Saúde e Longevidade-Ascendente Leão

alikm

Para concluir a análise exemplificativa da Leitura das áreas de vida para o Ascendente Leão, continuamos a analisar o horóscopo do nosso ponto de partida, hoje  interpretando os indicadores da saúde e  da longevidade.

Longevidade

TS, 25 janeiro 2014, Lisboa

TS_D6

Na Astrologia  Jyotish o cálculo da longevidade foi desde sempre considerado um aspeto essencial pois partia-se do princípio de que o  cálculo dos efeitos de todos os  períodos dasha e antardasha (período principal e sub períodos) dos planetas era inútil se a pessoa tivesse uma matriz de vida curta . Nas épocas  em que estes cálculos, bastante complexos sem o auxílio de computadores, eram morosos, esta preocupação era justificada. Hoje deixou de ter tanta relevância, não só porque o software faz os cálculos  de imediato mas também porque as condições de saúde e as possibilidades da medicina atual alteraram muito  algumas condições que, no passado, eram consideradas irrevogáveis. Por isso deixamos aqui o exemplo desta análise como orientação geral  que não deve ser vista como uma fatalidade mas antes como uma tendência que, como tal, pode ser modificada, sobretudo por condições de vida mais saudáveis e por um acesso razoável a cuidados de saúde.

No horóscopo que analisamos,  e para o Ascendente Leão em geral, a longevidade vê-se a partir do estudo da 1ª  casa do horóscopo como fator principal. Pode consultar aqui  todos os significadores das áreas de vida para este Ascendente. Secundariamente vemos a e a 12ª  casas  e Saturno.

No  nosso exemplo analisamos o Sol, o regente da 1ª casa e todos os aspetos recebidos por ele e pela 1ª casa. O Ascendente recebe apenas o aspeto amplo (com uma orbe de 6º) de Ketu. Este aspeto pode trazer algum stress no período dasha  e nos subperíodos em outros dashas. Esta jovem experienciará o dasha de Ketu entre 2052 e 2059 e, entre outros efeitos, a sua saúde pode ser afetada com alguma doença difícil de diagnosticar e que poderá estar relacionada com alguma intoxicação ou ingestão de substância venenosa para o seu organismo mas, só por si ,este aspeto não é suficiente para causar um problema que ponha em perigo a  sua vida, uma vez que não há um aspeto exato para o Ascendente. Porém, o trânsito simultâneo de planetas funcionais maléficos no Ascendente ou lançando aspeto para o Ascendente pode trazer preocupações acrescidas.  O Sol está bem colocado  na 6ª casa e não recebe aspetos maléficos, tendo força para proteger a vitalidade do nativo (e o sistema digestivo, o coração, etc.,  o que é muito importante atendendo ao facto de a 4ª casa , que rege o coração, conter a Lua  debilitada).

  A  8ª casa está vazia e recebe o aspeto de Marte, o regente da 4ª e da 9ª casas, um planeta yogakaraka para este Ascendente e que, por essa razão, é também protetor geral do horóscopo. Júpiter, regente da 8ª casa, está colocado na 11ª  não causando stress nesta área de vida e favorecendo a longevidade. A Lua, regente da  12ª casa, e indicador secundário, está na 4ª casa, o que é uma boa colocação mas está no signo Escorpião, o signo da sua debilitação , o que não favorece os finais, quaisquer que eles sejam, na vida da pessoa, nem o final de vida que pode ser solitário e pouco feliz, bem como atormentado por situações de doença.

Usando o software recomendado vemos que , no horóscopo de TS , o dasha da Lua inicia-se  em maio de 2085 quando ela tiver 67 anos e durará até maio de 2095.Assim, este período entre os 67 e os 77 anos poderá ser desafiador para os assuntos gerais da vida  desta pessoa, uma vez que a 4ª casa é uma casa estrutural  para os alicerces da vida da pessoa, afetando a vida familiar e profissional e também a paz emocional;  a 4ª casa está  diretamente relacionada com o sentimento interno de contentamento e de felicidade (ou a ausência deles). Este pode deste modo ser um período desafiador a todos os níveis e, muito particularmente, para a saúde e longevidade. Observando os  trânsitos para Agosto do ano  de 2094, observamos uma conjugação de planetas indicadores para esta área de vida na 12ª casa, em Caranguejo : O sol , a Lua e Marte. Marte , como dissemos, é um yogakaraka para este Ascendente e tem, por essa razão, uma ação protetora para o horóscopo. Porém, estará debilitado no signo de Caranguejo e, apesar de ser o regente da 9ª casa, onde está colocado o seu signo Mooltrikona, (sendo por isso um indicador óbvio de sorte na vida desta pessoa),  está colocado na 2ª casa do horóscopo, uma casa maraka (capaz de infligir a morte). Porque o planeta não está aflito e está forte, a nossa convicção é que ele protegerá a vida da pessoa neste período mas o seu estado de debilitação retirar-lhe-á muita da sua força nesta altura e a pessoa pode sofrer uma doença grave neste período da sua vida.

