Signo Balança na 5ª Casa do Horóscopo

signo Balança na 5ª casa do horóscopo

Continuamos a descrição dos efeitos dos signos nas casas do  horóscopo, hoje com a descrição dos efeitos do signo Balança na 5ª casa do horóscopo. Para uma breve descrição dos significados da 5ª casa, por favor clique aqui.

Quando o signo Balança ocupa a 5ª casa do horóscopo- o que acontece para o Ascendente Gémeos–  os nativos precisam do apoio de outros para terem consciência dos seus próprios talentos. Gostam de se divertir em parceria e, quando criam algum projeto, têm mais confiança em si mesmos se trabalharem com um parceiro e são capazes de tirar mais resultados das suas capacidades quando trabalham em parceria com outros. Gostam de associar o trabalho com a diversão, o que significa que não gostam de fazer coisas que consideram aborrecidas ou pouco criativas. Esta capacidade de cooperar  com outro parceiro manifesta-se também nos estudos, sendo influenciados pela opinião de amigos e parceiros amorosos na escolha da área a seguir. Esta dependência dos outros pode impedir que estas pessoas exprimam o máximo da sua criatividade quando não encontram parceiros à sua medida para esse efeito.

Os nativos com Balança na 5ª casa sentem-se atraídos por parceiros românticos elegantes, atraentes e com talento artístico, capazes de gerar consensos , cultos e refinados e polidos nos modos. Pode, porém, não ser fácil encontrar os parceiros desejados, pelo que podem mudar de parceiro muitas vezes. Gostam também de ser mimados pelos parceiros, de sentir que estes sentem admiração pela sua pessoa. Detestam pessoas rudes e agressivas, com quem é difícil manter uma conversa cortês. A sua inteligência é bastante orientada pelas imagens, pela beleza, pela noção de equilíbrio das formas. Apreciam a arte e a beleza e é através da perceção estética do mundo que conseguem compreender melhor a essência profunda da realidade. Podem escolher uma área  educacional associada com estes valores artísticos que representam a expressão mais verdadeira da realidade a seus olhos. São também apaixonados e sensuais, associando o romantismo e idealismo com que veem as coisas com a sua expressão da sexualidade.  O idealismo da sua abordagem da vida pode torná-los bastante indecisos em relação às escolhas concretas, estando em geral enamorados do amor, o que dificulta a correspondência entre a imagem do parceiro ideal e a realidade concreta de cada parceiro. Apesar de os relacionamentos românticos desempenharem um papel fundamental nas suas vidas, hesitam em avançar para o casamento, por não terem a certeza de ter encontrado o «parceiro certo».

O Signo Balança  é  um signo cardinal, com uma abordagem sensível e estética do mundo, com uma  racionalidade inseparável do conceito de harmonia que os nativos sob a sua influência procuram estender a toda a realidade à sua volta. Produz humanistas que lutam pela justiça e pela igualdade entre os seres humanos, sem discriminar as suas circunstâncias , crenças, ou género. Inclina também os nativos para se rodearem de objetos belos : podem ser aficionados por moda, joias, obras de arte.  O gosto refinado e a sensibilidade estética faz deles os nativos mais elegantes do Zodíaco. Mas nem só de aparência- por bela que seja- vivem estas pessoas, que são também ativas defensoras de melhores condições de vida e de educação das crianças. Quando têm filhos, tratam-nos com igualdade, respeitando os seus direitos e tendo em conta as necessidades de cada um. São justas com os filhos e procuram consciencializa-los de que todos os direitos têm a contrapartida de deveres, na vida social e familiar e incutem-lhes o respeito pela ordem estabelecida, quando esta é justa.

Vénus,  o regente de Balança,   inclina para a procura do prazer, da arte, da beleza, da sensualidade, do luxo  e, por isso, estes nativos gostam de se divertir e de gozar as  coisas refinadas da vida.  Gostam de desportos que exigem parceria, como acontece com a patinagem artística ou Ballet, e que tenham simultaneamente um cunho artístico. Podem participar em concursos de beleza ou de moda, ou  desenvolver  uma carreira como estilistas de moda ou  designers de joias, que lhes permitem ao mesmo tempo sentir a admiração do público pela sua originalidade embora precisem simultaneamente do apoio de um parceiro , para produzirem no seu melhor.  Gostam de pessoas capazes de ter uma opinião justa, objetiva e imparcial mas sentem-se muitas vezes atraídos por parceiros românticos apenas pela sua aparência, o que gera frequentemente resultados opostos aos que desejam. Podem ter vários parceiros românticos em simultâneo, pela dificuldade em rejeitar os admiradores que se aproximam deles.

Os filhos destes nativos são muitas vezes crianças artísticas, bonitas, elegantes e com tendência para gostar de coisas belas. Estas crianças podem participar em concursos de beleza , de moda infantil, etc., situação que lhes agrada. Os nativos com Balança na 5ª casa tratam os filhos com justiça, embora estes tenham muitas vezes a tendência para exprimir posições opostas às parentais. Estas crianças dão-se bem num ambiente artístico e gostam de aprender através desse ambiente. Podem enveredar desde cedo numa carreira artística, como atores, músicos ou bailarinos, ginastas artísticos, etc..Estas crianças estão muito conscientes dos seus direitos  pois estes foram-lhes incutidos cedo.

Na educação, estas pessoas dão-se bem numa carreira que exija boas capacidades de raciocínio, embora prefiram as áreas de humanidades e de artes, que permitem a expressão do seu potencial artístico e criativo. Podem ser muito exigentes com os seus direitos como estudantes e envolver-se em associações académicas, tanto no ensino médio como universitário.  Podem escolher cursos ligados à representação dramática, musical ou à criação de design, tanto de moda como de decoração, áreas em que podem dar o seu melhor, apesar de precisarem do apoio de alguém que lhes   dê equilíbrio e lhes permita saberem claramente quem são e o que podem fazer. Em crianças, podem ter desenvolvido o gosto pelo ativismo , defendendo causas com as quais se identificam.