Signo Balança na 9ª Casa do Horóscopo

signo balança 9ª casa capa

A 9ª casa é uma casa trikona   que está relacionada com a sorte e a fortuna, com o pai os valores mais elevados, os estudos superiores, etc. Para ler um breve resumo dos significados da 9ª casa,  veja o artigo aqui.

Para ler um artigo mais desenvolvido sobre os significados da 9ª casa, clique aqui.

Quando o signo Balança está colocado na 9ª casa- o que acontece para o Ascendente Aquário – os nativos apreciam filosofias e ideias que reconhecem a justiça e equanimidade como valores fundamentais. Estas pessoas acreditam na cooperação e nos acordos como a melhor forma de dirimir as diferenças e defender os interesses de todos.

Com o signo Balança na 9ª casa os nativos apreciam a harmonia e o refinamento dos valores e da cultura, da racionalidade e do diálogo como as formas mais corretas de viver. São excelentes argumentadores e têm elevadas capacidades de raciocínio mas, ao invés de tentar impor as suas ideias aos outros acreditam que elas podem coexistir e aceitar diferentes pontos de vista. Pensam igualmente que estão mais próximos da verdade os que dialogam e chegam a acordo do que uma só pessoa a pensar por si mesma. Na religião defendem a igualdade de todas as crenças e gostam mesmo de se colocar no lugar dos outros para melhor poderem aferir os seus pontos de vista. Acreditam na liberdade de religião ou no direito a não ter qualquer religião nem impor a sua posição aos outros.

Quanto às ideias filosóficas, estes nativos preferem uma filosofia com elevado caráter estético, dando por vezes mais importância ao equilíbrio e harmonia das suas teses do que propriamente à substância do que é defendido. Estas pessoas acreditam que a beleza, a harmonia, a justiça são pilares fundamentais dos valores e da verdade e que cada modo de vida deve exprimir essa harmonia.  Apreciadores da beleza e da dimensão estética da realidade, podem privilegiar esta área da Filosofia, bem como a Ética na sua vertente prática. São excelentes negociadores e intermediários e usam muitas vezes a sua sabedoria para  evitar conflitos de qualquer espécie. As suas qualidades humanas e o apreço que sentem pela concórdia pode fazer deles excelentes diplomatas, apreciadores de outras culturas e estudiosos de outros valores e modos de ser. Têm a virtude de evitar os extremismos e acreditam na via do diálogo para resolver todas as diferenças, tanto entre os indivíduos como entre os Estados.

Esta opção pelos valores e pelo diálogo  e a defesa da justiça como pilar da sociedade humana leva estas pessoas a assumir, muitas vezes, uma profissão como juiz ou advogado e podem tornar-se conhecidos pela intervenção na defesa das ideias religiosas e culturais de grupos estrangeiros que são oprimidos pela cultura e sociedade dominante. Podem defender , do mesmo modo, os direitos dos imigrantes e especializar-se em direito internacional.

Com o signo Balança  na 9ª casa, estes nativos podem viajar bastante por razões profissionais, tanto ao serviço da diplomacia do seu país como na atividade de advogados dos direitos humanos ao serviço de minorias ou partes desprotegidas da sociedade . Gostam também de estudar os valores culturais e as leis dos vários países e podem aplicar esse conhecimento ao serviço da defesa de quem precisa de ver reconhecidos os seus direitos como cidadão e como membro da comunidade humana e dos valores internacionalmente reconhecidos a cada ser humano.

O signo Balança na 9ª casa indica  um pai  que é amável e refinado, apreciador da beleza e da Arte e, provavelmente, bastante instruído, dando ao nativo uma educação humanista defensora da dignidade humana e amante da concórdia  e da paz. o nativo aprende desde cedo que a cooperação e o diálogo são as formas socialmente aceitáveis de resolver os conflitos e também aprende a importância do respeito pela palavra dada , tanto oral como escrita nos contratos e acordos.

Estes nativos são orientados por valores  de respeito pela justiça e valorizam a paz e a harmonia. São também amantes de tudo o que é belo e gostam de moda, de arte, de música , literatura e poesia. Acreditam mais na lei do que na religião e são otimistas em relação à capacidade que os seres humanos têm de serem bondosos, leais e justos. Dão bons advogados e juízes, bons professores, mas também bons gestores da área financeira, sendo corretos ao lidar com o dinheiro dos outros.

A visão do mundo destes nativos é essencialmente estética e orientada pela crença de que a justiça estabelece a coesão na sociedade. Estas pessoas acreditam que o mundo é como nós queremos que ele seja e que o esforço de cada um para estabelecer acordos e seguir o espírito de compromisso é de grande valor para todos os envolvidos . Alguns  podem ser menos filosóficos e simplesmente acreditar que um (a) bom (boa) parceiro (a) é tudo o que precisamos para ser felizes na vida  O tato e a diplomacia fazem o resto nas relações sociais.  Parecem acreditar que, desde que sejamos justos , os outros também o serão.

Deixe um comentário, ajude-nos a melhorar

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.