Conjunção Sol Saturno na 5ª Casa Signo Leão

conjunção sol Saturno na 5ª casa signo Leão capa

Para saber os efeitos da colocação do Sol na 5ª casa leia o artigo aqui.

Quando está colocado na 5ª casa do horóscopo Saturno restringe a criatividade que permite ao indivíduo surgir como único na sua expressão pessoal. A expressão da criatividade tem que se fazer no interior de regras totalmente pré-definidas e estruturadas à partida, não deixando deste modo muito espaço para a espontaneidade que é essencial para a verdadeira criação. Todo o envolvimento nas áreas significadas pela 5ª casa é alvo de rígida disciplina e ordem: as crianças e a sua educação, a vida romântica,  o envolvimento na vida política desportiva ou artística, tudo isso é rigidamente ordenado e disciplinado, incluindo o «estilo» do nativo, ou seja, este pode ter uma técnica perfeita em alguma destas áreas mas falta-lhe a expressão do «génio» que surge com a inspiração do momento.

A colocação de Saturno na 5ª casa produz  no plano físico  a propensão para sofrer de problemas cardíacos.  O nativo também receia não ter filhos, retraindo-se também no que toca á vida romântica.  Para conseguir lidar com estas áreas desenvolve rituais que repete e que lhe dão a segurança de estar no controlo da sua vida.

Na 5ª casa Saturno está colocado na casa do seu inimigo Sol e pode causar muitas frustrações, um planeta maléfico numa casa trikona dá maus resultados em geral. Todas as atividades relacionadas com a 5ª casa são motivo de ansiedade pois a natureza impessoal, associada às regras e disciplina coletiva representada por Saturno é oposta à singularidade e criatividade do Sol. A 5ª casa relaciona-se com as  crianças, a  diversão, o jogo, a experimentação e criação artística. Tudo aquilo de que Saturno não gosta e despreza. Assim, a frustração é uma resposta comum quando Saturno está colocado nesta casa. O nativo resiste a entrar num relacionamento romântico, a brincar e a divertir-se, a sentir entusiasmo espontâneo em relação à vida. Os investimentos de risco representados pela 5ª casa também  desagradam à energia deste planeta. O indivíduo desconfia dos que procuram ser célebres e famosos, ou que tentam impor novas formas de expressão ou criatividade. A tudo isso prefere as suas rotinas e mantém uma imagem estável de si próprio que resiste a mudanças.

Assim, quando vencem na vida, estas pessoas já percorreram um longo caminho de persistência e repetição e o seu sucesso não advém de facto de serem capazes de criar algo realmente novo mas deriva das suas capacidades pragmáticas de organização e perseverança.

Da 5ª casa, Saturno lança aspeto para a 7ª, 11ª e 2ª casas o que indica a necessidade de se esforçar bastante para que o casamento se mantenha de forma satisfatória, ao mesmo tempo que retarda os ganhos financeiros, pelo aspeto de 7ª casa que lança pra a 11ª casa. Com trabalho persistente (aspeto para a 2ª casa) pode acumular alguma riqueza, de forma gradual com o seu trabalho e esforço. Um bom posicionamento do Sol e força deste, pode mitigar um pouco estes resultados.

O karma individual destes  nativos pode colocá-los em situação de terem que gerir ou organizar instituições associadas aos investimentos e jogo, entretenimento, gestão de agências de modelos e figuras famosas, gestores de marketing político. Podem também gerir instituições que lidam com crianças a quem é preciso aplicar disciplina e austeridade. Muitas vezes têm eles próprios  crianças que exigem enorme esforço, responsabilidades e deveres. Artistas com Saturno na 5ª casa sentem a obrigação de aperfeiçoar o seu desempenho repetindo vezes sem conta aspetos da sua performance para finalmente esta sair tecnicamente perfeita. Ao invés de dependerem do «acaso» ou inspiração do momento, dependem antes deste esforço de repetir, de ensaiar , pois partem da convicção de que a perfeição está já regulada  o indivíduo apenas tem que aprender de forma perfeita as técnicas que permitem exprimi-la.

