Conjunção Sol Saturno na 1ª Casa Signo Carneiro

conjunção Sol Saturno na 1ª casa signo Carneiro capa

Apresentamos os efeitos gerais da conjunção sol Saturno na 1ª casa e no  signo Carneiro:

Para saber os efeitos da colocação do sol na 1ª casa, leia o artigo aqui.

Saturno na 1ª casa dá uma personalidade responsável e cumpridora do dever, com inclinação para respeitar as leis e normas sociais. Estas pessoas colocam limites muito claros em relação àquilo que se permitem ou não fazer e podem ser bastante rígidas em relação a isso. A identidade tende a fixar-se e  manter-se de forma estável o que  conduz os outros a percecioná- la como sendo de confiança. Segundo a tradição, estes nativos são «almas velhas». Nascem com a restrição kármica no desenvolvimento da identidade, como se uma estrutura rígida estivesse a aprisioná-la e a impedisse de ir além de certos limites.

Os nativos com Saturno na 1ª casa sentem medo de correr riscos que coloquem o corpo físico em perigo, intimidando-se com a competitividade extrema  e a possibilidade de saírem feridos de qualquer situação que ponha em risco a sua dimensão física de ser. Deste modo, são bastante cautelosos  em relação a todos os perigos que ameaçam  o corpo e conservam um «instinto de sobrevivência» através do medo das situações de risco. O movimento físico de todos os tipos intimida-os, bem como as feridas, o sangue e tudo o que expõe a fragilidade da vida humana terrena. Estas pessoas parecem ignorar a dimensão espiritual do seu ser pois o perigo físico e a dor física são temidos como formas de aniquilação. Para combater estes medos, estas pessoas usam a disciplina que é também saturniana, para se movimentarem o mais possível e resistirem a permanecer numa espécie de inércia  contínua que lhes impede todo o sentido de aventura . Resistem aos impulsos e a tudo o que perturbe a sua tranquilidade homogénea mas são ,em geral, karmicamente obrigados a mover-se  e a agir de forma competitiva. Podem não gostar da sua aparência física e podem sofrer de alguma forma de juízo social desfavorável em relação à sua aparência física. Sentem-se também frequentemente oprimidos pela falta de liberdade, sentem desde cedo que estão de algum modo «presos» a certo tipo de circunstâncias ou de experiências de vida. Parecem ter também um receio inato de correrem risco de vida como se esta estivesse presa por laços frágeis.

Na infância, estas pessoas mostram uma maturidade muito superior á da idade biológica. São crianças bem comportadas e obedientes, respeitando as pessoas de autoridade e são cumpridoras das regras desde muito cedo. Não se identificam com as crianças da mesma idade e preferem acompanhar os adultos.  São pouco dadas a brincadeiras e preferem fazer algo mais sério como estudar. Compreendem desde cedo a estrutura da sociedade e as suas regras e percebem o que devem fazer para se integrar na sociedade, desejando obter a aprovação desta e dos seus governantes (o tipo de criança/pessoa considerada uma «chata» pelas outras crianças da mesma idade). Gostam de desempenhar papeis de autoridade, impondo a ordem com a qual se identificam, podendo ter ao seu cuidado outras crianças e os irmãos mais novos, merecendo total confiança dos adultos para essa tarefa.  Não gostam de violência nem dos jogos altamente movimentados apreciados pelas outras crianças. São excelentes a fazer coisas próprias de adultos ou das crianças mais velhas mas também têm fragilidade emocional, ficando muito afetadas quando são criticadas ou quando  não são apreciadas. Podem começar a trabalhar muito cedo, por vezes aos 10 ou 12 anos (embora na sociedade ocidental de hoje o façam para ajudar a família e não em empregos organizados). A disciplina é a palavra chave para o seu desenvolvimento.  A infância é sentida em geral como um fardo, exigindo muito esforço e trazendo pouca recompensa.

Os nativos co Saturno na 1ª casa aprendem cedo a desenvolver disciplina e um forte sentido de dever. Este sentido do dever autolimita a sua liberdade e alegria de viver, roubando espontaneidade e dinamismo ao seu modo de ser. Estas pessoas combatem contra si mesmas em relação a alguma coisa, sendo obrigadas a atingir o controlo sobre si próprias através da gestão de alguma limitação muitas vezes relacionada com o corpo físico. O indivíduo acredita que só pode sobreviver se aprender a viver de acordo com as regras e os seus próprios limites.

