Shadbala #3- Kala Bala

time

Uma outra força que constitui a «Shad Bala» é Kala Bala. Esta refere-se à força temporal do nascimento, ou seja, ao conjunto de fatores que se referem a seis fontes temporais de força no momento do  nascimento. Vamos falar dessas fontes, que são também os seis componentes da «Kala Bala»

1.Divaratri Bala

Esta é a força diurna e noturna dos planetas: uns são mais fortes à noite, outros são mais fortes de dia. Assim, a partir da hora de nascimento, temos em consideração esta força : a Lua , Marte e Saturno são fortes à noite e fracos de dia; O sol, Júpiter e Vénus são fortes de dia e fracos à noite. Mercúrio é tão forte de noite como de dia. Nesta medição, considera-se que os planetas que são  fortes à noite recebem o seu máximo de força à meia noite. Assim, a Lua, Marte e Saturno são mais poderosos à meia noite e mais fracos ao meio dia. O inverso acontece com o Sol, Júpiter e Vénus, que têm o máximo de força ao meio dia. Os nascimentos que ocorrem nesse momento de máxima força recebem 60 pontos; os que nascem no momento de máxima fraqueza recebem 0 pontos. Entre os dois extremos, os nascimentos que ocorrem entre eles recebem pontos de forma proporcional, entre os 60 e os 0 pontos

2.Paksha Bala

Esta é a força relacionada com  a fase da Lua no momento do nascimento.

Os planetas benéficos recebem elevada pontuação Paksha Bala quando a Lua está muito brilhante ou mesmo cheia  e baixa pontuação quando a Lua está perto ou na  Lua Nova e sucede o inverso com os planetas maléficos (recebem elevada pontuação aquando  da Lua nova e baixa aquando da Lua cheia). Um nascimento perto da Lua cheia recebe elevada pontuação (até 60 pontos); um Paksha é igual a 15 dias lunares. Quando a Lua está na fase crescente, recebe o nome de Sukla  Paksha ; quando começa a minguar recebe  o nome de Krishna Paksha.  Os planetas benéficos (Júpiter, Vénus e a Lua e Mercúrio quando associado com benéficos) são fortes durante o Sukla Paksha (desde o 8ª dia do ciclo brilhante até ao 8ª dia do ciclo da Lua minguante. Os planetas maléficos (Sol, Marte , Saturno, Mercúrio mal associado e a Lua) são mais fortes desde o 8º dia do ciclo minguante até ao 8º dia do ciclo brilhante da Lua, Krishna Paksha. Assim, se uma pessoa nasceu no ciclo brilhante da Lua (Sukla Paksha) os benéficos recebem mais pontos do que os maléficos e vice-versa quando a pessoa nasceu no ciclo minguante da Lua (Krishna Paksha). A pontuação total é sempre de 60 pontos.

3.Tribhaga Bala

Esta força baseia-se na divisão do dia em três partes iguais e na divisão da noite também em 3 partes iguais.  Cada parte tem o seu regente que é o «regente da parte  do dia» ou «regente da parte da noite». Esse regente recebe sempre a pontuação máxima que é de 60. São os seguintes os regentes das  6 partes do dia:

Parte do dia/noiteRegente
1ª parte do diaMercúrio
2ª parte do diaSol
3ª parte do diaSaturno
1ª parte da noiteLua
2ª parte da noiteVénus
3ª parte da noiteMarte

Para além do regente de cada parte do dia e da noite, Júpiter recebe sempre 60 pontos havendo, deste modo, sempre dois planetas que recebem 60 pontos na Tribhaga Bala: Júpiter e o regente da parte correspondente ao nascimento. Os outros planetas recebem 0 pontos.

4.Varsha-Masa- Dina- Hora- Bala (Abda Bala)

Esta força refere-se ao ano, mês, dia e hora  astrológicos em que o nascimento tem lugar.  O regente do ano  (Varsha) recebe 15 pontos; o regente do mês (masa) recebe 30 pontos; o regente do dia (dina) recebe 45 pontos; o regente da hora (Hora) recebe 60 pontos.

O regente do ano é o planeta que rege o primeiro dia do ano. Se o primeiro dia do ano for uma segunda feira, o regente é a Lua. Porém, há quem não determine o regente do ano olhando para o calendário. Autores como B. V. Raman consideram o ano  astrológico como  tendo 360 dias e, por isso, calculam qual é o regente do ano através desse método. O regente  do mês é encontrado de forma semelhante, pelo planeta que rege o 1º dia do mês. Do mesmo modo, vários autores consideram o mês como tendo 30 dias e usam essa extensão para todos os meses, calculando dessa forma  o regente do mês. Para encontrar o regente do dia cada dia é dividido em 24 horas e há um regente para cada hora. A primeira hora tem a regência do regente do dia e depois segue-se a ordem normal dos dias da semana, que têm a regência atribuída de forma fixa. (2ª feira regência da Lua, 3ª de Marte, 4ª de Mercúrio, etc).

5.Ayana Bala

Esta força é algo negligenciada por alguns astrólogos, referindo-se à declinação do planeta em relação ao Equador. Muitos não percebem a origem nem a justificação desta força e pura e simplesmente ignoram-na.

6.Yudha Bala

Este conceito tem a ver com a «guerra planetária». Este valor só é calculado se houver planetas nessa situação. Quando dois planetas se encontram colocados dentro da orbe de 1º em relação um ao outro diz-se que estão «em guerra». Explicaremos num outro artigo este conceito de forma mais clara. Quanto a esta força, primeiro contam-se os valores obtidos em todas as  forças anteriores: sthana bala+ dig bala + kala bala até à hora bala dos dois planetas em guerra  de modo a que o planeta que perde a guerra perca também alguns pontos enquanto que o que a ganha aumente alguns pontos. Felizmente, o software dispensa-nos de fazer cálculos complicados e apresenta-nos os valores apurados, determinando a força de cada planeta.