Conjunção Sol Ketu na 1ª Casa Signo Carneiro

Conjunção Sol Ketu na 1ª Casa signo Carneiro

Explicamos neste artigo os efeitos da conjunção Sol Ketu na 1ª casa e no signo Carneiro. Adicionalmente, para facilitar a compreensão dos  leitores, explicamos também os efeitos da colocação de Ketu na 1ª casa e no signo Carneiro.

Para saber os efeitos da colocação do Sol na 1ª casa, leia o artigo aqui.

Os nativos com Ketu na 1ª casa têm dificuldade em exprimir uma personalidade inteira e assertiva, tendendo a assumir a imagem daqueles com quem se cruzam; procuram coincidir com a imagem que  pensam que os outros querem que tenham. Dependendo do dispositor de Ketu (planeta regente do signo onde se encontra colocado) Ketu assume a imagem do parceiro, de uma personagem imaginária, de alguém com quem está a interagir, etc… A sua «personalidade» flui e muda ao sabor das imagens com as quais se vai cruzando e que vai personificando. Estas pessoas têm por isso dificuldade em responder à pergunta «quem sou» e a sua energia física é também débil, sendo  frágeis os laços que os prendem à Terra.

Estas pessoas, com fraco sentido da identidade pessoal, têm também dificuldade em manter relacionamentos estáveis, ligando-se e desligando-se de forma um pouco aleatória. Podem casar com parceiros que veem o casamento como uma estratégia pessoal de elevação social. São indecisos em relação a tudo o que envolve a sua identidade, incluindo a aparência física. Podem defender certa crença ou opinião, num dado momento e, pouco depois, fazer exatamente o contrário porque a afirmação ou negação do que quer seja lhes é basicamente indiferente. Casam muitas vezes com parceiros que usam o nativo como instrumento para os seus próprios fins e tendem a assumir o modo de ser destes e as suas posições. Também não assumem as qualidades competitivas ou inovadoras da 1ª casa nem procuram adquirir uma verdadeira consciência social. Evitam em geral todas as situações problemáticas causadoras de conflitos mentais. A sua expressão em termos de comportamento é flutuante. Quando confrontados com a realidade dura reagem com comportamentos de negação e evitamento, como se, na verdade, tudo isso não lhes dissesse respeito.

Emocionalmente os nativos com Ketu na 1ª casa são solitários e sentem-se desligados de toda a realidade, como se fossem  fantasmas de si próprios. Apesar de ansiarem pela ligação com os outros, esta não se pode fazer no plano humano e físico. Alguns ultrapassam esta limitação através da procura de uma dimensão divina com a qual se conectam.

Estas pessoas não enfrentam os problemas de frente, escapam-se como se nada fosse. Se, por ex., o cônjuge os trai, em primeiro lugar negam a situação e não querem saber das evidências. Se estas crescem muito e se repetem, são capazes de abandonar a relação sem terem uma única conversa ou explicação com o parceiro.

O impacto de Rahu na 1ª casa pode produzir uma pessoa de andar pastoso e sem energia, magro e hesitante nos movimentos. Mas, se houver aspetos benéficos, como o aspeto de Vénus, estas características podem não se manifestar. Estes nativos são apáticos em relação à sua aparência física e podem não fazer nada para se tornarem mais atraentes, não cuidando do modo como se vestem nem da aparência em geral. Têm também um ar melancólico marcado.

Com Ketu na 1ª casa a identidade sofre processos diversos de quebra ou corte, através de acontecimentos como viuvez, separação, desconexão de todos os laços criados em geral pela identidade a nível pessoal e social.

Os nativos com Ketu na 1ª casa têm em geral um primeiro casamento em que o parceiro pode ser extremamente atraente e sedutor mas o nativo pode ser alvo de humilhação se o parceiro usar o casamento como forma de subir socialmente.

Em geral, a presença de Ketu na 1ª casa torna o nativo num ser que se disfarça continuamente a partir das características daqueles que encontra como se fosse necessário evitar a todo o custo ter que ser ele próprio sem essas máscaras. A cada momento pode adotar um conjunto de ideias ou crenças ou mesmo partilhar uma certa ideologia mas a sua entrega é apenas exterior e, tão depressa como assume essas ideias, abandona-as também para se agarrar a outras pois o entusiasmo que sente a partir da identificação com uma certa ideia ou crença passa depressa e esfuma-se como a sua própria identidade.

