Uso das Cartas Divisionais na Previsão do Período Dasa #2

uso das divisionais para ler o período dasa 2

Num artigo anterior  falámos de uma complementaridade entre os períodos dasa e o uso das cartas divisionais para prever com mais eficácia os efeitos de um determinado período dasa.  Deixámos algumas regras básicas de análise mas há outros fatores a considerar, de que falamos neste artigo.

Exceções a estas regras gerais de análise estão presentes, nas interpretações da Astrologia Jyotish, quando avaliamos os efeitos dos períodos dasa.

A existência de yogas fortes no horóscopo pode sobrepor-se ao uso das cartas divisionais para analisar o sucesso de uma dada área de vida, sobretudo quando não se tem o tempo rigoroso de nascimento.

A Astrologia Jyotish dá grande importância às configurações entre planetas e casas do horóscopo, que têm o nome de yogas. Há centenas deles, reportados pelos escritos tradicionais mas  alguns têm especial relevância e estão diretamente relacionados com o sucesso numa certa área de vida.

Ora, se houver uma forte combinação (yoga) bem colocada na carta raiz (D-1), em que os planetas são fortes e estão bem colocados por casa, mesmo que tais planetas estejam mal colocados na carta divisional respetiva, isso não será suficiente para cancelar esses bons efeitos prometidos pela carta natal, sendo de esperar que deem bons resultados durante o seu período dasa/antardasa. A razão é que a carta natal prevalece sempre como o fator primário das promessas natais.

Quando na carta natal há planetas debilitados, se houver planetas colocados na mesma casa do planeta debilitado ou recebendo o aspeto deste, o período dasa do planeta  que recebe os aspeto  darão fraco resultado para os significados que o  planeta representa e , durante o antardasa do planeta debilitado, os resultados podem ser particularmente desafiadores. É por isso sempre mais positivo que um planeta debilitado esteja sozinho e sem aspetos.

Quando um planeta está ativo no seu período dasa, é preciso considerar o seu estado na carta natal: o planeta está forte ? Recebe o aspeto de planetas benéficos ou, pelo contrário, um ou mais maléficos estão em aspeto com o regente do dasa? Quando 2 ou mais planetas maléficos estão em aspeto com um planeta, o período dasa desse planeta é desafiador para as áreas de vida significadas pelos  planetas.

Porém, se dois planetas maléficos estiverem muito fortes e em oposição, ao mesmo tempo que estão  colocados em casas kendra, num dos dois eixos do horóscopo, o período dasa desses planetas dará bons resultados. Ex: Saturno colocado em Balança e o Sol colocado em Carneiro no eixo 10ª casa/ 4ª casa.  A razão é que os planetas maléficos dão bons resultados quando estão colocados em casas kendra, desde que estejam  fortes.

Quando o Sol e a Lua estão colocados em casas opostas, numa carta divisional,  o período dasa de ambos dá bons resultados desde que não haja outros planetas colocados nessa casas.

Quando, numa carta divisional, Marte está colocado  no próprio signo ou no signo de exaltação na 6ª casa e não há planetas colocados na 8ª casa dessa divisional, o seu período dasa dará bons resultados para a área de vida dessa divisional.

Quando, numa carta divisional, o planeta  regente do dasa está cercado por planetas maléficos (colocados na casa anterior e posterior à desse planeta), o dasa dará fracos resultados para a área dessa divisional.  Se, pelo contrário, estiver cercado por planetas benéficos, os resultados do seu período dasa poderão ser favorecidos nessa área de vida.

Embora em geral se considere que o planeta que rege o dasa tem importância primária na avaliação dos efeitos, isto pode inverter-se, se o planeta que rege o dasa estiver colocado no signo ou num Nakshatra cujo regente é o planeta que rege o subperíodo ou antardasa, tornando-.se este último mais importante no juízo sobre o período em causa. Isto também pode suceder quando o planeta que rege o subperíodo lança aspeto para o planeta que rege o dasa  sem que este também lance aspeto para o primeiro, ou se o planeta que rege o antardasa for mais forte do que o  regente do dasa.

A fraqueza ou a força dos planetas na carta de nascimento afeta os resultados prometidos por cada carta divisional. Deste modo, se um planeta está combusto (especialmente na orbe de 3º  em relação ao Sol), ou «perdeu a guerra planetária» ou, no caso da Lua, quando esta está próxima da Lua nova (na orbe de 72 º em relação ao Sol) essa fraqueza far-se-á notar nos efeitos das cartas divisionais para as áreas de vida que estas representam em relação aos significados desses planetas. Por outro lado, se um planeta está, na carta natal e na carta divisional, no mesmo signo (vargottama) isso reforça os efeitos positivos do planeta, a menos que esse signo seja o de debilitação. Uma Lua muito brilhante (fase da Lua Cheia) dará excelentes resultados em todas as divisionais no seu período dasa. Segundo alguns, um planeta retrógrado é mais forte e  essa força far-se-á sentir no período dasa em todas as cartas divisionais.

Uma polémica existe sobre  os efeitos de um planeta  na carta de nascimento comparados com a sua colocação nas cartas divisionais. A carta de nascimento é a matriz a partir da qual se podem julgar todos os resultados do horóscopo. Porém, algumas opiniões defendem que, a menos que o planeta esteja envolvido num forte  yoga na carta natal, deverão ser considerados como prevalecentes os da carta divisional.  É um aspeto a testar pelos estudantes. Segundo esta perspetiva, por ex. se um planeta está bem colocado na carta natal mas fraco por ex., na D-10,  os aspetos significados pelo planeta para a carreira e a profissão darão fracos resultados. (mas, se o planeta em causa estiver muito forte na carta natal ou formar um yoga muito relevante nessa carta, mesmo que esteja mal colocado na carta divisional, dará bons resultados. É claro que o ideal será o planeta estar bem colocado tanto na carta natal como na divisional. Se estiver mal colocado em ambas, será difícil superar as dificuldades.

Digiprove sealCopyright secured by Digiprove © 2018

Deixe um comentário, a sua opinião conta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.