Efeitos Gerais dos Antardasa no Dasa de Ketu 3

juu

Antardasa de Marte

Este período tem a duração de 5 meses e dá resultados mais efetivos a partir dos 28 anos, idade de maturação de Marte. Para avaliar os seus efeitos, temos em conta a casa de colocação de Marte, as casas que rege, o nº de casas que o separam do regente do dasa- Ketu- os aspetos que recebe na posição de nascimento e os trânsitos que o influenciam durante o subperíodo.

A energia cheia de vitalidade de Marte impulsiona este período, alterando a tendência para a apatia causada por Ketu.  Este período é tipicamente um período de corte e separação em relação a pessoas, coisas ou lugares e esta  separação pode ser física ou emocional/psicológica. Todos os que se afastam das convicções do nativo são afastados e rejeitados por este.  Há tendência para intolerância em relação aos que não têm o mesmo caminho de vida, os mesmos princípios, etc. Assim, a pessoa adota um estilo de comportamento bastante rígido neste período, por vezes próximo do estilo militar e tende a conformar-se com um conjunto estrito de regras ou objetivos bem definidos, afastando-se de todos os que não seguem a mesma «linha» de pensamento ou de ação. Não há porém, em geral, sofrimento causado por essa separação, simplesmente a pessoa sabe muito bem o que quer e elimina tudo e todos os que não «cabem» nesse modelo que segue.

Se a relação de casas que separam Marte e Ketu é favorável, há entusiasmo  e o indivíduo desenvolve interiormente a força e a identificação com um caminho espiritual, fazendo tudo para o alcançar vitoriosamente; se a relação de casas entre ambos for desfavorável, haverá tensões entre o desapego material de Ketu e o impulso para  competir  agressivamente com todos os que podem criar  dificuldades à «vitória» que o nativo deseja alcançar neste período.

Segundo Parashara, são os seguintes os efeitos deste antardasa:

Quando Marte está colocado no seu próprio signo ou no signo de exaltação ou está associado com um planeta benéfico ou recebe o aspeto de um planeta benéfico, no subperíodo haverá aquisição de terras e influência sobre a comunidade, aumento de riqueza e de outros bens (para os que vivem da terra, aumento na posse  de gado) construção de um novo jardim, ganho de riqueza financeira devido a benefícios do governo.

Quando  Marte está colocado numa casa kendra ou trikona ; ou está  na 3ª ou 11ª  casa a partir do regente do Dasa (ketu) haverá no seu subperíodo reconhecimento do mérito pelas autoridades, grande popularidade e boa reputação, felicidade com as crianças e os amigos.

Quando Marte está associado com o regente da 9ª e da 10ª casa o nativo ganhará terras e terá boa disposição durante o antardasa.

Quando Marte está colocado na 2ª, 8ª ou 12ª casa a partir  do regente do Dasa (Ketu) durante o período haverá medo de morte ou acidente durante viagem para país estrangeiro, diabetes, problemas desnecessários, perigo de ladrões e das autoridades, brigas e conflitos.  Mas, pelo meio destas circunstâncias, haverá também  alguns eventos auspiciosos.

Quando Marte rege a 2ª casa (Ascendente Balança e Ascendente Peixes) ou a 7ª casa (Ascendente Balança e Ascendente Touro) no antardasa haverá febres altas, perigo de venenos, agonia mental, sofrimento do cônjuge e medo de morte prematura.

Antardasa de Rahu

Este período dura 13 meses e produz resultados mais efetivos a partir dos 48 anos, idade de maturação de Rahu. Para avaliar os seus resultados, temos em conta a casa de colocação de Rahu, o nº de casas que o separam do regente do Dasa- Ketu- (sete, pois estão sempre opostos um ao outro), os aspetos recebidos na posição de nascimento, os trânsitos que o influenciam durante o subperíodo. Em seguida analisamos tudo isto em relação ao dispositor de Rahu, isto é, o planeta que rege o signo onde se encontra colocado Rahu. O período dará efeitos também tendo em conta as casas que o dispositor de Rahu  rege e aquela  em que se encontra colocado.

Segundo o Dr. B. V. Raman, eminente investigador da Astrologia Jyotish, sempre que Rahu é o regente do antardasa em qualquer Dasa, traz problemas que podem ser difíceis e que afetam tanto a vida pessoal como profissional, familiar, etc., pondo à prova a resistência física , mental e emocional do indivíduo.

Durante este subperíodo o nativo é tomado por uma intensa paixão cujo objeto pode ser uma pessoa, uma coisa ,uma experiência, etc., e em que o intenso desejo de a possuir aparece simultaneamente visto como uma posse  impossível.  Apesar disso, há uma identificação total com o desejo criado por Rahu que  se torna dilacerante, por gerar a perceção de que o que a pessoa deseja ser só poderia realizarar-se através da satisfação desse desejo que surge na sua vida. Tal desejo pode ser muito mundano, pois Rahu é o representante máximo dessa área, como por exe., assumir um contrato de casamento para, dessa forma, ascender a uma posição social elevada. Quando Ketu está colocado na 8ª ou 12ª casa do horóscopo, a identificação com o desejo criado com Rahu é total e completamente irresistível, tornando-se uma verdadeira obsessão. Nesta situação, Ketu dissolve inteiramente a sua apatia e «torna-se»  um só com Rahu submetendo-se inteiramente aos desejos deste.