Os nativos com Ketu na 1ª casa podem ser um alvo fácil da exploração por terceiros pois a sua compreensão acerca da realidade é pouco consistente, pouco firme e pouco enraizada e outros podem usar estas pessoas como instrumento fácil. Também mentalmente, são permeáveis a todo o tipo de energias subtis. Os parceiros destas pessoas- de casamento ou de negócios- podem controlar facilmente os nativos, com a sua subtileza e astúcia. Podem inclusivamente fazer com que o nativo assuma a ambição e os desejos que não lhe pertencem e, quando isso acontece, a personalidade dominada por Ketu pode tornar-se semelhante a Rahu, assumindo como suas as ambições e os objetivos que são dos parceiros. Podem em consequência cuidar da imagem física e mostrar um glamour que, na verdade não lhes pertence mas que o nativo representa como um papel com o qual se identifica.

Os nativos com Ketu na 1ª casa transportam uma difusa mas permanente sensação de perda, desenraizamento, afastamento do coração da sua identidade. O seu comportamento é excêntrico e considerado estranho por parte dos outros enquanto o nativo permanece alheio a estas respostas, como se o corpo e o ego que transporta não lhe pertencessem. A falta de ligação forte com o corpo físico favorece a perceção psíquica que pode ser bastante forte. A dimensão psíquica pode ser permeável a todos os tipos de energias e perturbar a estabilidade psíquica da pessoa , podendo canalizar energias indesejáveis.

Os nativos com Ketu na 1ª casa sentem-se em geral desenraizados e com um sentimento geral de inadequação na esfera da existência física. Estas pessoas podem necessitar de bastante tempo fora do contacto com os outros, para recuperarem o equilíbrio psíquico, não aguentando estar demasiado tempo ocupado com atividades mundanas.

Na 1ª casa, Ketu tende a refletir  a projeção de uma personalidade cujas características estão ligadas aos significados do signo que ocupa essa casa. Segundo alguns, pode igualmente exprimir imagens simbólicas do inconsciente coletivo. Apesar de tudo o que ficou dito, Ketu no Ascendente pode também permitir nativos com uma imagem icónica ligada à moda, ao cinema, ao desporto, etc. com grande aceitação por parte do público. Pode no entanto haver comportamentos que colocam em perigo a integridade física, como a dependência do tabaco, dietas extremistas, etc. A fama que algumas destas pessoas alcançam  deve-se em boa parte ao facto de o público se rever na sua imagem icónica, consciente ou inconscientemente. Se houver aspetos de planetas maléficos para o Ascendente, pode acontecer que a imagem icónica que Ketu personifica de ligação ao público seja negativa e causar o desagrado extremo por parte do público. Assim, estes nativos tanto encarnam ícones de grande sucesso, beleza e riqueza como  mal e crueldade, etc.

Segundo os clássicos, Ketu na 1ª casa produz angústia causada por familiares e por pessoas malvadas; problemas causados pelo cônjuge e pelos filhos; tristeza, inércia , falta de motivação para agir e se interessar pelas coisas; desinteresse pela vida sexual, sofre com escândalos, perdas, perigos contra a face e os olhos, tem vida curta.(é claro que este aspeto precisa de ser confirmado por outros fatores do horóscopo).

Para saber os efeitos da colocação do Sol no signo Carneiro, leia o artigo aqui.

Ketu tem uma relação de amizade com Marte sendo este um posicionamento que pode dar resultados positivos se Marte estiver forte no horóscopo e sem aflições. Mas, em geral, Ketu no signo Carneiro dá resultados mistos. Um dos aspetos positivos refere-se ao facto de Ketu reduzir em parte a agressividade natural de Marte quando ocupa o seu signo. Assim, o habitual desejo de aventura, de caminhar pelo desconhecido e conquistar o título de «herói» que é característico de Marte, fica atenuado quando Ketu está no signo Carneiro. Os nativos não procuram evidenciar-se nem ser «o primeiro» como é habitual no signo Carneiro. Isto em boa parte deve-se ao facto de Ketu interiorizar a energia de Marte, ao invés de a aplicar no mundo exterior.  Estes nativos não querem ser líderes e não são autoconfiantes como em geral são os nativos de Carneiro. Duvidam muitas vezes de si próprios, são reservados, confiam pouco nos outros , podem ser mesmo distantes , exprimindo mais as características do outro signo de Marte, Escorpião, do que as de Carneiro com a diferença, porém de que Ketu não é uma energia que se possa transformar, ele representa  uma energia residual e inerte, que apenas repete fantasmagoricamente o passado como um espelho. No entanto, se tiverem que usar as competências significadas por Marte e pelo signo Carneiro, estes nativos são eficientes a fazê-lo uma vez que dominam bem tudo isso. Mas já não sentem entusiasmo por essas coisas nem interesse, de modo que sentem indiferença e vazio de sentido na sua concretização. Deste modo, Ketu em Carneiro orienta a sua agressividade e espírito competitivo para o interior de si próprio. Gera uma contínua insatisfação da pessoa em relação a si mesma, sempre com dúvidas acerca do que é capaz ou não de fazer e isso faz com que se desvie de todas as atividades em que tenha que se testar a si própria.