Quando Saturno está colocado na 1ª casa sem o aspeto ou a presença de outros planetas benéficos, a aparência pode sofrer bastante e o nativo é desprovido de beleza física. Também não terá saúde, se a Lua também receber o aspeto de maléficos ou se estiver em conjunção com estes ou ainda se houver outros maléficos com Saturno na 1ª casa.  A pessoa pode parecer mais velha do que a idade biológica,  a menos que outros planetas estejam presentes (Vénus por ex., torna o nativo mais atraente,  Júpiter pode dar mais altura – e peso!- Mercúrio dá um ar mais jovem, etc..  Mas uma faceta da personalidade carrega sempre o fardo da existência e revela o peso das responsabilidades.

Saturno  na 1ª casa indica também  por vezes um nascimento difícil e condições pouco afetuosas na infância. Estes nativos não gostam de mudanças nem de movimentos rápidos que alterem a realidade que os rodeia.  A personalidade também sofre com estas autolimitações e a pessoa acaba por ser definida mais pela posição social ou atividades que realiza do que  pela sua própria individualidade. Identifica-se também com as características e regras do seu grupo social de pertença, não se permitindo grande liberdade na expressão pessoal. Isto pode, é claro, ser alterado pelo signo de colocação de Saturno, pela presença de outros planetas na 1ª casa, etc. Podem também ter grande preocupação  com a posição social que ocupam ou desejam ocupar. A força das regras sociais e os seus privilégios parecem ser mais importantes para estas pessoas do que a expressão criativa da sua identidade. Manifestam em geral comportamentos que ajudam a  manter a ordem social e as suas regras e hierarquias. Podem usar a carreira para alcançar uma posição social que corresponde às sua ambições. Mantêm, no entanto, alguma frustração interior com todos os deveres e responsabilidades que são chamados a desempenhar.

Complementarmente á análise de Saturno na 1ª casa deverá ter-se em atenção a Lua , a sua posição e aspetos que recebe, para saber até que ponto a expressão exterior da energia de Saturno, marcada pela identificação com as regras sociais, tem correspondência com a expressão subjetiva do nativo.

Quando Saturno está colocado na 1ª casa e está forte, pode permitir alcançar uma boa posição social e bem- estar material, desde que o indivíduo proceda de forma responsável e cautelosa, cumprindo os deveres e responsabilidades para as quais é chamado e trabalhar de forma persistente e esforçada. Estas pessoas determinam os objetivos que desejam alcançar e depois trabalham para o conseguir, o que pode demorar bastante. Enfrentam também obstáculos antes de o conseguirem e a sua vida não é, em geral, fácil. Têm ,no entanto, uma carreira visível e reconhecida, longa e também cheia de responsabilidades, tendo sempre excesso de trabalho sobre os ombros. Têm muitas vezes posições de liderança e definem-se pela carreira e a sua imagem pública. A carreira é pública e enfrenta pressões e circunstâncias desafiadoras em muitas ocasiões. Alguns podem ter funções no governo ou instituições governamentais administrativas.  No desempenho dessas funções, os nativos são cumpridores, responsáveis, trabalhadores árduos e eficientes, conservadores e respeitadores das regras e organização social instituída.  Trabalham arduamente para conquistar a posição e reputação desejadas .

Alguns pode sentir medo da opinião dos outros e do juízo destes (e podem desenvolver um sentido de perfecionismo que os faz repetir vezes sem conta as mesmas tarefas até estarem «perfeitas). Estes medos são reminiscentes do passado e aparecem , repetindo o mesmo padrão na vida e trabalho da pessoa até esta aprender alguma lição fundamental. Estes nativos trabalham melhor no seio de organizações bem estruturadas e hierarquizadas. Mas Saturno tem muitas vezes falta de verdadeira vontade de desempenhar as responsabilidades sociais para as quais é chamado embora tenha determinação e aplique muito esforço e disciplina em fazê-lo «por dever».  Os nativos possuem uma afinidade grande com os papéis sociais hierarquizados das instituições e organizações. São também muito aptos para os papeis no interior dessas organizações.

Estes nativos identificam-se essencialmente com o trabalho, possuem uma consciência forte da importância do tempo e são pontuais, detestando esperar ou que alguma coisa marcada sofra atrasos de qualquer espécie. Levantam-se cedo para desempenhar as suas tarefas e têm tolerância zero para os que não cumprem horários.  De resto, manifestam um pragmatismo claro nas decisões e opções. Saturno impõe em geral padrões de rotina, hábitos, ambientes estáveis e com poucas mudanças, torna a pessoa realista no sentido de não esperar demasiado.

