Marud Yoga

mar

Este yoga forma-se quando Júpiter está colocado na 5ª ou 9ª casa a partir de Vénus, a Lua está colocada na 5ª ou 9ª casa a partir de Júpiter e o Sol está colocado numa casa kendra a partir da Lua, isto é, na mesma casa, a 4, 7 ou 10 casas a partir da Lua, contando-se a casa onde se encontra esta como a primeira.)

Observamos que, tal como no yoga anterior de que falámos  (Bashkara Yoga) os planetas envolvidos são o Sol e a Lua e planetas benéficos, neste caso os dois maiores benéficos, Júpiter e Vénus. É assim óbvio que esta combinação , que coloca Júpiter, a Lua e Vénus em casas trikonas mútuas e o Sol e a Lua em casas kendra pode produzir efeitos realmente muito positivos.

Assim, o nativo com esta configuração no horóscopo é um excelente conversador, com um coração muito generoso, adquire riqueza e instrução, torna-se um excelente homem ou mulher de negócios e será «igual a um rei». Mas, como não há bela sem senão, a tradição acrescenta que este nativo terá também «uma barriga saliente». Este efeito é compreensível se nos lembrarmos de que Júpiter simboliza a expansão, expande tudo na nossa vida incluindo o corpo físico e Vénus significa os doces e a indulgência com a comida. Assim, demasiados doces ou boa comida= barriga saliente, ou seja, expansão do corpo físico que engorda em consequência.

Neste yoga a colocação dos planetas e a natureza funcional dos mesmos afeta os resultados do yoga: assim, para além de termos em conta o número de casas que separam os  4 planetas que formam o yoga, devemos ter em conta a sua colocação em relação ao Ascendente em causa e a natureza funcional destes planetas, determinada pelas casas que regem no horóscopo, para cada signo Ascendente. Deste modo, tanto a regência das casas como a colocação dos planetas envolvidos altera os efeitos do yoga, que são muitas vezes mistos.  Por ex., para o Ascendente Capricórnio, Vénus é um planeta muito positivo, pois rege duas boas casas, sendo um yogakaraka mas Júpiter é um planeta funcionalmente maléfico, pela regência da 12ª casa.  E, se acontecer que Vénus esteja colocada no signo de Virgem, para este Ascendente, e Júpiter estiver colocado no Ascendente em Capricórnio , observamos que , apesar de estarem separados por 5 casas, correspondendo a uma casa trikona, estão também ambos debilitados e, nestas condições, não são de esperar bons resultados deste yoga, mesmo que a Lua esteja colocada no seu signo de exaltação, em Touro e o Sol esteja no próprio signo em Leão pois, neste caso, também o Sol estará colocado numa casa maléfica, a 8ª. É assim fundamental aprender a ver o horóscopo como um todo relacional, e não ter em conta apenas alguns fatores isolados do horóscopo. Por outro lado, estando a Lua colocada na 5ª casa e exaltada, também produzirá bons efeitos mas estes não podem ser creditados, como efeitos deste yoga específico.

Quaisquer aspetos de outros planetas, benéficos ou maléficos para os planetas e casas que formam o yoga também contribuem para alterar os seus efeitos, para o bem e para o mal.

Deixe um comentário