha usando o software recomendado e ver em que períodos da vida os planetas em causa operarão em subperíodos. Para essas datas, devemos ver os trânsitos dos planetas lentos, que são os que causam impactos mais duradouros e analisar se formam alguma conjunção  ou aspeto próximo com esses planetas. E assim  poderemos saber, com razoável margem de possibilidade, quais serão os períodos mais complicados na vida e em que áreas da nossa vida sentiremos essas dificuldades, tendo em conta os significados desses planetas e das casas envolvidas.

Exercício: Tendo em conta o que acabou de ler, siga as instruções e monte o horóscopo de alguém conhecido (o seu próprio horóscopo é uma boa escolha). Anote os elementos referidos e compare  os elementos obtidos com os eventos sucedidos na vida da pessoa. Que pode concluir relativamente ao rigor deste método de análise? Se desejar, faça-nos chegar as suas conclusões, que poderão ser úteis para outros estudantes .