O uso da inteligência, criatividade, paixão amorosa sofrem um processo de disciplina que restringe a sua expressão ao que é convencionalmente aceite.  O indivíduo resiste à vaidade, à expressão demasiado exuberante, aos excessos da expressão emocional e ao entusiasmo para adotar um tom mais neutro e de conformidade ao que está formalmente estabelecido, tornando o que sente e exprime idêntico ao que os outros em geral também sentem e exprimem. A política e as regras sociais têm o papel de restringir e limitar as liberdades criativas dos indivíduos para que subsista a homogeneidade da cultura e da sua expressão. Um cinzentismo acentuado nasce deste modo da posição de Saturno na 5ªcasa da criatividade individual que Saturno nega e à qual se opõe. Deste modo, o indivíduo com Saturno nesta casa identifica-se com as responsabilidades sociais e conforma-se com estas. Os filhos podem nascer tarde com esta posição de Saturno e podem exigir muitas responsabilidades e deveres.  O nativo terá poucas oportunidades para se divertir , para viajar por prazer, para viver a vida de forma entusiasta. Assim, estas pessoas não conhecem a satisfação nem o prazer de criar uma obra artística  ou o prazer de simplesmente se divertir sem qualquer pressão. Sentem-se esmagadas pelos deveres das responsabilidades sociais e de desempenharem os seus papeis de forma puramente formal, sem a espontaneidade da vida a pulsar em si por isso, em vez de se divertirem trabalham e o trabalho excessivo e repetitivo causa frequentemente exaustão. Mesmo quando têm carreiras artísticas que conduzem à celebridade, sentem-se continuamente assoberbados pela ansiedade, porque o seu karma pessoal faz-lhes sentir como um fardo aquilo que para outros é motivo de alegria e realização pessoal.

Saturno na 5ª casa pode também retardar o reconhecimento que o indivíduo deseja obrigando-o a aperfeiçoar por repetição o modo de desempenho. A infância  normalmente impõe regras rígidas no modo de expressão tanto na vida amorosa como na expressão da criatividade individual. o nativo é ensinado a agir dentro da conformidade das regas socialmente aceites sob pena de sofrer castigos e sanções. Quando está debilitado na 5ªcasa, Saturno pode mesmo indicar castigos físicos sofridos  durante a infância. Se o sol não for forte no horóscopo, a criança aprende desde cedo a despir-se de toda a sua individualidade para se conformar com as  regras sociais. Responsabilidades e deveres tomam o lugar da alegria, da  paixão, da vontade de criar algo inovador e brilhante. Estas pessoas podem assim ser privadas de uma verdadeira identidade pessoal em nome de uma mera existência convencional.

A colocação de Saturno na 5ª casa não priva o nativo de obter riqueza, contanto que Vénus seja forte e especialmente se existir um aspeto entre Vénus e Saturno mas a verdadeira alegria de viver está geralmente em falta. Saturno na 5ª casa provoca no entanto a perceção de ser especial, pela inteligência ou por outras qualidades que a pessoa se atribui . Isto pode conduzir estas pessoas a tentar suprimir a criatividade dos outros e gera ciúme da inteligência dos outros. Os nativos sentem-se imbuídos do dever de regular a expressão criativa dos outros lobrigando-a a conformar-se com as  regras aceites. Estes nativos são perfeitos burocratas capazes de se manterem firmes em encontros e reuniões  de longa duração podendo também gerir campanhas de políticos de forma a estabelecer a atuação destes dentro dos limites legais.

Estes nativos sentem a ansiedade de estar no centro do palco, de enfrentarem o público. Mesmo quando têm verdadeiro talento criativo não se permitem exprimi-lo de forma livre, limitam-no de forma a confiná-lo ao interior das convenções e regras o que gera simultaneamente frustração e a  responsabilidade de se autolimitarem.  Resistem ferozmente a mudar a sua identidade e tal restrição pode ser sentida ainda no facto de terem poucos filhos. Quando existem, Saturno gera um sentido forte de responsabilidade em relação a estes e, se estiver mal colocado, os filhos tornam-se um fardo pesado. As circunstâncias que envolvem o nascimento do 1º filho podem ser difíceis. Outras dificuldades com crianças podem surgir num segundo casamento em que o parceiro traz um filho que é preciso educar, tarefa que pode ser problemática. Os nativos podem ser rejeitados pelos filhos e pelos parceiros amorosos repetidamente. Se Saturno estiver na 5ª casa mas num signo  que lhe seja hostil  será muito difícil ter filhos, estes podem ser negados.

