Ler o Casamento- Ascendente Gémeos

Análise do casamento Ascendente Gémeos

Continuamos a exemplificar a leitura das áreas de vida para o Ascendente Gémeos. Os indicadores principais que indicamos são válidos para qualquer horóscopo com este Ascendente ,o que dá aos nossos leitores uma base simplificada para fazerem as suas próprias análises das áreas de vida que estamos a analisar, num horóscopo diferente. Hoje iremos estudar o potencial de relacionamento e o casamento para o nativo cujo horóscopo temos vindo a interpretar. Para consultar todos os indicadores das áreas de vida para o Ascendente Gémeos, clique aqui.

Indicadores de relacionamentos e do casamento para o Ascendente Gémeos

Continuamos a análise do horóscopo feminino para este Ascendente, como exemplo de aplicação das técnicas de interpretação das áreas de vida, hoje para o casamento. Para o Ascendente Gémeos os indicadores do casamento são a 7ª casa e os planetas que a influenciam e, secundariamente, a 4ª e a 2ª casas e os planetas que as influenciam.

No nosso horóscopo temos vários aspetos  lançados para a 7ª casa: o de Júpiter, colocado no Ascendente, e também regente da 7ª casa, o que é uma excelente posição, uma vez que Júpiter é  o principal indicador do casamento para este Ascendente e está em aspeto com a casa que rege.  O aspeto da Lua, também muito positivo  e o aspeto de Marte, este mais problemático porque aflige a 7ª casa, configurando a «aflição de Marte».

A colocação de Júpiter, enquanto regente da 7ª casa na 1ª ,indica felicidade no casamento, ajuda a alcançar sucesso nas parcerias, além de  um bom relacionamento sexual com o parceiro. Muitas vezes significa casar com alguém que é um amor de adolescência ou que se conhece há muitos anos. O cônjuge pode ser rico  e/ou é atraente. O aspeto da Lua para a 7ª casa confirma esta possibilidade bem como indica sensibilidade e  inteligência  do parceiro. Já  o aspeto que Marte envia para a 7ª casa é perturbador da vida e da harmonia conjugal, podendo indicar desentendimentos e conflitos (Marte rege a 6ª casa).

Secundariamente analisamos a 4ª casa e os planetas que a influenciam . Na 4ª casa temos o Sol, uma influência perturbadora da harmonia doméstica, aqui presente com Rahu  e com Mercúrio, o regente do Ascendente. Como vimos na análise geral do horóscopo, A conjunção muito próxima entre o Sol e Rahu  faz  com que este último assuma a identidade do Sol , pelo menos nos primeiros anos de vida e até depois dos trinta, impulsionando a pessoa para  procurar obter tudo o que é significado pela 4ª casa de forma avassaladora e pode gerar uma identidade em que um elevado egocentrismo e narcisismo se alternam com momentos de insegurança e  de impotência mas em que os desejos da pessoa se dirigem especificamente para o plano material- neste caso  propriedades, terras, casas, veículos. Esta pessoa anseia por obter os privilégios  dos que possuem estes bens e a felicidade confunde-se bastante com o sucesso neste objetivo. De modo que será apenas após os 30 ou 35 anos que a parte solar da sua identidade se consegue revelar  e encaminhar-se para outros objetivos. A presença de Mercúrio, dispositor tanto do Sol como de Rahu, nesta casa e no seu signo de exaltação ajuda a mitigar a orientação muito mundana de Rahu e o eclipsamento do Sol por Rahu mas será talvez preciso esperar pela maturidade para uma verdadeira descoberta dos ideais solares e das verdadeiras inclinações da pessoa. O trânsito atual de Rahu/Ketu ,de regresso ao signo do nascimento indica um marco importante de viragem na vida desta pessoa, capaz de alterar as fundações da sua vida.

Júpiter é o indicador principal do casamento e do seu momento para este Ascendente. O seu dasha já ocorreu na infância por isso procuramos um subperíodo dentro de outro dasha  que possa indicar um casamento (pu parceria) auspicioso. No dasha  agora operante,  o de Mercúrio, notamos que o subperíodo de Júpiter ocorrerá entre 9 de março de 2018  e 20 de junho de 2020. Este será um excelente período para casar ou, então, formar alguma parceria, incluindo de negócios pois durante este período as parcerias formadas tendem a ser mais bem sucedidas.

Para saber se o casamento e outras parcerias pessoais serão felizes, na matriz geral do horóscopo analisamos, além da 7ª e da 4ª casas, também a 2ª, a 8ª e a 12ª e ainda os planetas Lua e Vénus.  A 2ª casa tem regência da Lua e esta está posicionada na 1ª casa indicando que a pessoa obterá ganhos através do próprio esforço e viverá à custa do seu trabalho. A 8ª casa tem regência de Saturno , que está colocado na 3ª casa.  Vénus, regente da 5ª casa, está colocado na 3ª colocando nos dons naturais e nos talentos da pessoa a base de grande parte da sua felicidade  e realização pessoal. Vénus também rege a 12ª casa.

