Signo Touro na 12ª Casa do Horóscopo

Signo Touro na 12ª Casa do Horóscopo

Continuamos a série de artigos que descrevem os efeitos da colocação dos signos na 12ª casa, hoje falando do signo Touro. Pode ler uma breve síntese dos significados da 12ª casa aqui.

Pode ler um artigo mais aprofundado sobre os significados da 12ª casa aqui.

Quando o signo Touro está colocado na 12ª casa- o que sucede para o Ascendente Gémeos–  compreendemos a natureza hedonista deste Ascendente que sente a espiritualidade através dos prazeres dos sentidos. O contacto  com a terra, com a beleza e os perfumes das plantas, com as gemas e cristais que brotam do interior da Terra é, para estas pessoas, uma clara manifestação do sagrado. E, se este traço pode indicar a tendência para grande indulgência, em especial ao nível do sexo, também é uma clara e legítima experiência do sagrado em que toda a vida é percebida como sua expressão gloriosa. Estes nativos gostam de manter os seus sonhos e fantasias no plano secreto e reservado, podendo ter o hábito de se retirar sozinhos para usufruir de diversos prazeres que não desejam revelar aos outros. Podem colecionar obras de arte em segredo, acumular tesouros em segredo, podendo também  manter o receio secreto de não ter  segurança financeira suficiente.

As fantasias e os sonhos dos nativos com o signo Touro na 12ª casa relacionam-se em boa parte com o desejo de ser rico, de possuir e comprar (poder comprar)  todo o tipo de bens associados ao status elevado e à riqueza. Um dos problemas que podem surgir com isto é o de que, quando o horóscopo não permite alcançar a concretização desse sonho, estas pessoas podem continuar a gastar como se fossem, efetivamente, ricas e acumular dívidas difíceis de pagar.  

Com o signo Touro na 12ª casa estes nativos adoram  gastar e comprar, pois isso permite-lhes vivenciar o seu desejo de conforto, luxo, beleza à sua volta. E, quando dão por isso, podem ter um volume elevado de despesas contraídas a causar problemas. Mas, enquanto estas se mantiverem «escondidas» não se preocupam muito com isso.

Ao mesmo tempo, há a tendência para cometerem indulgência alimentar ou de bebidas em espaços reservados, partilhados com alguém próximo ou sozinhos. Comer, beber, a atividade sexual, podem ser os «pecados» que estes nativos mantêm sob a reserva do olhar dos outros. Podem ser uma espécie de ritual que gostam de fazer apenas em privado e na companhia de muito poucos.

Os nativos com o signo Touro na 12ª casa adoram fazer «retiros», não para algum espaço monástico ou asceticamente pobre mas, pelo contrário, para «paraísos de prazer», estejam estes relacionados com sexo, com comida ou bebida ou, simplesmente , para usufruírem do contacto com a Natureza no campo (rodeados de todas as mordomias, bem entendido). Deste modo, adoram frequentar termas, SPA, resorts temáticos, etc.

A conceção da Espiritualidade dos nativos com Ascendente Gémeos é bastante simples: a felicidade e o prazer são vistos como o fundamento máximo da vida e, por isso, qualquer experiência que permita sentir prazer e felicidade é, para estas pessoas, uma experiência sagrada. A comida, os perfumes extraídos da Natureza, algumas bebidas, o conforto de tecidos ricos e macios, o sabor de um vinho de exceção, o contacto com uma bela e pura gema ornando as orelhas ou os dedos, são assim expressões do que consideram mais sagrado e o sentimento interior que provocam é considerado uma legítima expressão de espiritualidade. Esta não se opõe ao plano material- embora estes nativos possam manter esta crença em segredo-  mas é uma expressão tão legítima como as tradicionalmente aceites, do sagrado. Dão deste modo mais importância a uma vivência de puro êxtase perante uma paisagem sublime da Natureza do que a qualquer ritual realizado num templo. Na conceção de espiritualidade destes nativos subjaz a crença profunda de que o ser humano não nasceu para sofrer mas para ser feliz. E tudo o que puder possuir neste mundo para esse efeito é legítimo. E, acreditam, não se pode ser feliz se não houver a posse de um razoável número de bens materiais.

Para os nativos com o signo Touro na  12ª casa a espiritualidade é vivida a partir do sentimento estético e da alegria que sentem por estar vivos e poderem experienciar esta vida a partir do corpo. Este é igualmente sagrado, para estas pessoas. A dimensão espiritual deve ser sentida pelo corpo pois este e todo o mundo material são uma expressão manifestada do divino.

Com o signo Touro na 12ª casa  (que representa o sono) os nativos dormem também de forma profunda e pacífica pois não se deixam atormentar com questões metafísicas. A sua mente é essencialmente prática e realista, orientada para a satisfação das necessidades gerais do ser humano e para a conquista do conforto necessário para este ser feliz. O sagrado é celebrado através da quantidade de felicidade alcançada.

Os nativos com o signo Gémeos no Ascendente  mantêm  alguns sonhos e alguns medos secretos. Se vénus estiver bem colocado, são caridosos e apreciam ajudar os menos privilegiados de forma generosa. Quando Vénus está fraco no horóscopo, podem ser compulsivos a comer, a gastar, a beber, tendo  dificuldade em manter o equilíbrio entre o que podem ou não gastar. A procura do prazer deixa de ser um objetivo natural para se tornar num problema a vários níveis e que pode afetar a saúde do corpo e a estabilidade financeira.

A vida espiritual destes nativos adota, como referimos antes, um caráter estético de procura da beleza, do conforto, do contacto com objetos artísticos e da procura de experiências que dão prazer ao corpo. Podem, no entanto, manter secretas estas conceções. 

Também Poderá Gostar de Ler