Os nativos com Saturno na 5ª casa têm resultados mais positivos no casamento quando aguardam até ao primeiro retorno de Saturno e casam por volta dos 31 anos. O cônjuge é em geral trabalhador árduo  e o casamento é visto como uma instituição e responsabilidade social mais do que um relacionamento de amor e gratificação social.  em geral, quando o nativo tem filhos e se envolve na vida romântica tem que enfrentar pesadas responsabilidades materiais e sociais. Saturno oprime nesta casa estas áreas de vida. Quando faz investimentos, a pessoa efetua previamente um longo estudo e investigação , procedendo com cautela e de forma conservadora.  Se tiver talento artístico terá que trabalhar muito e preparar-se devidamente até o mesmo ser reconhecido sendo sempre maior o trabalho efetuado do que os «louros» recebidos. As coisas normalmente percebidas como diversão são sentidas por estas pessoas como trabalho duro. É-lhes deste modo muito difícil sentir algum relaxamento e verdadeira alegria na vida.  Saturno está em casa inimiga aqui  e, por isso, a sua energia não flui de forma fácil nem positiva muitas vezes. O nativo pode  ter que tomar decisões difíceis relativamente a alguma área de vida representada pela 5ª casa.

O karma de Saturno na 5ª casa inclui lidar com pessoas que não sabem divertir-se, são demasiado sérias, conformistas, anti-individualistas e convencionais. Estes nativos recebem pouca atenção dos outros em geral, do parceiro amoroso e dos filhos, quando existem. Saturno retira carisma e glamour à personalidade  e a pessoa  recebe em troca rejeição, sendo as mais difíceis as relacionadas com a vida amorosa e os filhos. Estas pessoas aprendem cedo a lição de não ter o apoio fácil dos outros, nem da família de origem, nem da comunidade, nem dos filhos/cônjuge. As esperanças em relação à «sorte» ou felicidade são por isso também em geral baixas. Têm também dificuldades na interação com crianças e parceiros românticos, não por falta de inteligência mas por impaciência pois tudo o que é conotado com «diversão» ou não tem um propósito bem definido, é visto por Saturno como «perda de tempo»: brincar com os filhos por ex., em vez de estar disciplinadamente a trabalhar.

No entanto, a colocação de Saturno na 5ª casa pode dar resultados positivos quando Saturno é um yogakaraka como acontece para os signos Ascendentes Touro e Gémeos em que facilita os ganhos financeiros formando um dhana yoga e  favorecendo também outros aspetos da vida do nativo. Mas Saturno impões restrições onde se encontra e, por isso, pode fazer com que a pessoa  perca continuamente dinheiro ao jogo ou em investimentos . Ao lidar com as crianças impõe severas regras de comportamento que retiram toda a possibilidade de espontaneidade e alegria infantil. Não acreditam facilmente  na sua intuição e também desconfiam das intenções dos que os rodeiam. Também não se sentem à vontade  por estarem no centro das atenções, preferindo um perfil modesto ou protegido dos olhares dos outros. Têm dificuldade em ligar-se aos outros, sejam estes o cônjuge, os filhos, os amigos ou a família.  Saturno na 5ª casa é bom para os que procuram uma vida celibatária de natureza monástica pois já são naturalmente inclinados para o que lhes será exigido nessa vida.  Os efeitos de Saturno melhoram com o aspeto ou conjunção com Vénus e pioram bastante quando Saturno está em conjunção com Ketu. A vida destas pessoas é muito limitada ao nível da expressão pessoal mas podem ter algum sucesso a partir da ligação ao grupo e do trabalho que efetuam para benefício da comunidade. Podem dar-se bem especialmente em grupos ligados à administração da justiça e da lei, da arquitetura e design, da gestão rotineira da organização de instituições como teatros, gestão de campanhas políticas, etc..