Quando Ketu está colocado no signo Carneiro pode significar  algum perigo para a integridade física pois leva o nativo a não opor resistência em relação a qualquer tipo de energia que o atinja a partir de fora. Deste modo, se atacado, tende a não resistir. A conexão entre a realidade física e o indivíduo é dispersada e os laços com as forças vitais tendem a ser cortados. A energia magnética que rodeia a pessoa (a vulgar «aura») fica vulnerável a todo o tipo de «invasão» por energias negativas porque o nativo não oferece resistência. Porém, se Marte estiver forte no horóscopo, protege  o nativo, que pode nesse caso, ter pujança física e mesmo atlética. Nesse caso Ketu mimetiza a energia e o comportamento de Marte e faz do nativo alguém capaz de competir e permite uma identificação forte com a sua energia física. No entanto, mesmo quando são bem-sucedidas no plano físico e material, estas pessoas não são agarradas a esse sucesso que tendem a considerar como pouco importante ou  «não tendo verdadeiramente a ver» consigo. São mais «testemunhas» do que lhes acontece do que verdadeiros agentes porque a sua consciência não está focada nos objetivos a atingir.

O comportamento destes nativos tem frequentemente características passivo-agressivas. Tanto revelam ausência de ligação com a família como exprimem ressentimento em relação a esta. Esta excentricidade e bipolaridade comportamental também se reflete nos que lidam com o nativo, de acordo com a posição por casa de Ketu: Por ex., na 4ª casa, indica uma mãe que adota ela própria comportamentos ambivalentes, umas vezes indiferentes ou desligados, outras vezes com sinais evidentes de agressão; se está na 3ª casa, esse comportamento é revelado em relação aos irmãos, primos, vizinhos, ou são estes que o assumem perante o nativo; se Ketu está colocado na 9ª casa será o pai e as figuras de autoridade que assumirão esse comportamento em relação ao nativo (ou este em relação a eles); se estiver na 7ª casa para além da óbvia dificuldade em conectar-se com os outros a nível pessoal e em especial com o cônjuge, será este que adotará esse modelo de comportamento (e/ou o nativo em relação a ele, etc.).

Apesar de mimetizar as características de Marte e do signo Carneiro quando aqui colocado, Ketu tende a exprimir a energia de Marte de forma menos rude e menos exteriorizada, tendendo a concentrar-se no seu próprio desconforto interno. As forças kármicas do passado tendem a assumir o controlo e o nativo tende a repetir comportamentos, modelos de relacionamento semelhantes aos do passado. Lembrando que a posição onde se encontra Ketu simboliza uma área de vida largamente experimentada no passado, estes nativos trazem consigo um histórico de violência, agressividade, excessos, como militares, como seres que se definiram no passado através do uso da força física, da agressão, ou do desporto para alcançar o que pretendiam. Nesta vida precisam de se libertar dos «restos» de energia psíquica a que ainda se agarram inconscientemente. A sua batalha na vida atual é em termos espirituais e as suas realizações, que implicam o «recalibrar»  das energias no sentido de unir harmoniosamente o plano físico e espiritual, implicarão passar um longo período de tempo (em geral até depois dos 40 anos) para conseguir dar essa volta e voltar a ser uma pessoa «inteira».  Até isso acontecer, colocam-se mais ou menos «à margem» dos objetivos e relacionamentos sociais, revelando uma crónica insatisfação em relação ao modo como a sociedade funciona , aos privilégios a que dão importâncias, etc. e criam em geral uma concha na qual encerram a sua individualidade que resiste a criar uma identidade definida que possa ser facilmente percebida pelos outros.

A energia de Marte interiorizada por estes nativos permite-lhes ir adquirindo ,com o tempo, controlo sobre os seus processo mentais e  emocionais , vencer medos e fobias, sendo capazes de enfrentar qualquer desafio, por difícil que este seja para o comum dos mortais. Se Marte estiver em aspeto com Ketu, no entanto, esta energia será exteriorizada e produzirá um guerreiro ou atleta desde que Marte esteja forte.

