A Carta Divisional D-7 Saptamsha

Carta divisional D-7

Neste artigo falamos da divisional D- 7 Saptamsha. Os leitores podem considerar útil a leitura do artigo introdutório sobre a análise das cartas divisionais, que podem ler aqui.

A carta divisional  D- 7 permite apreciar a capacidade de sucesso das parcerias, os resultados  criativos alcançados pelo casamento, as crianças e a fertilidade.

A D-7 ou sapthamsha resulta da divisão de um signo em 7 partes. Mas, de acordo com Parashara, essa divisão faz-se de maneira oposta conforme o signo é masculino ou feminino. Assim, o signo  masculino ou ímpar inicia esta divisão em Ksheera, terminando em suddha jala mas o signo feminino ou par inicia  a sua divisão por suddha jala e termina em ksheera.

Os leitores não precisam, no entanto, de se preocupar com os cálculos pois qualquer software de Astrologia Jyotish como o gratuito Jaganatha Hora apresentam  a divisional já feita.

Os elementos a analisar na divisional D-7 são vários: Júpiter, o karaka da abundância e dos frutos ( e por isso também das crianças), da expansão sob todas as formas;  o uso do «darakaraka» do sistema Jaimini– que corresponde ao planeta que ocupa o 7º grau mais elevado na carta natal ou D-1-  e que corresponde ao cônjuge masculino, ou seja, ao marido;

o  darakaraka , representando o 7, indica aliança e acordo, emparelhamento a dois, a relação com o outro que nos complementa; finalmente, deve analisar-se também o arudha lagna (facilmente encontrado em qualquer software de astrologia Jyotish. O arudha lagna significa, nesta  divisional, o ambiente do quarto de dormir (intimidade e sexualidade). O arudha lagna revela assim também aspetos sobre o potencial de «dar fruto» através de crianças no casamento.

A divisional  D-7 dá, deste modo, informação sobre os resultados das alianças e acordos em especial da aliança do casamento mas também das parcerias em que duas pessoas se unem para criar alguma coisa em conjunto, como num negócio ou empreendimento.

A  D-7 também ajuda ,deste modo, a determinar o potencial para produzir filhos no casamento mas deve analisar-se primeiro a 5ª casa da carta radix e todos os aspetos e influências que esta recebe. A 7ª divisional significa igualmente as crianças porque estas , significadas pela 5ª casa, têm nos pais e no seu relacionamento- significado pela 7ª casa, que também indica a união sexual), a sua base potencial.

Deste modo, a divisional 7 que se refere aos frutos que vêm do casamento, também significa os filhos. Os frutos ou recompensas também são  significados pela 11ª casa pelo que também é correto considerar que o eixo 3ª casa (entre a 5ª casa e a 7ª medeiam 3 casas) e  11ª casa (da 7ª casa à 11ª medeiam 5 casas ) é aquele que revela o potencial de produzir filhos a partir do casamento.

Assim e em resumo, a primeira casa que significa os filhos é a 5ª na carta natal e esta deve ser analisada em primeiro lugar.  A seguir deve analisar-se  o planeta Júpiter na mesma carta, pois este é o karaka para os filhos; a seguir, devido à correspondência de casas, deve analisar-se a 5ª casa a partir da 5ª,(9ª ) , a 5ª casa a partir de Júpiter e a 5ª casa a partir da Lua pois esta é um karaka para a fertilidade na Terra. E, finalmente, a seguir  analisa-se a D- 7.

Complementarmente a 7ª casa da radix também deve ser analisada , bem como a 3ª que revela a capacidade para se esforçar por criar alguma coisa e a 11ª casa que indica o potencial para contar com o apoio dos outros para realizar as ambições e desejos. Afinal, para desenvolver frutos no mundo, a pessoa precisa de ter a energia e o apoio/sorte necessários para fazer frutificar as sementes do seu ser em novas formas de vida.

Quando os indicadores na carta natal são positivos, a análise da D-7 dá alguns pormenores mais finos sobre o potencial de dar fruto de todas as alianças, incluindo o casamento  e do potencial para  o casamento dar o fruto mais esperado pela maioria, que é o de ter filhos.

Finalmente convém notar que o uso das cartas divisionais pressupõe o conhecimento da hora exata de nascimento. Quando esta é desconhecida ou incerta, as cartas divisionais tornam-se pura ficção.

Também Poderá Gostar de Ler