Apesar de, com alguma frequência, se realizar o casamento neste período de Ketu/Rahu, este é em geral pouco sólido e poderá ser pouco duradouro pois é baseado em ilusões e aparências que acabarão por se tornar evidentes logo que este período chegue ao fim. Enquanto dura o período, no entanto, pode haver a ilusão forte de que o parceiro que entra na vida da pessoa nesta altura, é exatamente o que se sonhava encontrar e desejava encontrar. Na parte  final do subperíodo o caráter ilusório das expetativas formadas revela-se e a apatia própria de ketu dificulta a superação da desilusão, pelo que normalmente o resultado é a separação: tão rápida e inesperadamente como surgiu a atração irresistível, também surge  a rejeição. Porém, antes de vaticinar o final de um relacionamento que surge neste período, devemos ter em conta o papel de Júpiter, o regente do próximo antardasa, no horóscopo. Se Júpiter tiver a regência da 7ª casa ou do navamsa da 1ª ou 7ª casa,  o relacionamento pode continuar, pelo menos durante o período seguinte de Júpiter.

Segundo Parashara, são os seguintes os efeitos deste antardasa:

Quando Rahu está colocado no próprio signo, signo de exaltação (como temos referido, as opiniões dividem-se quanto aos signos em que isso acontece. O Dr B.  V. Raman considera que o próprio signo de Rahu é Virgem e o signo de exaltação é Touro, outros defendem que o próprio signo é Aquário- alguns outros consideram Carneiro-  e o signo de exaltação é Gémeos) ,  ou quando está colocado numa casa kendra , trikona ou na 11ª, 2ª ou 3ª, haverá  ganho e aumento de riqueza financeira, de terras, de alimentos e aumentará também a sua influência e poder sobre a comunidade.

Quando Rahu está colocado na 8ª ou 12ª casa em conjunção com um planeta maléfico, no antardasa haverá problemas de saúde, como febre fria, fraqueza física, produção excessiva de urina, diabetes, dores de estômago; haverá também perigo de ladrões, brigas e difamação.

Quando Rahu está colocado na 2ª ou na 7ª casa haverá sofrimento e perigo no antardasa.

Parashara adverte que haverá alguns problemas no início do período mas isso melhorará mais tarde.

Antardasa de Júpiter

Este período tem a duração de 11 meses e tem efeitos mais efetivos a partir dos 16 anos, idade de maturação de Júpiter. Para avaliar os seus efeitos, temos em conta a casa onde Júpiter está colocado, as casas que rege, o nº de casas que o separam do regente do Dasa- Ketu- os aspetos recebidos na posição de nascimento, os trânsitos que o influenciam no subperíodo.

Este é um período em que a procura de sabedoria sob a influência de Júpiter pode levar ao estudo de filosofia ou metafísica/religião, levando a pessoa a alterar a sua visão do mundo que pode tornar-se mais espiritual . O encontro com pessoas que assumem o papel de professor ou guru; viagens que mudam a maneira de ser e de pensar podem ocorrer. Há, em geral, otimismo e entusiasmo , abertura ao divino que se oferece na experiência quotidiana. Alguns poderão prosseguir estudos superiores de caráter filosófico.  Quando a relação de casas entre Júpiter e Ketu corresponde a uma casa trikona a pessoa alcança o que deseja neste período, seja um relacionamento feliz com um parceiro,  ou uma coisa ou experiência.

Neste período pode ocorrer o casamento, se Júpiter tiver a regência da navamsa da 1ª ou 7ª casa e o trânsito de Rahu /Ketu influenciar um dos eixos primários  do horóscopo . O (a) parceiro (a) terá qualidades de sabedoria, otimismo, podendo ser uma pessoa religiosa, filósofa, etc. e com boas qualidades para ser pai, caso seja um homem.

Quando Júpiter está colocado no próprio signo ou no signo de exaltação ou está associado com o regente do Ascendente, da 9ª ou da 10ª casa ou está colocado numa casa kendra ou trikona, no antardasa haverá aumento de riqueza e de alimentos, ganho de veículo, benefícios do governo, celebrações em casa, como  a de nascimento de um filho ou casamento,  boas ações, vitória sobre inimigos, alegria.

Quando Júpiter está colocado no signo de debilitação, ou na 6ª, 8ª ou 12ª casa, no antardasa haverá perigo de ladrões, de venenos e animais venenosos ,ferimentos,, destruição de riqueza financeira, separação do cônjuge e filhos, sofrimento físico.

Quando Júpiter está colocado com um planeta benéfico numa casa kendra ou trikona ou está colocado na 3ª ou 11ª casa a partir do regente do Dasa (Ketu), no antardasa haverá ganho de muitas roupas e ornamentos por benefício do governo, viagens para países estrangeiros, cuidado dos parentes, acesso a alimentos de boa qualidade.

Quando Júpiter rege a 2ª casa (Ascendente Aquário e Ascendente Balança) ou a 7ª casa ( Ascendente Virgem e Ascendente Gémeos) o antardasa traz medo de morte prematura.

No início do antardasa pode haver efeitos positivos mas haverá apenas resultados negativos mais tarde.

Deixe um comentário