Para saber os efeitos da colocação do Sol no signo Leão, leia o artigo aqui.

Saturno não está bem colocado no signo Leão, pois o regente deste signo é seu grande inimigo.  A tendência geral de Saturno é para restringir o potencial criativo único do indivíduo e substitui-lo por normas gerais coletivas reguladoras do que pode ou não ser criado e manifestado. Coloca limites ao poder criativo do Sol. O nativo com esta posição de Saturno sente-se intimidado pelo brilho da inteligência, do talento , da criatividade, tem medo de estar no centro das atenções, medo de ser único, de ser um  artista, carismático, famoso ou célebre. Ao invés de desejar a fama e a celebridade, considera-as como um fardo, um dever ou um trabalho e não retira daí nada de felicidade nem de contentamento verdadeiro.

Estas pessoas não gostam de Política, têm medo do palco e de serem o centro das atenções, possuem rigidez  nas expressões gestuais e faciais. Podem ter que assumir responsabilidades pesadas em relação a crianças.  O coração por vezes dá problemas em termos de saúde.

Os nativos com Saturno no signo Leão sentem o dever de se colocar num contexto em que lutam para transformar o potencial criativo dos indivíduos em algo regulado e controlado pelas normas sociais.   Podem desempenhar cargos administrativos de natureza política cuja função é exatamente a de regular a atividade artística e limitá-la de modo a que seja controlável socialmente.

Saturno no signo Leão gera o medo de que a criatividade individual e a inteligência individual podem colocar em perigo a ordem social devido à independência dos indivíduos e da sua tendência para se considerarem a si próprios como o centro do seu interesse.  Para Saturno, isto é um perigo para a ordem social e, por isso, há que restringi-lo e limitá-lo impondo aos indivíduos as regras que deverão seguir de forma rígida. Saturno desconfia do orgulho e vaidade pessoal que conduzem, na sua perceção, ao egoísmo no plano psicológico individual. Isso equivale a gerar medo e resistência em relação ao próprio potencial criativo.  Saturno faz sentir à personalidade individual que, se seguir a «onda livre» da sua criatividade pessoal, o seu crédito e dignidade no plano social ficam em perigo e os outros podem rejeitá-lo.  Assim, este tem medo de estar no centro e ser um líder político ou um artista , a ansiedade toma conta destas pessoas por sentirem que ser o centro por talento pessoal ou por outra razão é, á partida, algo que «vai contra as regras estabelecidas.»

O Sol representa o pai além de outras figuras de autoridade. A posição de Saturno no signo inimigo do Sol gera um relacionamento tenso com o pai e outras figuras de autoridade. O pai pode ser muito crítico em relação ao nativo e reduzir a sua autoestima fazendo-o sentir a cada momento que não faz as coisas de forma correta. Isto gera muita ansiedade na criança em crescimento e marca a forma como esta se exprime mais tarde. O nativo pode ter que trabalhar muito para ganhar autoconfiança e corresponder às expetativas do pai e também, posteriormente, dos filhos e parceiros amorosos.

A criatividade é restringida e causa de ansiedade  porque a criança cresceu a interiorizar críticas em relação ao seu modo geral de agir e de se expressar. O medo de ser julgado incapaz pelos outros atrofia assim as expressões mais espontâneas destas pessoas.

Saturno leva a pessoa a querer trabalhar na sombra, com medo das críticas .  Na maturidade, após o primeiro regresso de Saturno, o nativo consegue em geral superar este medo de ser julgado e criticado pelos outros por ter falta de mérito.  E, embora não goste em geral de se envolver na vida política, a influência do Sol pode levar o nativo a escolher uma carreira no governo, na administração, etc., embora não na primeira linha da relação com o público. Assumem antes deveres de caráter burocrático.  Não têm em geral o carisma que faz de um político um líder de massas. Podem também ter talento artístico mas não gostam de   ser o centro das atenções, encarando o que fazem como trabalho no qual se envolvem.

