Ketu na 1ª Casa do Horóscopo

luna

Concluímos a apresentação dos efeitos dos planetas  na 1ª casa com Ketu, a «cauda do dragão». Ketu é um dos nodos lunares e forma um par inseparável com Rahu, estando-lhe  sempre oposto no horóscopo. Apesar de poderem dar resultados positivos quando estão em alguns signos ou casas, os nodos nunca têm efeitos completamente positivos e são um dos indicadores mais fortes do karma  no horóscopo, sendo essa a razão  da sua  designação de «eixo do destino».

A colocação de Ketu na 1ª casa, pelo aspeto que lança para a 7ª casa  e pelo facto de Rahu ocupar a 7ª casa que representa o casamento e as parcerias, é muito má para a vida conjugal  (e para as parcerias pessoais) que passa por turbulências e tem pouca harmonia.  A pessoa com Ketu na 1ª casa pode ter um cônjuge que tem uma natureza manipuladora e astuta , enganadora e pode ter uma personalidade dominadora.

Ketu simboliza o desligamento e despojamento espiritual e, por isso, a colocação na 1ª casa pode indicar uma poderosa intuição e  inclinação espiritual do nativo, acompanhada  de uma mente discriminativa. A pessoa gosta do oculto  e pode ter como preocupação fundamental a busca do conhecimento espiritual e do auto aperfeiçoamento.

Ketu na 1ª casa do horóscopo prejudica a saúde e a vitalidade física e o  nativo pode ter problemas de saúde. Corre também o perigo de ser envenenado ou de comer comida contaminada.

A natureza de Ketu reflete-se na personalidade da pessoa, que pode ser tímida, devido à influência de Ketu que «apaga» os aspetos materiais da vida. como consequência, o indivíduo  pode passar despercebido ou ser «invisível para os outros.» Mas também pode, simultaneamente, ser enganador ou trapaceiro, dissimulando o que realmente sente ou pensa.

Ketu na 1ª casa do horóscopo torna o nativo  pouco estável nos propósitos ,que podem alterar-se com frequência . Esta pessoa nunca se revela de forma transparente aos outros e pode ter muitas facetas da personalidade escondidas. Sofrerá no entanto de uma contínua falta de auto confiança.

Apesar de não existir um entendimento total entre os astrólogos da Antiguidade nem nos de hoje quanto ao signo em que os nodos ficam exaltados ou debilitados, havendo mesmo  quem considere que os nodos- Rahu e Ketu- dão ambos bons resultados nos signos de Mercúrio, a opinião mais corrente é a de que Ketu está no próprio signo em Sagitário, exaltado em Escorpião e mooltrikona em Peixes. Também encontrámos astrólogos a defender que Sagitário é o signo de exaltação de ketu, o que torna o signo de Gémeos  o seu signo de debilitação. Nesta matéria não encontramos um  consenso entre  os textos antigos e este também é difícil entre os astrólogos atuais. Mas devemos usar a nossa experiência, que parece desmentir aqueles que consideram que Gémeos é uma boa colocação para Ketu.

Quando Ketu está colocado na 1ª casa no signo de Escorpião ou Sagitário ou quando o seu movimento é estacionário  direto a pessoa tem inclinação espiritual e uma natureza psíquica. A sua vida é orientada pelo sentido do auto aperfeiçoamento e pelo desejo de salvação espiritual. Também é notada pela sua inteligência devido à grande capacidade discriminativa  que é capaz de discernir muito para além das aparências. A sua natureza é ascética, adaptável e  a pessoa será respeitada embora dê pouca importância às honrarias. Mas a vida conjugal será perturbada e  não trará felicidade ao nativo.

Quando  Ketu está colocado na 1ª casa nos signos de Gémeos ou  de Touro  ou ainda em Caranguejo ou  no signo de Leão , todos os efeitos negativos mencionados serão aumentados. E, se Ketu na 1ª casa do horóscopo receber o aspeto de planetas maléficos, isso prejudicará muito a saúde e a aparência física da pessoa, que pode ter marcas de alguma doença de pele como «bexigas».