Pela configuração geral parece-nos que a felicidade pessoal depende mais dos dons da pessoa do que de outros , seja o parceiro de vida sejam outros parceiros. Em grande parte esta pessoa será feliz se decidir tomar esse objetivo e fazer algo em prol dele. E ,atendendo à existência da aflição de Marte no horóscopo, relativa ao casamento e às parcerias, parece-nos avisado não depender  exclusivamente do parceiro para sentir felicidade e realização pessoal e aproveitar os dons naturais para fazer algo com eles e, desse modo, sentir a felicidade procurada.

Para este Ascendente, o marido é mostrado pela 7ª e, secundariamente, pela 2ª,   4ª, 8ª e 12ª casas e pelos planetas Sol e Júpiter e a esposa é mostrada pelas mesmas casas e pela Lua e por Vénus. Neste horóscopo  podemos inferir  que o parceiro de vida é alguém inteligente, provavelmente instruído (aspeto da Lua e de Júpiter para a 7ª casa), atraente e generoso mas com um temperamento que pode explodir com facilidade, ou impaciente, impulsivo, aventureiro e instável  (Marte e a Lua em aspeto, signo Sagitário na 7ª casa). É alguém honesto e que gosta da verdade mas que tem dificuldade em ser controlado ou em sentir-se preso ou limitado. Pode ser bem falante e convencer com charme todos os que o rodeiam (Júpiter no signo de Gémeos) mas pode ter dificuldade em  focar-se num único relacionamento, podendo «jogar em várias frentes» em simultâneo ou ser instável nos sentimentos e na sua demonstração.

 Para este horóscopo e para o  Ascendente Gémeos, os períodos de Júpiter são os mais favoráveis para escolher a data do casamento e, em alternativa, os períodos da Lua e de Mercúrio, quando estes estão fortes no horóscopo pois trata-se de planetas instáveis e muito mutáveis  que indicam por isso instabilidade.

 Pela análise que efetuámos nos parágrafos anteriores fica claro que Júpiter e a sua força no horóscopo é o indicador principal   para determinar a felicidade do casamento. Para este horóscopo,  e porque na Navamsa o Ascendente é ocupado por um signo Mooltrikona, neste caso Carneiro, Marte torna-se também um indicador primário para o casamento. Porém, a existência da aflição de Marte torna pouco aconselhável  a escolha do seu período ou sub período pois os resultados dificilmente seriam felizes .

Vamos finalmente analisar a  divisional navamsha e ver  como estão colocados nessa varga os nossos indicadores para o casamento.

Confirmação pela Navamsha

Ana R

Caldas da Rainha, 5 de outubro de 1977

silvia d-9

 Observamos esta divisional para ver como  estão colocados os indicadores principais do casamento na Navamsha. Esta varga revela que vários  planetas estão debilitados, incluindo o indicador principal do casamento, Júpiter, colocado na 10ª casa no signo de Capricórnio.  O regente do Ascendente na D-1, Mercúrio, está debilitado no signo de Peixes e na 12ª casa; Saturno está debilitado no Ascendente desta varga, no signo de Carneiro. Apenas dois planetas, Vénus, colocado na 7ª casa desta varga no seu signo Mooltrikona – Balança- e a Lua, colocada na 2ª casa no signo de exaltação, Touro, configuram resultados realmente positivos nesta divisional.  O aspeto que Saturno debilitado lança para a 7ª casa também revela  prejuízo para esta área de vida . Vários astrólogos consideram que a aflição de Marte deverá ser considerada apenas se for confirmada na Navamsa. Infelizmente,  tanto o aspeto de Saturno como a colocação de Marte na 2ª casa, uma casa que significa também a vida familiar, confirmam que a vida conjugal e as parcerias são áreas difíceis na vida desta pessoa e que não será fácil conseguir construir uma família e/ou parcerias de nível pessoal capazes de trazer um verdadeiro preenchimento no plano afetivo e emocional. Antes, os elementos do horóscopo apontam para a iniciativa e a aplicação de dons individuais como caminho mais bem sucedido de realização pessoal. De acordo com os textos clássicos da Jyotsh, a pessoa deverá procurar um parceiro com a mesma aflição de Marte para um casamento mais bem sucedido.

3 Thoughts to “Ler o Casamento- Ascendente Gémeos”

  1. Quem rege a segunda casa não é Vênus?
    A lua rege a 4ª casa astrológica, não?

    1. Ah, eu reli e já entendi. Desculpe!

      Sua análise é excelente, bem amplas e certeiras. Mas gostaria de saber de qual “vertente” astrológica você segue, porque nunca tinha lido nada sobre dasha, Rahu/Ketu, não sei o que significam, fiquei bem curiosa.

      1. Olá May, nós seguimos a Astrologia Jyotish ou védica, da Índia, que tem mais de 5 mil anos de história e faz parte da sabedoria dos Vedas.

Deixe um comentário, a sua opinião conta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.