A criatividade gera novas correntes de ser, mas a sociedade precisa de manter a ordem estabelecida, as leis e a regras que todos devem observar. Para Saturno, a única escolha válida é a conformidade com o que já está aceite. Saturno em Leão estabelece um dualismo entre os que se conformam à obediência das regras (Saturno) e estão no caminho correto e os que insistem em prosseguir por um caminho meramente individual, de expressão pessoal que não está regulado e, por isso, é o «caminho errado».  Assim, ter Saturno no signo Leão é ter uma força interna que compele a rejeitar toda a criatividade pessoal em nome do formalismo aceite pelas convenções.  Porém, a influência do Sol pode igualmente  gerar no indivíduo um conjunto de regras  que este cria e depois justifica com a afirmação de que está na posse da verdade e «tem razão». Com frequência, estes nativos colocam estes seus princípios acima de qualquer outra «verdade» defendendo-os com convicção por irem de encontro aos seus interesses mas com a perceção de que o fazem de forma hipócrita pois atuam de forma que desrespeita as regras sociais mas defendendo e argumentado que têm razão (ou seja, defendem as normas sociais desde que não se apliquem a si próprios).

O confronto entre a energia fria escura  e regulada de Saturno e o calor  luminoso e criativo do Sol não é fácil  de integrar para os nativos que nasceram com esta conjunção.  Estes ficam espartilhados entre uma e outra e o resultado é que dizem acreditar numa coisa e depois fazem outra. Acreditam e argumentam com os seus «princípios» mas, na prática, fazem o oposto. São legalistas e conservadores na vida pública e totalmente diferentes no plano privado. Quando Rahu está também colocado na 5ª casa a duplicidade destes nativos torna-se ainda mais pronunciada.

Saturno no signo Leão restringe o nível de popularidade e de fama que pode ser alcançado. Assim, embora possa haver bastante mérito e talento nos nativos, falta-lhes sempre aquele «golpe de asa» que desperta a atenção do público e a sua adoração.  O próprio indivíduo contribui para a negação do sucesso que deseja pois atua de forma a fazer surgir o formalismo das regras que são convencionalmente aceites, não se permitindo «improvisar».  Mais frequentemente, o nativo não é a «estrela» artística embora trabalhe de perto com estrelas- atores, políticos, artistas-  mas a sua função não é, em geral, a de os ajudar a brilhar perante o público, é antes a de limitar os excessos da sua criatividade e espontaneidade para que tudo se mantenha em conformidade com as regras. Tende também para ser puritano considerando que tudo o que vai para além da conformidade com as convenções «é contra a lei» e, logo, deve ser alvo de desaprovação e restrição.  Pode encarar o jogo, o namoro, as formas de diversão como algo ilegal e imoral.  Quando ocupa posições políticas, pode mesmo proibir certas formas de diversão por esses motivos.  Enfrenta a oposição dos outros mostrando uma teimosia a toda a prova e não se desviando um centímetro da decisão tomada.

Segundo os clássicos, Saturno no signo Leão produz tristezas relacionadas com o parceiro, com crianças e com acidentes. O nativo é muitas vezes infeliz, mesmo quando tem boa aparência e é instruído. Tem feitio «explosivo» fervendo em pouca água.  É continuamente alvo das críticas dos outros.

