Signo Virgem na 7ª Casa do Horóscopo

signo Virgem na 7ª casa do horóscopo capa

Continuamos a apresentar os efeitos da colocação dos signos na 7ª casa do horóscopo. Esta colocação é especialmente importante pois o signo que ocupa a 7ª casa é oposto do signo Ascendente e, por via disso, é-lhe complementar. Na 7ª casa exprimem-se as qualidades que, sendo relativas aos outros, são no entanto fundamentais para que a nossa identidade se complete. Tudo o que é expresso pela 7ª casa precisa, desse modo, de ser integrado na identidade de forma dinâmica e é algo com o qual cada personalidade tem que lidar ao longo da vida.

Poderá ler um pequeno resumo dos significados da 7ª casa aqui.

Para uma abordagem mais aprofundada sobre a 7ª casa leia o artigo aqui.

Quando o Signo Virgem ocupa a 7ª casa do horóscopo – o que acontece para o Ascendente Peixes– os nativos sentem-se atraídos por parceiros- de vida e de negócios-  cuja natureza prática ajuda a balançar  a tendência para a desordem que facilmente se instala nas suas vidas.  A eficácia com que os parceiros organizam e arrumam tudo á sua volta dá-lhes segurança e tranquilidade. A habilidade para as tarefas manuais é outra característica que atrai os nativos de Peixes, que gostam de se ocupar com tarefas criativas nas quais podem usar a imaginação e a sensibilidade estética.  É  claro que a faceta crítica de Virgem e a tendência para procurar «erros» pode ser um osso duro de roer mas, por outro lado, tanto Peixes como Virgem sentem a necessidade de se aperfeiçoar, de se purificar embora em planos opostos – Virgem no plano terreno, cuidando dos ambientes materiais que suportam a vida do corpo e Peixes no plano espiritual e moral, que garante as «virtudes da alma». Completam-se e podem crescer mutuamente, descontando os períodos em que entram em conflito pelas pequenas (grandes) diferenças na forma de encarar a vida no dia-a-dia.

Apesar do pragmatismo e mente analítica, os nativos de Virgem são tímidos e românticos, de uma forma muito discreta e sensorial e os nativos de Peixes sentem-se muito á vontade com esta simplicidade em que a funcionalidade da vida não é verbalizada mas é praticada de forma eficaz e confortável para as suas vidas. Os nativos de Virgem são muito dedicados ao trabalho e gostam de ambientes silenciosos para poderem pensar , analisar, etc.. Peixes também gosta de silêncio, quanto mais não seja para dar largas à imaginação, à pintura, desenho, leitura e escrita, etc..

Os nativos de Peixes preferem parceiros com quem possam contar, tanto nos negócios como  na vida. Tendo Mercúrio a reger a 7ª casa, normalmente casam cedo e, devido à mutabilidade de Mercúrio, têm em geral um bom número de relacionamentos ao longo da vida.

Quando o signo Virgem está colocado na 7ª casa, os parceiros pessoais são eficientes, organizados, dotados de destreza manual, habilidosos artesãos e «faz tudo» , são amantes da limpeza e da higiene, arrumados, trabalhadores incansáveis, embora não sejam propriamente as pessoas mais espontâneas, podendo colocar na agenda como «tarefas» muitas das coisas que outros fazem para se divertir. Em grande parte, tudo é «trabalho» para os nativos de Virgem e, como tal, tudo deve ser planeado, organizado, calendarizado.  Ora, para os nativos de Peixes, contar com uma pessoa com este nível de eficácia prática é uma bênção e, deste modo, colocam nos parceiros  toda a organização quotidiana das suas vidas, desde o cuidar da roupa, da arrumação de toda a confusão de papeis e objetos no escritório ou espalhados pela casa, o cuidado da alimentação e também da sua saúde. Com isso deixam um sentimento de «serviço prestado» no nativo de Virgem e tornam a sua vida muito mais leve, ficando com tempo para dedicar aos devaneios , à fantasia, às suas tarefas criativas, de voluntariado, etc..E, se Peixes revela toda a disponibilidade para se voluntariar junto de quem precisa de algum apoio, essa disponibilidade é manifestada fora de casa. Em casa, o(a)  diligente parceiro (a) organiza, limpa, cozinha, passeia o cão ou leva o animal doméstico ao veterinário, arranja o eletrodoméstico que avariou, chama o canalizador para reparar a instalação que cedeu, etc.. e, apesar de tudo, para os nativos de Virgem que adoram sentir-se úteis, isto nem é assim tão mau. E os nativos de Peixes podem recompensar isso com dedicação, agradecimento e muito afeto.

Mas a 7ª casa representa mais do que o parceiro conjugal. E, quando Virgem  ocupa esta casa, os nativos de Peixes   tendem a encontrar parceiros de negócios perfecionistas, picuinhas, supercríticos e controladores , sempre prontos a apontar falhas  ao trabalho realizado por si. Mas a sua eficiência e sentido de organização compensa os confrontos episódicos pois, apesar de tudo, a criatividade de Peixes complementa na perfeição a eficácia de Virgem e contribui decisivamente para os bons resultados que poderão alcançar a dois.

No caso presente da complementaridade Peixes /Virgem, o nativo de Peixes tem dificuldade situar-se no «aqui e agora» da vida material e do trabalho  feito de rotinas e deveres. No passado pode ter sido excessivamente focado no trabalho e na necessidade de prever, controlar e organizar toda a realidade à sua volta e compensa isso agora procurando transcender o plano da vida quotidiana e das suas necessidades materiais. Porém, precisa de aprender, através dos parceiros, a integrar ambas as realidades- a material corpórea e a espiritual pois elas suportam-se mutuamente neste plano de existência em que é preciso viver, embora sem se deixar submergir nem apenas pela realidade dos deveres quotidianos e do trabalho nem pela «transcendência» ou plano espiritual que, nesta Terra, só é acessível através da mediação do corpo e da realidade sensorial.