Conjunção Sol Lua na 8ª Casa signo Escorpião

Conjunção sol Lua na 8ª casa signo Escorpião

Neste artigo falamos dos efeitos gerais da conjunção Sol Lua na 8ª casa e no signo Escorpião. Para melhor compreensão dos leitores falamos também dos efeitos da colocação da Lua na mesma casa e signo.

Para saber os efeitos da colocação do Sol  na 8ª casa leia o artigo aqui.

A Lua na 8ª casa vive as crises de forma fácil, os assuntos misteriosos e escondidos , as situações de emergência, o processo de destruição e renascimento são familiares e , por estranho que possa parecer, dão conforto e segurança a estas pessoas, pois a sua forma de ver a realidade passa por estes aspetos. As mudanças bruscas e inesperadas trazem, na verdade, um sentimento de que tudo isso acontece  «tem de acontecer». A mãe é uma pessoa reservada e pode ter segredos.

Os nativos com a Lua na 8ª casa sentem atração pelo perigo, pelos ambientes de acusação e de conflito (relação de 6 casas entre a posição da Lua e o Ascendente). Podem escolher profissões em que atuam em áreas de emergência, desastre ou catástrofe, ou são cirurgiões, ou trabalham na proteção social, etc. Estas pessoas também precisam de passar constantemente por mudanças de identidade, de transformação e rejuvenescimento. Podem ter tido pais que saem fora do modelo convencional, pouco presentes na vida da criança, ou mesmo revolucionários ou que vivem algo à margem da sociedade. A identidade dos pais pode, de algum modo, ser resguardada.  Estas pessoas habituam-se desde cedo às mudanças súbitas e aos recomeços e sentem-se seguras com este ritmo de imprevisibilidade. A longevidade pode ser curta e pessoas muito próximas, incluindo os pais, podem morrer ou desaparecer, em alguns casos.

Durante os períodos –dasa e antardasa– da Lua ou do dispositor da Lua o nativo pode passar por crises emocionais associadas a processos de destruição/renascimento, transformação súbita da identidade, etc.

Estas pessoas têm tendência para manter segredos e coisas escondidas: dinheiro e outros bens, conhecimento secreto, etc., conseguindo dessa forma sentir que controlam o desconhecido. Também podem sentir vontade de cuidar de pessoas que passam por situações trágicas que obrigam a mudanças radicais ou foram vítimas de choque ou desastre traumático. São sensíveis a todo o tipo de forças escondidas que podem constituir uma ameaça e podem sentir-se levadas a reagir contra tais forças.

A pessoa com a Lua na 8ª casa vê-se continuamente na circunstância de mudar a sua identidade, a sua maneira de compreender e agir no mundo. Também mudam de opinião facilmente pois habituaram-se a acreditar que a única coisa constante na vida é a própria mudança. A mãe também age de acordo com esta mudança frequente de si mesma, alterando o modo de responder de acordo com o ambiente e a circunstância.

Tendo crescido num ambiente de crise, estas pessoas precisam de ter este sobressalto de que alguma coisa vai acontecer de repente e pode mudar tudo para se sentirem seguras. Sentem também necessidade de manter segredo sobre a sua vida e de esconder boa parte da sua identidade. Formam laços fáceis com outros com quem mantêm segredos. Neste âmbito podem mesmo mistificar informação e os relacionamentos solicitando àqueles em quem confiam que guardem segredo sobre factos, confidências, etc.

Estes nativos podem centrar-se continuamente na lembrança de eventos traumáticos do passado e trazendo o sofrimento associado à tona, vezes sem conta. Podem ter relacionamentos sexuais secretos. Guardam segredo da sua vida emocional. Ciclicamente envolvem-se na renovação da sua identidade, podendo mudar de residência, de emprego, obter formação profissional variada, etc. Também mudam frequentemente de casa e de região,  sem conseguirem estabilizar num só lugar.