Quando Saturno está colocado na 1ª casa, os deveres da pessoa não terminam quando se reforma profissionalmente, aparecendo outra atividade de seguida que a pessoa leva a cabo enquanto é viva e pode. Isto acontece porque a autoestima destas pessoas está ligada à capacidade para contribuir de algum modo para a vida social e a sua organização. Estes indivíduos não se contentam com uma vida privada a viver apenas para si próprios, precisam de alguma forma de validação social  e de contribuir para a melhoria da vida social.  O começo da vida adulta pode fazer-se a partir de situações de desvantagem social ou até mesmo de fracasso e o nativo terá que trabalhar para ganhar a sua própria legitimação aos olhos da sociedade e na sua profissão.

Quando Saturno está colocado na 1ª casa em conjunção com Marte, Sol, Rahu ou Ketu, seus inimigos, a pessoa tem maior orientação individual e já não se identifica tanto com a ordem social existente.

Saturno na 1ª casa do horóscopo produz uma forma de comunicar séria e taciturna, quase monossilábica, incidindo em instruções, informação dada de forma impessoal e distante, quase sem entoação da voz.  A sua influência sobre as parcerias e o casamento  traz lealdade e longevidade nos relacionamentos, que não se baseiam, em geral, no entusiasmo nem na paixão e são serenos e pragmáticos, e podem também trazer segurança ao nativo. Trata-se de uniões conservadoras e baseadas no respeito pelos costumes e pelas regras convencionadas na sociedade. Saturno permite igualmente o sucesso profissional após persistência e trabalho embora possa existir alguma aversão pelo tipo de carreira em que o nativo se envolveu pelo excesso de deveres e responsabilidades que são exigidas.

Saturno na 1ª casa dá ao nativo o sentido de dever para com a comunidade e a Humanidade em geral, levando-o a abdicar do seu próprio bem- estar e interesse se necessário. Torna também o indivíduo contido em todas as ações, detestando o desperdício, o excesso em todas as áreas. Saturno incentiva a poupar, a não gastar, a acumular para os tempos de maior escassez de meios. O nativo adota hábitos que ajudam a disciplinar a sua ação e impedem os excessos, recusa a impulsividade e estabelece rotinas das quais não gosta de se afastar. Estas pessoas sentem identificação com o seu trabalho- razão principal da sua existência – e com  o local em que nasceram. Saturno torna mais lentos todos os processos e, por causa disso, pode haver atrasos na subida da carreira, no casamento e na forma de comunicar, nos projetos, etc.; o próprio nascimento pode sofrer atraso. Estas pessoas podem demorar a ganhar autoconfiança suficiente e autoestima, revelando insegurança na infância e juventude.  Carregam o peso interno de erros kármicos do passado e podem ter que repetir diversas vezes o mesmo padrão de eventos  mas têm uma grande capacidade de aprender com os próprios erros.  E, em cada retorno de Saturno , após os 29 anos e em ciclos de 30 anos, há uma mudança kármica geral na vida da pessoa com oportunidades novas e também algumas recompensas.(A fase mais difícil costuma ser a dos primeiros 30 anos).

Os clássicos não eram nada benevolentes a julgar os efeitos de Saturno na 1ª casa, prevendo que  o nativo seria doente, pobre, impuro, sem amor e sofrendo de doenças durante a infância e com dificuldades em falar. Mas tudo isto seria cancelado caso a 1ª casa fosse ocupada pelo signo Sagitário, Peixes, Capricórnio e Aquário e Balança, situação em que o nativo seria «como um rei» ocupando uma posição importante no governo  ou na administração, instruído e atraente.

Para saber quais os efeitos da colocação do Sol no signo Carneiro, Leia o artigo aqui.

Quando Saturno está colocado no signo Carneiro, os resultados não são bons porque este é o signo de debilitação de Saturno. Esta posição faz do nativo um covarde, com medo de correr riscos, medo de competir, resistência à mudança e participação em forças de bloqueio para impedir a mudança, defesa da casta ou ranking social  como a base de organização social, imposição de leis e regras rígidas que reduzam o impacto das inovações,  demasiada importância atribuída ao cumprimento das regras para garantir a dignidade pessoal, comportamentos de rejeição dos outros com base na aparência física (racismo) e na classe social, rigidez nos comportamentos e nas regras e crenças.  Esta posição produz também fraqueza vital e muscular.

