A Carta Divisional D-81 Nav-Navamsa

 

imagem estilizada de elementos naturais

A carta  divisional- D-81 funciona num plano muito elevado de consciência, não sendo obtida a partir da divisão de um signo da carta natal mas corresponde antes à «navamsa da navamsa», isto é, é a D-9 da D-9:  9×9= 81. As referências escritas a esta divisional são poucas mas, as que existem, referem que esta divisional revela fatores inesperados ou escondidos ligados com a fortuna individual. Estes fatores tanto podem ser favoráveis como  desfavoráveis.

Deste modo, a D-81 refere-se à revelação dos pormenores mais finos ligados com a 9ª casa da divisional D-9- navamsa. Mostra igualmente os aspetos escondidos da natureza do planeta atmakaraka, bem como do dharma ou propósito do destino pessoal.

Cada casa da D-81 revela os aspetos escondidos dos assuntos representados por essa casa e, desse modo, do destino escondido do nativo. Qualquer planeta colocado nas casas da D-81 modifica esses aspetos escondidos, tendo em conta os significados da casa.

Para aferir a força de um planeta colocado na D-81 deve ter-se em conta não apenas a dignidade do planeta mas também a força quantitativa shadbala   no conjunto global  que é mostrado no relatório das forças (pode ser consultado em qualquer software de astrologia  jyotish, como o gratuito Jaganatha Hora). Deve igualmente avaliar-se a força desse planeta na D-9 e na D-60.

A análise da varga D-81 deve iniciar-se pela avaliação da disposição do planeta atmakaraka (este é o planeta que tem o grau mais elevado num signo, na carta radix ou natal) na D-81. A força do Atmakaraka na D-81 por colocação e força geral, como referido acima, revela a fortuna geral escondida do nativo. A posição por casa do Atmakaraka indica que os assuntos significados por essa casa serão muito relevantes para a «fortuna escondida»  do indivíduo.

Analisam-se também todos os aspetos de outros planetas para o planeta Atmakaraka, e especial alguma  conjunção, caso exista. Seguidamente, deve ver-se se há planetas colocados numa casa kendra em relação ao planeta Atmakaraka (na 4ª, 7ª ou 10ª a partir do Atmakaraka)- e, claro, se há algum também na mesma casa, o que configura uma conjunção.  Todos estes aspetos modificam os significados da «fortuna escondida» revelada pelo Atmakaraka.

Os planetas benéficos revelam fontes escondidas da fortuna  favorável do nativo que está escondida. Estes serão interpretados tendo em conta os significados da casa em que se encontram os planetas e os significados das casas que regem na D-81.

Por ex. Vénus está colocado na 11ª casa  que, na D-81, significa ganhos escondidos através  da sorte revelada por esta divisional, para o Ascendente Caranguejo. Ora, para este Ascendente, Vénus rege a 4ª casa e a própria 11ª casa. Deste modo, os ganhos escondidos podem relacionar-se com propriedades escondidas especialmente veículos, mas também objetos e atividades artísticas, produtos de beleza, etc.

Mas esta interpretação precisa de ser confirmada analisando a posição do mesmo planeta na D-9 e na D-60– qual a sua força e colocação por casa, a força de Vénus nessas divisionais deve igualmente ser aferida pois o  planeta colocado na  11ª  casa da D-81 revela a fonte de onde virá a «fortuna escondida» neste caso.

Finalmente , os leitores poderão facilmente ver esta e muitas outras  cartas divisionais através do software gratuito Jaganatha hora.

Também Poderá Gostar de Ler