Signo Capricórnio na 3ª Casa do Horóscopo

capp

Para ler uma pequena introdução aos significados da 3ª casa, leia aqui.

Quando o  signo Capricórnio   está colocado na 3ª casa do horóscopo- o que acontece para o Ascendente Escorpião  os nativos  têm dificuldade em comunicar com os outros , sobretudo em situações nas quais as emoções têm parte relevante. A sua postura é séria, muitas vezes soturna ou até depressiva, são pouco ou nada expansivos e escondem o que sentem por detrás de um muro de silêncio ou de um distanciamento criado pela frieza  racional com que comunicam. Este distanciamento faz com que não sejam muito populares no ambiente próximo, tendo por vezes dificuldades de relacionamento com vizinhos , colegas, irmãos.  A sua maneira de falar e de comunicar é muitas vezes brusca, fria e rígida, tendo grande dificuldade em criar empatia com os outros, pelos quais não mostram, em geral, grande consideração nem compaixão. Na expressão dos seus desejos, são contidos, mostrando pouco entusiasmo, mesmo quando estão no encalço de alguma coisa que querem muito, não deixando entrever a efervescência emocional que, com frequência, percorre a sua interioridade sem que se permitam mostrar isso aos outros, mantendo-se aparentemente impassíveis. Não apreciam aventuras, sendo conservadores e gostando de saber, antecipadamente, com o que contam, sempre que precisam de viajar para algum lado, incluindo as pequenas viagens. Gostam de as planear previamente e são o tipo de pessoa que reclama sempre que algum pormenor do que esperava se desvia, mesmo que pouco, do que considera «tolerável» ou do que lhe «é devido».

Saturno,  regente de Capricórnio,  dá a estes nativos uma postura de seriedade e de fria eficiência, capacidade de trabalhar duro , ambição e um temperamento de líder, com capacidade de gerir e de executar; uma mente inteligente mas não muito inovadora, que gosta de se reger pelo já conhecido e experienciado e pela tradição , com respeito pelo dever e pelas instituições. Prefere a abordagem prática das coisas, sem se perder em teorias e abstrações. Dá-lhes determinação e firmeza nas decisões que tomam e critérios lógicos e práticos pelos quais se motivam a agir. Podem, por vezes, ter períodos de depressão.  A tendência para a rigidez nas crenças leva-os muitas vezes a ver o mundo de forma dualista- «certo e errado»- nem sempre mostrando a flexibilidade mental para entender a adaptação necessária a diferentes circunstâncias, o que pode gerar algum fundamentalismo de posições. Assim, os nativos com Ascendente Escorpião precisam de fazer um esforço adicional para que a sua forma de comunicar seja eficaz e produza os resultados pretendidos. Estes nativos conseguem isso através do uso de uma astúcia natural pela qual  conseguem fazer passar alguma mensagem que seja realmente do seu interesse, adotando uma postura de sobriedade e  de humildade que, não sendo verdadeira, é sem dúvida quase sempre convincente.

O signo Capricórnio    é um signo   de ambição  e dota os seus nativos com uma grande capacidade de persistir num determinado propósito sem o abandonar enquanto este não for alcançado. A sua grande capacidade de organização  e de trabalho por um propósito permite-lhes alcançar sucesso, embora este possa demorar algum tempo a ser atingido e apenas após bastante trabalho. Produz uma personalidade orgulhosa e com dificuldade em assumir qualquer erro, algo egoísta, por se centrar nos seus próprios interesses e estes serem de facto a única realidade importante para estas pessoas. O foco fundamental da vida dos Capricornianos é a acumulação de riqueza e de status, a procura de uma posição influente na sociedade, que possa ser motivo de orgulho a seus olhos pela qualidade do que são capazes de alcançar pelo próprio esforço.

Quanto à relação com os irmãos mais novos, quando estes existem, esta é muitas vezes difícil, em primeiro lugar porque estes nativos adotam de imediato uma posição de «liderança»  ou de autoridade em relação aos irmãos e têm dificuldade em comunicar com estes  de forma cordial ou afetuosa.  Uma relação de companheirismo em relação aos irmãos é muito difícil . Também existem muitas vezes dificuldades nos primeiros tempos de vida, podendo haver atraso nos objetivos da educação, quebras, interrupções, fracassos que tornam a educação académica mais difícil para estas pessoas, a menos que encontrem alguém com a abordagem certa para os ajudar.