Signo Aquário na 12ª Casa do Horóscopo

Signo Aquário na 12ª casa do horóscopo

Continuamos a série de artigos que descrevem os efeitos da colocação dos signos na 12ª casa, hoje falando do signo Aquário. Pode ler uma breve síntese dos significados da 12ª casa aqui.

Pode ler um artigo mais aprofundado sobre os significados da 12ª casa aqui.

Quando o signo Aquário está colocado na 12ª casa- o que sucede para o Ascendente Peixes–  os nativos podem sentir constrangimentos em envolver-se com a sociedade e as suas regras e têm dificuldade em apreender a ordem e organização social que podem sentir como estranha ao seu modo de ser. A menos que lhes seja permitido participar na vida social e na sua organização num país que não o seu país de origem ou em grupos restritos, sociedades reservadas de caráter científico, político ou simplesmente reformista. Assim, em geral , o nativo de Peixes sente-se pouco à vontade para se envolver nas estruturas e organizações do poder político e social «visível» ou institucional mas pode sentir grande atração por se envolver com grupos reformistas de caráter secreto ou reservado, no qual as reformas da sociedade, da ciência, da justiça, etc., são temas dominantes. Nestes grupos, que podem ter caráter internacional e podem ser grandes organizações, embora se mantenham sob reserva dos olhares públicos (veja.se o exemplo da Maçonaria) estas pessoas podem sentir-se muito à vontade, livres e interventivas e podem achar que é esse o melhor caminho para darem o seu contributo à sociedade.

Sendo a 12ª casa uma casa secreta e de «invisibilidade», é pouco provável que estas pessoas se tornem muito conhecidas ou que  o público venha a ter conhecimento do seu contributo mas isso não impede que possam ter uma ação influenciadora, a nível secreto, de reformas nas mentalidades, na justiça, no progresso da ciência, etc.. Simplesmente, para estas pessoas, isso não se tornará um meio para alcançar mais reconhecimento ou status na sociedade.

Há porém, outras possibilidades de se manifestar a presença do signo Aquário na 12ª casa: uma é, sem dúvida, a rejeição inconsciente de se «misturar» com o todo da sociedade, de sentir que se faz realmente parte dos grupos que a constituem. O nativo pode sentir que «o meio social» não faz parte da sua realidade e que não se sente à vontade fazendo parte dos grupos que a constituem nem sente verdadeiramente como seu o modo de vida da sociedade em que nasceu  nem os seus objetivos. A presença do signo Aquário na 12ª casa pode, pois, alienar o nativo da sua condição de «cidadão», membro ativo e corresponsável pelas condições em que se vive socialmente, bem como dos problemas da justiça social, das desigualdades e o desrespeito pelos direitos de todos.  A pessoa pode sentir que tudo isso – igualdade, direitos, dignidade , justiça-  não passa de uma utopia impossível de experienciar na vida real e isso pode impedir que faça um esforço concreto, na sua vida de todos os dias, para participar na solução de todos os problemas que atingem muitos seres humanos. Não por não se interessar por isso mas por não acreditar que tais problemas tenham real solução.

As fantasias e os sonhos dos nativos com o signo Aquário na 12ª casa  podem bem, por isso, relacionar-se com um mundo mais fraterno , livre e justo, numa sociedade em que todos têm os seus direitos reconhecidos e são tratados igualmente com justiça, em que o saber atinge um elevado nível e as pessoas vivem confortavelmente mas sem ganância, sem querer tirar partido dos outros para atingir fins egoístas. Porém, pode também dar-se o caso de acreditarem que isso só é possível num mundo transcendente e não na Terra, deixando de se esforçar para concretizar esse «mundo de utopia» aqui e agora e limitando-se a esperar que ele seja possível num outro plano de existência, numa espécie de «paraíso» além da vida cujo caminho é a religião e não a ação concreta para melhorar a sociedade agora, com o seu contributo.

A forma mais construtiva de viver a presença do signo  Aquário na 12ª casa será talvez a tomada de consciência de que o plano transcendente está aqui na Terra e é uma questão de consciência, vontade e ação desperta para ajudar os outros a viver, sentir e pensar com mais justiça, liberdade e envolvimento ativo na construção da realidade social: participando como cidadão nas tomadas de decisão e na livre escolha de quem governa, pela educação que permite melhor compreensão da realidade e de si mesmo, pelo desenvolvimento da ciência  que permite o progresso, sem perder de vista o respeito pela vida na Terra como um todo, desenvolvendo um estilo  de vida sustentável para os seres humanos, para a vida na Terra e para o planeta como um todo. A vivência plena de tudo isto é a verdadeira experiência de espiritualidade que estes nativos podem viver. Porque aa espiritualidade não consiste em fechar-se num retiro e desligar-se do «mundo», embora seja importante aprender a «sentir» a realidade interior; a espiritualidade é generosidade que trabalha para o bem de toda a comunidade e da Terra, sem condições. E é isso que, potencialmente, a presença do signo Aquário na 12ª casa permite.

Com o signo Aquário na 12ª casa  os nativos têm a capacidade inata de pensar a riqueza como algo de natureza social e não apenas individual. Assim, embora possam demorar a compreender isso, podem perspetivar estratégias de ganhos em grupo. No entanto, podem fazê-lo apenas para um grupos restrito de pessoas em que os «lucros» dos investimentos são distribuídos igualmente entre todos e usando estratégias que não são aplicadas pelos membros da sociedade em geral (não quer dizer que sejam ilegais).

Os nativos com o signo Peixes no Ascendente podem gostar de criar e inovar em espaços retirados (como um laboratório por ex.,) onde não sejam perturbados pelas atividades do dia-a-dia. Podem fazer experiências longe do conhecimento dos outros e talvez mesmo descobrir coisas que decidem não partilhar com o mundo em geral (ao nível da ciência, por ex.,) por razões valorativas que tenham a ver com os seus princípios.

Com o signo Aquário  na 12ª casa  (que representa o sono)  podem existir padrões excêntricos de sono, desde ritmos distintos de sono em diferentes ocasiões como necessidades diferentes das comuns- por ex., podem precisar de dormir menos ou mais do que a média. Os nativos podem ter ideias inovadoras através dos sonhos, aplicáveis no desenvolvimento técnico-científico. Literalmente, podem «sonhar com a solução dos problemas».

Digiprove sealCopyright secured by Digiprove © 2018

Deixe um comentário, a sua opinião conta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.