Precisam de  viver num ambiente de crise constante, é em situações de emergência, de desastre, de mudança súbita  que se sentem seguras, o seu ritmo habitual é o do desassossego e não o da calmaria e estabilidade. Assim, quando as coisas ficam demasiado calmas, arranjam forma de causar turbulência , manipulando o ambiente próximo. Mantêm uma calma imperturbável em situações de catástrofe e emergência. Também dão excelentes investigadores criminais e de todo o tipo de investigação em que é preciso  descobrir coisas ou verdades escondidas. Podem também dar conforto aos que morrem e aos que sofrem o desgosto da perda, despertando o seu desejo protetor nessas situações. Trabalhar no ambiente da morte como numa agência funerária ou no campo de batalha ou de catástrofe, tanto dando cuidado médico como fazendo patrulhas de salvamento, é adequado para estas pessoas. Os negócios extremamente competitivos de hoje, que causam ansiedade a muita gente são excelentes palcos para estas pessoas. Quando não têm estes ambientes mais positivos para desenvolver a sua «atmosfera de crise» podem tornar-se metediços  e intrusivos, podendo mesmo ser percebidos como ameaçadores pelos outros. Não têm noção clara dos seus limites, podendo por isso invadir o espaço vital dos outros de forma desagradável.  Mas, intimamente e em segredo, sem nunca o revelarem aos outros, estas pessoas gostam de se identificar com os papeis tradicionais da Lua como cuidadora, nutridora, maternal.  A forma como sse veem a si mesmas e como são percecionadas pode assim ser oposta.

Devido à forma brusca e intempestiva que manifestam muitas vezes, estas pessoas são vistas como insensíveis, secretas, manipuladoras e ficam magoadas com isso, vendo-se a si mesmas como pai ou mãe carinhosos e responsáveis, sensíveis, nutridores e zelando pela segurança do lar, da comunidade, etc.  Não se dão conta, aparentemente, de muitos dos seus comportamentos autodestrutivos  e do seu desejo de renascer e de  se renovar.

Há que ter em conta a análise do planeta regente da 8ª casa para avaliar os efeitos da presença da Lua na 8ª casa.  porém, em geral, crises psico- emocionais acompanham estes nativos ao longo da vida. Na infância a mãe pode ter sido também muito instável emocionalmente  no seu comportamento. Na vida adulta muitos eventos de choque podem aparecer e causar grande turbulência, não apenas emocional mas também física. Estas pessoas têm em geral vida não muito longa. Em alguns casos desenvolvem uma espécie de intuição  do «desastre iminente»  que as salva de situações de perigo.

Estes nativos dão-se bem a trabalhar com fortuna escondida, assuntos secretos, cirurgia médica, especialmente na área reconstrutiva e de rejuvenescimento. podem ter relacionamentos extraconjugais secretos e guardam muitos segredos. Emocionalmente precisam de renascer várias vezes, de estar rodeados de mistério, dos ambientes de cura e transformação. Interessam-se pelo oculto e esoterismo.

Um dos pais ,especialmente a mãe,  pode ter identidade secreta. Casos de filhos adotivos em que o nome dos pais se mantém escondido e não revelado são frequentes. O nativo pode também fazer tudo para manter segredo da identidade dos pais biológicos.  A vida da mãe é cheia de episódios secretos e tem um comportamento muito instável que passa facilmente do estilo carinhos para a total indisponibilidade. De modo semelhante, estas pessoas precisam de se rodear de uma aura de segredo.

Emocionalmente as pessoas com a Lua na 8ª casa anseiam por transformação e mudança. Isto gera ansiedade interior pois a natureza da Lua deseja estabilidade e esta não pode ser mantida. Pode haver atração pelo oculto e pela magia. Estas pessoas aspiram a desenvolver  conhecimento místico mas para glória pessoal.

A Lua na 8ª casa pode indicar uma linhagem de médicos  e o nativo sente atração pela carreira de cirurgião. Para o Ascendente Leão, a regência da 12ª casa pela Lua faz com que a sua posição na 8ª casa seja favorável a essa carreira médica.

A Lua na 8ª casa causa dificuldades em relação à expressão física e psicológica do nativo. No dasa da Lua problemas no corpo – como doença e problemas relacionados com as atitudes e comportamentos podem aparecer, a menos que haja planetas benéficos no Ascendente.  Esta é a posição mais negativa da Lua.