Conjunção sol Saturno na 5ª Casa signo Leão

Quando o Sol e Saturno estão em conjunção na 5ª casa ou signo Leão, vemos que o Sol estará no próprio signo/casa enquanto Saturno está em casa /signo inimigo. No entanto, Saturno  é uma sombra muito grande que não é descartada pela luz solar. Mas é preciso ver se Saturno não está combusto pelo Sol, situação em que os resultados são mais difíceis para o nativo que sofre bastantes frustrações nesse caso, podendo ser-lhe negado ter filhos e uma vida amorosa satisfatória , ao mesmo tempo que a pessoa sofre de grande falta de autoconfiança, podendo haver conflitos com as autoridades, com o pai, etc.. Quando Saturno não está debilitado nem em aspeto ou conjunção com outros maléficos, em especial  Rahu  e Ketu, e está colocado num grau anterior ao do Sol, a pessoa é extremamente conservadora nos princípios e na expressão pessoal. Possui uma visão pessimista acerca de si própria e do seu valor, podendo ter tido uma infância repleta de criticismo por parte do pai em relação às suas capacidades e talentos. A educação pode sofrer atrasos e outros obstáculos. O nativo tende a reprimir todos os impulsos criativos, identificando-se com «o sistema», as regras e leis que regem a sociedade e o seu status quo. Resiste tenazmente à mudança e constrói uma grelha rígida de rotinas e hábitos que repete continuamente. Prefere manter-se no plano discreto dos bastidores, mesmo que tenha uma profissão em que lida com pessoas famosas e figuras públicas e pode ter que desenvolver responsabilidade materiais muito fortes em relação a crianças. O seu karma pode obrigá-lo a zelar pela educação dessas crianças, por ex., numa instituição de natureza pública e social e essa função pode ser extraordinariamente desgastante e difícil.  O nativo pode sentir-se continuamente dividido entre o secreto desejo de afirmação da sua realidade individual  cujos méritos pretende ver reconhecidos e a necessidade de restringir tudo o que se afasta das normas aceites e estabelecidas. Um sentido forte do dever e da responsabilidade move estas pessoas mas pouca gratificação conseguem alcançar na vida no plano emocional, podendo existir rejeição continuada em relação à sua pessoa mesmo pelos que lhe são próximos.

Quando o Sol tem o grau inferior nesta conjunção, os resultados são fracamente melhores embora o karma individual continue a desafiar o nativo para obstáculos ao seu reconhecimento e mérito por parte dos outros.  Mas consegue integrar alguns aspetos destas duas energias tão díspares: o sol move os nativos para uma posição de liderança em termos públicos e para ser reconhecido pela sua obra pela comunidade  mas  dá-lhe um realismo e maturidade que lhe permitem ser um excelente governante, capaz de respeitar os interesses sociais para o bem comum sem ao mesmo tempo esmagar a sua própria individualidade. Continuará a haver sentimentos de culpa por querer alcançar objetivos que são importantes a nível pessoal  mas  é menos reprimido  psicologicamente, permitindo-se alguma gratificação embora possa envolver-se numa carreira a nível público que lhe tira todo o tempo disponível para se divertir. A diferença é que, em vez de sentir apenas frustração irreversível, sente também realização pessoal. Isto é ainda mais evidente quando a conjunção se dá no signo Leão. Aqui, o Sol é moderado pela energia de Saturno e levado a identificar-se com o ser humano comum, é capaz de sentir o que este sente ou pensa  e isto dá-lhe uma compreensão mais profunda dos problemas que afetam as classes menos favorecidas, o que é sempre é bom para um governante.  O indivíduo pode ser altamente inteligente mas mantém uma atitude sóbria e humilde. Quando o Sol é mais forte do que Saturno é mais provável  que o nativo atinja uma posição elevada  na carreira a que se dedica. Estes nativos podem alcançar riqueza e fama embora possam igualmente perder boa parte disso, sobretudo se um dos planetas estiver fraco. Quando Saturno é dominante na conjunção isso indica dívidas kármicas fortes em relação ao uso da inteligência, em relação a crianças, investimentos e jogo, aos parceiros românticos e à família e o nativo terá muita dificuldade em manter a riqueza ganha. Pode igualmente ser-lhe negada qualquer diversão nesta vida, aparecendo todas as tarefas que são vistas como agradáveis ou entretenimento para o outros como trabalho pesado. A rejeição por parte dos outros, em especial os filhos, quando existem ( se Saturno está debilitado no signo Carneiro estes são em geral negados) e a família mais chegada é uma forte probabilidade.  A presença da conjunção Sol Saturno indica que o nativo não traz poorvapunya do passado, isto é, não goza, nesta vida, de «créditos por ações passadas».

Deixe um comentário, a sua opinião conta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.