Glossário Astrológico- Bamsha

Glossário Astrológico Bamsha capa

Bamsha, também designada por Sapta vimsamsa consiste em dividir cada signo em 27 partes iguais de 1º 6’ 40’’ sendo por isso referente a uma das cartas divisionais. Também se encontra com a designação de Nakshatramsa e refere-se à D- 27.

Esta carta divisional serve para avaliar as forças e fraquezas gerais,  A força física e a energia geral que colocamos para agir podem ser vistas a partir daqui.

Não vale a pena explicar os cálculos para obter esta divisional uma vez que qualquer software de Astrologia Jyotish (incluindo o gratuito Jaganatha Hora que aconselhamos) faz todos os cálculos sem ser preciso nenhum esforço adicional.

A Bamsha constitui uma das 16 vargas ou divisões dos signos referidas pelo sábio Parashara ,fundador da Astrologia Jyotish na sua obra Hora Sastra. Este conjunto é também conhecido por Sodavarga. A análise de cada uma das divisões ou cartas divisionais tem um peso específico na análise global do horóscopo sendo que a totalidade das 16 vargas soma 20 pontos, valendo cada uma das cartas divisionais um peso relativo. Este pode mudar conforme se usa um conjunto de 16 divisionais, 10, 7 ou 6 cartas divisionais do total das 16 consideradas por Parashara.

Entre os critérios que podem ser usados para justificar a escolha de grupos mais pequenos ou maiores de cartas divisionais está o facto de ser necessário conhecer a hora exata de nascimento de nativo para serem fiáveis as divisões maiores dos signos. Bastam poucos minutos de diferença entre a hora de nascimento registada e a hora a que efetivamente se nasceu para que as cartas divisionais baseadas num número maior de divisões dos signos sejam pura ficção razão pela qual muitos astrólogos não as usam,  sobretudo quando os nascimentos ocorreram em locais em que o rigor da hora de nascimento deixa bastante a desejar. No que se refere à varga Bamsha, esta é apenas considera no conjunto das 16 vargas ou sodavarga e tem um peso de 0,5 num total de 20 pontos possíveis. Parashara atribuiu  o maior peso à D- 60 ou shastiamsa- 4 pontos- por considerar que esta dá indicações gerais sobre o destino individual, sendo um auxiliar das previsões. A D-60 refere-se ao karma passado que afeta o presente e, como a vida presente é vista como resultado do passado, a análise desta varga mostra como vidas passadas afetam a vida presente e a condicionam, para o bem e para o mal A aflição de planetas na D-60 revela «maldição» sobre a vida atual, segundo os antigos mas, se o aspeto não se repete na D-1 esse karma está pendente o que significa que não será colhido nesta vida.. A seguir em força vem a D-1 ou carta natal -3,5 pontos-e depois, é claro, a D-9 ou Navamsa com 3 pontos.  Nesta ótica, a análise da varga Bamsha aparece como secundária.

Apesar da sua menor importância, comparativamente com as vargas referidas no parágrafo anterior, a Bamsha é um auxiliar de previsão também importante embora de refira mais às forças e fraquezas no plano físico e material permitindo apurar se o nativo tem energia suficiente para fazer vingar os seus esforços neste plano.