Identificar as Áreas Problemáticas de Vida no Horóscopo

lif

Existem alguns procedimentos que nos ajudam a determinar  quais são as áreas mais problemáticas  no horóscopo. Para isso, em primeiro lugar devemos:

a) Anotar quais os  planetas que são  funcionais maléficos para o Ascendente em causa;
b) Ver quais são os aspetos/ conjunções exatos e próximos (numa orbe de 5º)  no horóscopo e sublinhar os que envolvem os planetas funcionais maléficos;
c)Anotar quais são os planetas aflitos.
d) Anotar quais os planetas  que estão colocados nas casas maléficas: 6ª, 8ª e 12ª.
e) Anotar  as datas dos períodos dasha dos planetas funcionais maléficos para ver em que períodos da vida da pessoa  é que eles estarão ativos;
f) Anotar, para o período dasha ativo no momento em que se faz a análise, quais as datas em que os subperíodos dos planetas funcionais maléficos estarão ativos.
g) Consultar as efemérides planetárias referentes ao Zodíaco Sideral  para saber quando é que os planetas maléficos funcionais  formam aspetos próximos ou por  conjunção com as posições natais dos planetas ou  com o ponto mais efetivo das casas do horóscopo (identificando as casas do horóscopo que recebem esse aspeto).
h) Anotar também se, durante o mesmo período, há algum outro planeta funcional benéfico a  lançar um  aspeto para os mesmos pontos do horóscopo ou para o planeta  que rege o período dasha/ subperíodo ou para os planetas funcionais maléficos  que estão em trânsito. pois isso ajuda a diminuir  o impacto negativo desses trânsitos  e do período/ subperíodo planetário operante.
Análise: 
 
Os planetas que estão colocados em casas maléficas, ou  que estão aflitos ou fracos, revelam  as áreas problemáticas. Para as interpretar, devemos ter em conta os significados gerais dos planetas e os significados particulares que eles adquirem pelo facto de regerem determinadas casas, sobretudo aquela que é ocupada pelo seu signo Mooltrikona.
Durante o período dasha /subperiodos desses planetas encontramos as tendências problemáticas gerais das áreas de vida   para todo esse período/ subperíodo e que estão relacionadas com os significados dos planetas e das casas envolvidas; para este efeito temos em conta os significados da casa ocupada pelo signo Mooltrikona do planeta que rege o período ou subperíodo; as significações gerais do planeta; as significações da casa ocupada pelo planeta. A colocação, a regência das casas e os aspetos que o planeta  regente do período ou do subperíodo recebe, são a referência básica para se determinarem as tendências do período ou do  sub-período.
Os trânsitos dos planetas funcionais maléficos sobre os pontos natais  indicam  o tipo de  problemas menores que ocorrem durante esse período no caso de planetas de movimento rápido; no caso de planetas de movimento lento, como Rahu/Ketu, Júpiter e Saturno, os efeitos são de longa duração e  os seus efeitos são determinados pela sua  natureza funcional,a a  colocação natal, força e os  aspetos recebidos. O efeito dos planetas em trânsito sente-se no momento em que  estes formam uma conjunção/ um aspeto exato ou próximo: 1.com o ponto mais efetivo de uma casa do horóscopo;  2. com a posição natal do planeta que rege o período ou subperíodo;  3. com a posição por trânsito do planeta que rege o período dasha /o subperíodo.
Sempre que um planeta em trânsito forma  um aspeto ou  uma conjunção com a posição natal ou em trânsito  do planeta regente do período dasha ou do subperíodo, surgem eventos relacionados  com as significações dos planetas/ casas transitados ou do próprio planeta em trânsito.
Glossário– Planeta aflito: é aquele que recebe um aspeto exato ou próximo de outro planeta funcional maléfico.
Exercício : Aplique os procedimentos referidos nas alíneas de a) a h) a um horóscopo que deseje analisar.
Interprete os resultados obtidos, tendo em conta as considerações e escolhendo um período curto – 1 ou 2 anos, para analisar os resultados dos trânsitos e de um determinado período dasha /subperíodo.

Relacionado

Deixe um comentário, a sua opinião conta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.