Signo Peixes na 5ª Casa do Horóscopo

signo Peixes na 5ª Casa do Horóscopo

Continuamos a descrição do efeito dos signos nas casas do  horóscopo, hoje com  os efeitos do signo Peixes  na 5ª casa do horóscopo. Para uma breve descrição dos significados da 5ª casa, por favor clique aqui.

Quando o signo Peixes ocupa a 5ª casa do horóscopo- o que acontece para o Ascendente Escorpião–  os nativos  são atraídos pelo mundo do imaginário e da arte. Este é o tipo de pessoa que pinta ou desenha como passatempo; ou toca um instrumento musical ou escreve poesia ou ficção para se distrair. Estas pessoas não são muito amantes dos desportos físicos mas podem entreter-se durante horas com alguma coisa que achem bela ou lhes provoque emoção como ver um espetáculo de patinagem artística ou de dança, um filme romântico, novelas na TV, leitura de romances de cordel, etc.. Precisam da criatividade estética e da atmosfera emocional ora romântica ora idealista, para se sentirem bem com a vida. Sentem-se atraídas por pessoas compassivas e generosas, com uma natureza preponderantemente emocional e podem sentir especial atração por fazer voluntariado no seu tempo livre, especialmente envolvendo crianças, tanto as que sofrem nos hospitais como as que precisam de  companhia para ouvirem contar estórias, pintar e desenhar, representar uma peça de teatro, etc.  Podem também apreciar fazer investimentos de risco, o que pode, por vezes, colocar em risco o seu equilíbrio financeiro. Normalmente estas pessoas têm boas oportunidades para ganhar dinheiro mas podem ser traídas pelo desejo e  pelo prazer do risco.

No amor, estes nativos têm dificuldade em saber o que querem no parceiro amoroso e desiludem-se facilmente quando os seus ideais românticos são desmentidos pela falta de cortesia, de  delicadeza ou  falta de consideração por parte dos parceiros.  Um dos problemas está em que se sentem atraídos por pessoas que são muitas vezes «nebulosas» no plano emocional ou então são boémias no comportamentos, tendo dificuldade em  assumir claramente algum compromisso.  A tendência para idealizar os parceiros também não ajuda e, se inicialmente a atmosfera de romance é muito atrativa, gradualmente, as imperfeições mútuas vão aparecendo e  o romance tende a dissipar-se. Talvez se apaixonem mais por uma ideia de romance do que pelas pessoas concretas que conhecem .

Estes nativos gostam de  crianças, razão pela qual têm, em geral, filhos e são capazes dos maiores sacrifícios por causa deles.  Podem, desde cedo, iniciá-los em  hobbies como a pintura e o desenho, a poesia, a música e a dança, a pesca, a natação, a realização de pequenos filmes. As crianças são em geral talentosas e interessadas por estas matérias  e desenvolvem desde cedo os talentos artísticos e a capacidade de auto expressão criativa, o que lhes favorece o desenvolvimento da imaginação.  Podem igualmente ter uma natureza algo evasiva e sonhadora, tendo dificuldade em adaptar-se aos deveres quotidianos. Podem também ser muito desenvolvidas espiritualmente  ou ter inclinação religiosa.

O Signo Peixes  é  um signo mutável, feminino  idealista e romântico, com uma imaginação poderosa que se sobrepõe  às faculdades racionais mais «objetivas» e, em vez de descrever, prefere criar e idealizar. Possui uma sensibilidade aprofundada que é ideal para o desenvolvimento da capacidade de apreciar a expressão artística mas pode ser vista como caótica por aqueles que exigem a definição e conceptualização  da realidade e das experiências. Este signo tem dificuldade em lidar com os deveres imediatos e rotineiros . distraindo-se com facilidade  e procurando refúgio em alguma realidade alternativa associada à fantasia e á imaginação ou ao plano transcendente da metafísica e da religião. Produz uma sintonia entre  o nativo e todos os seres frágeis e em sofrimento, levando estas pessoas a fazer sacrifícios em prol de outros ou a encontrar na experiência religiosa, artística ou na prestação de serviço altruísta aos outros, um campo privilegiado de realização pessoal.

Júpiter, o regente de Peixes, simboliza , neste signo  da sua parte feminina, a generosa compaixão e entrega ao serviço humanitário ou à experiência religiosa, a necessidade que o ser humano tem de se ligar, pela dádiva de si e da  fé num poder maior, a um sistema de crenças, antigas e transmitidas ao longo do tempo de geração em geração e cujos rituais repetidos em circunstâncias semelhantes, dão segurança e esperança em relação ao destino de todos os seres. Enquanto Sagitário, o outro signo de Júpiter, é ativamente crítico, o signo  Peixes é recetivo, confiando na ordem divina e naquilo que esta transmite ao ser humano; mais do que atuar individualmente, deixa-se levar pela corrente do ser que vem ao seu encontro acreditando que o que  vier ao seu encontro  é bom porque «corresponde à «vontade divina» ou à Providência e não há nada que o homem possa fazer para alterar ou escapar a esse fluxo que rege a comunidade do Ser.  O signo Peixes simboliza a rendição da vontade e da razão humana aos desígnios divinos e à sua providência.

Na educação, estes nativos podem deixar que os filhos «aprendam»  pelas suas próprias experiências, sem lhes darem muitas regras ou imporem muitas limitações. Isto em alguns casos pode revelar-se imprudente pois as crianças poderão  agir de forma que se revele arriscada ou imprudente.  Os filhos destes nativos podem ser muito sensíveis às temáticas que lhes «puxam» pela criatividade e imaginação mas será preciso fazer um esforço adicional para que aprendam a gostar de disciplinas mais racionais e que exigem trabalho continuado como as ciências e a matemática. Podem tornar-se excelentes em Humanidades, gostando de escrever  e de todas as disciplinas que lhes permitam usar a imaginação, como é o caso da História e as Artes. Pode ser difícil convencê-los de que terão que estudar todas as disciplinas, quer gostem delas ou não.