No casamento, a Lua na 8ª casa indica que ambos os parceiros se envolvem na poupança, e acumulação de riqueza. Mas o divórcio pode ser uma realidade porque o modo de ser destes nativos causa uma verdadeira sabotagem ao sucesso da união. Basicamente estas pessoas gostam de relacionamentos secretos- com o dinheiro, que escondem do parceiro.- e com outros parceiros fora do casamento. O cônjuge destas pessoas concentra-se em geral nos aspetos materiais e em acumular o máximo de riqueza, continuando a fortuna da família ou estabelecendo a sua própria fortuna. O casamento costuma, deste modo, ser muito confortável em termos materiais.

A Lua na 8ª casa diminui a longevidade. a menos que outro planeta a prolongue como é o caso de Saturno, karaka da longevidade, quando lança aspeto para esta.

A morte destas pessoas pode ser súbita e recheada de fatores emocionais. As heranças destas pessoas beneficiam de muitos bens escondidos (dos impostos).

A 8ª casa significa eventos súbitos. Quando a Lua está aqui colocada a pessoa passa por muitos altos e baixos ao longo da vida, devido a grande instabilidade mental. A pessoa passa por situações que são extenuantes emocionalmente.  Podem ser levadas a seguir um caminho de cura, tanto no plano fisiológico como espiritual ou psicológico. E tendem a assumir em si os fardos dos outros, lutando para atingir algum equilíbrio através da procura do plano espiritual. Uma carreira mística ou como conselheiros, ou médicos (cirurgiões ou psiquiatras) pode trazer-lhes equilíbrio. A mãe destes nativos passou por turbulências e altos e baixos, mudando de humor e de atitude perante o nativo de modo que este nunca soube o que esperar dela. No entanto, quando Marte, o regente de Escorpião, está bem colocado por signo pode haver uma relação mais harmoniosa com a mãe e o nativo pode também ter maior estabilidade . A mãe sofre no entanto de desequilíbrio emocional ao longo da vida. Quando há casamento, os bens em comum sofrem altos e baixos e pode haver perturbação no relacionamento com a família do cônjuge. Tudo isto significa desequilíbrio nas emoções destas pessoas. A mãe também tem segredos que guarda em relação ao nativo. Os tumultos emocionais destas pessoas refletem-se no corpo físico, causando acidentes, por ex. . Pode haver separação a família por alguma razão. Podem perder os pais cedo na vida. Para se equilibrarem, estas pessoas deverão fazer alguma coisa que permita à mente relaxar, como meditação.

Segundo os clássicos a Lua na 8ª casa perturba a estabilidade mental. O passado emerge continuamente no presente. Tem de lidar com opositores e inimigos, doença, e também com as próprias falhas no caráter. Indica morte pública, por acidente, afogamento, catástrofe, etc.

O nativo separa-se da família devido ao cônjuge por alguma razão. Sofre tanto devido a doença aguda como doenças crónicas. Está sempre preocupado por causa dessas doenças. Tem inimigos poderosos e bem colocados (no governo, ladrões. etc.).

Ainda segundo os clássicos, é continuamente dependente dos médicos e dos tratamentos destes. É inteligente mas pode ser pobre, apesar de ser instruído. Não terá um meio de vida estável.

Pode ter problemas nos olhos e sofrer de epilepsia. Terá pouca felicidade conjugal.

Para saber os efeitos da colocação do Sol no signo Escorpião leia o artigo aqui.

A Lua no signo Escorpião está debilitada, isto porque, simbolizando a segurança e proteção, neste signo está sujeita a um contínuo processo de transformação indicando a passagem cíclica por processos profundos de mudança que surgem repentinamente e reformulam a identidade, por vezes obrigando-a a recomeçar «do zero». Estas pessoas são motivadas internamente para aceitar a transformação radical nas suas vidas como um processo de cura  e tendem a ser intempestivas, agressivas, mesmo invasivas, sempre que a sua vida entra num estado «demasiado calmo». A «calmaria» nos relacionamentos e nas condições de vida habituais origina a necessidade de criar algum tumulto que permita a mudança, o que torna estas pessoas pouco estáveis para os outros.