Saturno é inimigo de Marte embora Marte seja neutro em relação a Saturno. Neste ambiente Saturno adota comportamentos de rigidez e de formalidade, punindo todas as infrações sem o mínimo de compaixão ou emoção. Vive numa ordem social marcada pela hierarquização das pessoas e das funções e pelo respeito estrito da regras formais impessoais.

Saturno no signo Carneiro pode indicar resistência ao poder imposto pela força e também, em alguns casos, à ordem social existente. Indica por vezes problemas de saúde a nível cerebral.  O indivíduo pode sofrer discriminação devido à sua origem social ou convicções. Pode ser parte de uma minoria social que está á margem dos privilégios concedidos pela sociedade e pode sofrer a frustração de estes parecerem inalcançáveis. Saturno no signo Carneiro obriga a aprender a lição da dualidade de todas as coisas no mundo terreno- bom e mau, falso e verdadeiro, etc,.

A maneira de ser de Saturno no signo Carneiro fá-lo criar uma barreira entre si e todos os impulsos, entre si e a juventude imatura, os competidores, inovadores,  o  movimento e a ação, a força física e os seus impulsos sexuais, tudo o que desafia a disciplina que é a sua natureza mais funda. A natureza de Saturno representa o triunfo da civilização e das normas sociais (por isso está exaltado em Balança) contra os desejos, impulsos e animalidade da energia marciana selvagem e indisciplinada.

Os nativos com Saturno em Carneiro têm em geral pouca vitalidade. Mas isto – como em geral a vida do nativo- melhora à medida que o tempo vai passando e na segunda metade da vida. A vitalidade aumenta, a menos que Saturno esteja colocado numa casa desfavorável ou esteja em conjunção com Rahu.

Saturno em Carneiro pode afetar a saúde cerebral , pode também indicar doenças afetando o sangue ou o cérebro logo desde o nascimento e é também com frequência indicador de dificuldades de aprendizagem. Alguns destes efeitos prendem-se com  lesões no processo de nascimento.

As lições de Saturno têm a ver com o mecanismo do Karma- a cada ação corresponde uma reação proporcional: os resultados da ação não afetam só os outros  ou o mundo exterior, revertem também sobre o próprio indivíduo.  Saturno representa a escassez, a limitação, a falta de recursos , a dificuldade para alcançar o necessário para a sobrevivência.  A casa onde se encontra Saturno representa o ponto onde a luta com essa escassez de recursos será travada. Em Carneiro, a ação impensada e impulsiva de alguns afetam o nativo com esta posição de Saturno; a excessiva  competição de outros ou  agressão destes é, porventura, a reação de ações que o próprio nativo atraiu para si mesmo por ações passadas. Não se trata aqui de respostas de vingança nem de intenções mas de um mecanismo natural em que a energia de uma ação  naturalmente produz efeitos ligados ao sujeito da ação e que atrairão a correspondente reação sobre este, positiva ou negativa conforme o caso.  Com Saturno em Carneiro, trata-se de um karma que inclui alguma forma de violência em termos de agressão, imposição, domínio do outro, invasão do outro na esfera da sua realidade física imediata, podendo ocorrer sob a forma de uma doença- do sangue, ou outra. O nativo pode ser vítima de febres,  infeções, etc.. sobretudo no período da infância,  pode ser invadido por diversas doenças.

No plano mental e psicológico, Saturno em Carneiro aprende a disciplinar os impulsos e pulsões primitivas. O cérebro pode ser afetado na sua saúde por esta posição. A energia de rigidez disciplinada, o amor pela hierarquia e ordem estabelecidas de Saturno são totalmente desafiados pela energia inovadora, espontânea  e impulsiva de Carneiro, dinâmico e entusiasta, forte e cheio de vibrante energia física, desprezando todas as regras e vencendo pela batalha todas as regras estabelecidas, fazendo estalar toda a ordem criada por Saturno. O ambiente de Carneiro é, deste modo, muito hostil à expressão de Saturno. O resultado é que o nativo com esta posição sente continuamente, ao longo da vida, que todos os seus esforços estão sob ataque, todas as estruturas materiais, sociais, emocionais estão continuamente postos em causa e ameaçadas. A pessoa nunca sabe bem o que pode esperar nos assuntos das casas envolvidas pela colocação de Saturno em carneiro: inimigos, competidores, fanfarrões, oponentes de todos os tipos atacam continuamente  a matriz de vida e a segurança deste nativos.

