Glossário Astrológico- Mansões Lunares

mansões lunares

Todos nós estamos familiarizados com as «mansões lunares» usadas na Astrologia Jyotish, os «Nakshatras». Porém, não é apenas neste sistema astrológico que elas são referenciadas. Com efeito, elas são igualmente usadas na astrologia chinesa e também ocidental, partindo da astrologia árabe e tendo sido igualmente usadas pelos astrólogos renascentistas.

As mansões lunares obtêm-se dividindo o Zodíaco em 28 partes ou «mansões». Note-se que o sistema da Astrologia da Índia inicialmente também considerava 28 Nakshatras ou mansões lunares, sendo o 28º Nakshatra designado por Abhijit embora no presente este seja pouco usado,  tendo sido adotado um sistema de 27 Nakshatras.

Na tradição árabe e chinesa  as «mansões lunares» exprimem o movimento diurno da Lua, que se faz em termos médios em 27,3 dias sendo por isso um pouco inferior aos 28 dias mas sendo também superior aos 27 dias. Assim, as mansões lunares na Astrologia Jyotish e na tradição árabe implicam diferentes «extensões» em graus e minutos- enquanto que na astrologia Jyotish se considera uma extensão de 13º e 20 ‘ para cada Nakshatra, porque se eliminou o 28º, na tradição que remonta aos árabes a extensão de cada «mansão lunar» é de 12º 51’ 26’’.

As diferenças entre as conceções não se ficam por aqui. Os Nakshatras ou «mansões» são as estrelas pelas quais a Lua faz o seu movimento, tendo sido  escolhidas com certos critérios. E essas estrelas são diferentes nos vários sistemas, embora algumas, próximas do Equador, estejam presentes  nas várias tradições.

A extensão das «mansões lunares» na tradição árabe faz-se do seguinte modo- nos signos Cardinais : Carneiro, Caranguejo, Balança e Capricórnio, desde 0º até 12º51’  e 25º 43’; nos signos fixos: Touro, Leão, Escorpião e Aquário, de 8º 34’ a 21º 26’; para os signos mutáveis: Gémeos, Virgem, Sagitário e Peixes, de 4º 17’ a 17º 9’.

Inicialmente, os árabes consideraram as posições das mansões lunares no Zodíaco Sideral, tendo a tradição posterior alterado isto e considerado as posições no Zodíaco aparente ou tropical. Porém, muitos astrólogos criticam o uso do Zodíaco Tropical, que tem como ponto de referência a Terra, uma vez que as conceções ligadas às mansões lunares e às estrelas aí situadas implicam o uso exclusivo do Zodíaco Sideral que  tem como ponto de referência as constelações. O uso do Zodíaco tropical a propósito das mansões lunares faz perder, por isso, a relação fundamental entre as mansões lunares e os grupos de estrelas a elas associadas.

Os antigos astrólogos árabes usavam as mansões lunares para determinar os momentos mais propícios para determinadas atividades, na Astrologia eletiva. O movimento pelas mansões lunares (estrelas e grupos de estrelas) era assim considerado fundamental para dar bons ou maus resultados quando era preciso escolher o melhor momento para viajar ou casar, para dar início a uma batalha, para começar a sementeira ou colheita, etc. Ainda hoje, em muitos países ocidentais, a tradição guarda a importância de atender ao movimento da Lua, isto é, ao calendário lunar (nomeadamente  tendo em conta as «fases da Lua») para as atividades de semear, colher, na atividade agrícola.

Para além destas atividades, os astrólogos renascentistas, seguindo uma tradição muito mais antiga, vinda dos primeiros astrólogos  ainda antes dos gregos, usavam a passagem da Lua pelos vários grupos de estrelas ou mansões lunares para realizarem rituais mágicos. A Lua era vista, desde os tempos mais antigos, como tendo a regência deste tipo de rituais. E, como cada mansão lunar tem as suas qualidades,  que favorecem o amor, o dinheiro, mas também a destrutividade,  essas qualidades eram propiciadas pelos rituais, quando a Lua passava nos Nakshatras que tinham afinidade com essas matérias.

Já referimos, em um artigo deste glossário, alguns significados das «estrelas fixas» que são associadas a estas mansões lunares.  A tradição medieval e cristã também associou com as mansões lunares outros tipos de seres, como os anjos e outros conhecimentos de caráter esotérico.

Por curiosidade, deixamos aqui a referência dos anjos associados a cada uma das mansões lunares, segundo a tradição medievo-cristã:

1 – Geniel, 2 – Enediel 3- Amixiel 4 – Azariel 5 – Gabiel 6 – Dirachiel 7 – Scheliel 8 – Amnediel9 – Barbiel 10 – Ardesiel 11 – Neciel 12 – Abdizue13 – Jazeriel 14 – Ergediel 15 – Ataliel 16 – Azeruel 17 – Adriel 18 – Egibiel 19 – Amutiel 20 – Kyriel 21 – Bethnael 22 – Geliel 23 – Requiel24 – Abrinael 25- Aziel 26- Tagriel 27- Atheniel 28- Amnixiel.

Digiprove sealCopyright secured by Digiprove © 2018

Deixe um comentário, a sua opinião conta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.