A Lua em Escorpião não impede os nativos de terem um destino muito relevante nem, sequer, de atingirem um estatuto importante na sociedade, havendo mesmo pessoas de grande mérito na transformação da sociedade que tinham a Lua neste signo (Gandhi, na Índia é um exemplo). Há mesmo quem considere que a Lua não tem verdadeiramente um signo de debilitação. Porém, é preciso ver qual o nível em que os nativos com a Lua em Escorpião funcionam pois há alguns que, pela sua natureza espiritual elevada, não são muito afetados na sua vida por esta posição da Lua. Mas os que funcionam num nível mais terreno, sentem fortemente o impulso para se vingarem e destruírem os que ameaçam a sua segurança , situação em que a sua Lua deixa de ter um comportamento protetor e nutridor para com os outros para se tornar numa força o mais destrutiva possível.

A relação com os parceiros é marcada por habituais diferenças e alguns conflitos (Touro, o signo oposto de Escorpião tem regência de Vénus, inimigo da Lua) e também por diferenças de gostos e  preferências, não sendo fácil que ambos gostem das mesmas coisas . O ciúme é outro fator comum na vida destas pessoas.

Os nativos com a Lua no signo Escorpião são sensíveis e podem ter forte capacidade de perceção psíquica. São criativos e inteligentes e procuram afirmar-se como indivíduos dotados da sua singularidade. Mas mudam de humor com facilidade, tendo períodos de grande irrequietude e descontentamento. Podem ter uma perceção idealizada dos pais, sem ter em conta as falhas destes. A relação com a família da mãe é boa. Podem idealizar a perceção dos filhos.

Emocionalmente o seu sentido de segurança advém da perceção de estarem no controlo. Gostam de cultivar uma atmosfera de segredo, inclusive nos relacionamentos sensuais, com forte atração por tudo o que é misteriosos e desconhecido e também pelo tabu. Estão sempre à procura de algo misterioso e de verdades escondidas.

Na infância são habitualmente traumatizados em termos emocionais. A sua afinidade para com a situação de emergência ou catástrofe torna estas pessoas muito adequadas para lidar com e ajudar as pessoas perto  da morte ou que sofreram perdas pesadas numa catástrofe ou desastre, natural  ou provocado.

Estas pessoas podem sentir pouca afinidade com o desejo de ter filhos, sentindo que são empurradas para isso pelo cônjuge. O país natal apresenta com frequência desafios. Pessoas que praticam religião de forma dogmática podem também gerar dificuldades na vida do nativo. A Pátria e a defesa do país e dos seus costumes, os pais e os prestadores de cuidados podem também indicar problemas para estas pessoas.

Para os homens que têm um cônjuge feminino  pode haver relacionamentos escondidos extramatrimoniais com  outras mulheres .

A posição da Lua no signo Escorpião é positiva para as atividades de ensino, pregação, para a filosofia (9ª casa a partir de Caranguejo).

Marte, o regente de Escorpião, impele a Lua a querer conquistar, vencer, fazer vingar a sua «verdade».  Gosta de psicologia e de escavar nos meandros da psique e dos motivos inconscientes. Os nativos são bons observadores da natureza humana  e podem ser  bons terapeutas na área da psicologia. Podem igualmente dar bons cientistas na área forense e na investigação  criminal mas podem igualmente simpatizar com o criminoso!

As mulheres  com a Lua no signo Escorpião são secretas, independentes emocionalmente, capazes de inovar. Resguardam as emoções dos olhares dos outros e podem ter hábitos secretos. Podem envolver-se em paixões sexuais secretas na ânsia de transformarem a sua identidade . Possuem uma forte personalidade e vontade e não aceitam ordens nem direções de ninguém, seja quem for. O parceiro tende a ser orientado pela procura de riqueza e o desejo de manter os bens comuns pode permitir a manutenção do casamento, desde que a pessoa com a Lua em Escorpião o deseje. fisicamente são pequenas e com excesso de peso, podem ser morenas ou ter pele clara, têm em geral abundância de pelos na face e  no corpo. Podem ter o corpo com forma arredondada. São arrogantes, ciumentas, vingativas, orgulhosas. São resistentes mas propensas para o vício, especialmente a bebida. Mas são muito robustas vivendo em geral até longa idade. São argutas, apaixonadas e intriguistas, capazes de levar a cabo qualquer tipo de crime ou vingança, a menos que haja influências benéficas no horóscopo que modifiquem isto. São frias e «sem coração», podendo ter associados secretos e enriquecer através de meios pouco lícitos. São propensas a doenças da garganta e infeções.