Os nativos com Keu na 1ª casa têm dificuldade em exprimir uma personalidade inteira e assertiva tendendo a assumir a imagem daqueles com quem se cruza ou coincidir com a imagem que querem que ele tenha. Dependendo do dispositor de Ketu (planeta regente do signo onde se encontra colocado) Ketu assume a imagem do parceiro, de uma personagem imaginária, de alguém com quem está a interagir, etc… A sua «personalidade» flui e muda ao sabor das imagens com as quais se vai cruzando e que vai impersonificando. Estas pessoas têm por isso dificuldade em responder à pergunta «quem sou» e a sua energia física é também débil, frágeis os laços que os prendem à Terra.

Estas pessoas, com fraco sentido da identidade pessoal, têm também dificuldade em manter relacionamentos estáveis, ligando-se e desligando-se de forma um pouco aleatória. Podem casar com parceiros que veem o casamento como uma estratégia pessoal de elevação social. São indecisos em relação a tudo o que envolve a sua identidade, incluindo a aparência física. Pode defender certa crença ou opinião, num dado momento e, pouco depois, fazer exactamente o contrário porque a afirmação ou negação do que quer seja lhe é basicamente indiferente. Casando muitas vezes com parceiros que ousam o nativo como instrumento para os seus próprios fins, tendem a assumir o modo de ser deste e as suas posições. Também não  assumem as qualidades competitivas ou inovadoras da 1ª casa nem procuram adquirir uma verdadeira consciência social. Evitam em geral todas as situações problemáticas e que geram conflitos mentais. A sua expressão em termos de comportamento é flutuante. Quando confrontados com a realidade dura reagem com comportamentos de negação e evitamento, como se, na verdade, tudo isso não lhes dissesse respeito.

Emocionalmente os nativos com Ketu na 1ª casa são solitários e sentem-se desligados de toda a realidade, como fantasmas de si próprios. Apesar de ansiarem pela ligação com o outros, esta não se pode fazer no plano humano e físico. Alguns ultrapassa esta limitação através da procura de uma dimensão divina com a qual se conectam. Estas pessoas não enfrentam os problemas de frente, escapam-se como se nada fosse. Se, por ex., o cônjuge os trai, em primeiro lugar negam a situação e não querem saber das evidências. Se estas crescem muito e se repetem, são capazes de abandonar a relação sem terem uma única conversa ou explicação com o parceiro.

I impacto de Rahu na 1ª casa pode produzir uma pessoa de andar pastoso e sem energia, magro e hesitante nos movimentos. Mas, se houver aspetos benéficos, como o aspeto de Vénus. Estas características podem não se manifestar. Estes nativos são apáticos em relação à sua aparência física e podem não fazer nada para se tornarem mais atraentes, não cuidando da roupa nem da aparência em geral. Têm também um ar melancólico marcado.

Com Ketu na 1ª casa a identidade sofre processos diversos de quebra ou corte, através de acontecimentos como viuvez, separação, desconexão de todos os laços criados em geral pela identidade a nível pessoal e social.

Os nativos com Ketu na 1ª casa têm em geral um primeiro casamento em que o parceiro pode ser extremamente atraente e sedutor mas o nativo pode ser alvo de humilhação se o parceiro usar o casamento como forma de subir socialmente.

Em geral, a presença de Ketu na 1ª casa torna o nativo num ser que se disfarça continuamente a partir das características daqueles que encontra como se fosse necessário evitar a todo o custo ter que ser ele próprio sem essas máscaras. A cada momento pode adotar um conjunto de ideias ou crenças ou mesmo partilhar uma certa ideologia mas a sua entrega é apenas exterior e , tão depressa como assume essas ideias, abandona-as também para se agarrar a outras pois o entusiasmo que sente a partir da identificação com uma certa ideia ou crença passa depressa e esfuma-se como a sua própria identidade.

Os nativos com Ketu na 1ª casa podem ser um alvo fácil da exploração por terceiros pois a sua compreensão acerca da realidade é pouco consistente, pouco firme e pouco enraizada e outros podem usar estas pessoas como instrumento fácil . Também mentalmente, são permeáveis a todo o tipo de energias subtis. Os parceiros destas pessoas- de casamento ou de negócios- podem controlar facilmente os nativos, com a sua subtileza e astúcia. Podem inclusivamente fazer com que o nativo assuma a ambição e os desejos que não lhe pertencem e, quando isso acontece, a personalidade dominada por Ketu pode tornar-se semelhante a Rahu, assumindo como suas as ambições e os objetivos que são dos parceiros. Podem em consequência cuidar da imagem física e mostrar um glamour que, na verdade não lhes pertencem mas que o nativo representa como um papel com o qual se identifica.

