A Carta Divisional D- 2 – Carta da Hora

Carta divisional D-2- Carta da Hora

Escrevemos neste artigo sobre a carta divisional Hora que, para além dos significados gerais associados com a riqueza  tem outros muito relevantes, oriundos da tradição antiga e do conceito de «secto» definido pela Astrologia Helenística.

A Carta da Hora, de que também já falámos no «glossário»,  divide a carta em duas partes, uma com regência da Lua e outra com regência do Sol. Ambos, o Sol e a Lua, representam os princípios- feminino e masculino-  que permitem a vida. São o «pai» e a «mãe»  na base de toda a vida. Assim, há uma «hora da Lua» e uma «hora do Sol».

Tradicionalmente, a «hora» era usada para determinar os dias da semana. Esta começa pela hora do Sol, que começa quando  este se ergue no horizonte. O sol tem a 1ª hora seguindo-se por ordem cronológica a «hora da Lua», e a sguir a hora dos restantes planetas excluindo Rahu e Ketu. Tendo o dia 24 horas, esta ordem cronológica repete-se a cada 7 , reiniciando-se a contagem pela ordem referida até perfazer um período que vai do nascer do Sol até ao novo nascer do Sol. O planeta que controla a primeira hora de um determinado dia controla também todo esse dia, pelo que a Lua se segue nos dias da semana, que começam no domingo- (controlo pelo Sol) e na 2ª feira, é a Lua que tem o controlo. Pelas mesmas razões, Marte controla o 3º dia, pois é o planeta que controla a 1ª hora do 3º dia, aplicando-se a regência de cada planeta em períodos de 7 como referido atrás.

Conhecida a hora em que cada planeta do horóscopo está colocado-  na hora do Sol ou na Hora da Lua- e tendo em conta a natureza ou temperamento dos próprios planetas e que estas «horas» representam os dois aspetos da vida – é possível determinar qual o grau de equilíbrio ou, pelo contrário, de desequilíbrio, nas energias do horóscopo para que estas suportem as condições de sucesso e sobrevivência na Terra.

Um ponto de vista sobre o significado da D-2 parte do simbolismo do Sol como  representando a classe dos devas   e a energia lunar como simbolizando a classe dos pitris,  inferiores na hierarquia dos seres celestes, por serem mais materiais,  conclui que, quando há mais planetas no horóscopo colocados na Hora do Sol, isso seria um indicador de que a pessoa está num elevado grau de desenvolvimento espiritual. Esta é uma leitura metafísica do significado da Carta da hora, o (a) leitor (a) é livre de concluir de acordo com o que sente ser mais verdadeiro.

Os planetas cuja natureza é feminina são mais fortes na hora da Lua e o mesmo acontece inversamente, com os planetas masculinos que são mais fortes na hora do Sol.  Nesta linha de interpretação, planetas masculinos  colocados na hora do Sol dão qualidades ativas de poder, domínio, ação; planetas femininos colocados na hora da Lua dão graça, beleza, recetividade. A colocação de um planeta feminino na hora solar ou inversamente de um planeta masculino na hora da Lua indica desequilíbrio  e este revela as imperfeições do nativo, nas áreas determinadas pelos planetas e casas considerados.  Os antigos consideravam que há, no entanto, uma exceção, pois colocavam Saturno, um planeta feminino e frio na hora diurna pois consideravam que o excesso de frieza do planeta, ao ser aquecido pela energia solar, se torna mais benéfico pois a sua energia fica mais equilibrada. Marte é a outra exceção, sendo um planeta masculino, quente e seco, dá melhores resultados na Hora noturna, pois o frio e humidade da noite atenuam o excesso de calor e secura, permitindo que a sua energia, ao ficar mais equilibrada, dê melhores resultados.

Em termos práticos, a D-2 é a divisão mais simples do horóscopo e obedece às seguintes regras:

  • A primeira metade dos signos masculinos tem a regência do Sol; a segunda metade desses signos tem regência da Lua.
  • A primeira metade dos signos femininos tem regência da Lua, a segunda metade dos signos femininos tem regência do Sol.

Os signos estão divididos em duas partes quanto às características masculinas e femininas. São femininos os signos: Touro, Caranguejo, Virgem, Escorpião, Capricórnio e Peixes.

São masculinos os signos: Carneiro, Gémeos, Leão, Balança, Sagitário e Aquário. A metade de cada signo  tem a regência de uma das luminárias, pertencendo ou á «Hora Noturna» ou à «Hora Diurna».

Assim, o signo Sagitário, por ex., tem regência do Sol de 0º a 15º e da Lua de 16º a 30º; inversamente, o signo Escorpião tem regência da Lua de 0º a 15º e do sol de 16º a 30º.