Os homens com a Lua em Escorpião têm uma personalidade escondida não permitindo que ninguém a observe de fora.  São fortes, ciumentos, vingativos, egoístas. São determinados e agressivos, com o coração duro. Não esquecem um agravo e procuram vingança, podendo levar anos até se vingarem, congeminando bem o que desejam fazer, passo a passo. Não revelam abertamente os seus motivos e podem ser poderosos adversários. São muito secretos e isso dificulta terem  muitos amigos. Mesmo os amigos mais antigos e «chegados» nunca chegam a conhecer a sua verdadeira personalidade. Nos negócios elevam-se a posições  de autoridade, através do seu próprio esforço e de uma grande determinação e força de vontade. Podem fazer planos com anos de antecipação. São apaixonados e possessivos mas são pouco cavalheiros em relação às mulheres. São muito ambiciosos e, mesmo quando aparentemente fazem bem a outros, não o fazem por altruísmo mas para servir os próprios interesses. Podem ser pecadores secretos e mesmo adeptos dar artes mágicas. Possuem segredos que ninguém conhece. A aparência física é em geral morena, com corpo cabeludo, pés e mãos pequenos, rosto aquilino, podem ter uma marca ou cicatriz  na face ou na cabeça . Vivem com mais saúde quando estão perto da água. São propensos a infeções. Devem evitar bebidas alcoólicas. Dão excelentes cirurgiões e investigadores na área da química.

A forte intuição dos nativos com a Lua no signo Escorpião leva-os a descobrir coisas escondias, incluindo  dinheiro. Descobrem como ninguém  oportunidades felizes e as necessidades profundas das pessoas próximas. E isto tanto pode ser usado por eles para ajudar a cura emocional do outro como para lhe lembrar as suas fragilidades. Apesar de dizerem a verdade em relação a essas situações, não têm o cuidado de não magoar a pessoa a quem a dizem.

Os parceiros destas pessoas têm as qualidades opostas ás do signo da Lua, isto é, são dados á procura do prazer e gostam de luxo e de elevado status. Exploram os prazeres de todos os sentidos, sendo adeptos de moda, perfumes, música, sabores gourmet, joias e roupas requintadas e rodeiam-se de seres e objetos belos. Com frequência, estes parceiros são talentosos a ganhar dinheiro e podem trazer bastante riqueza para o relacionamento.

Os  nativos com a Lua em Escorpião são mestres em esconder os motivos e emoções , aparentando muitas vezes uma postura passiva e não interveniente mas, quando o que desejam está ao alcance, não hesitam em ir no seu encalce, vencendo quaisquer desafios ou competições com outros pois a energia de Marte, regente de Escorpião, dá-lhes a determinação, o impulso e a força para alcançarem o que desejam. Podem ser oportunistas pois não têm limitações éticas nem especial respeito pelos costumes ou regras sociais. A sua fidelidade é mas para com o que lhes interessa no momento do que um laço muito firme com outros ou certos princípios. Psodem parecer completamente integrados num certo ambiente mas isso é uma máscara que colocam para prosseguir secretamente os objetivos que lhes interessam, sem os dar a conhecer a ninguém. Dão muitas vezes a entender que estão interessados em alguma coisa quando, na verdade, se interessam por outra.  Estas pessoas preferem a astúcia  e o segredo à expressão direta e simples do que pretendem. Por estas razões, o trânsito de Saturno pela Lua natal (Sade Satti) pode ser especialmente violento e castigador pois Saturno castiga fortemente a tendência desta Lua para mistificar, disfarçar, «rodear» as situações e problemas. É por isso que, quando está no signo Escorpião, Saturno pode usar a energia de choque, trauma e catástrofe do signo para «pagamento kármico» radical  que traz grande turbulência e choque para a vida da pessoa.