Depois, o dasha de Ketu que, como referimos, ocorre entre maio de 2052 e maio de 2059. No  subperíodo da Lua, entre março e outubro de 2054, poderá haver também situações complicadas para a saúde da pessoa. Observando os trânsitos para esta altura vemos que, em Agosto desse ano, Saturno entra no signo de Peixes, correspondente à 8ª casa do horóscopo , Vénus e a Lua transitam pela 4ª casa ,  Rahu transita em conjunção com o ponto mais efetivo da 1ª casa, o que , à partida, é uma conjugação explosiva e um gatilho de eventos que podem ser muito desafiadores. Durante este período, deverá haver extrema cautela com todas as situações que podem colocar em perigo a saúde  e a vida, adotando hábitos saudáveis de  vida e uma atitude preventiva em relação a todos os fatores diretamente ligados com a saúde . Para a longevidade, a Lua , regente da 12ª casa  e o Sol, são mais importantes para ajuizar sobre a longevidade da pessoa com Ascendente Leão do que Júpiter, o regente da 8ª casa, pois esta não está  ocupada por um signo Mooltrikona . Assim, e porque o dasa do Sol e da  Lua ocorrem muito cedo na vida, (o do Sol inicia-se quando esta jovem tiver 39 anos de idade ) e porque todos os fatores de sorte que encontrámos no horóscopo desta jovem não são consentâneos com a sua morte prematura, consideramos que o final da existência pode ocorrer  num sub período da Lua em algum outro dasha, porventura no dasha de Marte e subperíodo de Ketu, que ocorre entre 2099 e 2100.

Saúde Geral

Para o Ascendente Leão a saúde analisa-se pela leitura da 1ª casa como significador primário; e pela  6ª casa , o Sol , a Lua e Marte como indicadores secundários.

 O Sol, para este Ascendente, tem a importância acrescida de ser o regente do Ascendente, desempenhando por isso um papel importante. No nosso ex., o Sol   está forte e  bem colocado, protegendo por isso a saúde e a vitalidade da pessoa. O regente da 6ª casa, Saturno, está muito bem colocado na 3ª casa e no signo de exaltação, o que favorece todos os significados da 6ª casa incluindo a saúde. Por sua vez, os indicadores secundários, a Lua e Marte, dão outras pistas. Como tivemos oportunidade de referir, a Lua é o único fator que pode trazer algumas situações de perigo para a saúde e para a longevidade, sobretudo durante o seu dasha e sub períodos em outros dashas. Marte tem o estatuto de yogakaraka para este Ascendente e, por isso, não tem ação maléfica para este Ascendente sendo, além do mais, o regente da 9ª casa, que rege a sorte para esta vida.  A sua colocação na 2ª casa do horóscopo não deverá, por isso, trazer situações problemáticas para a saúde.

Vamos agora analisar  a carta divisional que se refere à saúde, a D-6 ou hashthamsha para ver se a análise do horóscopo é confirmada nesta varga:  o significador principal da saúde, o Sol, está colocado na 5ª casa desta varga o que é uma boa colocação pois obedece ao princípio geral de que os indicadores principais deverão estar colocados em casas trinas ou angulares. Também rege uma boa casa nesta varga, uma casa angular, a 10ª, o que é outra boa indicação. A Lua nesta varga rege a 9ª casa e está colocada na 3ª, lançando, desse modo, aspeto para a casa que rege, revelando sorte na proteção da força vital da pessoa. Esta está associada às motivações e aos desejos e estes são protegidos. Saturno está exaltado, embora na 12ª casa desta varga. É o regente da 4ª casa desta varga e dá à pessoa uma natureza espiritual, embora também confirme um final de vida difícil ou problemático. Marte é o regente do Ascendente nesta varga e o seu signo Mooltrikona está colocado na 6ª casa desta divisional. Marte está colocado no Ascendente, o que é uma boa posição, estando no próprio signo. Está conjunto com o regente da 12ªcasa desta varga, Vénus, que, nesta colocação  não favorece a longevidade da pessoa . Os nodos, ambos colocados na 6ª casa, indiciam situações de saúde difíceis de diagnosticar e chamam a atenção para a necessidade de estar atento aos seus subperíodos. Durante a sua vida ,esta pessoa não deverá sofrer com o dasha de Rahu, que se inicia em 2120, fora do seu período expectável de vida mas, como referimos anteriormente, o dasha de Ketu pode ser uma fonte de preocupação também nesta área de vida e sempre que ocorrer em outros períodos dasha.

A colocação  da Lua numa casa de «crescimento» (upachaya) significa que o nativo pode intervir para melhorar as suas condições de saúde, evitando desse modo algumas situações mais problemáticas, alterando o estilo de vida e adotando formas de vida saudáveis, sobretudo durante o dasha da Lua , que é o planeta mais maléfico para este horóscopo.

Concluindo, parece-nos que TS terá uma vida  razoavelmente saudável, embora possa sofrer de perturbações relacionadas com o estômago , com os órgãos generativos, com o sistema imunitário, etc.. Deverá adotar um estilo de vida  disciplinado e uma alimentação saudável, cuidando também da saúde mental e emocional para garantir o equilíbrio integral ao longo da vida e a longevidade que, nos parâmetros atuais, deverá ser média.

Poderá Gostar de Ler

Deixe um comentário a sua opinião conta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.