Yogas e o Ascendente #1

bod

O Ascendente é o ponto de entrada na existência física terrena que é a nossa, como habitantes do planeta Terra. Assim, é o Ascendente, basicamente, que nos faz  submergir na vida concreta. Ora, no que se refere aos yogas, estes referem-se, num grande número de casos, aos fatores materiais da nossa existência pelo que  a relação entre os yogas e o Ascendente deve ser sempre considerada.

A relação entre os yogas e o Ascendente pode ser direta, quando uma determinada configuração planetária afeta o Ascendente – aparência física, saúde. É o caso dos yogas que vamos descrever a seguir e que são yogas «tesoura» como os que referimos nos dois artigos anteriores.

Yogas Tesoura do Ascendente

Subhkartari yoga– Este yoga forma-se quando há um planeta natural benéfico na 12ª  e na 2ª casa a partir do Ascendente. Esta configuração dá saúde, beleza, capacidade para acumular riqueza e  também boas qualidades como competências sociais, coragem, popularidade e felicidade. «Subh» quer dizer «auspicioso» e é disso que se trata com este yoga, pois traz bons resultados para a pessoa. Este yoga também se forma quando consideramos a Lua como Ascendente ou ainda quando, na carta que toma a Lua como Ascendente, há um planeta benéfico natural na 5ª e na 9ª casas dessa carta.  Note-se que, como já referimos antes, se o yoga se formar tanto a partir do Ascendente como da Lua, a sua força é maior.

Papakartari yogaQuando há um planeta natural maléfico na 12ª casa  e na 2ª casa a partir do Ascendente, o nativo tem uma saúde má, fraca vitalidade, problemas de saúde. O yoga também afeta as qualidades da personalidade, tornando a  pessoa impaciente ou cruel, solitária e com dificuldade em interagir com os outros de forma positiva.  Para além disto, planetas maléficos nestas casas indicam muitas vezes sérias dificuldades de visão pois estas casas representam o olho direito (12ª) e o olho esquerdo (2ª).  Este yoga também se forma quando tomamos a Lua como Ascendente e quando a partir da Lua ou do Ascendente, existe um planeta maléfico na 5ª e 9ª casas.

Outros Yogas Envolvendo  o Ascendente

Parijata Yoga–   Este yoga forma-se quando o regente do signo onde se encontra o Ascendente está colocado numa casa trina (1ª, 5ª e 9ª ) ou numa casa kendra (1ª, 4ª, 7ª, 10ª).  O yoga forma-se igualmente quando o regente do navamsa onde se encontra colocado o regente do Ascendente está colocado numa casa trina ou kendra ou ocupa o seu próprio signo ou signo de exaltação. Este yoga torna a pessoa feliz na parte média da vida e na última parte da vida. Confere riqueza e influência, bem como o apreço de pessoas bem colocadas e influentes. Na opinião do Dr. B.V. Raman, este yoga equipara-se a um poderoso Raj yoga. Pode consultar os navamsa para todos os signos aqui.

Parvata YogaEste yoga forma-se quando  os regentes da 1ª e da 12ª casas estão em kendras mútuas (isto é, situados na mesma casa, ou separados por 4, 7 ou 10 casas entre si).  Adicionalmente, há planetas benéficos em casas kendra e a 6ª e a 8ª casas não recebem qualquer aflição ou estão desocupadas, ou ocupadas por planetas benéficos. Este yoga traz poder pessoal, riqueza, sensualidade, qualidades de bondade e desejo de ajudar os outros , bem como de liderança. Segundo o Dr. B.V. Raman (300 Important Yogas) este yoga deve ser visto de forma diferente para o Ascendente Aquário pois, neste caso, Saturno, um maléfico natural, rege a 1ª e a 12ª casas. Por isso este yoga é menos benéfico para este Ascendente  e, em vez de a 6ª ou 8ª casas estarem ocupadas por planetas benéficos, será melhor que estejam desocupadas. Assim, a pessoa estará livre de inimigos e de dívidas. Porém, na opinião deste eminente investigador, este yoga tem um alcance mais limitado do que outros importantes yogas e, apesar de ajudar a pessoa a alcançar influência e poder num círculo limitado, não traz benefícios em termos mais alargados.

Continuaremos no próximo artigo a referir alguns yogas  e condições em que o Ascendente tem um papel importante.

Deixe um comentário