A 6ª casa a partir da Lua, ocupada pelo signo Carneiro, pode ser um terreno de desacordo, disputas, desentendimentos, divórcio ou separação, animosidade com as pessoas significadas pela casa em questão, acusações, litígios, etc.. Alguns dos problemas que enfrentam podem vir de forças militares ou da polícia, irmãos do sexo masculino,  problemas causados por envolvimentos sexuais, competidores e inimigos, armas, explosões, fogo e também dar à luz (mulheres). Quaisquer planetas no signo Carneiro simbolizam condições e seres adversários do nativo pelo que dá melhores resultados não haver planetas no signo.

As pessoas com a Lua em Escorpião tendem a sofrer ferimentos por armas, causados por conflitos armados, doença cerebral ou no sangue, acidentes que atingem a cabeça.

A 8ª casa a partir da Lua está ocupada pelo signo Gémeos com regência de Mercúrio, que é neutro em relação a Marte, regente de Escorpião. Mas Marte é inimigo de Mercúrio. Assim, o período dasa de Mercúrio é em geral desafiador para estas pessoas, trazendo muita discussão litígios, rompimento de contratos, frustração, contestação verbal com irmãos e grupo de colaboradores, influenciando a comunicação, passagem de informação, etc. Todo este reboliço causa mudanças súbitas na identidade emocional relacionados com os significados do signo de colocação de Mercúrio e pela casa que este ocupa no horóscopo.

Períodos de intensa destruição da identidade emocional e rejuvenescimento são aqueles em que o regente da 8ª casa (contado a partir do Ascendente)  transita pelo 22º drekkana a partir da Lua ou do regente da 8ª casa a partir da Lua, Marte. pelo mesmo drekkana. Uma forma de saber rapidamente qual é o regente do 22º drekkana é olhar para a 8ª casa na divisional com o mesmo nome (D-3) e ver qual é o regente do signo dessa casa pois esse é também o regente do 22º drekkana. Para estas pessoas a Lua tem ainda o estatuto de badakha, quando o Ascendente é um signo fixo, pois Caranguejo é a 9ª casa a partir da Lua em Escorpião.

O dasa da Lua em Escorpião é pouco feliz, problemas financeiros tornam estas pessoas ainda menos interessadas em relacionar-se com os outros e com o mundo em geral. Pode haver afastamento da família  e pode haver pobreza durante alguns subperíodos deste dasa. Por vezes doença de estômago torna-se muito aguda neste período sendo necessário recurso a cirurgia.

A Lua no signo Escorpião indica experiências traumáticas na infância, relacionadas com a mãe ou esta pode não ter sido capaz de dar segurança ao nativo. Pode haver muitas discussões com a mãe.  As pessoas com a Lua em Escorpião têm dificuldade em viver de forma harmoniosa com os outros e não procuram reparar relacionamentos em que há desentendimento. A pessoa é compulsiva, ciumenta, possessiva. Deseja ter amigos , relacionamentos amorosos mas a sua relação com os outros é demasiado intensa, podendo mesmo ser intrusiva, pois deseja possuir o outro e mantê-lo sob o seu controlo. Precisam de se relacionar sexualmente  com os parceiros para se ligarem a eles. A sexualidade é a via mais forte pela qual se ligam aos parceiros. A sua intensidade é impulsiva e agressiva e isso pode assustar alguns.

Estas pessoas adoram investigar, aprofundar, descobrir segredos de todos os tipos. Podem ser muito leais ao parceiro mas precisam de o conhecer a fundo e descobrir tudo o que tem a  ver com a sua vida. São capazes de trazer ao de cima todos os segredos de qualquer assunto ou pessoa. Mas caem frequentemente em depressão, passando por muitos altos e baixos. Deste modo, procuram refúgio em pessoas do signo oposto da Lua, Touro para, desse modo, alcançarem segurança.

Conjunção Sol Lua na 8ª Casa Signo Escorpião

Quando o Sol e a Lua estão em conjunção na 8ª casa ou no signo Escorpião, segundo os clássicos o nativo nasce numa grande família com recursos e riqueza.