Os nativos com Ketu na 1ª casa transportam uma difusa mas permanente sensação de perda, desenraizamento, afastamento do coração da sua identidade. O seu comportamento é excêntrico e considerado estranho por parte dos outros enquanto o nativo permanece alheio a estas respostas, como se o corpo e o ego que transporta não lhe pertencessem. A falta de ligação forte com o corpo físico favorece a perceção psíquica que pode ser bastante forte. A dimensão psíquica pode ser permeável a todos o tipo de energias e perturbar a estabilidade psíquica da pessoa , por canalizar energias indesejáveis.

Os nativos com Ketu na 1ª casa sentem-se em geral desenraizados e com um sentimento geral de inadequação na esfera da existência física. Estas pessoas podem necessitar de bastante tempo fora do contacto com os outros, para recuperarem o equilíbrio psíquico, não aguentando estar demasiado tempo ocupado com atividades mundanas.

Na 1ª casa, Ketu tende a refletir  a projeção de uma personalidade cujas características estão ligadas aos significados do signo que ocupa essa casa. Segundo alguns, pode igualmente exprimir imagens simbólicas do inconsciente coletivo. Apesar de tudo o que ficou dito, Ketu no Ascendente pode refletir uma imagem icónica ligada à moda, ao cinema, ao desporto, etc. com grande aceitação por parte do público. Pode no entanto haver comportamentos que colocam em perigo a integridade física, como a dependência do tabaco, dietas extremistas, etc. a fama que algumas destas pessoas alcançam  deve-se em boa parte ao facto de o público se rever na sua imagem icónica, consciente ou inconscientemente. Se houver aspetos de planetas maléficos para o Ascendente, pode acontecer que a imagem icónica que Ketu personifica de ligação ao público seja negativa e causar o desagrado extremo por parte do público. Assim, estes nativos tanto encarnam ícones de grande sucesso, beleza e riqueza como do mal e crueldade, etc.

Segundo os clássicos, Ketu na 1ªcasa produz angústia causa por familiares e por pessoas malvadas; problemas causados pelo cônjuge e pelos filhos; tristeza, inércia , falta de motivação para agir e se interessar pelas coisas; desinteresse pela vida sexual, sofre com escândalos, perdas, perigos contra a face e os olhos, vida curta.

O que Dizem os Clássicos

 Phaladeepika- o nativo será ingrato , infeliz e caluniador. Terá o hábito de se dar com pessoas indesejáveis. Terá um corpo atormentado e será privado da sua posição.

Chamatkar Chintamani-  a pessoa será problemática para os membros da sua família. Terá problemas de saúde.

 Ketu dá os seus plenos efeitos aos 48 anos de idade e, por essa altura, pode haver problemas de saúde ou problemas no casamento. Mas, pelo lado positivo, a pessoa pode atingir um estado espiritual mais desenvolvido  e desligar-se dos assuntos mundanos ou até mesmo ter algumas experiências psíquicas e/ou espirituais que terão impacto na sua vida.

Digiprove sealCopyright secured by Digiprove © 2018

One Thought to “Ketu na 1ª Casa do Horóscopo”

  1. Velho Marujo

    Excelente análise!

    Permita-me uma pergunta. Sei que a astrologia védica não considera os planetas geracionais em análises. Mas, apenas como informação. Em minha carta natal tenho Ketu na casa 1, sendo que também localiza-se na mesma casa Netuno e ambos em conjunção com o ascendente. De acordo com o Jagannatha Hora, ao verificar as cartas divisionais outro fator me saltou o olhar. Em praticamente todas as cartas, Ketu localiza-se junto ao ascendente, sendo estas as divisionais D-1, D-2, D-3, D-4, D-5, D-6, D-7, D-8, D-9, D-10, D-11, D-12, D-16, D-20, D-24, D-27, D-30. Formando um Rajayoga.

    Para finalizar, Júpiter é o regente da casa 1 através de seu signo mooltrikona Sagitário e quando em transito pelo ascendente Júpiter atinge a pontuação 8 na Vimsopaka Bala – li que é uma pontuação não muito comum e auspiciosa. E sobre a força da casa 1, na Bhava Bala, a casa tem 37 pontos.

    Pode me esclarecer, por favor? Afinal, tal configuração é positiva ou negativa? O

    Desde já agradeço!

Deixe um comentário, a sua opinião conta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.