Conjunção Sol Saturno na 1ª Casa Signo Carneiro

Quando o Sol e Saturno estão conjuntos na 1ª casa, Saturno impõe a sua sombra sobre a identidade e atinge a autoestima, o orgulho  pessoal; reprime todas as formas de autoexpressão. Em consequência o nativo pode ser humilde e medroso, sem confiança em si mesmo, aprendendo cedo que entre aquilo que deseja e o que lhe é permitido alcançar há uma distância considerável.  Assim, aprende a controlar os impulsos e os desejos e faz o que pode para não ser o centro das atenções. Assume também muitas responsabilidades e deveres de forma natural desde muito cedo, sentindo o peso do mundo sobre os ombros. a

Ao mesmo tempo que anseiam por ver reconhecido o seu esforço , estas pessoas sentem insegurança em relação ao próprio mérito e  receiam o juízo dos outros.  São pouco efusivas, disciplinadas e controlam muito bem todos os impulsos, revelando pouca expressividade nos mais diversos contextos. Podem ,no entanto, possuir um sentido de humor sarcástico  que usam sem rir abertamente de forma espontânea. Durante a juventude não relaxam, sendo trabalhadores compulsivos, altamente perfecionistas e com um rígido sentido do dever.  Á medida que vão amadurecendo, vão conquistando pouco a pouco maior autoconfiança e a sua autoimagem torna-se mais positiva.  Raramente se permitem alguma diversão ou brincadeira. A infância pode ser  difícil em termos de saúde e de ambiente. O afeto pode ter sido inexistente, podendo ter havido excesso de autoridade e de disciplina, o que  conduziu a valorizar mais o papel do indivíduo na sociedade e a conquista de uma boa posição social do que o afeto e os relacionamentos com os outros.

O pai é o modelo de autoridade mas é sentido como uma autoridade que causa rebeldia e recusa de obediência. Ainda assim, os nativos com esta conjunção na 1ª casa sentirão sempre o modelo de autoridade em que cresceram (e que detestam intimamente) como algo que devem combater e ao qual se opõem. Mas estes indivíduos ficam inexoravelmente marcados por estas experiências com a autoridade paterna que também os modela.

Quando o Sol está conjunto com Saturno na 1ª casa e Saturno está num grau antes do Sol,  o nativo será responsável e terá que trabalhar muito até conquistar o direito a ser reconhecido e apreciado no seu trabalho e pelos esforços realizados.  Se o Sol tem o grau inferior, o indivíduo continua a revelar responsabilidade mas pensa no sucesso como algo que lhe interessa a nível pessoal, não se vê a si próprio como mais uma peça da engrenagem social que deve funcionar bem para que  a prosperidade e a ordem dominem. O eu mantém alguma capacidade de expressão neste caso e é mais personalizado. A fama, em qualquer caso, é difícil de alcançar, pelo menos sem esforço árduo durante muito tempo mas o indivíduo pode alcançar uma posição confortável em termos materiais.

A posição da conjunção Sol Saturno na 1ª casa prejudica a harmonia das parcerias e do casamento, pelo aspeto que lança para a 7ª casa.

Quando a Conjunção entre o Sol e Saturno  se dá no signo Carneiro,  signo de debilitação de Saturno, o indivíduo é esmagado pelo peso das muitas responsabilidades e deveres, trabalha sem poder fazer outra coisa sendo difícil alcançar mais do que uma posição modesta ou, se a alcança, terá que trabalhar também muito. Neste caso enfrentará também muitos oponentes e competidores, sentindo-se em constante ameaça de sofrer ferimentos ou ter a sua vida ameaçada sem poder fazer muito em relação a isso. O medo de sangue, de violência e de pessoas agressivas torna este nativo muito cauteloso e receoso. Em alguns casos, são os nativos que recorrem á força  e à ameaça para tentarem conseguir alcançar os seus intentos e ambições, altamente frustrados quando Saturno está colocado no signo de debilitação. Na verdade esta posição obriga a pessoa a confrontar-se com muitos obstáculos  e impedimentos que não permitem o reconhecimento social e profissional que desejam.  A partir de meados dos trinta anos, esta situação pode melhorar, sobretudo se Saturno está numa casa kendra ou na 6ª casa.

Também Poderá Gostar de Ler