Ketu simboliza a libertação de todo o plano físico aspirando conectar-se com o plano divino. Isto, no entanto, só acontece quando Ketu não recebe aspetos de outros planetas. Quando Ketu e Marte estão em aspeto, as qualidades representadas por Ketu ,que representam conhecimentos e experiência trazida do passado dá a possibilidade de serem campeões e líderes na área que escolherem. Serão excelentes porque já dominam tudo o que tem a ver com essa área.

Conjunção Sol Ketu na 1ª Casa Signo Carneiro

Quando o Sol e Ketu estão conjuntos na 1ª casa ou signo Carneiro pode demorar bastante tempo (até depois dos 40 anos) para o nativo começar a ter confiança em si próprio e a ter alguma noção do que deseja alcançar na vida. Ketu  contém em si todos os resíduos do passado que  estão energizados ainda e podem influenciar a vida presente de forma negativa pois não lhe  permitem avançar para o futuro , levando-o apenas a repetir padrões e apegos do passado.

Ketu  em conjunção com o Sol faz com que o nativo  tenha grande confiança em relação a si mesmo, em relação ao potencial de liderança, conhecimento, dando um sentimento de autoridade e consciência de si próprio. Assim, apesar de Ketu ser inimigo do Sol, o Sol é o rei e, se estiver forte, a pessoa com esta conjunção na 1ª casa desenvolve uma personalidade que é reconhecida pelos outros como alguém com sabedoria e maestria. Estas pessoas movem-se na vida com confiança, nobreza de caráter, sabedoria, ao mesmo tempo que cultivam a  humildade e o desejo de perfeição. São capazes de fazer o bem de forma desinteressada. Mas, quando o nativo tem uma vivência do seu Sol marcada pelo egoísmo e fracoo desenvolvimento espiritual, a conjunção com Ketu revelará uma pessoa confusa e que não tem consciência da sua identidade, podendo sentir muita revolta por não obter todos os privilégios a que aspira na vida. Basicamente, esta conjunção é positiva para os que são espiritualmente desenvolvidos mas pode ser problemática para os que estão apenas envolvidos com os objetivos imediatos da existência material.

Quando está conjunto com o Sol, Ketu esvazia a identidade do nativo, levando-o a ver-se como «não importante», como indiferente em relação à sua própria identidade. Em termos sociais, estas pessoas são socialmente agradáveis mas muito pouco assertivas em relação ao que desejam da vida. As dúvidas podem estar relacionadas com todos os aspetos da vida: relacionamento com um outro significativo, carreira, desconexão em relação às próprias emoções. Mesmo quando alcançam sucesso na vida, não conseguem dar-lhe sentido pois falta-lhes um propósito que o preencha.  Para uma natividade masculina esta conjunção pode ser particularmente difícil pois, em geral ,os nativos não se identificam com as qualidades «masculinas» expressas pelo Sol. Assim, embora possam fazer «tudo bem» na vida, ser eficientes, capazes de alcançar sucesso, isso mais não é do que um imenso vazio que não são capazes de preencher.

Quando esta conjunção se dá no signo Carneiro problemas semelhantes acontecem, embora o estado de exaltação do Sol ajude a manifestar as qualidades mais positivas do Sol tornando-o   dominante na conjunção. Neste caso, o nativo terá grande sucesso na vida sem perder a humildade e sem que o seu Ego se encha de orgulho excessivo. Poderá ter que trabalhar de forma mais árdua, no entanto, e sofrer algumas perdas pois Ketu atua cortando os laços com o que mais apreciamos mas não impede o sucesso. O nativo pode assim superar e excessos do ego e pode desenvolver qualidades espirituais de forma mais fácil. Mas é necessário que o Sol assuma o controlo porque, como sabemos, Ketu não pensa nem sabe estabelecer os limites nem a disciplina para um saudável desenvolvimento espiritual equilibrado.

Com esta conjunção no signo Carneiro, os nativos procuram aperfeiçoar todos os aspetos da sua vida mas, em geral, alcançam pouca satisfação com o que conseguem atingir.

Os nativos com a conjunção Sol Rahu trazem do passado a experiência de terem sido líderes admirados, sábios, autoridades em alguma área. Nesta existência experienciam a dissolução dessa identidade e, para os mais evoluídos espiritualmente, podem usar as suas capacidades anteriormente desenvolvidas não para se engrandecerem a si mesmos mas para ajudar os outros de forma não egoísta. Depois dos 40 anos podem começar a estabelecer um novo equilíbrio na sua identidade, voltando a unir os aspetos externos da conquista de estatuto e reconhecimento mundano com os do desenvolvimento espiritual ,emocional, etc.

Deixe um comentário, a sua opinião conta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.