O Sol e a Lua juntos na 8ª casa podem gerar um intenso desejo de conhecer os segredos da vida e da morte, do conhecimento oculto e de adquirir controlo e poder sobre a sua vida através do domínio de forças menos conhecidas.  Também pode produzir um excelente investigador da área da psicologia ou psiquiatria, escavando sob as camadas da mente para trazer ao de cima todos os traumas medos e inseguranças para lhes encontrar um processo de cura. Podem envolver-se em sociedades secretas de caráter metafísico ou esotérico identificando-se profundamente  com todas as causas subtis e misteriosas que se manifestam no mundo.

A intuição destas pessoas pode ser extraordinária, tanto para captar os segredos que assomam debaixo dos gestos de cada pessoa com a qual se cruzam como para desvendar outros segredos que possam trazer-lhes alguma vantagem no plano financeiro. A colocação desta conjunção na 8ª casa ou no signo Escorpião dá uma profunda natureza emocional,  fortemente focada no próprio sujeito e nos seus interesses e necessidades, podendo ser extremamente autoritária na  comunicação, ciumenta, possessiva, uma natureza fortemente apaixonada e intensa,  desejando ocupar sempre o centro dos interesses e atenção dos outros e podendo reagir com agressividade quando isso não acontece. Isto pode ocorrer com mais probabilidade quando a conjunção se dá no signo Escorpião , signo no qual a Lua opera de forma bem diferente da que corresponde à sua natureza habitualmente  nutridora e carinhosa. No signo Escorpião a  Lua adquire qualidades de Marte,  o regente do signo e, se estiver conjunta com o Sol, uma energia muito criativa mas focada sobre si mesma , a Lua torna-se explosiva e «febril» colocando-se a si mesma sempre no centro de todos os interesses.

A conjunção Sol Lua na 8º casa ou no signo Escorpião  indica uma necessidade muito forte de estabelecer relacionamentos com um (a) parceiro (a), pois estas pessoas sentem o impulso de se ligar de forma muito intensa e profunda a outra pessoa. Correm , no entanto, o risco de desapontamento porque a sua intensidade é em geral muito maior do que a dos parceiros e a relação pode acabar por gerar grande ciúme, desejo de controlo e de posse do outro com apaixonado ressentimento que, no signo Escorpião, pode conduzir a um desejo irreversível de se vingar e magoar o outro. Apesar da forte necessidade de estar com o outro e de se fundir com ele, estas pessoas são profundamente subjetivas e autocentradas, encarando o desejo de  liberdade do parceiro como uma traição ao que sentem por ele. Esta conjunção na 8ª casa ou no signo Escorpião eleva a emotividade da Lua a um ponto extremo de grande paixão em que a pessoa pode tornar-se obcecada , ciumenta e ansiando por possuir e controlar o outro a todo o custo . Assim, ainda que possa ser benéfico para a vida financeira pois em geral estas pessoas atraem parceiros com posses e bens materiais, não é uma conjunção que facilite a vida a dois, podendo existir bastante tensão no relacionamento, ciúmes e também reais relacionamentos extraconjungais pois o desejo de se relacionar sexualmente pode ser avassalador havendo sempre aspetos secretos na vida destas pessoas que são também muito difíceis de conhecer devido à aura de segredo que espalham à sua volta. Esta pode atenuar-se se o Sol for  dominante na conjunção, o que acontece se estiver colocado num signo forte como Leão ou Carneiro. Se estiver nestes signos, na 8ª casa apesar de haver ainda a inevitável vida secreta com muitos relacionamentos de caráter sexual escondidos, a pessoa também anseia por ser visível para os outros, procurando ocupar posições em que detém poder e liderança, embora a expressão das emoções possa ser bastante mais esbatida senão mesmo ausente. A conjunção Sol Lua tem resultados menos positivos nos signos de Água pois nestes a confusão mental e a dispersão no plano emocional pode afastar o nativo da relação com o mundo exterior cavando mais ainda o fosso entre a sua subjetividade e a realidade.

Digiprove sealCopyright secured by Digiprove © 2018

Deixe um comentário, a sua opinião conta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.