Signo Virgem na 9ª Casa do Horóscopo

signo Virgem na 9ª Casa do horóscopo capa

A 9ª casa é uma casa trikona   que está relacionada com a sorte e a fortuna, com o pai os valores mais elevados, os estudos superiores, etc. Para ler um breve resumo dos significados da 9ª casa,  veja o artigo aqui.

Para ler um artigo mais desenvolvido sobre os significados da 9ª casa, clique aqui.

Quando o signo Virgem   está colocado na 9ª casa- o que acontece para o Ascendente Capricórnio – os nativos privilegiam o aperfeiçoamento constante como orientador das suas vidas. Mas não um aperfeiçoamento metafísico, preferindo situar-se nos limites da vida social e profissional e na prestação de serviço  que também lhes permita encontrar uma matriz de segurança  para as suas vidas. .

Com o signo Virgem na 9ª casa os nativos valorizam as ideias e crenças que têm utilidade prática. Assim, provavelmente simpatizam mais com correntes filosóficas do tipo ético prático do que com as que se situam no plano abstrato ou meramente racional. Para estas pessoas, o valor das ideias mede-se pela eficiência que trazem á ação e  pela capacidade que têm de organizar o mundo  de forma a torná-lo habitável por seres que vivem no mundo terreno e têm que enfrentar diariamente problemas e conflitos  com os outros. Deste modo, preferem as filosofias éticas que defendem o bem de todos mas não prescindem da valorização e salvaguarda dos direitos (e deveres) individuais. Preferem as éticas que se estendem ao plano da organização social e do poder político pois acreditam que as leis são a forma mais eficiente de controlar as lutas sociais, a competição, a  e os conflitos entre os seres humanos. Para estes nativos a vida é um cenário de luta, competição e conflito de interesses e, por essa razão, a sociedade tem que se organizar através de estruturas que salvaguardem os direitos de todos e assegurem que cada um possa, com o próprio esforço, elevar-se acima dos outros por mérito próprio sem ser penalizado nem prejudicado.

Quanto às ideias filosóficas, estes nativos preferem as ideias práticas, ligadas ao viver real e concreto dos seres humanos na sociedade. Assim, estabelecem o pensamento ético-político de vertente prática como a filosofia mais importante embora também possa interessar-se pela filosofia epistemológica que estuda o conhecimento da Natureza de forma objetiva e prática. Não simpatiza, entretanto, com as correntes utilitaristas clássicas que desprezam os interesses individuais em prol dos interesses da maioria. Assim, pode-se dizer que são «egoístas éticos» no sentido em que não rejeitam o serviço para a comunidade mas fazem-no em nome do direito de receberem benefícios desta e de poderem elevar-se até onde o seu mérito lhes permitir chegar salvaguardando a proteção dos seus bens e da sua vida.  Na religião, são tradicionalistas, considerando a religião como uma dimensão de controlo moral da sociedade e de aprendizagem das normas morais vigentes. Podem não ter uma verdadeira devoção ou convicção religiosa mas mantêm a tradição por considerar que a sociedade e os seus costumes devem ser estáveis e a religião ajuda a alcançar esse objetivo. A religião, com os seus castigos e recompensas, também está de acordo com a sua forma de pensar pois, sendo perfecionistas e defensores do mérito individual, estes  nativos gostam de pensar que os que agem de forma reta e de acordo com as regras devem ser recompensados e os que as desrespeitam devem ser punidos. Ora, as religiões tradicionais, na sua maioria, têm exatamente este padrão. Não é por acaso que o «juízo final» ou julgamento das almas é um fator que se repete em tantas religiões, desde a antiguidade.

Com Virgem na 9ª casa, estes nativos mais do que pensar em viajar por prazer, podem encarar isso como um serviço de ajuda a outros seres ou países: seja na área da saúde para ajudar a combater epidemias e outras doenças, seja para ajudar a limpar áreas poluídas, seja para apontar os erros de gestão e administração que outros países fazem em várias áreas da vida humana ou mesmo apontar «razões» ao nível da ética ou do modo de vida para as doenças que afetam esses países. Em suma, estes nativos não são dos que  mais amam outras culturas e modos de viver, tendendo a exprimir pontos de vista etnocêntricos e a considerar  que o estilo de vida da sua sociedade é superior ao dos outros.  Porém, os que se dedicam à medicina e estudo das epidemias e doenças causadas pela poluição e outras causas ambientais podem fazer um excelente trabalho ao investigarem os agentes patogénicos dessas doenças e, desse modo, ajudarem também esses países.

O signo Virgem na 9ª casa indica  um pai inteligente e provavelmente bastante instruído, que ensinou padrões de  perfecionismo ao nativo. Pode ter sido bastante crítico, apontando todas as falhas  e exigindo sempre o máximo de esforço deste, o que o levou a considerar que tudo na vida- incluindo o amor- depende do mérito e do esforço, estando sempre condicionado ao «merecimento». O rigor intelectual e a atenção aos pormenores tornou-se assim desde cedo uma regra a seguir sem exceção, gerando porventura algum ressentimento também, mais ou menos consciente.  Com o tempo, estas pessoas desenvolveram a crença de que «nada se consegue sem trabalho», mesmo o amor de outros.

Os nativos com Virgem na 9ª casa podem ter uma carreira na área da comunicação e do jornalismo na qual podem exprimir pontos de vista  que revelam uma visão dualista dos valores e dos comportamentos, perfecionista e crítica, sobretudo em relação a religiões de caráter místico ou muito «filosófico», baseadas no «amor», na imagem de bondade do ser humano, etc..Também podem desenvolver uma carreira ligada ao uso das mãos- tanto a mão do cirurgião como a mão do artesão. Seja qual for a sua escolha, têm em geral sempre pronta a ideia de que há o bem e o mal e não há meio termo entre ambos.

A visão do mundo dos nativos com Ascendente Capricórnio pode ser algo cínica quando, na verdade, apenas acreditam na eficácia dos meios para organizar a vida em sociedade e rejeitam valores «espirituais» que consideram pura invenção e fantasia. Ou, em alguns casos mais raros, podem ser ascetas à procura de encontrar Deus na pureza total do modo de vida e renúncia aos bens e privilégios terrenos. No geral, a maioria contenta-se em sentir satisfação por  ir vencendo as lutas do quotidiano e levar a melhor sobre os opositores e competidores, com vista a alcançar os maiores privilégios mundanos de estatuto e riqueza. E felicitar-se por, através de tudo o que conseguem, ainda contribuírem com uma parte do seu próprio esforço, para melhorar a vida de muitos que, na sua opinião, nada fazem para o merecer.

Deixe um comentário, a sua opinião conta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.