Um aspeto que ressalta em relação a esta divisional é que ela não coloca os planetas num signo específico, mas apenas analisa, no horóscopo de nascimento, se cada planeta está colocado na hora do Sol ou na hora da Lua. Todas as outras vargas colocam os planetas em determinados signos mas não esta.

Quanto aos significados da Carta da Hora, ela indica todo o tipo de tesouros móveis (como acontecia com o gado nos tempos antigos) e dinheiro, que também é uma «riqueza em movimento».  Significa também o conhecimento da História (e da linhagem familiar e política), das línguas e do uso da linguagem. Significa ainda a aquisição de dinheiro (moeda) joias, comida e bebida armazenadas (em especial os grãos e sementes, e hoje toda a comida que pode ser guardada e conservada). Esta divisional também se refere ao uso da voz para contar estórias, cantar, transmitir saber, em especial o que se refere ao saber familiar e à preservação dos seus valores. Note-se que a D-2 não se refere à posse de bens imóveis mas apenas a bens móveis de todos os tipos e que podem ser mudados e movimentados. Porém, para significar os veículos, a D-16 é mais precisa do que a D-2.

A carta da Hora, como referido acima, representa duas formas básicas de energia que sustentam a vida: a energia solar, conotada com a criatividade e a autoconfiança; a energia lunar que é emocional e conservadora. Ambas são necessárias à vida pois , se a criatividade solar não pudesse levar a uma retenção do que conquistou, perder-se-ia.  Tanto uma como a outra podem trazer riqueza representada por esta casa.

Porém, a energia do Sol é mais favorável para os bens que são produzidos pela criatividade e inovação e pela inteligência. Quando há planetas masculinos amigos do Sol colocados na hora solar isso é muito favorável para a aquisição dos tipos de riqueza significados por esta varga:

Sol- quando este está colocado na hora solar, o nativo obtém riqueza a partir da agricultura (plantas que crescem com a luz do Sol) e negócios associados com a comida que depende da luz solar para se desenvolver, bem como de tudo o que é produzido pelo génio , inteligência, criatividade.

Marte- favorece os ganhos pela engenharia, tecnologia e movimento, tradicionalmente, permitia obter riqueza da movimentação das terras, como lavrar, atividade mineira, recolha de tudo o que a Terra produz e pode ser tirado dela.

Júpiter- A sabedoria e o conhecimento dos textos sagrados, da sabedoria ancestral e da educação, são as fontes mais favoráveis de obter riqueza. Tradicionalmente significava o conhecimento da natureza que permitia escolher o que semear e plantar na Terra e conhecer as técnicas de armazenamento da comida.

Embora Rahu e Ketu sejam excluídos por alguns autores da tradição, a experiência tem mostrado que , quando Rahu está colocado na hora do Sol  mostra a possibilidade de obter riqueza através de migração estrangeira e através do comércio de carnes e de bebidas alcoólicas.

Ketu não interfere com a obtenção de riqueza  mas pode dar resultados positivos na indústria que usa o corte e lâmina afiadas, como nas máquinas debulhadoras e na indústria de carnes que corta os animais em «peças» desmembrando-os. Basicamente, são favorecidos os processos de cortar, despedaçar, desfazer.

A hora da Lua é mais favorável  para obter riqueza através de formas de conservação e proteção de coisas já existentes e não tanto de algo que seja criado de novo. Isto pode aplicar-se a bens armazenados, terras, abrigos, escolas, instituições que prestam cuidados a outros e serviços como restaurantes, hotéis, catering,  delimitação e vedação de terras,  jardinagem, etc.

Os planetas femininos  amigos da Lua podem dar bons resultados quando colocados na hora da Lua:

Saturno-  favorece o trabalho árduo em instituições que fazem cumprir as regras, estabelecem rotinas, impõem o respeito pela lei e pelos costumes,

Vénus- Favorece as atividades relacionadas com os prazeres sensuais, especialmente comida e bebida, na indústria gourmet mas também outras ligadas aos perfumes, atividades estéticas, moda, etc.

Lua- é favorável  quando colocada na sua própria hora, para todos os tipos de atividade que incluem proteger e nutrir, abrigar. Muito favorável para a exploração de bens extraídos do mar, atividades de prestação de cuidados, como na enfermagem, cuidados de idosos, da maternidade, etc.

Convém entretanto não esquecer que as divisionais apenas explicitam o que está implícito e é prometido pela carta natal.

Deste modo, a análise da D-1, em especial da 11ª casa, bem como da 2ª e 3ª (esta particularmente importante para analisar os ganhos através de atividades empresariais e comerciais. Os regentes da 2ª, 3ª e 11ª casas bem como os planetas aí colocados indicarão se o nativo acumulará  muita ou pouca riqueza.

Digiprove sealCopyright secured by Digiprove © 2018

Deixe um comentário, a sua opinião conta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.