A Carta Divisional D-6 Shastamsha

carta divisional D- 6

A carta divisional Shastamsha ou D- 6 é usada para ver em pormenor as indicações fornecidas pela carta radix ou D-1, relativamente aos aspetos da doença, acidentes e todos os desequilíbrios que geram necessidade de procurar cura ou «remédio» que restaure o equilíbrio que está a faltar no corpo físico.

Para a interpretar, primeiro  observamos a 6ª casa do horóscopo de nascimento e o estado do seu regente. E, como a Lua é um forte indicador das condições físicas do corpo, deve também ver-se a 6ª  casa  a partir da posição da Lua natal  e do regente desta. As informações dadas por estes elementos são então confirmadas pela análise da divisional D-6  que, por si só, não indica nada de novo, apenas confirma  ao pormenor as informações dadas pela carta natal.

O regente da 6ª casa na D-6 dá informações complementares sobre acidentes, doença e desequilíbrio do organismo. Mas, se o regente da 6ª casa na D-6 também tiver, na carta natal D-1 , a regência de uma casa dhusthana, os seus subperíodos nos períodos  dasa de qualquer planeta podem ser desafiadores e difíceis para a saúde.

A varga D-6 não deve ser confundida com a varga D- 60 ou Shashtyamsha embora esta, em conjunto com a D-30 ou Trishamsha,  deem informações suplementares sobre pobreza, má fortuna, inimigos e  conflitos que resultam do karma não resolvido no passado pois a D-6 revela , em conjunto com estas duas, os fardos que carregamos nesta vida, e que podem atingir a saúde mas também as posses e as dificuldades.

Note-se, no entanto, que o uso das divisionais D-30 e, mais ainda, da D-60, exigem um tempo de nascimento correto ao segundo pelo que, se isso não acontece, o melhor será dispensar o seu uso.

Sendo as cartas divisionais  a expressão amplificada da casa do horóscopo natal  com a qual se relacionam, alguns astrólogos consideram que a D- 6 também pode dar informações, para além dos acidentes e doença física, sobre outras matérias que pertencem à 6ª casa: rendimento produzido pelo salário, inimigos e competidores, perturbações na vida conjugal, tios maternos, etc. Há também  outros que consideram que a D- 6, tal como a D-8, deveriam ser usadas apenas na Tajika ou astrologia horária. Na verdade, como tínhamos referido em outro artigo, Parashara, o sábio que sistematizou a Astrologia Jyotish, não incluiu no seu sistema de cartas divisionais a varga D-6. De qualquer modo,  os leitores podem experimentar o uso desta divisional e verificar por si a sua utilidade na análise e previsão astrológica.

Também Poderá Gostar de Ler